We're at war nowA Song of Ice and Fire RPG
The game has begun. Will you win, or will you die?
Últimos assuntos
» Ausências
por The Maiden Sab Abr 29, 2017 3:25 pm

» [RP fechada] Mind Games
por Syndor Qua Mar 22, 2017 10:35 pm

» Pedido de atualização
por Francesca Sweet Sab Mar 18, 2017 8:23 pm

» [RP Fechada | 18+] Tell Me
por Dennis Braund Sab Mar 18, 2017 1:56 am

» [Quest Narrada] A Seita Branca
por Nanien Mormont Qui Mar 16, 2017 11:04 pm

» Avaliação de treinos
por Meena Ter Mar 14, 2017 12:52 pm

» [ Quest Narrada ] - Saquear!
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:44 pm

» [RP Fechada] Something Else?
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:32 pm

» Check-in [Fevereiro]
por Hyperion Targaryen Dom Mar 12, 2017 2:55 pm

» [RP FECHADA] Distant past
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:35 pm

» [RP FECHADA] The deer on ice
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:25 pm

» [RP Fechada | Flashback] Recovery drink
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:49 am

» [RP Aberta][Flashback] Kung Fu Panda
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:34 am

» [RP FECHADA] Beyond the view
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:22 am

» [Quest Narrada] Human hunting
por Theon Snow Qua Mar 08, 2017 4:22 pm

» Solicitação de Grupos
por Davos Icewood Ter Mar 07, 2017 10:15 pm

» [RP fechada] What do you see?
por Dorian Mormont Seg Mar 06, 2017 11:14 pm

» [Quest Narrada] Hot room
por Narrador Seg Mar 06, 2017 10:52 pm

» [Quest Narrada] Do not succumb
por The Maiden Made of Light Seg Mar 06, 2017 8:55 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.2
por Theon Snow Seg Mar 06, 2017 4:23 pm

» [RP Fechada] Crazy Kids
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 2:55 am

» [RP FECHADA] Confidence
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 1:15 am

» Quest Narrada - O Lugar de um Lorde
por Dorian Mormont Dom Mar 05, 2017 9:11 pm

» [RP fechada] Looking for a Fight
por Nälla Dom Mar 05, 2017 12:19 pm

» [RP Fechada | 18+] Facing the Lioness
por Dennis Braund Sab Mar 04, 2017 5:15 pm

» [RP FECHADA] Primeiros passos
por Arthor Stark Sex Mar 03, 2017 5:01 pm

» [RP fechada +18] Wicked Game
por Dennis Braund Sex Mar 03, 2017 4:33 pm

» [Quest Narrada] Dia da Caça, Dia do Caçador
por R'hllor Sex Mar 03, 2017 3:11 pm

» [Aviso] Pedidos no WOD-Resources
por Narrador Qua Mar 01, 2017 7:35 am

» Pedidos de quest
por R'hllor Ter Fev 28, 2017 11:54 pm

» [RP FECHADA +18] - Into the Lion's Den
por Susanne Glover Ter Fev 28, 2017 5:23 pm

» [RP FECHADA - 18+] Coming back? Are you sure?
por Erin Lannister Ter Fev 28, 2017 5:03 pm

» [RP Aberta] Hunting The Chicken
por Roth Whiteforest Seg Fev 27, 2017 2:25 pm

» [RP Fechada, flashback] You only live once
por Cory Silversun Seg Fev 27, 2017 1:37 am

» [RP fechada | Flashback] Old man, poor man
por Masamune Tsubakein Dom Fev 26, 2017 10:39 am

» [RP FECHADA] I Put a Spell on You
por Quinn Elijah Flowers Dom Fev 26, 2017 6:02 am

» [RP FECHADA] Flashback — running through the fire
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 5:12 pm

» [RP Fechada] Mirror of the Destiny, can you show me...? ~ Flashback
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 4:51 pm

» Premiações [Fevereiro]
por Anole Tallhart Sab Fev 25, 2017 4:16 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:20 pm

» [RP ABERTA] Mademoiselle Marchand
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:12 pm

» [RP FECHADA] O dever de um Lord #1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:08 pm

» [RP FECHADA] Recomeço
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:56 am

» [RP FECHADA - FLASHBACK] forget it
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:49 am

» Atualizações Específicas
por Roth Whiteforest Sab Fev 25, 2017 10:57 am

» [RP Fechada] Bring Me Virgins
por Dennis Braund Sab Fev 25, 2017 2:45 am

» [TREINO] Black Warrior
por Alice Targaryen Sex Fev 24, 2017 4:59 pm

» [RP ABERTA] Dance Of The Druids
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 2:02 pm

» [FP] Hew Tyrell
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 12:41 pm

» Solicitação de Conquistas
por R'hllor Qui Fev 23, 2017 11:42 pm

» [RP Fechada] The precise attack
por James Lannister Qui Fev 23, 2017 11:03 pm

» [FP] Desmond Targaryen
por Desmond Targaryen I Qua Fev 22, 2017 5:21 pm

» Quest Narrada - Uma transa de matar
por Narrador Qua Fev 22, 2017 1:36 pm

» RP FECHADA - Win or Die
por Drywn Graceford Ter Fev 21, 2017 1:01 am

» [RP Fechada/Flashback] Do not go, my dear
por Alannys Ashford Seg Fev 20, 2017 11:24 pm

» [RP Fechada] The witch and the prostitute
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 10:35 pm

» Quest narrada - Uma nova tarefa
por Alaric Umber Seg Fev 20, 2017 10:25 pm

» Quest narrada - O dia de amanhã
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 9:42 pm

» Quest Narrada - Onde se separa a menina da mulher
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:13 pm

» Quest Narrada - Sérios problemas
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:09 pm

» Moderação de tópicos
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:46 pm

» [RP fechada - Flashback] - The water hears and understands
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:44 pm

» RP Fechada - Mercy
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 2:24 pm

» [RP FECHADA] Reading until dawn
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 1:22 pm

» [Dungeon] Frozen Treasure - Inscrições
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 12:01 am

» [RP FECHADA] Um novo homem [+18]
por Elizabeth Tyrell Dom Fev 19, 2017 11:09 pm

» [RP FECHADA] PREFÁCIO — Disturbing nights
por Dorian Mormont Dom Fev 19, 2017 10:40 pm

» [RP Fechada] A Beautiful Day to Walk
por James Lannister Dom Fev 19, 2017 5:20 pm

» [Quest One Post] Careful, child
por The Maiden Made of Light Sab Fev 18, 2017 11:02 pm

» RP fechada - Aquecimento de inverno
por The Old Gods Sab Fev 18, 2017 5:32 pm

» [RP Fechada] Moment Between Sisters
por Leana Targaryen Sab Fev 18, 2017 1:23 pm

» [RP FECHADA] THE BEAST INSIDE
por The Black Goat of Qohor Sab Fev 18, 2017 1:01 pm

» [RP Fechada] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 7:54 pm

» [RP Fechada - Flashback] Try Again
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:58 pm

» [RP Fechada/flashback] The golden age
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:46 pm

» [RP Fechada - Flashback] Only policy
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:22 pm

» [FP] Ambrose, Garth.
por The Maiden Made of Light Sex Fev 17, 2017 3:32 am

» [RP Fechada] House of Memories
por Elyria Arryn Sex Fev 17, 2017 1:27 am

» [Dados] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 12:35 am

» [RP Fechada] Red lips always lie
por Layna de Braavos Qui Fev 16, 2017 9:53 pm

» [RP Fechada] Ascensão
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 7:36 pm

» [RP Fechada] Jobbery.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:45 pm

» [RP Fechada] Fallin Apart
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:41 pm

» [RP Fechada] Bastard... and Mastermind.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 5:44 pm

» [FP] Lancelyn Wyl (EM CONSTRUÇÂO)
por Lancelyn Qui Fev 16, 2017 5:24 pm

» [RP FECHADA] Snowed woods
por Alaric Umber Qua Fev 15, 2017 11:07 pm

» [Quest Narrada] Murder
por Narrador Qua Fev 15, 2017 10:44 pm

» [RP FECHADA +18] Lose It
por Terry Ashford Qua Fev 15, 2017 10:31 pm

» [RP Flash. +18] — She knows what I think about
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 8:29 pm

» [Rp Fechada] Oloko
por Eustass Kid Qua Fev 15, 2017 8:17 pm

» [RP Aberta] A Agonia dos Corvos
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 7:57 pm

» [RP Fechada] Lift Now
por Memphis Greyjoy Qua Fev 15, 2017 4:22 pm

» [RP FECHADA] Girls and knives, good brides
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 4:02 pm

» [RP FECHADA] O Conselheiro da Fortaleza De Águas Claras.
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 3:49 pm

» Promoção: Convide seus amigos
por James Lannister Qua Fev 15, 2017 11:40 am

» [Quest Narrada] The father's bones
por The Maiden Made of Light Qua Fev 15, 2017 7:12 am

» Quest narrada - Bravo?
por Lorien Hill Qua Fev 15, 2017 6:56 am

» Quest Narrada - Sussurros
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:23 pm

» [Quest Narrada] O satã
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:15 pm

" />

[RP FECHADA] Wonderful Spring

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Jehanne em Qui Nov 03, 2016 12:30 am

Wonderful Spring
RP Fechada, que começará com o post de Jehanne. Participa deste evento Susanne Glover. O evento ocorre no ano de 354DD durante a primavera, o clima naquele período estava em transição do inverno para a primavera e por esta razão o clima esta levemente frio. O palco desta interação será Volantis, haverá uma mudança de cenários envolvendo o castelo de um nobre NPC chamado Bryorth e envolvendo também as ruas da cidade.

avatar
Imagem : Jehanne
Mensagens : 36
Nome do jogador : Michellen
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Maegi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Jehanne em Qui Nov 03, 2016 1:34 am


Titulo do Post

 

 Os raios de luz mal começaram a clarear o quarto onde a menina dormia e em sua porta fortes batidas de uma mão pesada ecoava pelo ambiente e voz grave do senhor daquele castelo dizia:

 - Acorde garota! Temos de ir até a cidade agora, ande logo e não me faça ter de tornar a chama-la! -

 Sem demoras Jehanne jogava os cobertores para longe saltando da cama e corria para se arrumar com demasiada pressa afim de atender as ordens de seu amo. Ela sabia que o temperamento de  Bryorth era explosivo e este era dono de pouquíssima paciência, o homem odiava ter de esperar, isto era para ele um verdadeiro teste e também uma afronta à sua autoridade.

Mesmo sendo temido por todos seus escravos e servos mais leais Jehanne não o via com maus olhos, ela era sempre doce e gentil com Bryorth e de alguma forma ele reagia à isto de forma involuntária sendo menos agressivo e violento com Jehanne. Ela era tida pelos demais servos daquele castelo como uma louca que se passava por criança sem saberem do real passado da então menina.

 Estando devidamente arrumada ela corre para fora do quarto dando breves pulinhos e jogando os braços para cima demonstrando sua típica alegria matinal, ela desce pelas escadarias indo até o saguão principal do castelo vendo ao centro do salão seu amo com cara fechada.

 - Estou prontinha mestre Bryorth, já podemos ir se for da sua vontade. -

O homem já apressado e irritado puxa bruscamente a menina pelo braço esquerdo a arrastando para fora do saguão do castelo, um cavalo já estava encilhado para ambos já que Jehanne não sabia cavalgar,  sempre que a menina tentava o fazer acabava se ferindo e aborrecendo seu mestre,

 Bryorth um homem alto o suficiente para chamar a atenção das pessoas nas ruas da cidade apanha Jehanne pela sua pequena cintura a colocando sobre o lombo de seu cavalo, logo o homem monta o animal e abraça a menina pela cintura e da parte para a cidade à galope.  Jehanne se divertia com a emoção da velocidade com que o animal corria, abrindo largo sorriso e erguendo os braços ela desfrutava do vendo tocando sua pele e fazendo seus cabelos ficarem esvoaçantes.

 O mestre dela se irrita e dá um forte apertão na barriga da jovem com seu forte e robusto braço fazendo-a perder o ar e se debruçar levemente para frente, dali até a cidade ela seguia a viagem em silêncio sem nada dizer ou fazer. O sol estava alto quando chegaram ao centro da cidade de Volantis mas ainda assim o clima permanecia gelado, a jovem havia se esquecido de se agasalhar e pegar seu manto, ela desce do animal se abraçando afim de se aquecer.

Bryorth nota o incomodo da jovem com a temperatura e retira seu manto o colocando sobre os ombros da serva, logo ele é recompensado com um simples e contente sorriso estampando no rosto de Jehanne.  Para não demonstrar seu reação ele se vira bruscamente para o lado direito indo até o comércio central.

  - Ande logo fedelha, não me atrase ainda mais ou ficará duas noites no calabouço outra vez. -

 Ouvindo seu amo ela se lembra de como ficara apavorada ao ter de passar duas noites naquele terrível local repleto de insetos e ratos enormes , ela corre até Bryorth e se agarra em seu braço esquerdo seguindo seus passos dizendo:

 - Calabouço não mestre, não irei atrapalhar prometo. -

  O homem olha para baixo rindo da feição de pavor da jovem e segue seu caminho, ao cruzarem um beco eles saem em uma rua um tanto parada onde escorada em uma parede de uma casa estava uma mulher pedinte. Parecia ser uma mendiga com as mãos estendidas para frente em forma de concha, ela mal tinha vestes e tremia com o sopro gélido do vento, a transição do inverno para primavera era realmente fria. Compreendendo o que a mulher sentia  naquele momento de desamparo Jehanne vai até ela, se curvando em direção a mulher ela retira o manto de seu senhor e cobre a mulher, tanto a pedinte como Bryorth se espantam com atitude de Jehanne.

 color=#ba3aa7]- Aqui senhora, para o frio não a incomodar mais, é bem quentinho. - [/color]  ela diz com sua voz doce e infantil sorrindo para a mulher.

 Logo ela se vira para seu mestre e estende a mão esquerda pedindo algumas moedas, o homem a encara com certa raiva em seu olhar mas sem abalar sua serva infantil, ela fixa o olhar e balança a mão duas vezes enquanto bate o pé direito confirmando que não iria desistir. O homem emite um grunhido resmungando e praguejando a jovem e a mulher enquanto retira algumas moedas de sua bolsa de dinheiro, pegando as moedas a menina se vira novamente para a mulher e entrega as medas para ela enquanto acariciava sua cabeça gentilmente.

 - Como é seu nome senhora? Eu me chamo Jehanne. Onde você vive? Qual a razão de estar ai sentada no frio? -

Jehanne era bastante curiosa e começa a encher a desconhecida com diversas perguntas, seu mestre conhecendo sua serva logo começa a andar seguindo seu caminho enquanto dizia:

 - Traga-a com você fedelha, não quero perder tempo esperando você jogar conversa fora com uma mendiga, se apressem ou as duas irão ser punidas. -

 Rapidamente a menina puxa a mulher estranha por ambos os braços e começa  a seguir seu amo com passos rápidos, virava-se para a estranha com todos os dentes brilhantes expostos em um largo e infantil sorriso.

Thanks Tiago © 2013


Última edição por Jehanne em Qui Nov 03, 2016 2:44 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Imagem : Jehanne
Mensagens : 36
Nome do jogador : Michellen
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Maegi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Susanne Glover em Qui Nov 03, 2016 1:30 pm


sweet girl



Seu estômago roncava terrivelmente, sua aparência estava decrépita, e não tinha nenhum dinheiro no bolso. Que ironia, a filha do Lord Glover, uma cavaleira que conseguiu chegar a seu cargo contra tudo e todo... Agora em Volantis, longe de cada com fome e frio. Seu coração doía ao constatar que seu corpo tinha se adaptado ao clima quente tão diferente do Norte, e agora, nem pra casa podia voltar, porque de qualquer jeito, seu pai não a aceitaria. Fugir não fora a opção mais sensata, mas era melhor do continuar a fingir alguém que ela nunca foi. Seu pai não aprovaria o destino que a vida lhe deu. Por medo de descobrirem seu paradeiro, ou de amaldiçoarem sua Casa por uma ação sua, sempre dizia um nome diferente, com uma história diferente. Era melhor se manter a anônima. Era o melhor todos eles.

Já estava a horas ali naquele ponto, esperando e esperando, mas muito pouco tinha arrecadado. Um idiota tinha tentado rouba-la mais cedo, e acabara com um braço quebrado e a cara inchada. Coitados dos que tentavam. Suas adagas ainda estavam ali lhe fazendo companhia, um pequeno gelo tocando sua pele. Um lembrete de sua antiga vida, de tudo o que tinha,  e do que não tinha. Uma garota, se não se enganava, já tinha visto-a passar por ali de vez em quando, parou a sua frente, e, a menina percebendo sua necessidade por calor, tirou a manta que usava, tão parecida com as que Susanne tinha, e a colocou sobre seu ombro, para assim mate-la aquecida – Obrigada – disse cobrindo mais o corpo com o tecido quente – É muito gentil de sua parte – retribuiu o sorriso, fechando os olhos por alguns segundos. Quando os abriu, o homem que acompanhava a garota lhe entregou algumas moedas, e pela sua cara, não estava muito feliz por isso. Quando a menina lhe entregou as moedas, fez uma pequena carícia em sua cabeça, o que a Glover achou estranho, simplesmente pelo fato da amazona não estar e suas melhores condições e pedindo dinheiro nas ruas.

Ao ouvir as palavras proferidas por Jehanne, ficou um pouco receosa por responder, mas respirou fundo, e decidiu que contaria parte da verdade. – Meu nome é Taylar. Eu vivo... Porque aqui, não tenho uma morada, sou de Westeros – ela ficou um tanto confusa ao ouvir tantas perguntas, mas ainda sim as respondeu – Não tenho mais dinheiro para pagar um manto, e os que eu tinha... Bem, depois de tantas viagens se desgastaram – disse com uma cara triste, como se para convencer a garota de seu sofrimento. O homem que ela então, se virou para as duas, falando algumas palavras que de uma maneira estranha, fizeram-na sorrir. A amazona continuava confusa quanto aquilo, mas estava despreocupada, afinal, era uma boa acrobata, era muito boa em adagas, então, mesmo que alguém tentasse algo contra ela, estaria muito, muito encrencado.



avatar
Imagem :  Try Again
Mensagens : 279
Nome do jogador : Serafim
Dragões de ouro : 58
Veados de prata : 90
Estrelas de cobre : 2
Idade : 26
Salário extra : 44%
http://winordie.forumeiros.com/t1927-ficha-de-relacao-susanne-gloverhttp://winordie.forumeiros.com/t1165-glover-susanne-aguardando-vagas-no-norte#9769http://winordie.forumeiros.com/t1616-cronologia-susanne-glover#14468Ver perfil do usuário
Conselheira

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Jehanne em Qui Nov 03, 2016 2:37 pm


Titulo do Post

 

 Conhecendo agora Taylar a mulher a qual Jehanne estava no momento abraçada enquanto caminhava seguindo Bryorth, a jovem olhava constantemente para  a até então desconhecida parecendo estar animada com algo.

- Aaah então você é de outro lugar? Essa Westeros é longe daqui? Por que não está em sua casa? Brigou com alguém? -

Jehanne era sempre muito curiosa e adorava fazer várias perguntas sobre as pessoas, Bryorth vira levemente a cabeça para trás resmungando.

- Logo logo essa mendiga irá chutar seu traseiro curioso, você faz perguntas demais pirralha, isso enche a paciência. -

 As duas dão risada do comentário do homem e ele rosna baixo sentindo-se alvo de deboche das duas mulheres, após este breve momento de descontração Jehanne aperta os braços de Taylar estando um pouco trêmula devido.

- É difícil ter com quem conversar o mestre não deixa eu falar com os estranhos, mas deixou eu trazer você junto para poder fazer companhia. É ruim nunca ter ninguém para falar comigo, as pessoas se afastam de mim por algum motivo mas não sei qual, você sabe? -

 O homem para em uma barraca de tecidos e conversa com  o comerciante dono dela, as duas jovens param vários passos longe e lentamente Jehanne puxa a sua colega para trás fazendo sinal para que ela a seguisse, em poucos segundos e sem que Bryorth percebesse elas se afastam e saem dali.  Após alguns minutos andando sem nada dizer elas chegam a uma praça e Jehanne as guia até um banco que fazia frente à um belo jardim.

- O mestre não deixaria eu falar muito de mim porque ele tem medo das pessoas tentarem me machucar, ele não confia em pessoas estranhas e tenta me proteger por achar que sou diferente de todo mundo. -

 Havia um pouco de tristeza na voz da menina, na verdade seu corpo e sua aparência eram de uma mulher já adulta mas seu comportamento aliado à sua personalidade acabam lhe dando realmente um aspecto infantil. Normalmente seria perigoso se abrir tanto com pessoas desconhecidas, porém, por alguma razão Jehanne simpatizara com aquela mulher chamada Taylar vinda de Westeros. Sem aviso prévio ela abraça o braço esquerdo de Taylar e encosta sua cabeça nos ombro de sua companheira, o calor do manto aquecia o rosto gélido da menina.

- Taylar, nós somos amigas? - Perguntava a garota com voz baixa e insegura.

Thanks Tiago © 2013
avatar
Imagem : Jehanne
Mensagens : 36
Nome do jogador : Michellen
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Maegi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Susanne Glover em Sex Nov 04, 2016 11:40 am

once upon a time
The Amazon And The maegi
A menina tinha hábitos realmente estranhos. Susanne realmente ficou surpresa ao perceber que Jehanne estava abraçada a ela enquanto andavam pela cidade. O homem a frente delas não lhes fava muita importância, e não parecia ligar muito para a segurança da jovem, já que deixou que ela levasse uma mendiga desconhecida para dentro de sua casa, sem se importar em pensar se Susanne roubaria ou não. Mas pensando bem, talvez ele se importasse, e, percebeu ela, se fizesse algo errado, provavelmente quem seria castigada era a doce menina ao seu lado, e não a amazona – Sim, podemos dizer que Westeros é longe daqui. Eu saí de casa porque eu e meu pai não tínhamos as mesma idéias quanto ao meu futuro. Acabei sendo roubada logo ao chegar aqui, e bem, você está vendo meu infortúnio – disse com a voz amargurada, elevando os braços na lateral do corpo, deixando-os cair soltos, para enfatizar seu ponto. Respirou fundo, principalmente ao ouvir as palavras do mestre da garota. Soca-lo era uma opção, mas não faria isso, por enquanto. Quando Jehanne riu, ela riu junto, e o viu ficar furioso.

Ao ouvir as palavras da menina, a Glover engoliu em seco, olhando ao redor para ver se não tinha nenhum westerosi por ali. Mesmo que ninguém a conhecesse, poderia haver pessoas do Norte por ali, e não seria nada legal se seu pai descobrisse seu paradeiro antes do tempo. Depois de alguns segundos, ela se virou novamente para Jehanne – Não faço idéia. Quem não ia querer ficar perto de uma menina tão doce e curiosa quanto você? – perguntou, em parte mentindo, afinal, nem conhecia a garota direito, mas em parte sendo sincera. O pouco que já tinha descoberto da garota era o suficiente para tirar suas próprias conclusões.

Se afastaram do homem, seguindo mais para a praça, onde provavelmente seria melhor para conversarem. As palavras proferidas por ela eram de fato tristes, mas a Glover não entendia o porquê. Ela era uma garota gentil e amável, que, bem, agia como uma criança, mas Susanne não sabia da vida da garota. Quem seria ela para julgar os atos de alguém? A própria amazona fugiu de casa, viajou pelo mundo e agora era mendiga em Volantis. Que vida! – E você é mesmo diferente? – perguntou, olhando para ela de maneira interrogativa – Sabe, não quis dizer minha verdadeira história porque seu mestre estava com o ouvido apurado demais. – esperava que Jehanne não a denunciasse – Meu nome de verdade é Susanne Glover. Sou a filha do meio da família Glover, e meu pai queria que eu fosse a lady que nasci pra ser. Convenci o melhor amigo dele a me treinar, e ele foi exilado e castigado por isso. Ele decidiu me consagrar amazona demais, e assim fez, mas... Bosque Profundo não era mais o lugar que eu deveria ficar. Fugi, viajei e fiquei pobre. Nem como voltar pra casa tenho, agora – ela suspirou, percebendo o que tinha dito, e corou violentamente. Uma vida fadada ao desastre, de fato. Tinha apenas 20 anos e já estava longe de casa sem dinheiro e sem comigo. Ótimo.

Sim, acho que somos amigas, mas já aviso. Não ficarei por aqui. Quando tiver dinheiro suficiente continuarei minha viajem, continuarei a aprimorar minhas habilidades e depois voltarei para casa. Mas, enquanto estiver por aqui, pretendo não te deixar sozinha – riu, tocando o pequeno nariz dela. Olhou para as unhas sujas e ficou desconfortável. Por um instante esqueceu o quão imunda e fedorenta estava. Nada podia piorar.


avatar
Imagem :  Try Again
Mensagens : 279
Nome do jogador : Serafim
Dragões de ouro : 58
Veados de prata : 90
Estrelas de cobre : 2
Idade : 26
Salário extra : 44%
http://winordie.forumeiros.com/t1927-ficha-de-relacao-susanne-gloverhttp://winordie.forumeiros.com/t1165-glover-susanne-aguardando-vagas-no-norte#9769http://winordie.forumeiros.com/t1616-cronologia-susanne-glover#14468Ver perfil do usuário
Conselheira

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Jehanne em Sex Nov 04, 2016 8:44 pm


Titulo do Post

 

    Ouvindo atentamente a explicação da até então Taylar sobre sua vida e a razão de estar ali a jovem menina faz uma cara triste e um tanto aborrecida.

- Se acharmos estas pessoas que lhe roubaram eu peço ao mestre para castiga-los. -

O tom de voz da menina era de revolta quanto ao fato de Taylar ter sido roubada, Jehanne tinha um senso de justiça aguçado e tratava de forma banal tudo o que lhe aparentasse ser ruim ou cruel. Estando elas afastadas de Bryorth Jehanne se sentia mais a vontade e confortável, sorria ao ter uma resposta positiva da mulher em relação ao serem amigas. Seu finos braços passavam ao redor do pescoço da mulher em forma de agradecimento e demonstrando a felicidade da menina.

A questão da nova amiga de Jehanne a fazia abaixar a cabeça e refletir um pouco sobre se deveria comentar aquilo com Taylar, ser diferente trazia alguns riscos para a menina, mas voltando à olhar para  o rosto de sua colega ela sente que deveria contar à ela um pouco mais sobre si.

- Acho que sou sim, o mestre me proibiu de contar isto à outras pessoas por achar que eu correria perigo, mas eu confio em você.-

Ela sorria de forma tímida e até um pouco insegura por temer que seu mestre aparecesse por ali. Respirando fundo ela se aproxima mais de Taylar e segura suas mãos entre as suas pequenas mãos, as segura com delicadeza e diz em voz baixa para somente a amiga pudesse ouvir.

[colo=#ba3aa7]- Eu consigo ver o passado e o futuro das pessoas quando provo do sangue delas, minha mente fica vazia e limpa e posso ver tudo, eu acabo de forma involuntária dizendo o que a pessoa deseja saber sobre o futuro dela.-[/color]

 Ela suspirava um pouco e olhava para o chão dizendo de modo simples.

- Mestre Bryorth diz que muitos matariam para ter alguém como eu como propriedade, que sou burra e poderia servir a qualquer um sem saber o que estou fazendo. Mas eu não gosto de fazer isso e não gosto de sangue, ferir as pessoas é ruim e o sangue mostra muita maldade.-

 Com lágrimas rolando em sua face ela abraça Taylar e mantém-se em silêncio ouvindo a verdadeira história de sua amiga, ela se chamava na realidade Susanne e tivera uma vida bastante conturbada ao que parecia. Jehanne sorri sem sentir-se enganada, pelo menos a nova amiga dissera a verdade após se afastarem de Bryorth, talvez ela tivesse medo de ser reconhecida.

- Tudo bem Susanne, por mais que seja por pouco tempo eu já fico feliz em saber que consegui ter uma amiga pela primeira vez. -

Thanks Tiago © 2013
avatar
Imagem : Jehanne
Mensagens : 36
Nome do jogador : Michellen
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Maegi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Susanne Glover em Sab Nov 12, 2016 12:44 am

apenas uma
ideia
Seu olhar focou no céu, observando as nuvens passar, como fazia quando era mais nova. Poderia enganar a própria mente, e dizer a si mesma que ainda estava no Norte, mas a falta de neve fazia-lhe crer que estava longe demais para que suas mentiras se tornassem realidade durante algum tempo, mesmo que o frio estivesse presente. Mordeu o interior da bochecha, como sempre fazia quando estava nervosa ou receosa. A Glover sorriu ao ouvir o que Jehanne falou sobre confiar nela. A cada segundo gostava mais daquele garota, e seu coração se derretia toda vez que ela falava algo legal para Susanne. Ouviu seu segredo, e sua feição cética não tinha haver com o modo como o poder aparecia, mas sim com o quanto eram parecidas.

Olhou ao redor, para que ninguém ouvisse o que iria falar e voltou a fitar Jehanne – Posso contar um segredo meu? – perguntou tomando suas mãos, e logo viu a menina a assentir – Sou parecida com você. Também consigo ver o futuro, mas não por meio do sangue. Às vezes em meus sonhos, consigo ter visões proféticas de coisas que iram acontecer, e já li lendas sobre esse poder. Se eu conseguir manipula-lo, posso ver passado, presente e futuro. – apenas Susanne sabia daquilo, e agora Jehanne. Não contou nem a seu pai nem a Daphne, sua irmã. Eles podiam pensar que a Glover estava inventando, ou ainda pior, meio louca, mas a garota a sua frente tinha poderes parecidos, então iria acreditar nela, certo?

Ao ouvir sobre o desabafo da amiga, devolveu o abraço, limpando suas lágrimas em seguida – Você não é burra, é apenas ingênua, e isso não é algo ruim. Jehanne, você não precisa usar seus poderes se não quiser, a escolha é sua – sorriu de leve, acariciando as costas dela como fazia Lucy quando a mesma brigava com o marido. A ideia que rodou em sua mente era maluca, mas ela tinha que pelo menos tentar – Porque não vem comigo? – perguntou – Poderíamos viajar pelo mundo, e eu podia proteger você até nós acharmos um lugar específico para ficar. Não vou obriga-la a usar seus poderes se não quer, e vamos lá, seria divertido! – Jehanne poderia naquele instante afastar a Glover, dizer que ela queria se aproveitar de sua ingenuidade, e voltar para seu mestre, mas não era isso que Susanne queria. Uma amiga era o que ela queria, e nada mais.



avatar
Imagem :  Try Again
Mensagens : 279
Nome do jogador : Serafim
Dragões de ouro : 58
Veados de prata : 90
Estrelas de cobre : 2
Idade : 26
Salário extra : 44%
http://winordie.forumeiros.com/t1927-ficha-de-relacao-susanne-gloverhttp://winordie.forumeiros.com/t1165-glover-susanne-aguardando-vagas-no-norte#9769http://winordie.forumeiros.com/t1616-cronologia-susanne-glover#14468Ver perfil do usuário
Conselheira

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Jehanne em Sab Nov 12, 2016 9:37 am


Titulo do Post

 

    O olhar de Susanne era de descrença quanto ao o que eu havia dito sobre minhas habilidades, abaixo a cabeça com um olhar triste por perceber que nem mesmo uma nova amiga conseguia crer em minhas palavras. Mas eu estava redondamente enganada, ela sorri e pergunta se poderia contar-me um segredo, aceno positivamente com a cabeça e meu olhar se torna curioso.

Minhas pupilas dilatavam com cada palavra de minha nova amiga, um largo e sincero sorriso se abria enquanto minhas mãos vinham até meus lábios para conter uma alta gargalhada de alegria. Eu finalmente havia encontrado uma pessoa como eu, com suas diferenças, mas com habilidades semelhantes as minhas e que talvez pudesse me entender. E na verdade me compreendia ao dizer que eu não era obrigada a usar meus poderes, eu poderia os usar mas se tivesse vontade, caso contrário ninguém poderia me obrigar.

E então uma pergunta que me faz parar por alguns instantes ainda cobrindo meu sorriso, meus olhos ainda mais abertos e brilhantes, ir com ela? Viajar o mundo? Ser livre e poder me divertir?
Eram muitas coisas para assimilar em tão pouco tempo eu podia sentir, algo dentro de mim, e então veio até mim aquela necessidade, eu senti meu corpo estremecer quando aquela sensação veio até mim.

 Me afastei um pouca dela a olhando desta vez com uma expressão confusa e amedrontada, dei um sorriso singelo e inseguro dizendo.

- Eu preciso ter certeza de uma coisa, eu não queria ter de fazer isto mas, é preciso.-

Neste momento meu corpo todo tremia como se eu estive nua em meio à uma terrível nevasca, minha mão direita ia até minha boca enquanto eu me sentava direito no banco, eu sabia que teria de faze-lo mas não queria, uma angústia sem fim surgia dentro de mim. Ao imaginar o gosto metálico do sangue minha boca eu sentia repulsa e vontade de vomitar, mas era para o meu bem e o bem de Susanne, eu tinha de acreditar nisto e me convencer de que aquilo não faria mal a nenhuma de nós.

Sem me dar conta eu estava presa em meus pensamentos lutando comigo mesma para usar aquela maldição, não era um dom, era uma maldição que os deuses me impuseram. Enquanto uma guerra se travava em meu interior, por minha face rolavam lágrimas, minha visão estava perdida no horizonte, as costas de minha mão estavam próximas aos meus lábios entre abertos com meus dentes ligeiramente afastados.

Eu usaria aquilo, definiria o que seria melhora para nós, se ingressar nessa jornada seria nossa maior felicidade ou a ruína de tudo o que já tínhamos até ali. Então mesmo com toda dificuldade em aceitar usar os meus poderes, em lidar com o sangue em minha boca eu mordo as costas de minha mão com força e rasgo um pouco da pele. Lentamente sinto aquela região esquentar com um viscoso líquido escorrer pelo meu pulso.

Eu precisava de uma generosa quantia de sangue então mordo novamente minha mão abrindo um ferimento um pouco maior, torcia para não assustar Susanne com algo repentino, mas era uma forma de fazermos algo de forma segura. Eu já havia usado tantas vezes este poder para o interesse de outras pessoas, eu tinha o direito de usar esta habilidade em meu favor e de quem eu gostava, de uma pessoa que estava me mostrando um outro caminho da vida e este caminho era o que eu queria seguir.

Sinto o sangue minar com mais intensidade então cubro a ferida com meus lábios e deixo tudo acontecer de forma natural, meus olhos se fecham e minha mente esvanece e logo um turbilhão de imagens invadem meus pensamentos, eu nunca havia usado tanto sangue para uma visão antes, era difícil compreender tantas sequências aleatórias de informações. Antes, eu via apenas algumas coisas como pessoas ao longe, silhuetas, locais sem muito foco e em ocasiões muito raras podia ouvir vozes ao longe e entender algumas palavras.

Naquela situação eu conseguia ver claramente as imagens de um local frio e onde nevava muito, via algo que se parecia com um muro branco e muito alto, conseguia ouvir suas conversas sem entender o que diziam, suas vozes eram estranhas com um sotaque muito diferente de tudo que já tinha conhecido. Logo duas coisas vinham à minha mente, uma era a figura como uma pata de algum animal, era uma fera grande e bastante peluda, eu não sabia o que era, relacionado à esta imagem me vinha a figura de um homem grande como aquele animal, era do tamanho de Lord Bryorth.  Por fim eu via uma bandeira, nela tinha a imagem da lua em três fases diferentes a primeira era uma lua crescente, seguida pela lua cheia e por fim a lua minguante. Uma menina pequena de cabelos avermelhados segurava esta bandeira em sua destra, atrás dela, estava o homem relacionado ao grande animal e ao lado estavam outros dois homens de tamanho semelhante, via algumas mulheres com armas e armaduras. Era tudo tão estranho, eles pareciam olhar para mim diretamente, uma das guerreiras estende a mão para mim enquanto vinha em minha direção, eu lhe dava a mão e ela me levava até aquela garota que estava com a bandeira, ela coloca o tecido sobre minhas mãos. Então vejo todos formarem um círculo ao meu redor.

Tudo se acaba e eu retorno a mim, olho para Susanne como se acabasse de voltar de muito longe, eu estava extremamente exausta e sinto meus olhos quase se fecharem, os abro rapidamente para que não desmaiasse, aquelas visões haviam exigido muito de mim a ponto de me levar à um cansaço extremo.Meus lábios avermelhados formavam um belo sorriso, o final de minha visão sobre aquele local havia sido lindo, eu estava sorrindo em meio àquelas pessoas e conversando com elas após algo muito bom ter acontecido, em meu peito um calor ardia como se eu estivesse em uma alegria profunda, e todas aquelas pessoas me olhavam de uma forma carinhosa e receptiva. Eu queria ir para aquele lugar.

- Uma grande parede branca, muita neve, uma pata de um animal grande e peludo, um homem grande e forte como este animal, pessoas com sotaques fortes e difíceis. Este é o local que vi agora, pessoas que usam mantos de pele de animal em um lugar que sempre faz muito frio, é todo branco. Eu me vi com eles, todos riam por alguma razão e me tratavam bem, como você me trata, sabe onde é? Podemos ir para lá? -

Estava com a voz fraca e cansada após ter tido visões tão claras pela primeira vez, é ai que me lembro de estar com um grande e doloroso ferimento aberto em minha mão, rasgo um pedaço de meu vestido e cubro a ferida enrolando o tecido em minha mão. Olho para Susanne aguardando a sua resposta.

Habilidade Treinada:
- Magia e Oculto -

Thanks Tiago © 2013
avatar
Imagem : Jehanne
Mensagens : 36
Nome do jogador : Michellen
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Maegi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Susanne Glover em Dom Nov 13, 2016 3:16 pm

I'll take care of you
I promise
O alívio tomou conta de seu interior ao ver o sorriso escondido de Jehanne. Seus olhos esbugalhados de surpresa quanto ao que ele tinha dito. A Glover via também a batalha que se travava na mente da nova amiga. A decisão de sair pelo mundo com uma desconhecida ou continuar nas mãos de um homem que a maltratava e a diminuía. Então, Susanne viu quando algo mudou em seu interior, e soube que um instinto um tanto primitivo tomava conta dela. Ah, sim, ela sabia que era isso, afinal, a amazona já tinha sentindo os mesmos instintos durante boa parte de sua adolescência, e dormir fora de hora se tornou hábito.

A respiração da Glover se acelerou ao perceber o que Jehanne faria, e logo, apenas pôde observar, enquanto sua amiga entrava no mundo das visões, e saia dele alguns segundos depois. Seus olhos estavam quase se fechando, e Susanne percebeu o quão pálida ela tinha ficado. Segurou seus ombros para que não caísse, e a menina sussurrou o que tinha visto em sua visão. As adagas que John lhe dera enviavam ondas de frio por suas coxas, e o sorriso que Sussy deu foi grande e verdadeiro – Norte – sentiu vontade de chorar, algo que não era do seu feitio, mas era bom lembrar de sua casa – Você acabou de descrever o Norte de Westeros. "Onde é sempre frio e forte, b deverá ser a morte, mas não se engane, os nortenhos também são leais e gentis, bem como a neve é ao fazer o que faz de melhor; cair." – ela corou ao recitar o pequeno verso que John tinha dito a ela uma vez, e a pegou no colo, sabendo que estava fraca demais para aguentar ficar acordada – Pode ficar tranquila, Jehanne, vou te levar de volta ao seu mestre – disse começando a caminhar na direção em que tinha vindo.


avatar
Imagem :  Try Again
Mensagens : 279
Nome do jogador : Serafim
Dragões de ouro : 58
Veados de prata : 90
Estrelas de cobre : 2
Idade : 26
Salário extra : 44%
http://winordie.forumeiros.com/t1927-ficha-de-relacao-susanne-gloverhttp://winordie.forumeiros.com/t1165-glover-susanne-aguardando-vagas-no-norte#9769http://winordie.forumeiros.com/t1616-cronologia-susanne-glover#14468Ver perfil do usuário
Conselheira

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por The Lady of Spears em Seg Nov 14, 2016 2:08 pm

Avaliação de treino de habilidade

Jehanne

Foi um ótimo treino e descreveu suas visões muito bem. Adorei que interlacou os sentimentos da sua personagem quanto os poderes, ficou muito interessante de se ler.  Não vejo motivos para descontos!


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 30% de experiência pelo atributo de inteligência com 10 pontos
- 15% de experiência por ter a habilidade no nível 4
+ 7% de experiência pelo dote inicial

Recompensas
+ 122 pontos de experiência em Magia e Oculto
avatar
Imagem :
Mensagens : 306
Nome do jogador : Vic
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Jehanne em Qui Nov 17, 2016 2:38 pm


Titulo do Post

 

    Eu estava visivelmente a beira de um desmaio, Susanne me ajudava a andar me levando em direção dos mercados, procurávamos meu senhor para que pudesse fazer algo em relação à minha situação. Ao encontrarmos ele realmente o fez, estava furioso por nós termos desaparecido, eu mal conseguia dizer uma palavra sequer, minha situação era precária.

 Lorde Bryorth nota o tecido manchando de sangue em minha mão, neste momento ele deixa sua ira extravasar enquanto me arrancava dos braços de Susanne me pegando pelo pescoço, seu braço forte mal sentia o peso de meu corpo ao me erguer do chão e lançar contra a parede de uma casa que estava ao nosso lado. Senti meu corpo doer intensamente, ele se vira em minha direção me agarrando pelos cabelos para erguer, todos ao redor observavam os atos de violência sem nada fazer.

Sentia seu grande punho atingir meu estômago enquanto ele rugia sua fúria,

- Vadia bastarda!! Me desobedece quando a ordeno ter suas visões, mas as faz de bom grado para mendigos?!! Se não me serves não tens motivos para viver, todos verão o destino de uma traidora!! -

Estava certa de que naquele local seria o meu fim, ninguém se importaria que uma mera serva fosse morta por desobedecer seu Lorde, ainda mais quando se tratava de uma bruxa de sangue, essa magia era banal à vista de todos.
Sinto outra vez um golpe em meu estômago seguido de um forte tapa em meu rosto que me fazia desabar, não tinha forças sequer para esboçar uma defesa, sentia fortes pisões sobre meu corpo enquanto minha mente começava a tornar-se negra. Minha consciência ia se apagando enquanto sentia um filete de sangue escorrer de minha boca, as dores iam tornando-se menores conforme minha visão se tornava cada vez mais turva, seria ali meu fim? Jogada em uma rua sendo espancada igual à um animal sem dono? Não, eu tinha um dono e era este quem ceifava minha vida a cada golpe, estava sendo entregue aos deuses a um chute, e um pisão por vez sem qualquer sinal de piedade por parte de Lord Bryorth.

 Meus braços se mexiam apenas por serem impulsionados pelos fortes golpes contra meu corpo, olho para Susanne que estava à alguns metros de distância daquilo tudo, não queria que ela visse aquilo, estava triste por te-la ali e temerosa por caso Bryorth decidisse investir contra ela. Com o pouco de consciência que me restava sorria para ela em forma de agradecimento, mesmo que fosse um sorriso de despedida era também uma amostra de gratidão, me via tremendamente feliz por ter conseguido ter momentos de esperança.

Graças a Susanne eu pude ver um futuro feliz para mim e para ela também, tantas coisas boas aconteciam naquela visão, infelizmente a visão de uma Maegi não era totalmente certa, muitas coisas podiam acontecer ao longo da vida e podiam alterar o futuro, desta maneira, o futuro visto poderia não ocorrer de fato. Era exatamente isto que acontecia naquela ocasião, o futuro visto por mim talvez não fosse se realizar de fato, mas eu não incomodava com isto. O fato de ter ao menos criado esperança de algo melhor já havia valido por toda a angústia sofrida ao longo da vida.

 Meus olhos se fecham por um instante, sentia minha consciência estar quase extinta, respirava com grande dificuldade. Ouvia ao longe grande estardalhaço com gritos, não sabia o que acontecia ao meu redor as forças em mim eram fracas demais até para poder abrir os olhos. O que estava acontecendo?

Thanks Tiago © 2013
avatar
Imagem : Jehanne
Mensagens : 36
Nome do jogador : Michellen
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Maegi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Susanne Glover em Qua Nov 23, 2016 10:22 am

Águia de sangue


O furacão Bryorth veio na direção das duas com sangue nos olhos. Quase se podia ver a fumaça saindo de seus ouvidos, e a ira estava marcada em sua face, de longe, feia. Antes que pudesse reagir, o homem já tirava Jehanne de seus braços, segurando-a pelo pescoço, e a jogava na parede. O corpo de Susanne se retesou por inteiro, e ela simplesmente ficou congelada. Um soco, um chute... Sua amiga não gritou, mas seus gritos ecoavam na cabeça da amazona. Ela simplesmente não conseguia reagir ao que estava acontecendo a sua frente. Se isso tivesse acontecido 5 anos depois, o mestre de sua amiga estaria implorando por misericórdia, mas a Glover só tinha 19 anos. Tinha muito caminho para andar, muita experiência para receber. Sua mente não tinha assimilado o porquê de ninguém na rua estar ajudando a frágil e doce Jehanne, mas ela sabia, no fundo ela sabia que magia de sangue era vista como sacrilégio entre a maioria.

Seu coração se dividiu em mil pedaços ao ver Jehanne sorrir para ela, percebeu que lágrimas saiam teimosas de seus olhos. Seu coração se acelerou com força, e Susanne pegou uma de suas adagas, e caminhou até Bryorth, tocando em seu ombro. Ele a olhou ainda irado, mas ela viu orgulho em seu rosto, e frustração por estar perdendo uma grande fonte de renda. Antes que pudesse se segurar, seu punho já tinha encontrado seu rosto, e ele caia pra trás com um gemido. – Quer se divertir? Vamos nos divertir! – disse a Glover com um sorrisinho sádico no rosto. Sentou em seu quadril, com uma perna de cada lado, e desferiu outro soco em seu rosto, que levou a outro com a mão direita, e o gesto se repetiu por mais cinco vezes. Quando finalmente parou, quase não se dava para distinguir o que era o que no rosto do mestre, e os punhos de Susanne doíam terrivelmente. Levantou, e o fez ficar de pé segurando-o pelo cabelos ralos. Caminhou, arrastando-o até a fonte que minutos antes estava com Jehanne, e o jogou na beirada da mesma, segurando sua cabeça para que ficasse ali.

Quer saber o que sua escrava sentiu? Pois bem, vou lhe fazer esse favor, mas prometo que será três vezes pior – ela disse, pressionando a adaga vermelha contra sua pele nas costas, bem no contorno das omoplatas, e começou a descer, enquanto ouvia o grito do horror do homem. Um sorriso apareceu em sua face, e de uma maneira estranha a Glover sentiu prazer em ouvir isso. A amazona sempre reprimiu isso, esse prazer em proporcionar dor a outros indivíduos, dizendo a si mesma que um cavaleiro não pode ser assim, mas naquele momento? Ah, Susanne deixou tudo sair. O sorriso sumiu de seu rosto, e se lembrou de uma técnica usada por Nórdicos. Uma águia de sangue "faria bem" a Bryorth, ah sim, faria.

Repetiu o movimento mais vezes, se deleitando com os gritos do homem, e ficava ainda mais empolgada a cada vez que alguém lhe olhava com horror, ou passavam rápido para não ajuda-lo, mesmo provavelmente sabendo quem era. Passou para o lado direito, fazendo a mesma coisa, até estar em uma poça de sangue, e as costas de Bryorth levemente abertas. Ele ainda estava vivo claro, e chorava copiosamente. A Glover se levantou e olhou ao redor, procurando um machado afiado. A ferraria perto de onde estavam estava aberta, e o ferreiro observava a cena. Ao vê-la se aproximando, engoliu em seco e tentou fechar tudo as pressas, mas ela correu, chegando lá antes que sua oportunidade acabasse. Procurou ao redor, e logo viu o que procurava, pegando-o e testando o peso – Vou levar – olhou seria e até mesmo ameaçadora, e ele acenou com a cabeça várias vezes. O momento não podia ser melhor – É todo seu, é todo seu, pode levar, mas por favor, não me machuque – um ferreiro medroso, claro. Susanne riu com escárnio e voltou para a praça, vendo Bryorth ainda chorando. Quebrou sua coluna para que não conseguisse escapar, obviamente. Girando o machado não mão, Sussy começou a golpear as costas do homem com a arma, vendo o buraco se abrir mais e mais, e logo ela pôde ver alguns de seus órgãos, e os mais importantes: os pulmões.

Sua roupa estava cheia de sangue, bem como seu rosto, mas ela continuou a sorrir, achando graça na cena. Naquele momento ela não achava que tinha estrapolado. Na verdade, nem mesmo quando estava mais ficou mais velha e mais sábia sentiu remorso. Ainda se deleitava com a cena anos depois. Se agachou ao lado dele, colocando uma mecha de cabelo atrás da orelha, como se fosse una pessoa muito próxima dele – Me mate de uma vez – Bryorth pediu gritando, e ela apenas riu – Ah, não. Você vai morrer, sim, mas não durantes vários minutos agonizantes – acariciou seu rosto e seu olhar se voltou para Jehanne, que ainda estava ali, lutando pela vida. Decidiu se apressar, porque afinal, a vida de sua amiga era mais importante que a morte de seu mestre.

Uma a uma, Susanne pegou seu ossos e os abriu, deslocando-os de seus locais de origem, até poder pegar o que queria dentro do corpo imundo daquele verme. Quando finalmente pôde, pegou seus pulmões, colocando-os com cuidado nos ombros do homem.

Habilidade Treinada:
+ Adagas

Jehanne •• vikings •• Glover ••


avatar
Imagem :  Try Again
Mensagens : 279
Nome do jogador : Serafim
Dragões de ouro : 58
Veados de prata : 90
Estrelas de cobre : 2
Idade : 26
Salário extra : 44%
http://winordie.forumeiros.com/t1927-ficha-de-relacao-susanne-gloverhttp://winordie.forumeiros.com/t1165-glover-susanne-aguardando-vagas-no-norte#9769http://winordie.forumeiros.com/t1616-cronologia-susanne-glover#14468Ver perfil do usuário
Conselheira

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Drowned God em Qui Nov 24, 2016 10:57 am

Avaliação de treino de habilidade

susanne glover

Foi um ótimo treino, parabéns! Sobre o adendo se poderia ser um post de intimidação, eu acredito que sim, entretanto dificilmente você conseguiria uma nota máxima, devido a profundidade da habilidade que não teve uma maior explanação. Como você colocou como adagas, não me resta lhe maximizar, visto que você usou e repetiu a habilidade diversas vezes.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 18% de experiência pelo atributo de inteligência com 7 pontos
- 55% de experiência por ter a habilidade no nível 8

Recompensas
+ 63 pontos de experiência em Adagas
avatar
Imagem : What is dead may never die, but rises again, harder and stronger.
Mensagens : 116
Nome do jogador : David
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : -
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Jehanne em Sex Nov 25, 2016 3:16 am


Titulo do Post

 

    Meu corpo estava estirado em meio a rua sem esboçar qualquer movimento, a respiração era tão fraca que a qualquer momento poderia ser o momento final do último suspiro dado por mim. Estar demasiadamente fraca e ainda ser espancada brutalmente por meu mestre fora algo que me colocava em uma batalha pela vida, tentava resistir ainda ao clamor dos deuses para deixar a existência naquele mundo tão obscuro. As energias iam se esvaindo pouco a pouco tornando minha percepção do mundo ao meu redor ainda mais abstrata, tudo tornava-se mais distante para mim enquanto a sensação de paz e tranquilidade se faziam ainda mais presentes.

Em determinado momento eu tento abrir os olhos para me por a par do que estava acontecendo ao meu redor, via Susanne montada sobre o quadril de mestre Bryorth e seus punhos atingindo sua face, eu tentava me arrastar até ela para a impedir, entretanto eu sequer conseguia erguer a mão para indicar à ela que parasse. Todo meu corpo estava terrivelmente dolorido, até mesmo a simples ação de respirar era uma tortura sem fim devido algumas costelas fraturadas pelos pisões que havia recebido naquela região de meu corpo.

Meus olhos se fecham por alguns instantes mas logo se abrem ao ouvir a grave e potente voz de Bryorth ecoar se afastando dali, viro a cabeça para ver o que acontecia e noto que ele era arrastado pelos cabelos por Susanne em direção à fonte aonde estávamos, tento segui-los com os olhos mas os perco rapidamente do campo de visão. Assim, minutos depois começo a ouvir ao longe brados de dor, gritos que faziam minhas entranhas gelarem e todo meu corpo se arrepiar de forma terrível.

 Os murmúrios de choque e horror faziam-me compreender que algo terrível estava acontecendo na fonte e eu deveria ir até lá, apoio as duas mãos no chão e empenho toda força de meu corpo empurrando-as para baixo até que meu tronco estivesse inclinado para cima, tendo este sucesso eu puxo minhas pernas para próximo de meu corpo afim de me equilibrar ficando sentada com as mãos apoiadas no chão. Minha respiração estava ofegante e acelerada naquele momento devido o grande esforço realizado, isto diminuía o intervalo que eu tinha para suportar as dores que eu sentia quando meus pulmões expandiam minha caixa torácica.

Quando minha respiração se normaliza um pouco eu me dou o dever de ficar de pé, coloco meus joelhos no chão ficando em uma posição em quatro apoios, recolho um pouco as pernas levando-as em direção dos meus braços e logo puxo com toda a força o meu tronco para trás. Depois de um alto gemido de dor que fizera com que as lágrimas corressem minha face ainda mais intensamente eu estava de joelhos, meu tronco ereto e latejante alertava que as costelas estavam realmente fraturadas, levo uma de minhas mãos até a região e sinto uma pequena ponta de osso projetada para fora da carne e da pele. Aquilo doía muito a ponto de me fazer chorar, na realidade eu sempre chorava por qualquer razão.

Suspiro lentamente e forço minhas pernas para me levantarem, elas tinham que me ajudar a ir até Susanne e Lorde Bryorth antes que algo realmente ruim acontecesse. No entanto, quando finalmente consegui me por de pé e caminhar até a fonte eu vejo Susanne abrir as costas de meu mestre com poderosas machadadas, a vejo abrir seu corpo e retirar-lhe os pulmões enquanto ele ainda estava vivo. Meu corpo estremeceu e minhas forças se esvaíram com o choque daquela cena, a dor do impacto contra o solo foi tão grande que me fez gritar de dor e permanecer no chão sem tentar me mover demais.

Olho ao redor buscando Susanne, queria ter certeza de que ela estava bem e se não estaria machucada após a briga com Bryorth.

- Susanne? Onde está? - a voz era tão fraca que somente os lábios se moviam soltando pequenas correntes de ar em um sussurro inaudível.

Ao tê-la próxima de mim tentaria alcançar seus cabelos e acariciar-lhe a face, tinha medo do que poderia estar por vir e desejava vê-la uma vez mais para gravar seus lindos traços faciais, a face de minha primeira e verdadeira amiga. Sorriria para ela feliz por estar com ela em um dia que havia sido lindo até o incidente, mas ainda assim, com todo o ocorrido a beleza voltava junto de seu belo olhar e de sua formidável coragem ao lutar por uma recém conhecida, que apesar de pouco tempo de conhecidas já a amava como uma verdadeira irmã.

Habilidade Treinada:
-Vigor-


Thanks Tiago © 2013
avatar
Imagem : Jehanne
Mensagens : 36
Nome do jogador : Michellen
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Maegi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Susanne Glover em Sex Nov 25, 2016 11:57 am

Minha pequena
Jehanne

Sua respiração já estava normalizada quando ela olhou ao redor, e percebeu as pessoas saindo dali apressadas. Provavelmente estavam com medo da maluca com um machado na mão, que tinha acabado de torturar um homem, que ainda lutava pela vida inutilmente. Ouviu um grito perto de onde estava, e quando se virou, viu Jehanne no chão, e seu coração se apertou. Não deveria te-la deixado sozinha, mas matar Bryorth tinha lhe subido a cabeça e agora... Se sua amiga estava juntando pela vida, depois de caminhar tanto, com tantos ferimentos pelo corpo, agora ela definitivamente perdia a batalha. Não, não! Fora tola, e agora estava a perder sua amiga, sua melhor amiga. Uma amizade cultivada em segundos, e já sentia ser tão próxima da maegi quanto era de sua própria irmã, Daphne.

Caminhou até ela, acariciando seu rosto com as mãos ensangüentadas. Na verdade, todo o seu corpo estava com sangue, e isso fazia suas expressões, já tão mal encaradas, ficaram definitivamente terroristas. Olhou todas as pessoas ao redor com a cabeça erguida, a feição seria, ameaçando-os explicitamente apenas com o olhar para que mantivessem distância. Nada mais machucaria Jehanne, mas não ia mesmo. Passou o braço por sua nuca, e a canhota segurou suas pernas, elevando-a no ar. Não conhecia muito a cidade, mas um médico sempre ajudou Susanne da maneira como podia. Ele poderia ajuda-la agora, não podia? O aperto em seu coração ficou mais forte e maior, sentia uma vontade de chorar que não pertencia a ela. A Glover nunca foi de chorar, mas agora? Naquele exato momento? Se Jehanne morresse, Sussy provavelmente desabaria, e voltaria correndo para os braços de seu pai, que talvez não fosse lhe aceitar de volta, afinal, ela fugiu de casa, mesmo se tornando Conselheira, deixando uma simples carta, que bem dizia tudo que ela sentia em relação ao Lord Glover... Ela engoliu em seco, e colocou uma proteção metal ao seu redor. Acho que naquele momento, a Susanne que todos conhecem veio a tona. Sim, definitivamente foi naquele momento, não acham?

Caminhou o mais rápido que conseguiu, tentando não machucar ainda mais Jehanne. Sua expressão era seria de uma maneira que poucas vezes tinha ficado na vida. Aquele sorrisinho maroto que tinha aprendido com a John, seu primeiro tutor, agora tinha sumido. Parecia muito com seu pai, e de uma maneira estranha, se orgulhou disso. John... Mais uma vida que tinha estragado. Por sua culpa, ele fora exilado de Bosque Profundo pelo simples motivo de treina-la escondidos. Agora era Jehanne... Nada aconteceria ela! Nem que a Glover pagasse com sua própria vida por isso.

Sabia onde encontrar Ragnarok aquela hora do dia, e para sua sorte era perto – Eu prometo que tudo ficará bem, Jeh – ela sussurrou, arrombando a porta com um chute. Entrou na casa como um furacão, e o homem a olhou assustado, quase não reconhecendo a amazona, graças ao sangue em seu corpo – Por favor, cuide dela – e ao dizer essas palavras, as lágrimas invadiram seu rosto, e tudo ficou embaçado. – Coloque ela aqui – disse ele, jogando tudo o que ali continha no chão, e a Glover colocou sua amiga na superfície – Tem uma banheira mais para dentro, você vai saber se virar. Pegue algunas roupas que minha filha deixou pra trás, devem servir para você – ele disse apontando para dentro. Ela sorriu de leve e adentrou ainda mais a casa.

[...]

Ela usava um vestido simples e longo, mas que era grosso o suficiente para que Susanne não sentisse muito frio. Tinha comigo uma maçã e pão com cerveja, e agora observava Jehanne dormir tranquilamente. Ragnarok tinha limpado os ferimentos profundos com uma faca quente, então a Glover teve que segurar a maegi, mesmo que ela estivesse inconsciente. Agora, sua amiga estava limpa, com os ferimentos sendo tratados e dormindo tranquilamente, afinal tomara leite de papoula para que não sentisse dor. Sua cadeira estava do lado da mesa onde sua irmãzinha jazia, acariciando seu cabelos. Sua cabeça estava escorada na madeira, e ela finalmente se sentia limpa em muitos dias. Quase irreconhecível. – Tudo vai ficar bem – sussurrou, sentindo os olhos se fecharem.
Jehanne •• vikings •• Glover ••


avatar
Imagem :  Try Again
Mensagens : 279
Nome do jogador : Serafim
Dragões de ouro : 58
Veados de prata : 90
Estrelas de cobre : 2
Idade : 26
Salário extra : 44%
http://winordie.forumeiros.com/t1927-ficha-de-relacao-susanne-gloverhttp://winordie.forumeiros.com/t1165-glover-susanne-aguardando-vagas-no-norte#9769http://winordie.forumeiros.com/t1616-cronologia-susanne-glover#14468Ver perfil do usuário
Conselheira

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Drowned God em Sex Nov 25, 2016 11:01 pm

Avaliação de treino de habilidade

jehanne

Excelente treino, parabéns!


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 30% de experiência pelo atributo de inteligência com 10 pontos
+ 10% de experiência por ter a habilidade no nível 0

Recompensas
+ 140 pontos de experiência em VIGOR
avatar
Imagem : What is dead may never die, but rises again, harder and stronger.
Mensagens : 116
Nome do jogador : David
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : -
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Jehanne em Dom Nov 27, 2016 9:13 am


Titulo do Post

 

    Meu corpo estava esticado no solo gelado e rígido em uma rua poeirenta, minha consciência estava tão distante que mal pude sentir quando Susanne me pegou em seus braços e me levou para longe dali. Eu não tinha muita noção de quanto tempo já havia passado desde o ocorrido no centro da cidade de Volantis, mas finalmente eu despertava com leves dores em meu corpo. Ainda sentia algumas fisgadas e pontadas por todo meu tronco, mas essas sensações eram bem mais leves dos que as que já havia sentido antes, meu corpo doía menos e eu podia me mover e respirar com muito mais facilidade.

Abro os olhos lentamente enquanto soltava profundo suspiro ao despertar de longo sono, sentia estar sobre uma superfície sólida, a tateio e percebo ser uma madeira envelhecida. Movo minhas mãos lentamente até meu corpo o tateando para localizar minhas fraturas, noto que já não haviam mais pontas de osso para fora de minha carne na região das costelas. isso me fazia pensar que Susanne poderia ter cuidado de mim enquanto eu dormia. Aonde estaria ela naquele momento?

Me levanto de forma bastante vagarosa me sentando sobre o que parecia ser uma mesa, olho ao redor vendo Susanne sentada próxima à mim descansando, noto estar em uma casa bastante arrumada apesar de no chão haverem muitas coisas espalhadas. Eram panos sujos de sangue, provavelmente sujos de meu sangue. Olho mais uma vez para Susanne e a vejo limpa e bem trajada, pelo seu cansaço eu diria que ela havia me levado para um local bastante distante de onde estávamos quando ele matara Lord Bryorth.

Lorde Bryorth, havia me esquecido dele por alguns segundos e isso me fazia ter a certeza de que ele não me faria tanta falta, apesar de ter cuidado de mim desde que era uma criança ele sempre fora uma pessoa de personalidade muito autoritária e explosiva. Desobedece-lo era algo que eu fazia com frequência quando me pedia para ver seu futuro, por este motivo ele sempre me castigava com rigor, mas poucas foram as vezes que ele quase me matara como naquela infeliz ocasião, então finalmente me dei conta de que com a morte de Bryorth eu estava em posse de minha liberdade.

 Olhando para os negros e belos cabelos de minha nova irmã eu pensava em como era assustador ter de tomar minhas próprias decisões ao mesmo tempo em que essa liberdade me trazia certa felicidade, o que eu faria dali por diante? Muitas vezes eu tinha ordens à seguir, tarefas diárias à cumprir, coisas que podia ou não fazer já determinadas por uma lei de um certo senhor. E agora? Eu poderia escolher sair correndo daquele local e me perder pelas estradas à fora? Sim, poderia. Ter tamanha liberdade em mãos era um deleita mas também uma sentença já que eu seria sempre responsável pelas minhas decisões, ninguém responderia por mim ou assumiria minhas ações, de agora em diante seria eu por mim mesma.

 Sorrio ao ver que Susanne nem sequer se dera conta que eu estava já sentada sobre a mesa, desço devagar e caminho pelo local vendo um homem jogado sobre um acolchoado, noto um cobertor caído no chão e vou até ele o pegando. De certo o homem o deixara cair enquanto se revirava de um lado para o outro em seu leito de descanso, não parecia sentir falta já que seus roncos demonstravam que está em profundo sono. Com o cobertor em mãos volto até a mesa onde Susanne estava debruçada, dou um pequeno beijo em sua face sorrindo um pouco enquanto colocava sobre seus ombros o cobertor, passava os dedos por entre seus longos e sedosos fios negros, seus cabelos pareciam sempre estar irradiantes em tom penumbral.

Vou até uma das janelas e percebo o lento alvorecer, os primeiros raios solares começavam a colorir em tom amarelo-laranjado todo o vasto céu azul, minha pupilas dilatavam-se com majestosa beleza, empolgada eu dava pequenos pulinhos rindo baixo enquanto batia leves palminhas. Uma forte pontada nas costelas me alertava sobre o estado de recuperação de meu corpo, ainda não podia fazer minhas peraltices como de costume, mesmo assim abro um largo sorriso olhando pela janela um novo dia raiar, era o renascer do sol após o domínio da escuridão. Aquilo me fazia pensar que era também um renascer para mim, uma vida envolta em trevas e angústia ficava para trás, aquelas cores mescladas com grande brilho traziam consigo meu renascer, uma nova vida nascia junto com aquela majestosa estrela incandescente.

Vários minutos se passam e o dia mostrava-se completamente raiado, lá fora eu podia ver os primeiros movimentos das pessoas em suas casas, parecíamos estar fora da cidade visto que haviam poucas casas e estas tinham demasiada distância uma das outras, de certo estávamos em um pequeno vilarejos aos arredoras da grande cidade. Isso me fazia sentir uma ponta de remorso ao imaginar que Susanne teria me carregado até aquele local, me viro para trás observando sua figura exausta, caminho até ela e paro ao seu lado me agacho sentindo um pouco de desconforto com o esforço feito.

Respirava um profundamente por alguns segundos para me acostumar com as leves dores, eu tinha que me fazer resistente a essas sensações incômodas, não podia me dar o luxo de reclamara e chorar sempre que algo ruim acontecesse à mim. Minha luta era comigo mesma para que eu deixasse de ser uma criança fraca e dependente, minha nova vida exigiria altos preços imaginava eu, para arcar com esses preços eu deveria ser mais forte e resistente sempre, assim como Susanne mostrava ser. Sim, naquela manhã eu decidia que queria ser como minha nova irmã, um mulher tão forte e decidida que estava trazendo grandes mudanças para mim, e cada uma dessas mudanças me faziam sentir profunda alegria e satisfação.

 Devagar eu deito minha cabeça em suas coxas usando meus braços como apoio, estava ajoelhada ao seu lado com o corpo levemente projetado para frente, não queria acorda-la e por isso resolvia tirar um pequeno cochilo ali mesmo em seu colo. Vários minutos se passam e eu percebo ter pego em profundo sono, agora só me restava aguardar os novos ocorreres daquele novo dia.



Thanks Tiago © 2013
avatar
Imagem : Jehanne
Mensagens : 36
Nome do jogador : Michellen
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Maegi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Susanne Glover em Seg Nov 28, 2016 10:20 am

Just Sleep
"Neve. Era tudo que Susanne via eu seu redor. Neve e árvores. Ouviu vozes perto dele, e duas pessoas conversavam perto de um penhasco. Reconheceu Jehanne de imediato, conversando com... A Glover? Sim, aquela era mesmo sua versão mais velha. Seu corpo estava bem mais definido, e seu olhar era de controle. Estava mais madura em muitos aspectos físicos, e provavelmente essa mudança foi psicológica. Caminhou até elas quase correndo, ficando de frente para sua amiga. Seu olhar estava diferente, já não carregava aquela inocência que ela sempre admirou, e no lugar, a Maegi parecia ser mais velha, como se tivesse amadurecido ainda mais que a amazona. Ela discutiam, e algo chamou sua atenção. Susanne virou-se na direção da floresta, e segundos depois ouviu o som de algo se chocando com a rocha. A expressão de Jehanne era de choque, assim como a da própria Glover ao perceber o que tinha acontecido. Não podia ser real. Sua amiga não faria isso com ela, ou faria?

A visão mudou quase que imediatamente. Susanne treinava com duas espadas, e parecia ser muito habilidosa com elas. Seu movimentos estavam bem mais delicados, e ela quase não fazia barulho ao se mover. Não conhecia o homem com quem treinava, e nem a mulher que estava observando os dois de longe. Estava mais magra,
bem mais magra, e seu cabelo já não negro como a noite, e sim de um loiro quase branco, chegando a ser quase cinza. Sua expressão era dura e decidida, parecia mais que nunca tinha sorrido na vida. O que viria a acontecer com ela?"

Ela acordou assustada, dando um leve sobressalto, o que ela percebeu que acabou fazendo algo pulando em seu colo. Quando seu olhar se moveu para baixo, percebeu que na verdade, Jehanne dormia em seu colo, e a lembrança de sua expressão antes de tudo aquilo acontecer veio novamente em sua mente, o que fez com que um certo receio de ficar perto dela se apoderasse de seu corpo. Ela bem sabia que aquilo foi seu dom agindo, mas ela também sabia que o futuro não poderia ser mudado, então tão rápido quanto esse sentimento apareceu, ele foi embora. Se espreguiçou devagar, e acariciou a cabeça de Jehanne, que provavelmente tinha acordado com seu leve susto – Bom dia, flor do dia – brincou, olhando ao redor – Não deveria estar dormindo ali? – perguntou apontando para a mesa – Você ainda não está nem um pouco recuperada, mocinha – fingiu uma bronca enquanto cruzava os braços, mas logo afagou sua cabeça novamente, se levantando.

Como está? – perguntou, ajudando-a a ficar de pé – Está com fome? Porque eu estou morrendo – piscou para ela rindo, enquanto se dirigia a cozinha – Não se atreva a se mover dessa cadeira! – ameaçou de longe, enquanto pegava algumas frutas e pães. O sono ainda estava ali, mas o bem estar de Jehanne era o mais importante. Depois de arrumar uma mesa, aos seus olhos bonita e de fato farta, voltou até a sala, pegando sua nova irmã no colo com delicadeza, levando-a até a cozinha rindo. Um dia normal dentre tantos outros estranhos. A morte de Bryorth parecia ter sido a anos, e conhecer Jehanne parecia ter sido a muito mais tempo ainda. Foi amor a primeira vista.

Habilidade Treinada:
+ Magia e Oculto

Jehanne •• Glover •• Recuperação ••


avatar
Imagem :  Try Again
Mensagens : 279
Nome do jogador : Serafim
Dragões de ouro : 58
Veados de prata : 90
Estrelas de cobre : 2
Idade : 26
Salário extra : 44%
http://winordie.forumeiros.com/t1927-ficha-de-relacao-susanne-gloverhttp://winordie.forumeiros.com/t1165-glover-susanne-aguardando-vagas-no-norte#9769http://winordie.forumeiros.com/t1616-cronologia-susanne-glover#14468Ver perfil do usuário
Conselheira

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Many-Faced God em Ter Nov 29, 2016 6:36 pm

Avaliação de treino de habilidade

Susanne Glover

A sua escrita é interessante de ler e devo dizer que o template também ajudou nisso, por ser leve. Não encontrei erros que viessem a afetar a qualidade do seu texto, embora tenha encontrado alguns erros na concordância de verbos. A visão não foi muito relacionada ao post depois de acordar, além do final da primeira ter ficado um pouco confusa.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (38/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 18% de experiência pelo atributo de inteligência com 7 pontos
+ 10% de experiência por ter a habilidade no nível 0

Recompensas
+ 128 pontos de experiência em magia e oculto




avatar
Imagem : Stranger, Stranger...
Mensagens : 819
Nome do jogador : Ross
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Jehanne em Seg Dez 05, 2016 4:36 pm


Titulo do Post

 

    Meu sono era bastante leve devido as pontadas de dor que ainda sentia em meu corpo, ainda me via bastante debilitada e pouco recuperada do que havia passado, mas o colinho de minha irmã era definitivamente bastante confortável e me fazia resistir as dores para ficar ali mais um tempinho. Sentia um breve pulo me erguer abruptamente do colo de Susanne e me fazer dar um baixo gemido, percebi um toque em meus cabelos tornar-se um agradável afago, sorri contente e me levantei devagar.

 Mantinha meu sorriso de alegria para Susanne enquanto a ouvia questionar e me bronquear, estava extremamente feliz por estar ali com aquela pessoa maravilhosa que tanto me ajudou em tão pouco tempo. Notei-a pegar alguns alimentos e preparar a mesa para nós, estando sentada na cadeira onde estava Susanne anteriormente eu me levanto e vou até ela, lhe abraço com grande afeto e digo-lhe em um doce sussurro.

- Obrigada por cuidar tão bem de mim, vou sempre amar você, não importa quanto tempo passe e quão distante estejamos uma da outra. Será sempre minha irmã e terá sempre meu amor eterno junto a minha gratidão infinita, vais sempre ter um lugar em minha lembranças mais felizes. -

Lentamente toco a macia pele de sua face com meus lábios em um afetuoso beijo, me afasto sorrindo enquanto apanhava uma maçã e dava uma breve mordida na fruta, notava um belo pássara cantar estando sobre o parapeito da janela, olhava para ela com os olhos arregalados de surpresa. Corria em sua direção como se não existissem dores em meu corpo, tentava apanha-lo com as mãos antes que voasse, no entanto, meu corpo debilitado não permitia-me ser ágil o suficiente para o fazer e assim a ave voava rumo á sua liberdade.

Respirava fundo sentindo meu corpo arde e dor intensamente enquanto dava baixa risada, mesmo debilitada não conseguia me manter quieta por muito tempo, gostava de estar sempre fazendo algo ou procurando o que fazer. Me sentindo um pouco melhor após alguns momentos de descanso ouvia o homem acordar e sentar-se aonde outrora esteve deitado. Olhava para ele enquanto caminhava até Susanne me pondo atrás dela com minhas mãos em sua cintura e o rosto parcialmente oculto atrás de si, não o conhecia e não sabia como reagiria ao notar que estava fazendo bagunça em sua casa.

Mantendo-me escondida atrás de Susanne observava os primeiros movimentos do homem, ele espreguiçava-se enquanto bocejava alto, então olhava ao redor, eu nada dizia afim de não ter sua atenção voltada para mim. Minhas mãos pressionavam a cintura de Susanne devido o nervosismo que sentia naquele momento, não entendia bem o motivo daquele temor, mas meu corpo começava a estremecer enquanto observava o homem se por de pé, algumas imagens de Bryorth voltavam à minha mente me fazendo ter tremedeiras mais intensas.

O balançar de meu corpo o fazia latejar e doer intensamente me arrancando alguns lamentos em forma de choro bem contido, não entendia o motivo de me sentir daquela forma diante de alguém..desconhecido. Sim, de certa forma aquele homem não me era um total desconhecido, então um novo lapso de memória me vinha até a mente fazendo-me lembrar de quando Bryorth havia adoecido, ele mandara chamar um familiar seu que morava aos arredores da cidade, este era  um conhecido médico que atendia a todos os necessitados.

Me via na casa de um familiar do homem que eu servia e que agora estava morto, de certa forma eu também o havia matado já que estava presente na cena ao lado de minha então irmã, as dores tornavam-se mais intensas com os tremores aumentando sua intensidade, em questão de segundos eu desejava sair dali a todo custo.

Antes de poder dizer a Susanne que deveríamos sair dali o homem se vira para nós e ao me ver abre largo sorriso.

- Oh! Pelos deuses Jehanne, é você? Como não pude notar isto antes? O que houve com você?Deveria estar deitada se recuperando não acha? Meu irmão sabe que estás aqui? Pedirei para um dos meninos ir avisa-lo e vir busca-la, tens de repousar bastante para que logo esteja bem o suficiente para fazer suas peraltices.-


Abaixar o rosto era a única reação que eu tinha naquele momento, se descobrissem que havíamos matado Bryorth o que aquele homem poderia fazer? Certamente eu não deseja descobrir ou desta vez poderia não ter a mesma sorte de sobreviver a outra surra. Havia me esquecido completamente que o irmão de Bryorth era o médico que sempre atendia-nos em momentos de necessidade, eram de certa forma ligados mas não tanto quanto bons irmãos seriam.

Percebo ele vir até nós e tocar em meu ombro abaixando seu rosto e me olhando nos olhos, aquilo fazia meu corpo ficar teso e ser percorrido por um intenso frio na espinha, me retiro para a lateral do corpo de Susanne fazendo com que ela ficasse entre o homem e eu. Minha vontade naquela hora era de sair correndo dali, mas isto seria deveras suspeito, não sabia bem o que fazer e isso me fazia apenas aguardar Susanne nos guiar.

Habilidade Treinada:
- Vigor -

Thanks Tiago © 2013
avatar
Imagem : Jehanne
Mensagens : 36
Nome do jogador : Michellen
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Maegi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Susanne Glover em Sex Dez 09, 2016 8:49 pm

the glover
is dangerous
Seu sorriso era largo, isso não poderia ser negado. Seu humor estava muito bom, e ela viu isso como uma coisa boa. Raramente tinha ficado tão feliz, mesmo que tivesse sido após a morte de Bryorth. Jehanne também aparentava estar feliz, e isso a Glover entendia, afinal, acabara de matar o homem que a maltratou por quase toda a vida. Suas palavras fizeram lágrimas se encherem em seus olhos, coisa que quase nunca acontecia. Ela riu de leve com o beijo, e guardou um lembrete em sua mente de "não esquecer de mostrar seu afeto".

Observou rindo ela tentar pegar o animal, e mordeu um pedaço do pão que tinha recheado com alguns pequenos pedaços de carne. Contudo, assim que Ragnarok entrou no cômodo, Jehanne foi para trás de Susanne, como se estivesse se escondendo do homem que a corou e salvou. Sua mente estava a mil. Sua amiga morava a muito mais tempo que ela em Volantis, e, se a maegi estava se escondendo dele, algo estava errado.

Moveu sua mão instintivamente, como uma barreira entre o médico e a garota. - Jehanne... ? - perguntou com a voz dura, ouvindo as palavras do homem. Esperava que sua pequena irmã lhe explica-se o que estava acontecendo - De onde a conhece, Ragnarok? - a Glover perguntou com o olhar ameaçador, maneando a cabeça de um lado para o outro, e se ele tentasse alguma gracinha, iria sofrer as consequências, afinal ele não estava na praça, e nem mesmo sabia o que tinha acontecido.

- Sou irmão do mestre dela, Bryorth - ele disse até mesmo parecendo confuso, e as narinas de Susanne se dilataram assim que ela ouviu as palavras proferidas. Xingou alto - Jehanne, vai pra sala. Agora - seu tom era raivoso, e deixava claro de que a menina não devia desobedece-la. - O que aconteceu com meu irmão? - ele perguntou com o olhar desconfiado. Ao que parecia, era mais inteligente do que parecia - O que você fez, Jehanne?! - Ragnarok começa a ficar vermelho de raiva, Ele era mais parecido com seu irmão do que ela achava possível.

- Fique longe dela e de mim, ou sofrerá as consequências! - ela disse alto. A porta foi escancarada logo após, e um homem entrou, olhando para o Ragnarok com os olhos arregalados - Seu irmão... Está morto - sua respiração estava irregular, e quando seu olhar se moveu pela cozinha, ele se sobressaltou, apontando para a Glover insistentemente - Ela. Foi ela - o médico olhou para ela irado, e logo o homem saiu pela porta. - Sua vadia. Eu lhe dei abrigo, te dava dinheiro, ajudei Jehanne, e é assim que você me retribui? Matando meu irmão? - ele pegou uma faca, começando a move-la de um lado para o outro, tentando acertar Susanne. Ela segurou seu braço, pegando uma faca rapidamente da mesa, para então... Ser girada e imobilizada. - Olhe para você. Acha que vai conseguir me vencer em uma luta? - ela riu alto, segurando os braços dele - Já ouviu falar em uma águia de sangue? Provavelmente já. Se eu consegui cortar seu irmão em pedaços, deixando-o vivo, e retirei seus pulmões. Ele ainda deve estar respirando, porque não vai salva-lo? - se impulsionou para frente, desestabilizando-o. Girou o corpo, para que então caísse no chão, e perfurou sua garganta com a faca, que ainda se encontrava em sua mão. - Jehanne, vamos - a Glover não ouviu sua resposta, e correu para a sala - Jehanne? - perguntou, começando a sentir o desespero tomar conta de seu peito. Não, não, não! Não de novo. Saiu para fora a tempo de ver alguns homens levando-a. Começou a correr, e correu e correu, mas tudo era desconhecido para ela. Um labirinto, de fato. Estava perdida, completamente perdida, e não sabia ondo estava sua amiga agora.

Habilidade Treinada:
+ Intimidação

Glover •• Jehanne •• Blood ••


avatar
Imagem :  Try Again
Mensagens : 279
Nome do jogador : Serafim
Dragões de ouro : 58
Veados de prata : 90
Estrelas de cobre : 2
Idade : 26
Salário extra : 44%
http://winordie.forumeiros.com/t1927-ficha-de-relacao-susanne-gloverhttp://winordie.forumeiros.com/t1165-glover-susanne-aguardando-vagas-no-norte#9769http://winordie.forumeiros.com/t1616-cronologia-susanne-glover#14468Ver perfil do usuário
Conselheira

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por The Lady of Spears em Qui Dez 22, 2016 9:33 pm

Avaliação de treino de habilidade

Jehanne

Achei que faltou um pouco de conteúdo de treino em meio ao seu post, mas fora isso não tenho o que reclamar!


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (25/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (85/100)


+ 30% de experiência pelo atributo de inteligência com 10 pontos
- 0% de experiência por ter a habilidade no nível 1

Recompensas
+ 125 pontos de experiência em Vigor
Avaliação de treino de habilidade

Susanne Glover

Faltou um pouco de desenvolvimento em seu treino, podendo ter usado mais criatividade no texto! Fora isso, não tenho o que reclamar.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (12/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (92/100)


+ 18% de experiência pelo atributo de inteligência com 7 pontos
+ 10% de experiência por ter a habilidade no nível 0

Recompensas
+ 126 pontos de experiência em Intimidação
avatar
Imagem :
Mensagens : 306
Nome do jogador : Vic
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Wonderful Spring

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum










O Win or Die foi inaugurado a 09.09.2015. O RPG passa-se no mundo de As Crónicas de Fogo e Gelo, criadas por George R. R. Martin, mais de 50 anos depois dos acontecimentos dos livros. A trama inicial foi criada pela Staff, mas agradecemos a todos os nossos jogadores pela sua ajuda na evolução da mesma.
A nossa skin foi inteiramente criada por Ross (Many-Faced God), incluindo os templates de post e da página inicial, para uso exclusivo no Win or Die RPG, com o apoio da Soph (The Maiden) e do Tiago (Baelor Targaryen). O slider do nosso mural foi criado por CSS Slider. As imagens usadas foram tiradas do Google e editadas por Ross. Agradecemos ainda ao FM Codes e Best Skins pelos seus tutoriais de Javascript. Plágio é crime.

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::