We're at war nowA Song of Ice and Fire RPG
The game has begun. Will you win, or will you die?
Últimos assuntos
» Ausências
por The Maiden Sab Abr 29, 2017 3:25 pm

» [RP fechada] Mind Games
por Syndor Qua Mar 22, 2017 10:35 pm

» Pedido de atualização
por Francesca Sweet Sab Mar 18, 2017 8:23 pm

» [RP Fechada | 18+] Tell Me
por Dennis Braund Sab Mar 18, 2017 1:56 am

» [Quest Narrada] A Seita Branca
por Nanien Mormont Qui Mar 16, 2017 11:04 pm

» Avaliação de treinos
por Meena Ter Mar 14, 2017 12:52 pm

» [ Quest Narrada ] - Saquear!
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:44 pm

» [RP Fechada] Something Else?
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:32 pm

» Check-in [Fevereiro]
por Hyperion Targaryen Dom Mar 12, 2017 2:55 pm

» [RP FECHADA] Distant past
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:35 pm

» [RP FECHADA] The deer on ice
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:25 pm

» [RP Fechada | Flashback] Recovery drink
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:49 am

» [RP Aberta][Flashback] Kung Fu Panda
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:34 am

» [RP FECHADA] Beyond the view
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:22 am

» [Quest Narrada] Human hunting
por Theon Snow Qua Mar 08, 2017 4:22 pm

» Solicitação de Grupos
por Davos Icewood Ter Mar 07, 2017 10:15 pm

» [RP fechada] What do you see?
por Dorian Mormont Seg Mar 06, 2017 11:14 pm

» [Quest Narrada] Hot room
por Narrador Seg Mar 06, 2017 10:52 pm

» [Quest Narrada] Do not succumb
por The Maiden Made of Light Seg Mar 06, 2017 8:55 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.2
por Theon Snow Seg Mar 06, 2017 4:23 pm

» [RP Fechada] Crazy Kids
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 2:55 am

» [RP FECHADA] Confidence
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 1:15 am

» Quest Narrada - O Lugar de um Lorde
por Dorian Mormont Dom Mar 05, 2017 9:11 pm

» [RP fechada] Looking for a Fight
por Nälla Dom Mar 05, 2017 12:19 pm

» [RP Fechada | 18+] Facing the Lioness
por Dennis Braund Sab Mar 04, 2017 5:15 pm

» [RP FECHADA] Primeiros passos
por Arthor Stark Sex Mar 03, 2017 5:01 pm

» [RP fechada +18] Wicked Game
por Dennis Braund Sex Mar 03, 2017 4:33 pm

» [Quest Narrada] Dia da Caça, Dia do Caçador
por R'hllor Sex Mar 03, 2017 3:11 pm

» [Aviso] Pedidos no WOD-Resources
por Narrador Qua Mar 01, 2017 7:35 am

» Pedidos de quest
por R'hllor Ter Fev 28, 2017 11:54 pm

» [RP FECHADA +18] - Into the Lion's Den
por Susanne Glover Ter Fev 28, 2017 5:23 pm

» [RP FECHADA - 18+] Coming back? Are you sure?
por Erin Lannister Ter Fev 28, 2017 5:03 pm

» [RP Aberta] Hunting The Chicken
por Roth Whiteforest Seg Fev 27, 2017 2:25 pm

» [RP Fechada, flashback] You only live once
por Cory Silversun Seg Fev 27, 2017 1:37 am

» [RP fechada | Flashback] Old man, poor man
por Masamune Tsubakein Dom Fev 26, 2017 10:39 am

» [RP FECHADA] I Put a Spell on You
por Quinn Elijah Flowers Dom Fev 26, 2017 6:02 am

» [RP FECHADA] Flashback — running through the fire
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 5:12 pm

» [RP Fechada] Mirror of the Destiny, can you show me...? ~ Flashback
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 4:51 pm

» Premiações [Fevereiro]
por Anole Tallhart Sab Fev 25, 2017 4:16 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:20 pm

» [RP ABERTA] Mademoiselle Marchand
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:12 pm

» [RP FECHADA] O dever de um Lord #1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:08 pm

» [RP FECHADA] Recomeço
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:56 am

» [RP FECHADA - FLASHBACK] forget it
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:49 am

» Atualizações Específicas
por Roth Whiteforest Sab Fev 25, 2017 10:57 am

» [RP Fechada] Bring Me Virgins
por Dennis Braund Sab Fev 25, 2017 2:45 am

» [TREINO] Black Warrior
por Alice Targaryen Sex Fev 24, 2017 4:59 pm

» [RP ABERTA] Dance Of The Druids
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 2:02 pm

» [FP] Hew Tyrell
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 12:41 pm

» Solicitação de Conquistas
por R'hllor Qui Fev 23, 2017 11:42 pm

» [RP Fechada] The precise attack
por James Lannister Qui Fev 23, 2017 11:03 pm

» [FP] Desmond Targaryen
por Desmond Targaryen I Qua Fev 22, 2017 5:21 pm

» Quest Narrada - Uma transa de matar
por Narrador Qua Fev 22, 2017 1:36 pm

» RP FECHADA - Win or Die
por Drywn Graceford Ter Fev 21, 2017 1:01 am

» [RP Fechada/Flashback] Do not go, my dear
por Alannys Ashford Seg Fev 20, 2017 11:24 pm

» [RP Fechada] The witch and the prostitute
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 10:35 pm

» Quest narrada - Uma nova tarefa
por Alaric Umber Seg Fev 20, 2017 10:25 pm

» Quest narrada - O dia de amanhã
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 9:42 pm

» Quest Narrada - Onde se separa a menina da mulher
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:13 pm

» Quest Narrada - Sérios problemas
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:09 pm

» Moderação de tópicos
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:46 pm

» [RP fechada - Flashback] - The water hears and understands
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:44 pm

» RP Fechada - Mercy
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 2:24 pm

» [RP FECHADA] Reading until dawn
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 1:22 pm

» [Dungeon] Frozen Treasure - Inscrições
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 12:01 am

» [RP FECHADA] Um novo homem [+18]
por Elizabeth Tyrell Dom Fev 19, 2017 11:09 pm

» [RP FECHADA] PREFÁCIO — Disturbing nights
por Dorian Mormont Dom Fev 19, 2017 10:40 pm

» [RP Fechada] A Beautiful Day to Walk
por James Lannister Dom Fev 19, 2017 5:20 pm

» [Quest One Post] Careful, child
por The Maiden Made of Light Sab Fev 18, 2017 11:02 pm

» RP fechada - Aquecimento de inverno
por The Old Gods Sab Fev 18, 2017 5:32 pm

» [RP Fechada] Moment Between Sisters
por Leana Targaryen Sab Fev 18, 2017 1:23 pm

» [RP FECHADA] THE BEAST INSIDE
por The Black Goat of Qohor Sab Fev 18, 2017 1:01 pm

» [RP Fechada] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 7:54 pm

» [RP Fechada - Flashback] Try Again
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:58 pm

» [RP Fechada/flashback] The golden age
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:46 pm

» [RP Fechada - Flashback] Only policy
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:22 pm

» [FP] Ambrose, Garth.
por The Maiden Made of Light Sex Fev 17, 2017 3:32 am

» [RP Fechada] House of Memories
por Elyria Arryn Sex Fev 17, 2017 1:27 am

» [Dados] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 12:35 am

» [RP Fechada] Red lips always lie
por Layna de Braavos Qui Fev 16, 2017 9:53 pm

» [RP Fechada] Ascensão
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 7:36 pm

» [RP Fechada] Jobbery.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:45 pm

» [RP Fechada] Fallin Apart
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:41 pm

» [RP Fechada] Bastard... and Mastermind.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 5:44 pm

» [FP] Lancelyn Wyl (EM CONSTRUÇÂO)
por Lancelyn Qui Fev 16, 2017 5:24 pm

» [RP FECHADA] Snowed woods
por Alaric Umber Qua Fev 15, 2017 11:07 pm

» [Quest Narrada] Murder
por Narrador Qua Fev 15, 2017 10:44 pm

» [RP FECHADA +18] Lose It
por Terry Ashford Qua Fev 15, 2017 10:31 pm

» [RP Flash. +18] — She knows what I think about
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 8:29 pm

» [Rp Fechada] Oloko
por Eustass Kid Qua Fev 15, 2017 8:17 pm

» [RP Aberta] A Agonia dos Corvos
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 7:57 pm

» [RP Fechada] Lift Now
por Memphis Greyjoy Qua Fev 15, 2017 4:22 pm

» [RP FECHADA] Girls and knives, good brides
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 4:02 pm

» [RP FECHADA] O Conselheiro da Fortaleza De Águas Claras.
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 3:49 pm

» Promoção: Convide seus amigos
por James Lannister Qua Fev 15, 2017 11:40 am

» [Quest Narrada] The father's bones
por The Maiden Made of Light Qua Fev 15, 2017 7:12 am

» Quest narrada - Bravo?
por Lorien Hill Qua Fev 15, 2017 6:56 am

» Quest Narrada - Sussurros
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:23 pm

» [Quest Narrada] O satã
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:15 pm

" />

[Flashback][RP Fechada] Ócios do Ofício

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Flashback][RP Fechada] Ócios do Ofício

Mensagem por Daphne Glover em Qua Out 19, 2016 9:36 pm

Ócios do Ofício
A RP irá começar com o post de Daphne Glover. Esta é uma RP FECHADA, então conta apenas com a participação de Daphne. Ela está na Ilha de Ursos tentando aprender como funciona o processo de reestruturação da Ilha depois do ataque de selvagens.



avatar
Imagem :
Mensagens : 194
Nome do jogador : Daphne
Dragões de ouro : 144
Veados de prata : 44
Estrelas de cobre : 2
Idade : 21
Salário extra : 28%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

☾ Ócios do Ofício ☽
Light-years away from you A distant orbit cast away, Your gravitay, it pulls me near And it keeps me closer to your side. Hide from the light I'll navigate through the dark I feel in you





A Ilha não parecia ser a mesma desde que os selvagens a atacaram. Felizmente, Dorian, eu e mais alguns soldados da confiança do Lord conseguimos resolver as coisas antes que os mesmos voltassem a atacar. O lar dos Ursos agora precisava de reparos, e eu estava tentando entender como as coisas funcionavam para poder ajudá-los com isso, afinal, a vida de uma cavaleira não era apenas para os campos de batalha, ao menos eu não queria que fossem.

Ficava sempre ao lado de Joshua, o homem parecia entender bem de alguns assuntos e sua companhia era agradável. Andávamos por muitos lugares na Ilha enquanto eu colhia o máximo de conhecimento possível para ajudar na reestruturação.

Primeiramente, vi-o ordenando alguns homens para que derrubassem algumas colunas do estábulo onde os cavalos costumavam ficar, muito da estrutura havia sido queimada durante o ataque, e se não fosse a minha chegada com os homens das terras Glover até mesmo o Grande Salão Mormont agora poderia estar danificado. Fico apenas ao lado de Joshua enquanto o homem mostrava aos outros o que fazer, quebravam o restante das paredes em pé e as coisas danificadas por fogo para, logo em seguida, alguns outros homens aparecerem e começarem a recolher os pedaços de madeira do chão.

- Sabe, mesmo queimada essa madeira ainda tem sua utilidade. - Disse Joshua, como se quisesse explicar os atos. O olho atenta ao que ele tinha a dizer – Quando formos reformar alguma outra parte das construções, como os alojamentos, usaremos a parte boa da madeira para fazer um tipo de nivelamento.

Ele para por um instante e pega uma das madeiras que eles acabavam de jogar no chão e, colocando os papéis que carregava abaixo do braço, começa a me explicar de maneira mais detalhada qual seria o uso indicado para o objeto danificado.

- Olhe – disse ele me mostrando a madeira de lado – Mesmo que ela esteja queimada, continua rígida e reta, ou seja, colocando várias madeiras para fazer um nivelamento no chão – Agora ele fez de um modo demonstrativo, pegando algumas lascas de madeira no chão com algumas pedras e colocando-as contra a madeira maior – Agora, quando colocamos pedras maiores, elas ficam todas juntas e em uma linha reta para que o momento de tirar a madeira as pedras estejam juntas e presas o suficiente para que não caiam.

Disse ele deixando os pedaços menores e voltando a olhar para mim, como quem espera alguma pergunta ou comentário sobre os ensinamentos passados.

- Bem... - Disse eu, pensativamente – Então quer dizer que a estrutura não fica exatamente firme, não é? Pois se tirarmos apenas uma pedra as outras todas tendem a cair.

Ele sorrio levemente, parecia até mesmo contente com o questionamento.

- Isso é bom, mostra que prestou atenção ao que eu disse. Mas sim, seria assim se acaso usássemos apenas as pedras, mas há outros fatores que ajudam a fazer com que elas fiquem cada vez mais firmes e resistentes. Ao mesmo tempo que colocamos as pedras para formas as paredes, podemos também colocar umas misturas de terra vermelha e água, para juntar todas as coisas e até mesmo tapar as partes pontiagudas que poderiam facilmente cortar a mão de qualquer um que se apoiasse a parede em questão, ou seja, além de fornecer uma substância colante para segurar tudo, ainda reveste a estrutura contra eventuais danos que poderiam vir.

- Entendi, mas no caso, como a mistura que manteria isso seria basicamente uma lama, no sol ela poderia facilmente se fragilizar e rachar, assim como na chuva ela derreteria, então como manteria o alojamento seguro dos eventos naturais? - Questionei.

- No caso do sol, as pedras ajudariam a manter a mistura firme, pois vai ficar bem compressado, e na chuva o teto fará seu trabalho, fazendo com que a água não caia exatamente sobre a parte de cima da parede, que aí sim nos daria problemas e como a água provavelmente pegará na parte do lado ela servirá até mesmo para evitar que o sol o rache pelo calor, mas ainda mantendo a temperatura agradável dentro do ambiente, evitando que o frio entre em dias de neve muito densa.

Ao dizer isso ele se volta novamente para os homens que estão a trabalhar derrubando o antigo estábulo.

- Sai o velho e entra o novo! - Gritou um deles lá de dentro, com humor.

Os outros logo entraram na onda e começaram a trabalhar e fazer gracejos e piadas, muitas quais eu não entendi, apesar de viver entre soldados o linguajar adotado pela maioria dos homens do exército eram um tanto quanto brutais e rústicos demais para minha compreensão. Portanto, só me restava a opção de me manter ao lado de Joshua, o homem que me passara tanto de seu saber, e continuar a observar a forma como os soldados exerciam suas tarefas que, apesar de bem humoradas, eram desempenhas com muita dedicação.

- Espero que aulas como essa se repitam bastante hoje. - Disse a Joshua sem olhá-lo, apenas pendendo a cabeça em sua direção, sentindo os cabelos soltos caindo sobre meu ombro e vendo, no canto dos olhos, um sorriso se formando nos lábios do homem enquanto ele dava uma leve bufada divertida e descia os olhos para os papéis que segurava.

Spoiler:
Habilidade treinada: Engenharia




Wherever you are I dissolve into nothing; So far no signs of life Wherever we are We'll find home Though we know we've lost the way Through the void we've gone astray But you are not alone We'll find home






avatar
Imagem :
Mensagens : 194
Nome do jogador : Daphne
Dragões de ouro : 144
Veados de prata : 44
Estrelas de cobre : 2
Idade : 21
Salário extra : 28%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

☾ Ócios do Oficio ☽
Light-years away from you A distant orbit cast away, Your gravitay, it pulls me near And it keeps me closer to your side. Hide from the light I'll navigate through the dark I feel in you





Os homens demorariam a acabar de derrubar toda a madeira queimada e levá-la até o local designado. Joshua começava a folhear algum tipo de documento que tinha em mãos, certamente o Urso lhe dera a tarefa de supervisionar todas as obras nos momentos que ele não se encontrava, e esse era um dos raros momentos em que eu não estava prestando auxílio ao Lord das Ilhas, o que havia me dado tempo para acompanhar o que acontecia no lugar.

- Vamos, ainda temos muito o que ver ainda hoje. - Ele mantinha uma postura séria, mas ainda bastante gentil.

O segui observando tudo a minha volta, tanto os servos como as servas faziam o que podiam para ajudarem, trabalhavam tanto para construir quanto para manter os construtores fortes e bem alimentados, levando com certa frequência uma bebida quente e algo para degustarem enquanto descansam.

Enquanto andava notei que muitos trabalhavam em suas próprias moradias, notei que todas eram feitas de pedras ou madeira, com um telhado modesto feito de palha, não conhecia muito bem a durabilidade dos materiais, mas, depois da explicação recebida por Joshua, acreditava que sua duração deveria girar em torno de uma ou duas gerações. Algumas, com a porta aberta, me permitiram ver dentro das mesmas, o chão era de terra batida e não haviam paredes divisórias dentro das mesmas, fazendo com que um mesmo cômodo partilhasse a cozinha, sala e camas, que eram, na verdade, alguns caixotes cheios de fenos e o que utilizavam travesseiro eram apenas sacos cheios de palha. O banheiro que eles utilizavam parecia ser único para todos, enquanto os casebres disponíveis pelo Mormont era divido entre duas ou três famílias.

Os incêndios causados pelos bárbaros do outro lado da muralha não atingiram somente as construções principais, mas também as pequenas casas dos habitantes da Ilha. Joshua não parecia prestar muita atenção a isso, e pude notar também que aqueles que se empenhavam a reerguer as casinhas eram, muito provavelmente, os filhos mais velhos dos soldados e servos, juntamente a alguns que deduzi serem genros dos trabalhadores da Ilha. Afinal, as casas eram pequenas, mas eles pareciam sentir conforto com elas.

Passando perto do pequeno vilarejo que havia se formado na Ilha foi inevitável trazer as lembranças do dia do ataque a tona. Havíamos chegado em tão poucos homens enquanto eles estavam com um exército incontável de brutamontes, ameaçando e amedrontando as mulheres e crianças dentro do grande salão. Podíamos ver que eles realmente poriam fogo em todo o lugar se nos demorássemos mais para atender ao chamado. Meus olhos atacando-lhes com seus arcos enquanto se camuflavam nas árvores, enquanto eu e mais alguns homens lutávamos no chão, com aqueles que nos faziam companhia na pequena floresta. O momento em que todos os meus homens caíram por terra e eu me vi cercada pelas lanças malfeitas e espadas enferrujadas foi o ápice do medo que senti ao ver que poderia ver todo o esforço sendo em vão, graças a R'hllor as mulheres daquelas terras eram tão fortes. Nanien era um exemplo disso.

- Joshua, onde vamos agora? - Disse tentando afastar tais pensamentos da mente.

- Agora vamos ver como andam as coisas mais perto da fortaleza, temos que ver o progresso por lá. - O homem não me olhou enquanto respondia, tinha os olhos tão vidrados nos papéis que carregava que obrigava qualquer um que estivesse em seu caminho desviar, porque ele, certamente, não faria.

E enquanto nos dirigimos a fortaleza da Ilha continuo a prestar atenção as casinhas a minha volta, afinal, todas eram tão caracteristicamente iguais que me dava certo prazer observá-las, mesmo que estivessem sob grandes reformas. Seus telhados eram ideais para o clima da Ilha, um formado de “V” de cabeça para baixo, impedindo que a neve se mantenha sob a palha e pese em cima da mesma, que poderia causar a consequente queda de neve e palha por cima da cabeça de quem vivia nas casas.

Era muito comum, também, ver uma pequena escada em “L”, que dava acesso a um pequeno espaço onde, algumas famílias, deixavam as camas. Imaginei que fosse a casa dos casais que presavam um pouco mais pela própria privacidade, afinal, marido e mulher tem momento que não seria apropriado de os filhos observarem a seu bel prazer.

Os animais ficavam, em muitos casos, junto com os moradores, fazendo com que eu me perguntasse sobre o desconforto a respeito de seu cheiro, afinal, cabras e outros animais não tinham uma boa fama quanto a isso.

Spoiler:
Habilidade treinada: Engenharia




Wherever you are I dissolve into nothing; So far no signs of life Wherever we are We'll find home Though we know we've lost the way Through the void we've gone astray But you are not alone We'll find home






avatar
Imagem :
Mensagens : 194
Nome do jogador : Daphne
Dragões de ouro : 144
Veados de prata : 44
Estrelas de cobre : 2
Idade : 21
Salário extra : 28%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Daphne Glover

Um treino bem feito e conduzido. Gostei de como fez com que a interação com o NPC deixasse tudo mais fácil e fluindo bem.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 18% de experiência pelo atributo de inteligência com 7 pontos
+ 10% de experiência por ter a habilidade no nível 0


Recompensas
+ 128 pontos de experiência em Engenharia

Avaliação de treino de habilidade

Daphne Glover

Já nesse treino, notei algumas repetições de palavras que prejudicaram um pouco a leitura, porém ainda foi um treino bom e bem contextualizado.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (8/10)

Total (98/100)


+ 18% de experiência pelo atributo de inteligência com 7 pontos
0% de experiência por ter a habilidade no nível 1


Recompensas
+ 116 pontos de experiência em Engenharia



avatar
Imagem :
Mensagens : 233
Nome do jogador : Leimann
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

☾ Ócios do Ofício ☽
Light-years away from you A distant orbit cast away, Your gravitay, it pulls me near And it keeps me closer to your side. Hide from the light I'll navigate through the dark I feel in you





O caminho até a fortaleza não era longo, mas havia me ensinado muito sobre as construções mais simples.

Antes mesmo que pudéssemos chegar ao destino traçado pude notar a construção de muralhas e algumas torres de vigia. Alguns homens já estavam de prontidão, certamente Dorian não esqueceria de manter a guarda atenta em meio as reformas, uma das características mais marcantes do homem era a de pensar que seria atacado a qualquer momento.

A proteção em volta do forte era construída com pedras bastante grandes, tanto que por vezes pude ver alguns grupos de mais de sete soldados para ajustarem uma ou duas pedras, enquanto outros se preocupavam em colocar objetos metálicos a cada metro quadrado da muralha.

- Joshua, o que eles fazem? - Indaguei quase de imediato.

O homem pareceu ser puxado com força dos papéis que tanto pediam sua concentração, mas não se demorou a olhar para onde eu apontava.

- Ah, sim… Muito bem, já começaram. - Respondeu ele, voltando os papéis.

- Que bom que começaram, não? - Disse dando uma leve pausa – Agora pode me dizer o que eles começaram?

O homem mexe nos cabelos com um sorriso sem jeito. Sua mente parecia bem ocupada.

- Desculpe-me por ignorar sua pergunta, Sor. - Sua expressão cansada se revelava agora, toda de uma única vez – Tenho estado muito preso a todos esses documentos, são tanto dados a preencher antes da chegada do Lord Mormont que eu acho que não darei conta. - Um suspiro tomou conta de seus lábios, enquanto suas pálpebras de fechavam lentamente, se demorando a abrir novamente.

Quando fiz menção de fazer algum comentário quanto a aquilo ele logo se adiantou, voltando a falar.

- E bem, se você está falando daquelas estacas metálicas que estão sendo colocadas na muralha, a explicação vai pegar um pouco do que eu havia lhe dito anteriormente. Veja bem, a muralha é feita de pedras grandes e grossas, assim como a maioria das grandes fortalezas. Porém, aqui não se vê aquela mistura de areia e água para juntar tudo, como a ideia principal do muro é manter-se firme, não precisamos nos preocupar tanto com quem se recosta nele, as estacas servem para unir e fortificar a parede, venha comigo.

Ele, aparentemente, havia considerado uma explicação insuficiente de sua parte, pois logo tratou de me levar até o local onde haviam inúmeros daqueles objetos, juntamente a várias outras ferramentas.

Ele pega na mão um objeto achatado com um furo no meio e, naquele furo, passa uma das estacas que encontrou por lá.

- Isso mantém este enorme parafuso firme às pedras, mesmo que o espaçamento entre elas gere buracos que podem fazer com que isso se mexa e se solte com o passar do tempo. - Ele pega um martelo diferente dos convencionais, aquele era de puro ferro – Com esta belezinha aqui, eles martelam o parafuso até que ele saia do outro lado do muro, que é onde usamos isto. - Completou pegando uma outra peça de metal e encaixando ao fim da ponta do parafuso.

O objeto era bastante grosso para sua funcionalidade, e possuía duas pontas que se assemelhavam a ganchos.

- Isso é usado para enroscar o parafuso e puxá-lo o máximo possível, e com essas pontas – Disse ele se referindo aos ganchos – Além de usarmos como auxílio na hora de torcer para poder enroscar com mais facilidade, ainda podemos prender isso às pedras e deixar tudo encaixado. - Joshua finalizou com um sorriso, ele estava contente com a explicação, era notório.

Havia absorvido ao máximo toda a informação prestada, mas também não pude ignorar o cansaço que estava estampado em seu rosto.

- Você é um ótimo professor, obrigada! - Disse-lhe com um sorriso – O que acha de eu aprender a ler esses papéis que lhe roubam tanto tempo e então o ajudo com algumas coisas? Ao menos terá alguns minutos a mais para se dedicar a si mesmo.

O rosto do rapaz mudou rapidamente, seu olhar agora fornecia um brilho que até então eu nunca havia visto. Um sorriso de alívio e agradecimento tomou seu lugar nos lábios ressecados ele, era aparente que ele precisava tomar mais água, e como o conhecia já há um tempo, sabia que ele precisava se alimentar melhor também. Ele parecia incapaz de recusar a oferta, e isso me passava finalmente um sentimento de utilidade já que até então eu sentia como se estivesse apenas o atrapalhando.

- Alguns minutos a mais é tudo o que preciso. - respondeu ele com suspiro.

Aquilo me fez dar alguns pulos pequenos e abraçá-lo, mas logo o soltei e o voltamos nossa atenção as construções ao redor.

Spoiler:
Habilidade treinada: Engenharia




Wherever you are I dissolve into nothing; So far no signs of life Wherever we are We'll find home Though we know we've lost the way Through the void we've gone astray But you are not alone We'll find home






avatar
Imagem :
Mensagens : 194
Nome do jogador : Daphne
Dragões de ouro : 144
Veados de prata : 44
Estrelas de cobre : 2
Idade : 21
Salário extra : 28%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

daphne glover

Novamente um treino bem feito. Não se prendeu apenas às explicações do NPC, notando coisas por si mesma, o que foi realmente interessante.

Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 18% de experiência pelo atributo de inteligência com 7 pontos
- 5% de experiência por ter a habilidade no nível  2


Recompensas
+ 113 pontos de experiência em Engenharia


avatar
Imagem :
Mensagens : 233
Nome do jogador : Leimann
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

☾ Ócios do Ofício ☽
Light-years away from you A distant orbit cast away, Your gravitay, it pulls me near And it keeps me closer to your side. Hide from the light I'll navigate through the dark I feel in you





Nos afastamos de onde estávamos para que ele pudesse me ensinar a ler aquelas coisas todas em um lugar mais calmo. Ao menos não tive que explicar a ele sobre a dificuldade que enfrentaria, não era tão simples quanto as informações anteriores, agora teria acesso à parte técnica de toda a reforma na Ilha, poderia parecer algo bastante precoce, afinal, era o primeiro dia que me dedicava a aprender todas aquelas coisas complicadas. 

- Olha, você não precisa ficar preocupada, pegarei leve com você por enquanto. - disse ele com um sorriso brincalhão e uma expressão mais leve.

Sabia que ele estava tentando tirar a tensão que tomaria conta do lugar. O conteúdo que ele tinha a me passar era o mais básico possível, mas ainda requeria muita atenção para que tudo saísse perfeitamente como o Lord Mormont havia planejado.

Encontramos um lugar confortável, onde o sol poderia nos aquecer já que estávamos parados, e ele foi logo escolhendo papéis a dedo, fazendo uma leve análise a cada nova folha, até que ele chegou ao número de sete documentos, os sete que seriam confiados a mim dali em diante. 

A primeira coisa pode parecer a mais complicada e demorada, e de fato leva certo tempo, mas não é assim tão difícil. Você não vai se envolver com o projeto diretamente, irá apenas observar e anotar seu progresso. - então ele finalmente me entregou os papéis, era a maior pilha que ele havia selecionado para mim.

- Os vilarejos? - perguntei quando comecei a folhar.

- Sim, notei que se atentou a como as casas deveriam ficar enquanto vínhamos para a fortaleza, e isso é ótimo, pois agora poderá observar como tudo se sai e me passar o relatório. - seu tom mostrava com clareza o deboche do homem, mas parecia que o ar brincalhão dele apenas deixava as coisas mais leves - Você observará e anotará o máximo dos detalhes sobre as casas populares. Lord Mormont estipula que nada ultrapasse o limite do terreno, então o tamanho padrão dos terrenos é de, aproximadamente, 8,00x5,00 e as casas tendem a ter dois a três andares.

O fato de as casas terem muita palha e outras coisas bastante inflamáveis não requer alguma atenção mais aprimorada? - perguntei o interrompendo. 

- Bem, isso ajudou muito para que o fogo se alastrasse mais rápido durante a invasão, mas foi um evento que não se repetirá. - ele suspirou e deu uma pausa enquanto encarava o chão - Além do mais, foi bom para a contenção do lixo também. Como é um vilarejo bastante movimentado, por ser perto da base de segurança da Ilha, produz muito lixo.

Arqueei as sobrancelhas em sinal de entendimento e passei a observar os papéis e os dados que ainda faltavam a ser preenchidos. Muitas coisas eu até poderia colocar naquele momento, mas haviam ainda mais seis documentos a serem explicados e muitas folhas naquele mesmo que Joshua nem havia tocado ainda.

Ele não pronunciou uma única palavra enquanto eu fitava aqueles dados pensativamente, apenas ficou me observando, como quem esperava sua chance para a continuação da aula, e assim que me viu levantar os olhos na sua direção, ele sorriu e respirou fundo, tomando fôlego para a nova sessão de ensinamentos. 

- Você verá que aí constam alguns nomes de proprietários de lojas. Os comércios ficam dentro das instalações das próprias residências, tanto que será fácil identificar pela placa que consta do lado de fora. Seu trabalho será fazer uma varredura para saber se todos os nomes na lista continuarão o comércio, para que não sejam cobrados mais impostos do que o devido, e anotar caso encontre algum vendedor fora do registro, seja em casa, uma barraquinha ou tapete com produtos em cima. Toda forma de comércio deve ser alertada, tudo bem? É importante que tenhamos conhecimentos e cadastro de todas as atividades, precisamos de controle, principalmente sobre os vilarejos, para que os Ursos não sejam pegos de surpresa por familiares de servos que não entendem seu posicionamento. - ele me olha com as feições calmas, como as de quem espera que o receptor de tais tarefas as entendam de modo a executá-las com máxima eficiência. 

- Então quer dizer que aqui temos um pequeno sistema econômico a ser seguido, portanto o Lord funciona como a base central desse sistema, fornecendo a oportunidade de criação de ramos terciários de giro de economia, que são os pequenos comerciantes do vilarejo. E desse giro é pego uma parte de contribuição, que é chamada de imposto, como forma de pagamento a base central pela terra concedida para o estabelecimento e a licença para exercer atividades relacionadas a venda, ou revenda, de produtos e animais, é isso? E se for, no que o dinheiro recebido pelos impostos é convertido? 

O homem mostrava total atenção ao que era dito, fazendo vez ou outra uma careta pensativa, mas ao ouvir a pergunta que deu fim ao pensamento exposto ele se arrumou no banco onde estava e deu um longo suspiro, que eu havia considerado como o de alguém que havia acabado de ouvir uma besteira enorme, então já fui me preparando para o sermão, mas ele sorriu e me deixou confusa.

- Puxa, você tem a mente rápida. - disse ele balançando a cabeça negativamente enquanto parava para pensar - O tributo arrecadado dos impostos é guardado para quando a Ilha for alvo de ataque que destruiria grande parte de suas construções, como foi o caso, haja um fundo de economia para fazermos os reparos sem colocar impostos e juros abusivos para os moradores.

- Ah, sim, entendi… então é por isso que o Urso não está se preocupando tanto com o lado financeiro, ou seja, o prejuízo que esse ataque causou, pois já tinha uma reserva pra ocasião. - pausei pensativamente enquanto olhava para os homens a trabalhar - Mas me diga, Dorian perdeu muito desse fundo com as reformas atuais?

- Eu gostaria de saber te responder isso, mas não sou eu o responsável por isso. - seu olhar parecia ser de lamento. Joshua gostava de responder a tudo de forma esclarecedora, e ter que dizer que não sabe a resposta para uma pergunta parecia chateá-lo bastante.

Tudo bem, perguntei por perguntar mesmo. - disse com um sorriso sem jeito, não havia gostado de deixar Joshua daquele jeito.

- Bem, nos vilarejos é só isso mesmo de mais importante, as outras coisas são bem mais fáceis de você monitoras, bem mais simples. Vamos passar agora para o próximo documento. - ele pegou uma pasta de papéis consideravelmente menor que a anterior, e todas, a partir daquele, pareciam possuir o mesmo tamanho - Este é o relatório a ser feito sobre o desempenho do estábulo, então lembre-se, você deve levar em conta o bem-estar dos cavalos, pois eles devem estar prontos para uma grande viagem a qualquer momento, tudo bem? Certifique-se de que a neve não danificará o telhado e nem obstruirá o acesso. Então verifique se todos os utensílios necessários estarão a mãos quando precisar. Além do mais, cavalos não são tão fracos, mas também não são tão fracos, então o estábulo deve protegê-los do vento, precipitações e das quedas bruscas de temperatura. A área de circulação livre deve ter pelo menos dez metros quadrados por animal. O espaço é dividido em uma área de repouso com cama e uma área de superfície firme sem cama em frente as manjedouras, se possível, faça com que beire as paredes longitudinais.

Joshua parou por uns instantes e me encarou, esperando por alguma reação da minha parte.

- Tudo bem até aqui? - perguntou ele, e mesmo que eu estivesse sendo alvo de uma alvorada de informações, sabia que conseguiria me achar nos documentos depois, então fiz um sinal afirmativo com a cabeça para que ele continuasse - O arraçoamento individual na estabulação em grupo fica dificultado se alguns animais são afastados do cocho por haver alguns mais gulosos no grupo e competição, ou quando tem animais subdesenvolvidos no grupo de potros, então todos os cavalos têm que ser amarrados durante a alimentação em locais individuais. Seu dever vai ser separá-los com paredes divisórias. Pode parecer muita coisa, mas você se sairá bem.

Foi me dado um tempo para absorver as informações que ele me passava. Essas ainda teriam que ser vistas com mais cuidado, pois lidava diretamente com os cavalos, o meio de transporte do Lord, além dos barcos.

- Se estiver tudo bem pra você, agora vamos para o próximo documento, senhorita Glover, agora o moinho está sob sua responsabilidade. - ao dizer isso ele soltou a documentação no meu colo, tomando fôlego para voltar a falar - Nosso moinho é feito para moer grãos e é movido a tração animal, ou seja, terá que ver as instalações e ter certeza se cumprem com sua funcionalidade. Desde o eixo central, que vai girar graças aos passos dos animais presos a eles pelos famosos carros de boi , então, com o movimento giratório do eixo, uma grande estaca, realmente bem pesada, vai descer e subir até moer tudo o que for preciso. - Joshua parou, um tanto pensativo - É acho que é isso, nesse caso você aprenderá mais quando estiver executando o trabalho. Alguma dúvida? 

Meus olhos percorreram os escritos e só pude ver muitos termos técnicos, mas queria acreditar que até ver como funcionava o moinho já teria aprendido a lidar com aquilo. Então, sem dizer uma palavra, apenas contorci os lábios e balancei a cabeça negativamente, esperando que ele desse continuidade. E entendendo o recado ele logo pegou outro documento, parecia ser o menor deles.

Agora, para você ficar um pouco mais aliviada do excesso de informação, vai o mais simples. - disse ele me entregando - é uma pequena igreja. Não são todos os nortenhos que são adeptos a religião dos antigos, mas ainda são maioria, então, pra fornecer ao menos um pouco de paz de espírito para aqueles que sabem que o inverno está chegando, como dizem os Starks, eles poderão fazer suas preces e oferendas quando os soldados marcharem para a guerra. A idéia é fazer algo simples, mas aconchegante e acolhedor, para que as pessoas se sintam em paz quando entrarem lá. Você acha que consegue cumprir isso?

A pergunta me pegou de surpresa, estava tão focada em mentalizar todas as instruções que me espantei com a dúvida.

- Sim, claro que consigo! - disse com firmeza – Escuta, Joshua, sei que você tem muito trabalho a fazer e Dorian não seria louco de estipular um prazo tão curto para um só homem cumprir com todas essas obrigações. Admiro sua força de vontade e disposição, mas procure não se acabar demais, ou o Urso pode notar sua tentativa de suicídio por excesso de trabalho e te dar um sermão, ou pior, férias.

Ele riu com as palavras ditas e logo pousou a mão sobre os documentos restantes, pronto para dar continuidade as explicações, mas desta vez eu me adiantei e peguei os papéis do banco onde estavam, dando uma leve olhada para ver do que se tratavam. A supervisão do alojamento para os soldados, combinado a averiguação constante da cozinha dos mesmos, e auxiliá-lo no ponto estratégico das torres de vigia eram o que restava para ele me entregar. O olho com um sorriso e me levanto, enquanto ele me observa com um misto de espanto e curiosidade pela atitude.

- Vamos tomar uma bebida forte e quente, você precisa e merece. - Disse dando alguns passos e esperando para que ele me seguisse.

Habilidade Treinada:
Engenharia




Wherever you are I dissolve into nothing; So far no signs of life Wherever we are We'll find home Though we know we've lost the way Through the void we've gone astray But you are not alone We'll find home






avatar
Imagem :
Mensagens : 194
Nome do jogador : Daphne
Dragões de ouro : 144
Veados de prata : 44
Estrelas de cobre : 2
Idade : 21
Salário extra : 28%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Flashback][RP Fechada] Ócios do Ofício

Mensagem por R'hllor em Sex Dez 23, 2016 3:55 pm

   
Avaliação de treino de habilidade

Daphne Glover

   
Excelente treino, muito bem descrito e mostrando muito bem a interação entre os dois personagens. Parabéns!

   
Critérios de avaliação
   

   + Conteúdo e Coerência (40/40)
   + Estrutura e Coesão (30/30)
   + Enredo e Criatividade (20/20)
   + Ortografia e Organização (10/10)

   
Total (100/100)
   


   + 18% de experiência pelo atributo de inteligência com 7 pontos
   - 25% de experiência por ter a habilidade no nível 5

   
Recompensas
   
+ 93 pontos de experiência em Engenharia





avatar
Imagem : Rhllor is the source of all good (Melisandre)
Mensagens : 271
Nome do jogador : Moita
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Deuses

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Flashback][RP Fechada] Ócios do Ofício

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum










O Win or Die foi inaugurado a 09.09.2015. O RPG passa-se no mundo de As Crónicas de Fogo e Gelo, criadas por George R. R. Martin, mais de 50 anos depois dos acontecimentos dos livros. A trama inicial foi criada pela Staff, mas agradecemos a todos os nossos jogadores pela sua ajuda na evolução da mesma.
A nossa skin foi inteiramente criada por Ross (Many-Faced God), incluindo os templates de post e da página inicial, para uso exclusivo no Win or Die RPG, com o apoio da Soph (The Maiden) e do Tiago (Baelor Targaryen). O slider do nosso mural foi criado por CSS Slider. As imagens usadas foram tiradas do Google e editadas por Ross. Agradecemos ainda ao FM Codes e Best Skins pelos seus tutoriais de Javascript. Plágio é crime.

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::