We're at war nowA Song of Ice and Fire RPG
The game has begun. Will you win, or will you die?
Últimos assuntos
» Ausências
por The Maiden Sab Abr 29, 2017 3:25 pm

» [RP fechada] Mind Games
por Syndor Qua Mar 22, 2017 10:35 pm

» Pedido de atualização
por Francesca Sweet Sab Mar 18, 2017 8:23 pm

» [RP Fechada | 18+] Tell Me
por Dennis Braund Sab Mar 18, 2017 1:56 am

» [Quest Narrada] A Seita Branca
por Nanien Mormont Qui Mar 16, 2017 11:04 pm

» Avaliação de treinos
por Meena Ter Mar 14, 2017 12:52 pm

» [ Quest Narrada ] - Saquear!
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:44 pm

» [RP Fechada] Something Else?
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:32 pm

» Check-in [Fevereiro]
por Hyperion Targaryen Dom Mar 12, 2017 2:55 pm

» [RP FECHADA] Distant past
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:35 pm

» [RP FECHADA] The deer on ice
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:25 pm

» [RP Fechada | Flashback] Recovery drink
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:49 am

» [RP Aberta][Flashback] Kung Fu Panda
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:34 am

» [RP FECHADA] Beyond the view
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:22 am

» [Quest Narrada] Human hunting
por Theon Snow Qua Mar 08, 2017 4:22 pm

» Solicitação de Grupos
por Davos Icewood Ter Mar 07, 2017 10:15 pm

» [RP fechada] What do you see?
por Dorian Mormont Seg Mar 06, 2017 11:14 pm

» [Quest Narrada] Hot room
por Narrador Seg Mar 06, 2017 10:52 pm

» [Quest Narrada] Do not succumb
por The Maiden Made of Light Seg Mar 06, 2017 8:55 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.2
por Theon Snow Seg Mar 06, 2017 4:23 pm

» [RP Fechada] Crazy Kids
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 2:55 am

» [RP FECHADA] Confidence
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 1:15 am

» Quest Narrada - O Lugar de um Lorde
por Dorian Mormont Dom Mar 05, 2017 9:11 pm

» [RP fechada] Looking for a Fight
por Nälla Dom Mar 05, 2017 12:19 pm

» [RP Fechada | 18+] Facing the Lioness
por Dennis Braund Sab Mar 04, 2017 5:15 pm

» [RP FECHADA] Primeiros passos
por Arthor Stark Sex Mar 03, 2017 5:01 pm

» [RP fechada +18] Wicked Game
por Dennis Braund Sex Mar 03, 2017 4:33 pm

» [Quest Narrada] Dia da Caça, Dia do Caçador
por R'hllor Sex Mar 03, 2017 3:11 pm

» [Aviso] Pedidos no WOD-Resources
por Narrador Qua Mar 01, 2017 7:35 am

» Pedidos de quest
por R'hllor Ter Fev 28, 2017 11:54 pm

» [RP FECHADA +18] - Into the Lion's Den
por Susanne Glover Ter Fev 28, 2017 5:23 pm

» [RP FECHADA - 18+] Coming back? Are you sure?
por Erin Lannister Ter Fev 28, 2017 5:03 pm

» [RP Aberta] Hunting The Chicken
por Roth Whiteforest Seg Fev 27, 2017 2:25 pm

» [RP Fechada, flashback] You only live once
por Cory Silversun Seg Fev 27, 2017 1:37 am

» [RP fechada | Flashback] Old man, poor man
por Masamune Tsubakein Dom Fev 26, 2017 10:39 am

» [RP FECHADA] I Put a Spell on You
por Quinn Elijah Flowers Dom Fev 26, 2017 6:02 am

» [RP FECHADA] Flashback — running through the fire
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 5:12 pm

» [RP Fechada] Mirror of the Destiny, can you show me...? ~ Flashback
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 4:51 pm

» Premiações [Fevereiro]
por Anole Tallhart Sab Fev 25, 2017 4:16 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:20 pm

» [RP ABERTA] Mademoiselle Marchand
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:12 pm

» [RP FECHADA] O dever de um Lord #1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:08 pm

» [RP FECHADA] Recomeço
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:56 am

» [RP FECHADA - FLASHBACK] forget it
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:49 am

» Atualizações Específicas
por Roth Whiteforest Sab Fev 25, 2017 10:57 am

» [RP Fechada] Bring Me Virgins
por Dennis Braund Sab Fev 25, 2017 2:45 am

» [TREINO] Black Warrior
por Alice Targaryen Sex Fev 24, 2017 4:59 pm

» [RP ABERTA] Dance Of The Druids
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 2:02 pm

» [FP] Hew Tyrell
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 12:41 pm

» Solicitação de Conquistas
por R'hllor Qui Fev 23, 2017 11:42 pm

» [RP Fechada] The precise attack
por James Lannister Qui Fev 23, 2017 11:03 pm

» [FP] Desmond Targaryen
por Desmond Targaryen I Qua Fev 22, 2017 5:21 pm

» Quest Narrada - Uma transa de matar
por Narrador Qua Fev 22, 2017 1:36 pm

» RP FECHADA - Win or Die
por Drywn Graceford Ter Fev 21, 2017 1:01 am

» [RP Fechada/Flashback] Do not go, my dear
por Alannys Ashford Seg Fev 20, 2017 11:24 pm

» [RP Fechada] The witch and the prostitute
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 10:35 pm

» Quest narrada - Uma nova tarefa
por Alaric Umber Seg Fev 20, 2017 10:25 pm

» Quest narrada - O dia de amanhã
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 9:42 pm

» Quest Narrada - Onde se separa a menina da mulher
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:13 pm

» Quest Narrada - Sérios problemas
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:09 pm

» Moderação de tópicos
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:46 pm

» [RP fechada - Flashback] - The water hears and understands
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:44 pm

» RP Fechada - Mercy
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 2:24 pm

» [RP FECHADA] Reading until dawn
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 1:22 pm

» [Dungeon] Frozen Treasure - Inscrições
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 12:01 am

» [RP FECHADA] Um novo homem [+18]
por Elizabeth Tyrell Dom Fev 19, 2017 11:09 pm

» [RP FECHADA] PREFÁCIO — Disturbing nights
por Dorian Mormont Dom Fev 19, 2017 10:40 pm

» [RP Fechada] A Beautiful Day to Walk
por James Lannister Dom Fev 19, 2017 5:20 pm

» [Quest One Post] Careful, child
por The Maiden Made of Light Sab Fev 18, 2017 11:02 pm

» RP fechada - Aquecimento de inverno
por The Old Gods Sab Fev 18, 2017 5:32 pm

» [RP Fechada] Moment Between Sisters
por Leana Targaryen Sab Fev 18, 2017 1:23 pm

» [RP FECHADA] THE BEAST INSIDE
por The Black Goat of Qohor Sab Fev 18, 2017 1:01 pm

» [RP Fechada] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 7:54 pm

» [RP Fechada - Flashback] Try Again
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:58 pm

» [RP Fechada/flashback] The golden age
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:46 pm

» [RP Fechada - Flashback] Only policy
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:22 pm

» [FP] Ambrose, Garth.
por The Maiden Made of Light Sex Fev 17, 2017 3:32 am

» [RP Fechada] House of Memories
por Elyria Arryn Sex Fev 17, 2017 1:27 am

» [Dados] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 12:35 am

» [RP Fechada] Red lips always lie
por Layna de Braavos Qui Fev 16, 2017 9:53 pm

» [RP Fechada] Ascensão
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 7:36 pm

» [RP Fechada] Jobbery.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:45 pm

» [RP Fechada] Fallin Apart
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:41 pm

» [RP Fechada] Bastard... and Mastermind.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 5:44 pm

» [FP] Lancelyn Wyl (EM CONSTRUÇÂO)
por Lancelyn Qui Fev 16, 2017 5:24 pm

» [RP FECHADA] Snowed woods
por Alaric Umber Qua Fev 15, 2017 11:07 pm

» [Quest Narrada] Murder
por Narrador Qua Fev 15, 2017 10:44 pm

» [RP FECHADA +18] Lose It
por Terry Ashford Qua Fev 15, 2017 10:31 pm

» [RP Flash. +18] — She knows what I think about
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 8:29 pm

» [Rp Fechada] Oloko
por Eustass Kid Qua Fev 15, 2017 8:17 pm

» [RP Aberta] A Agonia dos Corvos
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 7:57 pm

» [RP Fechada] Lift Now
por Memphis Greyjoy Qua Fev 15, 2017 4:22 pm

» [RP FECHADA] Girls and knives, good brides
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 4:02 pm

» [RP FECHADA] O Conselheiro da Fortaleza De Águas Claras.
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 3:49 pm

» Promoção: Convide seus amigos
por James Lannister Qua Fev 15, 2017 11:40 am

» [Quest Narrada] The father's bones
por The Maiden Made of Light Qua Fev 15, 2017 7:12 am

» Quest narrada - Bravo?
por Lorien Hill Qua Fev 15, 2017 6:56 am

» Quest Narrada - Sussurros
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:23 pm

» [Quest Narrada] O satã
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:15 pm

" />

[Rp Fechada] +18 - The Worth of The North

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Rp Fechada] +18 - The Worth of The North

Mensagem por Tariq Vaith em Qua Set 07, 2016 8:07 pm

The Worth of the North
RP fechada. Participam Meera Bolton e Tariq Vaith, está estrito todo e qualquer postagem de terceiros. A RP começará com o post de Tariq Vaith. Faz um frio típico do norte e está anoitecendo, Tariq acabara de chegar com sua comitiva para uma visita a Lady Bolton.

avatar
Imagem :
Mensagens : 49
Nome do jogador : Guilherme
Dragões de ouro : 61
Veados de prata : 177
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 6%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

The Worth of The North

- Quero-os aqui até antes do amanhecer - Disse Tariq para Vimor, o mestre-de-armas do seu castelo, homem cujo era encarregado de cuidar dos soldados de menor escalão do castelo. Era noite e o lorde Vaith planejava fazer uma viagem diplomática até o Norte, para conhecer a senhora do Forte do Pavor, filha de Roose Bolton, Meera. Não sabia muito do lugar, apenas que ficava no Norte e da guerra entre as casas vassalas Starks pelo comando de winterfell. Tariq voltou para seus aposentos após ordenar uma comitiva para o dia seguinte, botara a roupa de dormir e deitava-se em sua grande cama de casal, sozinho.

•••

No dia seguinte logo cedo antes do nascer do sol, Nothoryos fora o acordar com a porta a bater, estava aparentemente apressado - Os homens o aguardam, meu Senhor. - Bateu uma ultima vez e cessou, o silencio de dentro do quarto permanecia, sem sequer um ruído pudera Nothoryos ouvir. Contudo, Tariq se encontrava sentado em sua cama, pensativo e já arrumado. As suas mãos acariciavam a lança que outrora fora de seu pai, era uma das muitas heranças que ficaram para o dornês e a Lança de Guerra era o objeto em que mais tinha se apegado. Quando os sentimentos de saudades finalmente o deixaram em paz, Vaith saiu de seu quarto e foi até o pátio principal para se encontrar com sua comitiva. Os homens que iriam acompanha-lo eram mais de 20, sem incluir os 3 porta bandeiras.

Assim que chegaram todos entraram ao navio e puderam zarpar sem grandes dificuldades. O caminho foi longo e cansativo, beiraram o mar estreito com bastante dificuldade, passaram pela pedra do Dragão, contornando o continente e dando a volta por Dedos, no Vale. Até que chegaram na costa do Litoral Norte. Não demorou muitos dias até chegarem no litoral mais próximo do Forte do Pavor, onde todos desembarcaram. Todos sentiram-se incomodados com o frio, a neve, os ventos gelados que vinham de todas as direções, todos os homens se mantinham fortemente agasalhados e acolchoados e Tariq parecia até um homem gordo pelo seu enorme tamanho e circunferência por conta das vestes.


•••

A sútil comitiva do Vaith chegou até o portão do castelo dos Bolton, a enorme bandeira com o brasão redondo dos Leopardos estampada entrava em contraste com o branco e cinza do Norte. Tariq se encaminhou para perto do portão, acenava para um dos homens do alto do castelo que o obrigavam a identificar-se: - Lorde Tariq Vaith. O jovem leopardo, defensor do Vaith, Senhor de Dunas Rubras. Vim tratar de assuntos importantes com Lady Bolton. - O moreno aguardava do lado de fora, esperava por algum resposta positiva e que finalmente pudessem adentrar o castelo e fugir do intenso frio que rondava aquela região.

.
avatar
Imagem :
Mensagens : 49
Nome do jogador : Guilherme
Dragões de ouro : 61
Veados de prata : 177
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 6%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

— worth of the north


O sol nascera à menos de uma hora e a Bolton já se encontrava a pé; na realidade, estava acordada muito antes de o Sol sequer nascer.  Aquela fora mais uma das muitas noites em que o seu sono fora conturbado, não deixando que descansasse tanto quanto seria suposto. Porém, de alguma forma, a falta de sono nunca perturbada a mulher - facto que chegava a fomentar alguns cochichos entre as servas, que eram capazes de inventar boatos tão disparatados quanto o de que Meera não era humana, e sim uma besta temível que não necessitava de dormir como os restantes seres humanos. Tolices, decerto, e era por esse mesmo motivo que a morena nutria tão pouco afeto pelos homens e mulheres que a serviam.

Ainda se encontrava nos seus aposentos, naquela manhã decidira que não pretendia ser importunada por ninguém enquanto trabalhava, trocando a azáfama matinal do salão de refeições pelo conforto e calma que apenas conseguia encontrar naquele espaço que era só seu. Lá, não seria importunada nem por servos, nem pela praga que era o seu irmão mais novo, nem mesmo pela irmã bastarda por quem sentia uma afeição peculiar - todos eles sabiam bem que não deveriam incomodar a Lady enquanto esta permanecesse nos seus aposentos. E, assim, Meera foi capaz de tratar dos assuntos que eram de extrema importância para o seu domínio, bem como para o sobrenome que portava orgulhosamente. Um em específico.

Aquela manhã amanhecera atipicamente nevada, bem como anormalmente fria. Lá fora, para lá das vidraças da janela do seu quarto, a morena pôde contemplar as colinas e planaltos nevadas, toda a floresta circundante encontrava-se coberta por um manto grosso e sem cor, depois do nevão daquela madrugada. De momento a neve parara de cair mas, mesmo com a lareira do seu quarto acesa, o frio era tanto que Meera era capaz de sentí-lo nos seus ossos, enrijecendo todo o seu corpo. Sorriu levemente; o sarcasmo fazendo-as presente no rosto de traços tão delicados: era certo que os Stark profetizavam incessantemente tal acontecimento, todavia a Bolton começava a crer realmente que, de facto, o Inverno estava a chegar.

A Lady voltou a concentrar a sua atenção nos pergaminhos que se encontravam sobre a secretária, debruçando-se sobre os mesmos de forma a conseguir analisar melhor os dados neles contidos. Desde que chegara à posição em que se encontrava agora que a mulher estava determinada a salvar o legado da sua família, a restaurar o estatuto que vinha com o nome Bolton, o respeito e poder que os seus ancestrais outrora tinham possuído. E a verdade era que a tarefa não era, de forma alguma, fácil mas Meera não desistiria. Pretendia deixar um legado na história da sua casa e do Norte e, na sua cabeça, o percurso para alcançar os seus objetivos não podia ser mais claro.

Era verdade que já começara a traçar o caminho e a agir de acordo com o que era esperado de si, mas precisaria de muito mais que isso para recuperar a sua hegemonia. Teria, inclusive, que tomar algumas atitudes reprováveis: subjugar-se ao poderio dos Stark. Tinha que recuperar a confiança dos líderes do Norte, bem como provar-lhes que continuar a aplicar uma punição determinada num passado tão remoto por algo de que já se redimira não era o correto. E, se tudo desse certo, seria bem sucedida nessa missão.

Ao voltar a focar as íris gélidas no cenário que se desenrolava no exterior do Forte do Pavor, um movimento inesperado atraíu a sua atenção. Uma comitiva aproximava-se do seu castelo, anunciando a sua vinda pelos estandartes que portavam. Percebendo que a sua presença era requerida no pátio de entrada, decidiu abandonar o estudo e considerações em que se embrenhara nas últimas horas. Então abandonou por fim os seus aposentos, caminhando em passos determinados até ao local onde a agitação se fazia presente.

Assim que alcançou o seu destino, um dos guardas anunciou a chegada de Lord Tariq Vaith, Senhor de Dunas Rubras, que pretendia tratar de " assuntos importantes" consigo. A Bolton não hesitou em acenar em confirmação para os seus homens, que se apressaram a abrir os portões de entrada permitindo assim a passagem do jovem senhor e a sua comitiva. A curiosidade assolou o espírito da garota porém esta manteve-se impávida durante todo o período de tempo em que o Lord e os seus homens se acomodaram no espaço de treinos dos seus homens, descendo do seu cavalo e vindo até si.

- Lord Tariq, seja muito bem vindo ao Forte do Pavor! Creio que não tenho a necessidade de me apresentar, mas ainda assim julgo que é o meu dever cumprir as formalidades. Sou Lady Meera Bolton, Senhora do Forte do Pavor e dos domínios que lhe são designados, filha e sucessora de Roose Bolton. - Entoou com um sorriso enigmático plantado nos lábios rosados, a expressão jovial. Deixou-se apreciar a figura do homem: de traços claramente dorneses, este era extremamente bem-parecido, aparentando estar incomodado com o frio extremo. - Curiosamente, o dia de hoje amanheceu invulgarmente ríspido. Imagino que você e os seus homens desejem o calor do interior, então peço-vos que me sigam, senhores. Tenho abrigo, comida e bebida mais que suficientes para todos; os cavalos serão levados para os meus estábulos e bem tratados.

- Imagino também que milord desejará alguns momentos em particular, para tratar dos assuntos que anunciou, correto? Pois bem, siga-me que o irei acompanhar até um lugar onde possamos discutir tais assuntos.
- Finalizou o discurso com um sorriso ainda mais caloroso que o anterior, dando umas breves instruções aos servos - que já sabiam o que fazer - e seguindo para o interior da fortificação.



Habilidade treinada:
Política

— Our blades are sharp
avatar
Imagem :
Mensagens : 160
Nome do jogador : Soph
Dragões de ouro : 161
Veados de prata : 196
Estrelas de cobre : 00
Idade : 18
Salário extra : 8%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

The Worth of The North

O vento frígido que maltratavam os estrangeiros parecia não ter nenhum efeito adverso aos Nortenhos, diferentemente dos Dorneses que estavam todos empacotados mas ainda assim tremulentos. Aguardaram no incessante frio até que fora dada a ordem para que entrassem, e assim fizeram, em trotes calmos e lentos os cavalos e cavaleiros entraram pela grande porta do Forte. Tariq observava a figura a sua frente da Lady Bolton, ouvira falar que era muito jovem e bonita e seus olhos não desmentiam os boatos, de fato era. Desceu de sua montaria junto de seus homens, encarava o rosto gélido de Meera, uma beleza glacial, eis que a mulher se pôs a dar as boas vindas aos recém-chegados.

Tariq a olhara da cabeça aos pés, reconhecendo a imponência da moça. Meera era uma mulher de meia altura, com cabelos longos e tão escuros que o efeito enegrecido de seus fios intensificava com a pele alva da jovem, era quase como se o frio e a neve tornassem brancos os seus habitantes. Aquilo cativara o Vaith e ouviu atentamente bem os dizeres da anfitriã, e tão logo começou a dizer: - Com muitíssimo prazer, Lady Meera Bolton. Vamos homens. - e assim todos se dirigiram até o interior atrás da jovem Lady.

Enquanto o Dornês acompanhava a mulher até um local mais privado, ele começava a ficar um pouco mais a vontade - Acredito que a senhorita saiba da importância para com os castelos e seus habitantes a reunião para uma aliança entre nossas casas. Nossa influência através do rio Vaith é deveras importante para o castelo de Lançassolar, creio que isto possa facilitar tratados diplomáticos, de comércios e inclusive de uma possível guerra que está por vir, facilitando, também, que tenhamos pontos estratégicos e táticos aqui no Norte e que vocês tenham igualmente influência comercial e militar em Dorne acompanhado de um caloroso abrigo em meu castelo. - A última frase proferida pelo rapaz veio um tanto alterado, com um leve tom de malícia, claramente a presença feminina de Meera haviam mexido com ele.
avatar
Imagem :
Mensagens : 49
Nome do jogador : Guilherme
Dragões de ouro : 61
Veados de prata : 177
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 6%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

meera bolton

No início do texto, há erro de ortografia em "O sol nascera à menos de uma hora [...]", onde o correto deveria ser "há menos de", por conta da ideia de tempo transcorrido. Acredito que "[...] nunca perturbada a mulher [...]" possui um erro de digitação onde deveria ser "perturbara". No terceiro parágrafo, em meio ao trecho "Sorriu levemente; o sarcasmo fazendo-as presente [...]", creio que se refira ao sarcasmo fazendo-se presente no rosto da personagem, o que caracteriza um pequeno erro no pronome que acompanha o verbo fazer.

No mais, o treino permanece impecável, fazendo-me realmente embarcar na leitura dele. Achei interessante a forma de treinar, através da formação de constatações, e não tenho mais a dizer senão parabéns.

Obs.: Se algum dos erros apontados por mim estiver correto mediante apresentação das devidas explanações da Língua Portuguesa, não hesitar em me contatar por mp para que eu tome as devidas providências.

Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (9/10)

Total (99/100)


+ 15% de experiência pelo atributo de inteligência com 6 pontos
- 0% de experiência por ter a habilidade no nível 1

Recompensas
+ 114 pontos de experiência em Política

avatar
Imagem :
Mensagens : 121
Nome do jogador : Hooded
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

— worth of the north


O olhar do dornês percorria-a da cabeça aos pés sem pudor, avaliando cada aspeto da sua aparência e pose, ao que parecia. Lord Tariq permanecera nessa avaliação intrínseca durante alguns momentos até que a morena indicou que este a seguisse, respondendo cordial e respeitoso e ordenando aos seus homens para que o acompanhassem.

Já dentro do Forte, a diferença térmica era significativa.  No exterior o frio enregelava os ossos de qualquer um, prendendo os músculos e os movimentos e causando até um certo nível de agonia aqueles que não estavam habituados aquele clima tão adverso. Assim que se cruzavam as portas do castelo, porém, um calor confortável envolvia os presentes, agraciando-os com o seu abraço tão bem-vindo. As correntes térmicas e furnas que passavam por de baixo da sede da Casa Bolton - tal como acontecia em Winterfell - aqueciam as paredes, bem como o solo daquela edificação, permitindo que esta se encontrasse agradavelmente quente durante todo o ano, e combatendo o clima rigoroso da região.

A jovem Lady tratou de passar a palavra a um dos seus servos para que guiassem a comitiva de Lord Vaith até ao salão principal, certificando-se de que os seus homens eram bem tratados e alimentados, e deixando ordens estritas para que nenhum outro membro da família frequentasse o lugar. Dada a ordem, pôde centrar a sua atenção exclusivamente no senhor que a visitara, voltando a exibir um sorriso esplêndido - certificando-se também que passava outra mensagem, quase imperceptível. De facto, e ainda que não conhecesse devidamente o homem que se apresentava perante si, sentia-se agradada pela sua presença. Aquela podia, até, ser uma surpresa prazerosa para os envolvidos.

Ainda que não fosse algo característico da sua forma de agir, a mulher desviou o ser percurso de forma a levar o Lord até aos seus aposentos privados, ao invés de levá-lo até à sala onde, normalmente, discutia os assuntos de natureza política. Tariq Vaith pedira privacidade, e ali era mais que certo que a teria, além de não correrem o risco de sofrer alguma interrupção por parte de quem quer que fosse. As palavras do homem exaltavam a importância do êxito das negociações que os dois pretendiam seguir para ambas as casas, desencadeando um curto processo de reflexão por parte da morena. Efectivamente, ambas as casas beneficiavam de domínios territoriais e geográficos de importância, tanto para os seus senhores como para outras casas, e uma aliança entre Bolton e Vaith seria fortuita a ambas.

"Não podia concordar mais, Milord. Conheço o legado e estatuto da sua casa bem como os seus pontos de referência e posso dizer que, mediante termos justos, tal aliança será facilmente celebrada. A minha casa sempre teve como tradição a sua força e imponência perante as outras casas, principalmente as de regiões mais distantes e, como você teve a oportunidade de perceber, o Forte do Pavor é uma estrutura que foi concebida de forma a poder suportar qualquer eventualidade. Fomos a segunda Casa mais poderosa por gerações e gerações antes de mim, e mesmo que eventos infelizes tenham abalado a nossa confiança, não abalaram certamente as nossas qualidades. Dito isto, creio que você tem algo em mente, ou estou equivocada?" Por fim, encontravam-se frente aos aposentos da Lady.

Meera adentrou nos aposentos, convidando o Lord a entrar também e fechando a porta atrás de si. Dirigiu-se à secretária de madeira maciça que se encontrava prostrada a um canto da divisão, sentando-se na poltrona que se encontrava de um dos seus lados. Pediu ao Senhor de Dunas Rubras para que se sentasse do outro lado da mesa, voltando a sorrir complacente. "Creio que aqui poderemos usufruir plenamente da privacidade que requiriu, além de ser mais quente e confortável do que numa sala fria. Espero que se sinta à vontade." Alargou o sorriso, sem nunca descuidar da postura firme que mantinha. "Deseja vinho?"


Habilidade treinada:
Política

— Our blades are sharp
avatar
Imagem :
Mensagens : 160
Nome do jogador : Soph
Dragões de ouro : 161
Veados de prata : 196
Estrelas de cobre : 00
Idade : 18
Salário extra : 8%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Meera Bolton

Um texto explendido, como sempre. A escrita impecável, transmitindo assim muita cordialidade na personagem, agradando ao leitor. O treino em si foi muito bem posto, de uma maneira que no contexto da RP caiu como uma luva. Não tenho nada a declarar sobre erros ou coisas que levassem à descontos.



Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 15% de experiência pelo atributo de inteligência com 6 pontos
- 5% de experiência por ter a habilidade no nível 2


Recompensas
+ 110 pontos de experiência em Política


avatar
Imagem :
Mensagens : 233
Nome do jogador : Leimann
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

The Worth of The North

A oratória era uma das táticas usadas pelo moreno para tentar convencer a lady Bolton, a sua viagem até o Norte não poderia ser em vão, argumentava resumidamente o que pretendia para a Fortaleza no Norte. De forma calma e sucinta o rapaz proferia as palavras sem balbuciar em nenhum momento, a forma límpida com que articulava o seu jogo de sentenças pretendia convencer a jovem de que uma aliança entre os reinos seria a ideia mais adequada a situação, já que Westeros vive em grande tensão e uma corrida armamentista muito grande pela guerra anunciada. Meera mostrava-se bastante culta e informada a respeito de Dorne, colocava em pauta a importância de sua casa para a Região do Norte, a trajetória histórica e desavenças não tão longínquas que desencadearam no mundo em que vivem hoje. Todavia os feitos de um passado recente não mudariam a grandeza dos Bolton e da influência que esses tinham em Westeros, ainda mais se tratando de uma Lady tão jovem e racional.

Tariq assentiu com a cabeça, aguardava-a trancar a porta e em seguida ambos sentaram-se nas cadeiras como uma verdadeira reunião politica. Tariq em um prestimoso sorriso branco que formava-se em seus lábios, apoiou os braços sobre a mesa de madeira que Meera usava para os seus afazeres como lady, depositou sobre a mesa uma enorme caixa de madeira com uma trinca, fechada. Queria transmitir a mulher a melhor impressão que pudesse passar, o frio de outrora já não assolava tanto o Dornês, aos poucos sentia-se mais e mais confortável, o quarto de Meera era quente, de uma temperatura agradável, os castelos no Norte eram feitos para o frio infindável de suas terras não os congelassem quando dormiam. Extremamente a vontade, o rapaz decidiu aceitar um pouco da bebida que a moça oferecia — Aceitarei de muito bom grado, milady. - Acenou um gesto com a cabeça. Aprumado e decidido com o que iria fazer, o Vaith começou:

Tenho realmente planos em minha mente, lady Meera. Sabe da imponência de Dorne e de como nossos territórios são impossíveis de serem tomados, poderia citar para vos inúmeros exemplos de casos conhecidos, porém creio que uma moça culta e inteligente como a senhorita, milady, já deves conhecer muito bem. Pois bem… - disse o homem a suspirar fortemente - Nossa aliança fundamental se estenderia por entre nossos aliados, tanto os seus quanto os meus tornar-se-iam um só. Minha proposta, milady, é: Uma união matrimonial estável entre Vaith e Forte do Pavor, entre nós, um casamento ou união conjugal que estreitaria nossos laços perante os outros reinos. - O olhar de Tariq permanecia igualmente sério e circunspecto, mantinha a sua postura prudente de um Lorde que não estava a brincar com assuntos tão sérios.

— E para a minha proposta, trago-lhe um presente que expressa toda minha amabilidade para consigo. - Tariq retirou do bolso da cintura uma pequena chave dourada, brilhava tão intensa que não teria como ser outra coisa a não ser ouro, girou-a por dentro do cadeado e após um pequeno estalido abriu-se a levantar a grande tampa lentamente para cima. Empurrou com as mãos e a fenda de abertura voltada para Meera, afim de essa olhasse o interior do caixote. Poderia ver ainda que não quisesse, uma grande quantidade de pano e tecido dobrado por baixo de um busto de arame para que não abarrotasse aquela região do busto e cintura do vestuário. — Para uma linda mulher… um lindo vestido! - O Dornês sorria a fitar o rosto de Meera, esperançoso pela sua reação e de como ela trataria de agir dali em diante.

Spoiler:
Habilidade Treinada: Politica
vestido:

avatar
Imagem :
Mensagens : 49
Nome do jogador : Guilherme
Dragões de ouro : 61
Veados de prata : 177
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 6%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Tariq Vaith

Post muito bem escrito, apesar de eu ter notado um ou outro erro, que não foram graves o bastante para gerar descontos. Ortografia excelente, e uma boa apresentação da habilidade treinada, não tenho do que reclamar nesse treino.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 18% de experiência pelo atributo de inteligência com 7 pontos
- 10% de experiência por ter a habilidade no nível 3

Recompensas
+ 108 pontos de experiência em Política





avatar
Imagem :
Mensagens : 539
Nome do jogador : Gabs
Dragões de ouro : 100000000000000000
Veados de prata : 100000000000
Estrelas de cobre : 100000000
Idade : Mais velha que você
Salário extra : 100%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Durante todo o período de tempo em que os dois se tinham encontrado nos aposentos da Bolton, Lord Vaith exibira um sorriso pretensioso, que apenas não se tornava irritante para a morena pois, apesar do seu caráter, não deixava de possuir um certo charme. O à vontade de Tariq era visível através das suas ações e palavras, o que a entretinha de certa forma, mas a seriedade não tardou a ser repetida nas feições caracteristicamente sulistas no momento em que o diálogo político se iniciou, e ambos passaram a tratar, efectivamente, do propósito daquele encontro, que logo seria revelado.

Uma caixa de madeira fora deixada sobre a secretária em que a jovem Lady cuidava dos assuntos relativos à gerência do Forte do Pavor. Uma união matrimonial a ser assinalada, entre Vaith e Bolton, ali apresentada. Logo após esse ato seguiu-se o breve discurso do homem que, uma vez mais, exaltava a imponência dos povos da sua região de proveniência, colocando então por palavras a proposta que estava a ser feita. As íris gélidas da nortenha avaliaram a peça de madeira entalhada, aferindo intrinsecamente todo o significado daquela proposta, bem como daquele encontro e das suas futuras consequências. Por mais que não o demonstrasse, ou sequer fosse admitir, fora surpreendida pelas ações do jovem senhor. Dada a notabilidade infame do seu nome, bem como da Casa Bolton - que Meera não duvidava que fosse do conhecimento de Tariq, afinal, este parecia estar bem informado até ali - seria precisa ou muita loucura, ou muita coragem para atravessar o continente westerosi de um extremo ao outro, tudo isso com a pretensão de firmar uma aliança com uma das famílias mais temidas e desprezadas de todos os Sete Reinos.

O pequeno baú de madeira foi destrancado e gentilmente empurrado sobre a superfície da mesa, na sua direção. Agora, era possível observar o seu conteúdo através da fresta entre o corpo do objeto e a sua abertura, mas ainda assim Meera abriu-o plenamente, avaliando o seu interior. Um belíssimo vestido - de cores quentes e corte claramente dornês - ocupava a cavidade do recipiente, os finos e leves tecidos suaves ao toque dos dedos esguios da mulher, quando esta estendeu a mão para os sentir. Por mais que nunca se tivesse preocupado a esse nível com o que trajava - pois, num clima como o da sua terra natal, não havia lugar para tais pretensões - conseguia admirar a beleza e riqueza da peça que lhe tinha sido presenteada. "Você tem bom gosto, sem dúvida."

Ao contrário de muitas outras jovens da sua idade, a Bolton nunca sonhara com cerimónias pomposas ou casamentos estáveis. Conhecia, sim, o seu lugar na hierarquia de valores praticada entre os grandes senhores e senhoras do continente: sendo mulher, nascera e fora criada para firmar aliança com um Lord ou herdeiro de outra casa através do casamento, ser uma boa esposa e dar vida aos seus herdeiros, e nada mais. Todavia, Meera nunca se contentará com ambições tão baixas e terrenas como aquela, almejando muito mais. E conseguira, de certa forma. Pois, numa sociedade inquestionavelmente sexista, alcançara o título de senhora das suas próprias, algo que muitas jovens da sua idade nunca alcançariam durante toda as suas vidas, por mais que tentassem. Sabia, contudo, que para garantir a continuidade da sua linhagem - e para evitar que o poderio do Forte do Pavor caísse nas mãos da irmã bastarda, após a sua morte - precisaria de gerar um herdeiro legítimo, o que implicava que, para manter o seu estatuto, necessitaria de toda a pompa e circunstância que apenas um casamento lhe poderia conceder.

Ergueu-se da poltrona, alcançando a taça de vinho de que se servira anteriormente antes de contornar a secretária que os separava, os seus passos elusivos. Aproximou-se do Lord até se encontrar do seu lado direito, recostando-se na mesa sem deixar que a graça abandonasse cada um dos seus movimentos. O seu olhar penetrante recaíu sobre a figura altiva de Tariq, o sorriso revelando, enfim, a diversão sombria que a envolvia. "Compreendo que espere obter uma resposta ainda antes do fim desta nossa reunião, Milord, porém peço-lhe que me perdoe pela diligência," o seu tom enigmático continha uma perspicácia sagaz. "O que o levou a, com tantas jovens disponíveis, atravessar um continente inteiro em busca de uma aliança com uma casa tão infame, desprezada e temida por todos os outros senhores e senhoras dos Sete Reinos? Decerto que você seria capaz de encontrar ótimas candidatas a esposa, que sabem tecer e cuidar do lar com maestria, muito mais perto de si e com dotes muito mais satisfatórios. Por que é que, de todas essas donzelas, você decidiu partir em direção ao desconhecido, e organizar esta visita?" A mulher iniciara ali mais um dos seus muitos jogos de persuasão e engano, porém aquele era um jogo onde ambos poderiam sair vencedores. Bastava que Tariq Vaith o soubesse jogar.

Habilidade treinada :
Política
BY MITZI
avatar
Imagem :
Mensagens : 160
Nome do jogador : Soph
Dragões de ouro : 161
Veados de prata : 196
Estrelas de cobre : 00
Idade : 18
Salário extra : 8%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Meera bolton

Um ótimo treino, o tom político presente durante toda a narrativa, mesmo que nem fosse o foco em determinados períodos. Apenas sugiro que aumente a fonte do texto, visto que foi um pouco incômodo aproximar-me da tela para ler.

Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (9/10)

Total (99/100)


+ 15% de experiência pelo atributo de inteligência com 6 pontos
- 10% de experiência por ter a habilidade no nível 3

Recompensas
+ 104 pontos de experiência em Política

avatar
Imagem :
Mensagens : 121
Nome do jogador : Hooded
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

The Worth of The North

Como profetizado por seu conselheiro, Nothoryos, a lady Bolton não cederia facilmente a sua confiança, não era nenhuma boba e tampouco inexperiente em assuntos diplomáticos, articulava tão bem com as palavras que parecia ter anos e anos no comando de sua casa. Tariq entreolhava a dama, tateando o vestido a sentir o tecido que fora feito a mão em Dorne, um presente típico Dornês com caracteristicas de sua terra, percebeu naquele momento que um terra fria como aquela ela não poderia aproveitar a elegância de vestir-se tão bem quanto a uma Sulista, porém os trajes Nortenhos caíam tão bem em sua silhueta que não era vista a necessidade de um vestido daquela desenvoltura para tal. Os olhos seguiam Meera levantar-se de sua poltrona, o silêncio do cômodo era quebrado com o som de seus saltos, ritmados pelo seu caminhar sedutor de uma nobreza infindável, aumentaram o clima de tensão exponencialmente.

A voz imponente e astuta de Lady Bolton demonstravam que ela queria absorver o máximo de informação que conseguisse de Tariq, queria colocá-lo contra a parede e questionava-o o “porquê” de estar ali diante dela a propor um casamento, listava características de Damas comuns westerosis e Tariq balançava o pescoço para a lateral, não lhe agradava toda a pomposidade dos outros reinos, Dorne  era conhecido pela sua diferença cultural e aversão aos costumes típicos. O Vaith ergueu os olhos a olhar para a anfitriã, notava em seu tom de voz a verdadeira intenção de Meera, e como um bom jogador do jogo dos tronos, o Rapaz trabalhava com gestos corporais acompanhado de uma boa lábia.

Lady Meera — Começou, com a rouquidão de voz por sobre a voz feminina da mulher - Não me surpreende que a senhorita seja uma dama de personalidade forte e que não se convence facilmente. Sei, também, que vossa casa é importante, temida e respeitada. Diga-me outra mulher temida em toda westeros por sua bandeira ostensiva, com uma Lady em seu comando que não abaixa a cabeça para qualquer Lord moribundo de outro Reino, que governa com bravura e destemor, que não assemelha-se às damas “puras” e intocáveis com trejeitos repugnantes. Lembra-me muito as histórias contadas de meus antepassados Roinares, princesa Nymeria, defensora de meu povo e uma governante brilhante. Tal como vós, magnífica e empoderada. A minha viagem até aqui não foi em vão, cruzei o continente através de semanas navegando atrás da mulher mais interessante e audaz, a governante mais preparada que toma a frente de uma fortaleza que carrega o nome da Casa Bolton… - Tariq levantou-se da cadeira a encarar com um olhar tórrido e brilhante a íris gélida da Nortenha. - Meera Bolton. Não necessito de uma dama expert em tecelagem... interessa-me mulheres poderosas, com um olhar para o futuro e que saibam cuidar do próprio nariz, que governe com seriedade e perseverança. Essa mulher é você.

Spoiler:
Habilidade Treinada: Politica
avatar
Imagem :
Mensagens : 49
Nome do jogador : Guilherme
Dragões de ouro : 61
Veados de prata : 177
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 6%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Tariq Vaith

O seu treino foi bom, porém algumas frases foram demasiadamente longas. Havia muitos locais onde o ponto final poderia ter sido inserido, o que gerou descontos.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (25/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (95/100)


+ 18% de experiência pelo atributo de inteligência com 7 pontos
- 15% de experiência por ter a habilidade no nível 4

Recompensas
+ 98 pontos de experiência em Política
+ Técnica de habilidade: Lorde (nível 5)
avatar
Imagem :
Mensagens : 306
Nome do jogador : Vic
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Por um motivo desconhecido – mas que intrigou a jovem – Tariq abanou a cabeça em desaprovação durante a maior parte do seu breve discurso. Algo, porém, ressaltou de imediato à vista das íris azuis de Lady Bolton: Lord Vaith parecia ter compreendido as suas intenções, além de ter aceite pactuar no jogo a que Meera dera início. Agora, não só a voz da mulher se fazia ouvir sinuosa e oblíqua, como também a voz do homem adquirira alguma rouquidão, as palavras sendo claramente estudadas pela ávida mente antes de serem proferidas no ar ameno dos seus aposentos. Em conformidade com os seus planos para aquele encontro, o dornês parecia ser perspicaz o suficiente para seguir com aquele diálogo de uma forma fortuita para ambos, atraindo assim a atenção da morena de uma forma mais eficaz.

Palavras de preconização foram proferidas pelo senhor de Dunas Rubras, palavras que exaltavam o feitio e a pose da nortenha, bem como as suas capacidades de governação dos domínios que lhe pertenciam. Tariq Vaith comparou a jovem Lady às donzelas sulistas, tecendo elogios ininterruptamente durante todo o intervalo de tempo em que a palavra foi sua, elogios esses que poderiam fazer qualquer outra dama corar e desatar em risinhos e palavras doces, mas que apenas aguçavam os sentidos da Bolton. Não estava certa sobre a natureza daquelas palavras – se se resumiam a nada mais que pura adulação ou se, para o homem, continham mesmo um fundo de verdade – porém não podia estar menos interessada. Meera não era pessoa de receber elogios sem duvidar das intenções da pessoa a quem se dirigia; na verdade, não era uma pessoa que acreditasse em qualquer palavra que fosse proferida por bocas alheias, sem duvidar uma e outra vez. Meras palavras podiam constituir uma arma caso fossem utilizadas da forma certa, colocar reinos uns contra os outros e destruir qualquer união ou aliança. E, tanto naquele continente como no continente vizinho, eram mais que muitas as pessoas que esbanjavam palavras com um único objetivo: alcançar os seus próprios fins. Não fosse Meera Bolton uma delas.

Um sorriso transmutou-se nos lábios encarnados e carnudos da mulher, o aliciamento ainda presente, porém a diversão muito mais. Desta vez, sombras de escárnio poderiam ser visíveis por quem estudasse a sua expressão afincadamente, e a dama não fez sequer questão de disfarçar esse sentimento no instante em que retomou a interação com Tariq. “Perdoe-me, Milord, contudo não consigo deixar de achar alguma graça ao seu discurso. Não é pelo inusitado facto de que você tem uma clara aversão às donzelas “puras” e intocáveis, porque não é. Mas, de forma alguma eu seria capaz de trazer à lembrança a Princesa Nymeria,” levou a taça aos lábios naquele que era mais um movimento instintivo do que a necessidade real de ingerir o líquido escarlate.

"Por outro lado, não acho que você fosse um mau partido. E posso te garantir que, sob condições justas, eu serei o melhor partido que você será capaz de encontrar. Afinal, você mesmo o disse: donzelas puritanas e frágeis como vidro são tão enfadonhas..." o seu tom era propositadamente arrastado no fim da frase, baixo como um silvo. Pela altura em que terminou de proferir a frase já dera um passo em frente, encontrando-se agora perigosamente próxima de Lord Tariq. O seu olhar ergueu-se até que se encontrasse com o olhar tórrido do dornês, demonstrando muito mais para além do que a Lady demonstrava com simples palavras. O seu interesse ia para lá de uma mera aliança política e, dado o estado das conversações, Meera não fazia mais questão de adotar uma pose contrária a essa, jogando em prol dos seus desejos. Não iria, porém, adotar nenhuma atitude insinuante na direção de Tariq; deixaria essa parte a cargo do homem.


Habilidade treinada :
Política
BY MITZI
avatar
Imagem :
Mensagens : 160
Nome do jogador : Soph
Dragões de ouro : 161
Veados de prata : 196
Estrelas de cobre : 00
Idade : 18
Salário extra : 8%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Meera Bolton

Gostei do seu treino, ainda que achei que poderia ter um pouco mais conteúdo de Política. Apesar disso, sua narrativa é ótima e sua ortografia impecável


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (18/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (98/100)


+ 15% de experiência pelo atributo de inteligência com 6 pontos
- 15% de experiência por ter a habilidade no nível 4

Recompensas
+ 98 pontos de experiência em Política
avatar
Imagem :
Mensagens : 306
Nome do jogador : Vic
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

The Worth of The North

Podia ver no olhar da Bolton que ela interessava-se pelo que era dito, as palavras cortavam o clima de tensão, parecia que ambos já se conheciam há algum tempo, não havia timidez em nenhum dos lados. Tariq enfatizava a personalidade forte de Meera, queria transmitir em suas palavras a sua real intenção e a forma mais sincera de fazer isto era ser direto. Fitava a Lady sorrir após terminar de falar, não entendia muito bem o motivo porém logo ela começava a explicar-se a dizer que a comparação com Nymeria consigo mesma era incabível, de certa forma ele sabia disso, os feitios de sua ancestral jamais seriam igualados mesmo que se passasse mais 100 anos. Toda a ação de Meera admirava-o, era uma lady sensual por natureza, a forma como levava a taça de vinho a boca era sedutora, o jeito com que se comunicava, o olhar, a maneira como se aproximou do corpo do Dornês, nada mais foi necessário para que aumentasse dentro do Lorde o desejo.

— E é a única que quero… - Tariq avançou como um exímio Leopardo, símbolo de sua casa, predador como tal. A mão esquerda aparava a cintura de Meera puxava-a com a força do braço para mais perto de si. A encarou por alguns segundos, podia sentir a respiração desta em conflito com a sua. Deslocou-se até os lábios se encontrarem, gélidos pelo frio do Norte, mas que não incomodara nenhum pouco o rapaz. Conduzia Meera a caminhar enquanto beijavam-se, e assim que os joelhos desta tocou a cama ele a jogou por cima do colchão. O olhar malicioso do rapaz era nítido, as sobrancelhas desenhadas em seu rosto, o sorriso ousado de sua personalidade Sulista. Como um bom Dornês ele sabia como satisfazê-la, talvez ainda fosse virgem, não tinha certeza. Todavia não brincava na hora mais importante.

Tirou a manta de peles que cobria seu corpo, vestia uma túnica azul com bordados em dourado e nada mais por baixo de sua veste. A encarava com um olhar devasso, desabotoava um por um os botões de sua túnica, deixando aparecer sua nudez, o corpo bem trabalhado, atlético, apesar de ser um Lorde ocupado, o tom moreno de sua pele queimada pelo sol, um físico que Meera nunca encontraria no Norte, ao menos com características tão quentes e marcantes. Deixava a roupa cair sobre seus ombros, revelando seu mais puro sentimento de prazer. O membro rijo do rapaz veio a tona. Caminhou lentamente de encontro a mulher, a empurrava na cama e logo suas mãos passearam pelo esbelto corpo escondido pelas roupas, a beijava novamente e dessa vez com mais intensidade. Segurava a mão da Nortenha, conduzia a moça para esfregar-se em seu corpo, deslizava a mão da mulher por sobre o seu tórax, descia devagar até o abdômen, observava o rubor leve de suas bochechas quando parou no meio do caminho — Espero que não tenha nenhum compromisso para o resto do dia… - Sussurrou o Dornês descendo a mão da Bolton até a sua intimidade, agora que estava completamente nu.

Spoiler:
Habilidade Treinada: Sedução
avatar
Imagem :
Mensagens : 49
Nome do jogador : Guilherme
Dragões de ouro : 61
Veados de prata : 177
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 6%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

TARIQ VAITH

Um treino simples, que poderia ter sido melhor aprofundado na questão "sedução" antes do ataque do personagem em si. Não notei erros ortográficos que prejudicassem.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (15/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (95/100)


+ 18% de experiência pelo atributo de inteligência com 7 pontos
+ 10% de experiência por ter a habilidade no nível 0


Recompensas
+ 122 pontos de experiência em sedução


avatar
Imagem :
Mensagens : 233
Nome do jogador : Leimann
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Assim que a morena realizou aquela aproximação, tratou de deixar a taça de vinho sobre a superfície envernizada da mesa - sabia o que se seguiria. Bastaram algumas palavras por parte do dornês para que este, por fim, a abordasse de uma forma física, avançando sobre si e enlaçando-a ao passar a mão pela cintura esguia da jovem. Numa questão de segundos, o corpo da mulher tinha sido puxado de encontro ao corpo do homem, o seu toque quente aquecendo-a de imediato, tanto exterior como interiormente. A Bolton manteve as íris claras focadas nas orbes escuras, a troca de olhares intensificando-se de uma forma em que não seria preciso mais palavras para descrever o desejo que ambos os corpos carregavam, ou a atração sentida.

As respirações dos dois embatiam, e logo os seus lábios encontravam-se, o beijo agravando-se até um ponto em que a respiração da jovem não era mais regular e sim entrecortada. Tariq precipitou-se prontamente para aquele que seria o segundo ato, o mais desejado, conduzindo-a até à cama de dossel sem interromper a junção dos seus lábios desnecessariamente. Por mais intimidantes que os movimentos predatórios do Lord pudessem ser, não surtiam esse efeito na jovem Lady. Fora aquilo que pretendera e, como esperado, conseguira. Havia sempre uma primeira vez para tudo e, ainda que a sua experiência naquele ramo fosse vasta, apenas conhecia de ouvido o feitio e as proezas de que os homens e mulheres daquela região tão quente por si só eram capazes. Pretendia confirmar se as palavras que passavam de boca em boca eram verdadeiras e, para sua sorte, não precisaria de aguardar muito tempo para que tal se sucedesse.

Sem qualquer cerimónia foi empurrada sobre a cama, porém Tariq não lhe seguiu o rasto. Permanecendo em pé diante de si, o homem lançou-lhe um olhar capaz de desarmar qualquer mulher desprevenida, o sorriso lascivo provocando um leve fervilhar por toda a sua pele. Então, tratou de se livrar do manto de peles que trajava como meio de combate ao frio, permitindo à mulher admirar a bela túnica que vestia por baixo; mas não era aquilo que ela pretendia admirar e, para sua satisfação, a vista logo voltou a mudar. Desta vez o dornês desfazia-se das suas vestes por inteiro, e Meera não evitou um sorriso imprudente enquanto o corpo escultural do Lord lhe era lentamente apresentando, uma parte de cada vez, até que todo ele estivesse exposto sob a vista crítica da Lady. Tinha que admitir: o Vaith parecia saber muito bem como alcançar o fim que ambos desejavam, e sabia ainda melhor como provocar o efeito certo na Bolton.

A nortenha admirou o seu físico escultural até ao momento em que Tariq se voltou a aproximar, suspirando levemente perante a concepção de tê-lo na sua cama. O membro do homem já se encontrava em riste e todo o seu corpo exalava desejo numa mistura inebriante que a despertava ainda mais, e o contacto foi retomado assim que o homem se voltou a aproximar de si, empurrando-o novamente para que ficasse deitada sobre a cama. Mãos grandes e calejadas viajavam através das suas curvas, procurando explorar todo o seu corpo mesmo que este ainda estivesse coberto pelo veludo do seu vestido. Mais um beijo fora iniciado, prendendo-a àquele momento sem lhe dar grandes chances de escapar, e uma das suas mãos foi tomada pelo toque do moreno, sendo guiada através do tronco voluptuoso, em direção às suas virilhas. "Estou certa de que qualquer compromisso possa ser facilmente desmarcado," garantiu, justo no momento em que os seus dedos alcançaram o membro possante, envolvendo-se em redor do mesmo num aperto que não durou muito, pois logo a mulher evadiu-se da posição em que se encontrava, deixando o dornês sozinho na cama.

"Não seja tão apressado. Não seria uma pena se um vestido tão belo como este acabasse por se estragar por conta de um acidente?" Um sorriso obsceno desenhou-se nos lábios de Lady Bolton, que não hesitou no que pretendia fazer. Sem quebrar o contacto visual, fez descair as alças do vestido acobreado que era, já por si só, suficientemente revelador. De seguida, deixou que o tecido escorresse lentamente pelo seu corpo, sem pressa alguma, sentindo o ar arrefecer a sua pele alva à medida que esta era revelada. Por fim, não havia mais nada a esconder, e foi nesse momento que a nortenha, ao invés de voltar para junto do homem, se baixou, erguendo a peça de vestuário e dirigindo-se ao armário que se encontrava a um canto dos aposentos, acomodando o vestido no seu interior. O seu propósito era um único: não iria deixar que o Lord estrangeiro tivesse o que queria tão facilmente, ou aqueles jogos perderiam toda a sua diversão. Contudo - e depois daquele compasso de espera - Meera voltou para junto do Vaith.

Lançou-se sobre si de uma forma idêntica à que ele tinha feito, momentos antes, as suas pernas posicionando-se de forma a que o dornês não seria capaz de escapar dali, debruçando-se apenas o suficiente para deixar um curto espaço entre os rostos de ambos. "Agora está muito melhor, não concorda?" Uniu os seus lábios com a mesma intensidade de antes, as mãos delicadas sentindo as formas profundamente marcadas do corpo do outro, subindo e descendo pelo seu tronco até permanecerem onde se tinham encontrado antes. Acariciou o membro do homem suavemente, trocando um olhar desafiador com Tariq. Agora sim, a diversão a sério começara.


Habilidade treinada :
Sedução
BY MITZI
avatar
Imagem :
Mensagens : 160
Nome do jogador : Soph
Dragões de ouro : 161
Veados de prata : 196
Estrelas de cobre : 00
Idade : 18
Salário extra : 8%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Meera Bolton

Treino muito bem escrito, soube usar bem expressões corporais somadas à técnicas de sedução com uma ortografia impecável, não tenho do que reclamar em sua narrativa.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 15% de experiência pelo atributo de inteligência com 6 pontos
- 5% de experiência por ter a habilidade no nível 2

Recompensas
+ 110 pontos de experiência em Sedução





avatar
Imagem :
Mensagens : 539
Nome do jogador : Gabs
Dragões de ouro : 100000000000000000
Veados de prata : 100000000000
Estrelas de cobre : 100000000
Idade : Mais velha que você
Salário extra : 100%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

The Worth of The North

Era fato de que Meera era uma mulher interessante aos olhos do Dornês, a silhueta bem desenhada de seu corpo parecia na medida exata, como se as medidas fossem matematicamente trabalhadas por baixo daquele vestido, a cobiça o fazia desejar que aquele vestido sumisse de sua frente quando piscasse os olhos, mas nem tudo no mundo era mágica. A voz atrativa de Meera contagiava os ouvidos de Tariq que sorria maliciosamente, sentia a mão fria e macia de Meera em sua intimidade, o contraste do calor de seu corpo com a mão enregelada da mulher era agradável, percebeu naquele momento que a Lady Bolton sabia muito bem como conduzir-se dali para frente e via em seu semblante o desejo aflorar, os olhos não conseguiam enganar sua vontade independente do que poderia dizer.

O Lord contemplava a visão da dama a despir-se em sua frente, o vestido lentamente caía sob os ombros, o níveo tom de pele de Meera vinha à tona, expondo sua nudez para o Sulista, admirava as curvas do corpo da mulher, os longos cabelos pretos caindo por sobre os fartos seios da morena, a alvura de seu torso que outrora escondia-se dentro do vestido agora mostrava-se, arrepiada pelo frio ferrenho que assolava os arredores do Norte, porém que tão breve esquentar-se-ia nos braços do moreno. Sem sombra de dúvidas que o homem via-se encantado, a ansiedade de toma-la para si era seguida de uma angústia provocativa quando a viu sair de sua frente para ir até o guarda-roupa, observava as nádegas da dama e o seu caminhar sedutor de costas para ele, encantado Tariq encontrava-se instigado cada vez mais pela Nortenha.

Ao voltar Meera copiava a forma de abordagem do Lord Vaith, subia sobre o corpo do mesmo de forma tentadora. Como uma feiticeira, os olhos de Meera hipnotizaram o rapaz, escuros e brilhantes como uma pérola negra, tão sedutores e cativantes que petrificavam-no. As mãos gélidas da mulher passeavam sobre seu corpo, parecia preso por ela e agora, mais do que nunca, comprovava ser uma mulher que dominava. Inocente da experiência de Meera com o que estava prestes a acontecer, Tariq ansiava momento oportuno que se seguiria. Os lábios novamente encostaram-se, desta vez com mais intensidade, o coração acelerava os batimentos cardíacos conforme a mulher deslizava sua mão, palpitava intenso e agitado. Uma sensação diferente que somente uma Nortenha podia providenciar.

Tateado em sua área mais sensível pelas mãos da Bolton, o homem relaxara e deixou que esta tomasse conta de todo o serviço. Pelo menos aquele instante, como um bom Dornês gostava de ser audacioso, mas acima de tudo queria testá-la. Levou uma de suas mãos até a nuca de Meera, acariciava aquela região suavemente, os dedos percorriam a área para cima e para baixo. A outra mão repousava sobre o busto da mulher, preenchia sua mão com a circunferência dos avantajados seios dela, massageava-os enquanto seus dedos agarravam com firmeza. O pênis do homem tornou-se pulsante entre os dedos da mulher, sentiu que era hora de um agrado mais exultante, com a mão na nuca de Meera, o Dornês a conduzia levemente o pescoço desta para baixo, na região de sua púbis, sua voz rouca e tomada pelo prazer, segredava em tom baixo para ela: — Mostre-me o que sabe fazer com esses lábios… - Tariq sorria, aguardando pela reação da mulher, estava a gostar demasiado daquilo tudo e não pretendia deixá-la livre tão cedo.

avatar
Imagem :
Mensagens : 49
Nome do jogador : Guilherme
Dragões de ouro : 61
Veados de prata : 177
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 6%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bastou que os dois corpos se voltassem a encontrar para que o ambiente se adensasse, o ar tornando-se mais pesado, e a sua respiração dificultada. A tensão entre a nortenha e o dornês era palpável, e o desejo aquecia a superfície da sua pele como se se tratasse das chamas que ardiam intensamente na lareira dos seus aposentos, consumindo-a lentamente. A Bolton conseguia sentir o corpo do Lord enrijecer por de baixo do seu toque, a sua disposição alterar-se até não ser mais o macho dominante, deixando-se entregar ao toque e à possessão da morena, que faria bom proveito daqueles momentos que partilhariam. Porém - e como não podia deixar de ser – aquele ainda era um jogo que a mulher pretendia ganhar, e a entrega de Tariq só tornaria o processo mais fácil, e até mesmo proveitoso, para ambos.

A ansiedade estava patente tanto nas palavras como no toque do homem, porém ela não iria facilitar as coisas. Faria tudo ao seu passo, e levaria o tempo que achasse necessário até chegar ao ponto pretendido. Poderia, claro, saltar logo para a parte fulcral daquele ato, contudo tinham longas horas pela frente; nada os impedia de prosseguir com aquele encontro pelo tempo que desejassem. Assim, deixou que o dornês a conduzisse como desejava, determinada a prorrogar aquele jogo físico e mental, que se baseava em parte nas ações contraditórias que esta praticava.

“Eu poderia até mostrar já” a sua voz fez-se ouvir, baixa e enrouquecida pela intensidade do momento, “mas será que não seria melhor se não deixássemos que a sofreguidão estragasse todo o proveito?” Um sorriso comprometedor refletiu-se nos lábios da morena, tão próximos do objeto de prazer de Lord Vaith, mas ainda assim tão distantes. Debruçando-se sobre si, Meera tocou suavemente a pele morena, a sua boca depositando leves beijos e carícias por toda a região que envolvia as suas coxas e virilhas - nunca se distanciando do seu membro, mas também nunca o tocando. As mãos hábeis passeavam-se pelo corpo escultural, sentindo o seu físico sem qualquer pudor ou reserva. Sabia que aqueles momentos seriam certamente tortuosos para o jovem senhor, todavia certificar-se-ia de que o iria compensar pela espera. E não faltava muito para que tal acontecesse.

Após aquele compasso de espera em que a nortenha se divertiu a provocar o homem, decidiu, por fim, conceder-lhe o tão aguardado agrado. Há algum tempo que não tinha tido a oportunidade de se envolver num contacto tão íntimo como o que se seguiria – pelo menos não com alguém vindo do exterior – mas nem por isso deixara de possuir o toque provocante e o jeito dissimulado de agir. E foi dessa forma que voltou a acariciar o membro possante com os dedos esguios, iniciando um movimento lento e sedutor que foi lentamente aumentando de velocidade. O seu olhar cruzou-se com o do outro, mais um sorriso sagaz surgindo nos lábios que logo tocaram a pele ardente, beijando a região correspondente à base do seu membro com fervor. Alternou o beijo com mordidas suaves mas persistentes, a sua língua passando por todo o seu comprimento até chegar à outra extremidade.

A nortenha abocanhou-o sem aviso prévio, sentindo o quão excitado este se encontrava sob o seu toque. Os longos cílios uniram-se, impedindo a sua visão, porém esse não era um problema para a mulher que prosseguiu com o ato, intensificando ainda mais a natureza dos seus movimentos. As mãos acompanhavam aquela progressão ascendendo e descendendo pela extensão do seu pénis, a sua fricção instigando o Lord que era agora dominado por si. Contudo, aquele era apenas o começo de uma união fortuita entre o senhor de Dunas Rubras e a Lady do Forte do Pavor.



Habilidade treinada :
Sedução
BY MITZI
avatar
Imagem :
Mensagens : 160
Nome do jogador : Soph
Dragões de ouro : 161
Veados de prata : 196
Estrelas de cobre : 00
Idade : 18
Salário extra : 8%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Meera Bolton

Acho interessante o jogo que você faz com Tariq, coincidindo com a sedução em seu máximo. Quanto ao texto, nada a comentar, além de um "parabéns, permaneça evoluindo".

Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 15% de experiência pelo atributo de inteligência com 6 pontos
- 10% de experiência por ter a habilidade no nível 3

Recompensas
+ 105 pontos de experiência em Sedução
avatar
Imagem :
Mensagens : 121
Nome do jogador : Hooded
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Worth of The North
O Dornês a encarava exultante, seu sorriso jovem escondido por entre os pelos da barba demonstravam sua excitação para o momento que viria a seguir. Todavia Meera não era o tipo de mulher com a qual o moreno era acostumado a tratar, a complacência nos movimentos da mulher faziam apenas parte de seu jogo, e como bem queria e pretendia, conseguiu fazer com que o Dornês se tornasse parte de sua brincadeira psicológica. Questionava-o sobre sua ansiedade, e dizia-lhe que tinha muitas coisas ainda a se aproveitar.

Tariq apenas consentiu inconscientemente enquanto fitava-a admirado pela mulher bem em sua frente, seria mal dizer não aquela figura tão cativante e sedutora, pensou. Acostumada a lidar com homens como o Dornês, a moça serviu-se como bem pôde do corpo do homem, sua experiência era notável e Tariq beneficiara-se de tudo aquilo. Seus olhos outrora abertos e enfeitiçados, naquele segundo em diante fecharam-se pelo prazer contínuo recebido em sua região mais íntima.  Seu membro pulsante e seu corpo contraído expressava o seu mais profundo sentimento aquele momento, o prazer que sentia e os pensamentos mais impudicos e lascivos que tomavam conta de sua mente.

Os minutos passaram-se, e o homem já se encontrava em total êxtase naquele cômodo. Tão logo desprendeu-se do momento fortunoso que passava, suas mãos deslizaram pelo corpo de Meera, acariciando-a lentamente. A mulher continuava. As mãos firmes apertavam o corpo dela cada vez que pensava ter chegado ao ápice, mas logo retomava-se da tensão. Sua mão esquerda pousou sobre o queixo da Nortenha a indicar que esta cessasse o seu trabalho. Puxou a mulher pela cintura para próximo de seu corpo, a respiração de Tariq já estava ofegante e seu olhar penetrava o olhar da Bolton que já imaginava o que viria a seguir.

— Anseio em descobrir suas capacidades em 4 paredes, Lady Bolton. Sou todo seu.

Jogou a mulher sobre a cama com certa ferocidade, trocando suas posições. Meera abriu as pernas para o homem já imaginando o que viria a seguir. O moreno aproximou-se de Meera lentamente mordiscando o lábio inferior, com ambas as mãos segurou nas coxas da Bolton e iniciou os beijos na região do púbis de forma suave e lenta. Desceu o toque dos seus lábios até a região da vulva da mulher e começou a satisfazê-la com breves linguadas em seu clitóris, a língua úmida e quente de Tariq movimentava-se incessante, fazendo-o salivar. Com uma profunda sucção ele começava a chupá-la de forma assídua, sem parar, estava gostando demasiadamente daquilo e queria ouvi-la implorar por mais.

avatar
Imagem :
Mensagens : 49
Nome do jogador : Guilherme
Dragões de ouro : 61
Veados de prata : 177
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 6%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

A jovem Bolton não precisara de prosseguir com aquele estímulo por muito tempo; alguns minutos passados, e Lord Vaith alcançara o ápice do prazer, plenamente entregue aos seus manejos e artimanhas. Contudo - e por mais divertido que pudesse ser tê-lo sob o seu domínio, tão impotente e inapto quanto uma criança pequena - o que mais suscitava em si uma curiosidade aguçada era descobrir se as palavras de louvor e apologia que eram largadas ao vento e ouvidas por todos os Sete Reinos correspondiam minimamente à realidade. Mais de uma vez, ouvira dizer que dorneses traziam para os lençóis o calor e a irreverência do extremo sul de Westeros, onde os dias eram quentes e as noites incansáveis. Agora, atrevia-se a, de forma plenamente libertina, brincar com o fogo de forma a aferir a veracidade de tais declarações.

Após completar o seu desígnio, foi puxada por Tariq de forma a que os corpos dos dois se encontrassem uma vez mais em contacto direto. A respiração ofegante de Lord Vaith contrastava com a fleuma característica da senhora do Forte do Pavor, que esboçava a sombra de um esgar de soberba ao perceber a condição em que o moreno fora colocado, por si. O seu toque, porém, era firme e obstinado, os dedos calejados pressionando a pele lisa e pálida da nortenha a ponto de deixar levianas marcas de um tom avermelhado, que não tardariam a desvanecer. O olhar contido nas íris escuras como ônix era de uma intensidade que apenas conseguia incrementar a diversão da mulher, pois esta era capaz de decifrar facilmente a mensagem que elas transmitiam.

Uma nova onda de adrenalina percorreu toda a extensão do corpo da jovem Lady, as palavras proferidas originando uma leve gargalhada. Esta irrompeu pelos lábios avermelhados da morena antes de se condensar no ar frio do Norte, que era incapaz de fazer diminuir a temperatura dos seus corpos. "Você não tarda a descobrir, milord," proferiu, num tom quase doce. A impertinência estava presente até no momento em que Tariq inverteu as posições de ambos - deixando-a subjugada à sua vontade - transparecendo através da expressão sórdida com que o encarava.

Não hesitou em afastar as pernas, abrindo passagem para que o dornês alcançasse ainda mais facilmente a sua intimidade. Sendo já evidente a volúpia por si sentida, nem sequer se preocupou em fazer alguma declaração quando a isso. Portanto, limitou-se a aguardar impacientemente pelo momento em que o homem lhe concedeu o mesmo tipo de prazer que ela lhe cedera, previamente. E, quando o prazer por fim chegou, ela sentiu-o tão doce e ténue como de todas as vezes passadas, ansiando de imediato pela intensificação do contacto entre os lábios e o seu sexo. Esta não tardou em vir e - começando a sentir-se ofegante e com a respiração entrecortada - Meera levou uma mão aos seios fartos, apertando-os e massageando-os com certa força. Inalou e exalou profundamente, controlando-se para não ceder logo àquele jogo que era tão físico quanto psicológico, e a que Tariq a submetia. Todavia, essa não era uma tarefa fácil de se cumprir enquanto a provocação era contínua e o homem chupava-a incansavelmente, guiando-a de forma hábil em direção ao auge daquele ato.

"Ah... mais rápido," demandou, esperando que o jovem senhor correspondesse ao seu pedido prontamente. A mão que antes massageava os seus seios puxou de forma veemente os cabelos do dornês, trazendo algum do caráter autoritário que sempre acompanhava os pedidos da Bolton àquele momento. Tinha-se entregue à luxúria e até aceitava perder aquela partida, mas não seria por isso que iria considerar o jogo que ambos jogavam, perdido.
BY MITZI
avatar
Imagem :
Mensagens : 160
Nome do jogador : Soph
Dragões de ouro : 161
Veados de prata : 196
Estrelas de cobre : 00
Idade : 18
Salário extra : 8%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Worth of The North
Aquela noite deixava nítido que o casal possuía muito fogo reunido em seu interior, tanto o Dornês - conhecido por sua fama na cama - quanto a Nortenha, completavam-se como nenhum outro parceiro sexual e seus corpos totalmente entregues como jamais estiveram. O fogo, a paixão, apenas ampliava conforme ambos tocavam-se, era como um pavio de um barril de pólvora que logo explodiria. Meera tocava-se excitada com Tariq entre suas pernas, estimulava-se enquanto o sentia em sua intimidade, por outro lado o Dornês intensificava suas sucção, parecia que devoraria a Bolton a qualquer momento.

Os gemidos esbaforidos de Meera - embora contidos em uma luta contra o próprio ego - invadiam os ouvidos do moreno de tal forma que seu tesão aumentava cada vez mais, e ao ouvi-la pedir para ir mais rápido o homem não teve dúvidas de que estava no lugar certo na hora certa. Seus cabelos puxados pelas finas mãos da Nortenha o induziram à perversão oculta que a tanto escondia dentro de si, seus lábios a tocavam incessantes, balançava a cabeça para acentuar sua jogada com a língua, o prazer era mútuo e o Lorde sentia enorme tesão em dar prazer. Estalido fez-se ouvir enquanto ele saboreava a vagina da Nobre, seus lábios molhados estalejavam em contato contínuo com a intimidade dela, de forma despudorada o homem já não se importava com barulhos ou o que as pessoas do lado exterior dos aposentos da Bolton falariam.

Tariq levou sua mão direita até a vagina da mulher e lá começou a tocá-la com seus dedos anelar e médio, mas sem parar de chupá-la. Movimentou os dedos em gesto circular entre a entrada e os lábios da vagina de Meera, ainda sem penetrá-la, queria ouvi-la gemer pelo êxtase e suas pernas tremerem de tesão, quando por fim aumentou o ritmo de seus dedos - de forma voraz - lambuzando-os no processo. Penetrou a intimidade da mulher suavemente, sua língua tremia na ponta de seu clitóris, até estar com os dedos completamente dentro dela. Repetiu o movimento mais um par de vezes, e os retirou. O Lorde de Vaith ajoelhou-se na cama, terminando o oral, segurou seu pênis com a mão esquerda e o passeou na vulva da Bolton para provocá-la.

Tão logo a penetrou devagar, seu pênis rígido pulsava forçando a passagem e Tariq de forma gentil - por enquanto - a penetrava. Repetiu o movimento mais uma vez e lá estava ele dentro dela o máximo que conseguiu, completando com um gemido esbaforido de prazer — Ahh...- Ao retrair o quadril, seu pênis estava totalmente encharcado e logo soube que ela estava do jeito que ele queria e começou a penetrá-la com mais veemência, segurando-a pelo quadril, apoiando as mãos na cintura da mesma.

avatar
Imagem :
Mensagens : 49
Nome do jogador : Guilherme
Dragões de ouro : 61
Veados de prata : 177
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 6%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum










O Win or Die foi inaugurado a 09.09.2015. O RPG passa-se no mundo de As Crónicas de Fogo e Gelo, criadas por George R. R. Martin, mais de 50 anos depois dos acontecimentos dos livros. A trama inicial foi criada pela Staff, mas agradecemos a todos os nossos jogadores pela sua ajuda na evolução da mesma.
A nossa skin foi inteiramente criada por Ross (Many-Faced God), incluindo os templates de post e da página inicial, para uso exclusivo no Win or Die RPG, com o apoio da Soph (The Maiden) e do Tiago (Baelor Targaryen). O slider do nosso mural foi criado por CSS Slider. As imagens usadas foram tiradas do Google e editadas por Ross. Agradecemos ainda ao FM Codes e Best Skins pelos seus tutoriais de Javascript. Plágio é crime.

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::