We're at war nowA Song of Ice and Fire RPG
The game has begun. Will you win, or will you die?
Últimos assuntos
» Ausências
por The Maiden Sab Abr 29, 2017 3:25 pm

» [RP fechada] Mind Games
por Syndor Qua Mar 22, 2017 10:35 pm

» Pedido de atualização
por Francesca Sweet Sab Mar 18, 2017 8:23 pm

» [RP Fechada | 18+] Tell Me
por Dennis Braund Sab Mar 18, 2017 1:56 am

» [Quest Narrada] A Seita Branca
por Nanien Mormont Qui Mar 16, 2017 11:04 pm

» Avaliação de treinos
por Meena Ter Mar 14, 2017 12:52 pm

» [ Quest Narrada ] - Saquear!
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:44 pm

» [RP Fechada] Something Else?
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:32 pm

» Check-in [Fevereiro]
por Hyperion Targaryen Dom Mar 12, 2017 2:55 pm

» [RP FECHADA] Distant past
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:35 pm

» [RP FECHADA] The deer on ice
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:25 pm

» [RP Fechada | Flashback] Recovery drink
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:49 am

» [RP Aberta][Flashback] Kung Fu Panda
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:34 am

» [RP FECHADA] Beyond the view
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:22 am

» [Quest Narrada] Human hunting
por Theon Snow Qua Mar 08, 2017 4:22 pm

» Solicitação de Grupos
por Davos Icewood Ter Mar 07, 2017 10:15 pm

» [RP fechada] What do you see?
por Dorian Mormont Seg Mar 06, 2017 11:14 pm

» [Quest Narrada] Hot room
por Narrador Seg Mar 06, 2017 10:52 pm

» [Quest Narrada] Do not succumb
por The Maiden Made of Light Seg Mar 06, 2017 8:55 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.2
por Theon Snow Seg Mar 06, 2017 4:23 pm

» [RP Fechada] Crazy Kids
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 2:55 am

» [RP FECHADA] Confidence
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 1:15 am

» Quest Narrada - O Lugar de um Lorde
por Dorian Mormont Dom Mar 05, 2017 9:11 pm

» [RP fechada] Looking for a Fight
por Nälla Dom Mar 05, 2017 12:19 pm

» [RP Fechada | 18+] Facing the Lioness
por Dennis Braund Sab Mar 04, 2017 5:15 pm

» [RP FECHADA] Primeiros passos
por Arthor Stark Sex Mar 03, 2017 5:01 pm

» [RP fechada +18] Wicked Game
por Dennis Braund Sex Mar 03, 2017 4:33 pm

» [Quest Narrada] Dia da Caça, Dia do Caçador
por R'hllor Sex Mar 03, 2017 3:11 pm

» [Aviso] Pedidos no WOD-Resources
por Narrador Qua Mar 01, 2017 7:35 am

» Pedidos de quest
por R'hllor Ter Fev 28, 2017 11:54 pm

» [RP FECHADA +18] - Into the Lion's Den
por Susanne Glover Ter Fev 28, 2017 5:23 pm

» [RP FECHADA - 18+] Coming back? Are you sure?
por Erin Lannister Ter Fev 28, 2017 5:03 pm

» [RP Aberta] Hunting The Chicken
por Roth Whiteforest Seg Fev 27, 2017 2:25 pm

» [RP Fechada, flashback] You only live once
por Cory Silversun Seg Fev 27, 2017 1:37 am

» [RP fechada | Flashback] Old man, poor man
por Masamune Tsubakein Dom Fev 26, 2017 10:39 am

» [RP FECHADA] I Put a Spell on You
por Quinn Elijah Flowers Dom Fev 26, 2017 6:02 am

» [RP FECHADA] Flashback — running through the fire
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 5:12 pm

» [RP Fechada] Mirror of the Destiny, can you show me...? ~ Flashback
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 4:51 pm

» Premiações [Fevereiro]
por Anole Tallhart Sab Fev 25, 2017 4:16 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:20 pm

» [RP ABERTA] Mademoiselle Marchand
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:12 pm

» [RP FECHADA] O dever de um Lord #1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:08 pm

» [RP FECHADA] Recomeço
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:56 am

» [RP FECHADA - FLASHBACK] forget it
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:49 am

» Atualizações Específicas
por Roth Whiteforest Sab Fev 25, 2017 10:57 am

» [RP Fechada] Bring Me Virgins
por Dennis Braund Sab Fev 25, 2017 2:45 am

» [TREINO] Black Warrior
por Alice Targaryen Sex Fev 24, 2017 4:59 pm

» [RP ABERTA] Dance Of The Druids
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 2:02 pm

» [FP] Hew Tyrell
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 12:41 pm

» Solicitação de Conquistas
por R'hllor Qui Fev 23, 2017 11:42 pm

» [RP Fechada] The precise attack
por James Lannister Qui Fev 23, 2017 11:03 pm

» [FP] Desmond Targaryen
por Desmond Targaryen I Qua Fev 22, 2017 5:21 pm

» Quest Narrada - Uma transa de matar
por Narrador Qua Fev 22, 2017 1:36 pm

» RP FECHADA - Win or Die
por Drywn Graceford Ter Fev 21, 2017 1:01 am

» [RP Fechada/Flashback] Do not go, my dear
por Alannys Ashford Seg Fev 20, 2017 11:24 pm

» [RP Fechada] The witch and the prostitute
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 10:35 pm

» Quest narrada - Uma nova tarefa
por Alaric Umber Seg Fev 20, 2017 10:25 pm

» Quest narrada - O dia de amanhã
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 9:42 pm

» Quest Narrada - Onde se separa a menina da mulher
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:13 pm

» Quest Narrada - Sérios problemas
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:09 pm

» Moderação de tópicos
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:46 pm

» [RP fechada - Flashback] - The water hears and understands
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:44 pm

» RP Fechada - Mercy
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 2:24 pm

» [RP FECHADA] Reading until dawn
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 1:22 pm

» [Dungeon] Frozen Treasure - Inscrições
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 12:01 am

» [RP FECHADA] Um novo homem [+18]
por Elizabeth Tyrell Dom Fev 19, 2017 11:09 pm

» [RP FECHADA] PREFÁCIO — Disturbing nights
por Dorian Mormont Dom Fev 19, 2017 10:40 pm

» [RP Fechada] A Beautiful Day to Walk
por James Lannister Dom Fev 19, 2017 5:20 pm

» [Quest One Post] Careful, child
por The Maiden Made of Light Sab Fev 18, 2017 11:02 pm

» RP fechada - Aquecimento de inverno
por The Old Gods Sab Fev 18, 2017 5:32 pm

» [RP Fechada] Moment Between Sisters
por Leana Targaryen Sab Fev 18, 2017 1:23 pm

» [RP FECHADA] THE BEAST INSIDE
por The Black Goat of Qohor Sab Fev 18, 2017 1:01 pm

» [RP Fechada] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 7:54 pm

» [RP Fechada - Flashback] Try Again
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:58 pm

» [RP Fechada/flashback] The golden age
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:46 pm

» [RP Fechada - Flashback] Only policy
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:22 pm

» [FP] Ambrose, Garth.
por The Maiden Made of Light Sex Fev 17, 2017 3:32 am

» [RP Fechada] House of Memories
por Elyria Arryn Sex Fev 17, 2017 1:27 am

» [Dados] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 12:35 am

» [RP Fechada] Red lips always lie
por Layna de Braavos Qui Fev 16, 2017 9:53 pm

» [RP Fechada] Ascensão
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 7:36 pm

» [RP Fechada] Jobbery.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:45 pm

» [RP Fechada] Fallin Apart
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:41 pm

» [RP Fechada] Bastard... and Mastermind.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 5:44 pm

» [FP] Lancelyn Wyl (EM CONSTRUÇÂO)
por Lancelyn Qui Fev 16, 2017 5:24 pm

» [RP FECHADA] Snowed woods
por Alaric Umber Qua Fev 15, 2017 11:07 pm

» [Quest Narrada] Murder
por Narrador Qua Fev 15, 2017 10:44 pm

» [RP FECHADA +18] Lose It
por Terry Ashford Qua Fev 15, 2017 10:31 pm

» [RP Flash. +18] — She knows what I think about
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 8:29 pm

» [Rp Fechada] Oloko
por Eustass Kid Qua Fev 15, 2017 8:17 pm

» [RP Aberta] A Agonia dos Corvos
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 7:57 pm

» [RP Fechada] Lift Now
por Memphis Greyjoy Qua Fev 15, 2017 4:22 pm

» [RP FECHADA] Girls and knives, good brides
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 4:02 pm

» [RP FECHADA] O Conselheiro da Fortaleza De Águas Claras.
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 3:49 pm

» Promoção: Convide seus amigos
por James Lannister Qua Fev 15, 2017 11:40 am

» [Quest Narrada] The father's bones
por The Maiden Made of Light Qua Fev 15, 2017 7:12 am

» Quest narrada - Bravo?
por Lorien Hill Qua Fev 15, 2017 6:56 am

» Quest Narrada - Sussurros
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:23 pm

» [Quest Narrada] O satã
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:15 pm

" />

[rp flashback aberta] old books or maybe not so much

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Old books or maybe not so much
RP flashback aberta que se passará em 357DD, com Elliot e quem mais quiser. Ele estava sofrendo de insônia e decidiu ir até a biblioteca do Grande Urso para exercitar sua mente.
avatar
Imagem :
Mensagens : 48
Nome do jogador : shadow
Dragões de ouro : 9
Veados de prata : 170
Estrelas de cobre : 1
Idade : 36
Salário extra : 9%
Ver perfil do usuário
Conselheiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Old books or maybe not so much

Já estava hospedado na Ilha dos Ursos a algumas semanas, bem instalado e esperando por meu mestre. Meus dias se tornaram borrões ante meus olhos. Frequentemente caminhava pela fortificação, observando ao longe os soldados, Dorian liderar, seus servos trabalharem e até mesmo os marinheiros partirem para seus afazeres. Tal inércia estava me cutucando como uma faca entre minhas costelas, uma faca gélida e irritantemente cega. As vezes em que caminhava pela floresta à noite, que eram raras, sempre mantive o cuidado ao manifestar minhas sombras, mesmo cercado de pessoas boas e “corretas” essa minha característica era algo forte demais…

Era noite, a luz estava no alto do céu acompanhada de suas amantes estelares e seus capatazes, as nuvens. Admirava-as por horas, recordando de Asshai, maravilhosa terra e ao mesmo tempo brutal, talvez fosse esta o tempero exótico e injusto que a tornava única. Recordava de meu pai, bom homem, bom pai… E então meus pensamentos vertiam para as sombras, era comum ouvir vozes, talvez fossem minhas, como uma parte secreta da mente da qual não temos acesso e que se esconde sempre que tenta ser achada ou acessada, não sei… Frequentemente eu lembrava do dia em que fui aceito pelos umbromantes, após a prova de vencer a mim mesmo, mas aquilo fora apenas o começo e eu estava longe de me vencer.

Suspirando me levantei da cama, esta rangeu e amaldiçoei a madeira. Me vesti com calças de couro e camisa longa de algodão cinza. Não tomei mais roupa alguma ou adorno algum. Queria viajar até a biblioteca de forma leve e anônima, sozinho, ler e exercitar meus nervos. Mesmo que o frio se abatesse sobre mim.

Me concentrei após abrir a porta, examinei a área externa, ninguém estava lá. Expandi as sombras dentro de mim e as uni com a matéria exterior sombria, estava em casa, estava envolto nelas! Caminhei em direção a biblioteca passando pelo salão externo com passos leves, quase na ponta dos pés. Um guarda e seu parceiro pararam logo a minha frente, olharam em minha direção, mas seus olhos não se arregalaram de surpresa, portanto, não haviam me detectado pois uma carroça de feno bloqueava a visão e as sombras me ajudavam.

Contornando a carroça após analisar a trajetória contornei outra ronda para cair perto dos portões do Grande Salão, com um arbusto a me esconder. Os archotes tremeluziam nas duas extremidades da entrada fazendo suas sombras dançarem em movimentos leves e irregulares. Uma ideia me atingiu a mente como um relâmpago. Estendendo o braço esquerdo com silêncio, obriguei as sombras geradas pelo archote se modificarem e adotarem uma forma humana no solo, como se alguém estivesse se aproximando por trás, no flanco esquerdo de um dos guardas. O homem se sobressaltou ao ver a sombra e olhou para trás, o outro entrou em alerta e foi averiguar, e neste momento deslizei feito uma cobra para dentro do Grande Salão.

Quatro grupos de dois guardavam o salão, todos fazendo trajetórias de rondas de forma desanimada, teria de passar por eles. As mesas… Pensei de forma óbvia. Estavam desanimados e entediados, portanto, não olhariam mesa por mesa e este era meu trunfo. As sombras ainda ajudavam a me ocultar e me tornar quase parte do ambiente, todavia ainda era reconhecível, e devido a isto, lancei-me embaixo das grandes mesas de madeira e comecei a rastejar feito um bebê para atravessar o salão e tomar o acesso à biblioteca sem despertar a atenção de qualquer guarda.

Desviando de mais guardas, as atingi finalmente. Cancelei minha magia ao ter certeza de que ninguém espreitava nas bifurcações e entre as prateleiras. Me dirigi até uma das seções e analisei os exemplares dispostos.


Legendas

Falas
Narração
Pensamentos
Falas de Terceiros

Habilidade treinada:
Furtividade
avatar
Imagem :
Mensagens : 48
Nome do jogador : shadow
Dragões de ouro : 9
Veados de prata : 170
Estrelas de cobre : 1
Idade : 36
Salário extra : 9%
Ver perfil do usuário
Conselheiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Old books or maybe not so much

A biblioteca estava escura e quieta como um túmulo. Poucas velas tremeluziam no corredor principal do recinto e menos ainda queimavam em pequeno candelabros anexados às prateleiras de livros nos corredores. Aproximei-me da mesa mais próxima onde encontrava-se diversos livros abertos, e comecei a averiguar seus assuntos. Um livro falando sobre o Norte, outro sobre as histórias das casas nobres de Westeros e outro contando histórias de guerra e cercos a castelos e fortalezas. Uma boa leitura, seja quem for que estivesse lendo-os, me serviriam por hora.

Tomei uma vela e deixei-a sobre a mesa, abrindo o primeiro livro que falava sobre as grandes e pequenas casas nobres de Westeros e decidi por ir até a sessão nortenha. Já estava na Ilha dos Mormont a algum tempo e ainda assim não decorara os nomes e características das casas de minha terra ancestral, a verdade, eu não tinha tido interesse o suficiente até agora, até eu começar a ser chamado para assistir reuniões e audiências de Dorian. Talvez ele estivesse tentando me pressionar a começar trabalhar de uma forma implícita, seja qual for o caso, ele estava obtendo sucesso até agora.

A Casa Stark de Winterfell é uma das grandes casas de Westeros e a principal casa nobre do Norte, muitas casas menores são seus vassalos. Nos dias antigos eles governaram como Reis do Inverno, mas desde a conquista Targaryen têm sido os Protetores do Norte. Sua sede, Winterfell, é um antigo castelo famoso por sua força. O selo dos Starks é um lobo gigante cinzento correndo em um campo branco de gelo, e seu lema é "O Inverno está Chegando"


Tais palavras eram fortes, assim como aquela casa. Meu pouco tempo no norte já provara que os Stark’s governavam com punho firme e eram tão amados quanto temidos, dependendo de cada suserano, todavia, algo era certo, ninguém os ousava desafiar a décadas. O livro não se limitava apenas isto, contava de forma resumida sua origem. Segundo as páginas, os Stark’s eram descendentes dos Primeiros Homens e que além de fundarem tal casa e conquistar o Norte, também construíram a Muralha que separa o reino dos selvagens e de outras criaturas esquecidas. Sua figura mítica era Bran, o Construtor.

Continuei a analisar as informações como Q’onos sempre fazia quando estudava pergaminhos umbromantes. Não demorou, e rapidamente havia achado uma árvore genealógica detalhada dos membros da dita casa, entretanto, tal árvore parecia antiga e não atual, parando nos filhos de lorde Eddard Stark com lady Catelyn Tully. Seria esperar demais por um livro tão detalhado e ainda também, completamente contemporâneo. Pensei, analisando a árvore genealógica da casa. Onde estaria Tristan Stark aqui? Seria filho de Rickon Stark, Bran, Sansa, Arya? Afastei tão indagações de minha mente e avancei na leitura.

A Casa Mormont da Ilha dos Ursos é uma antiga casa do Norte, orgulhosa e honrada. Há muito tempo vassalos da Casa Stark receberam de Rodrik Stark a soberania sobre a Ilha dos Ursos, localizada no extremo norte da Baía de Gelo, depois dele supostamente ter vencido uma luta corpo a corpo com a antigo soberano do lugar. Seu brasão é composto por um urso negro sobre pinheiros verdejantes e seu lema é “Aqui Permanecemos”

Esta era a casa de Dorian, aquela que mantinha a segurança na Baía de Gelo e que era a defesa da costa nortenha contra os Nascidos do Ferro. A história da casa se alongava por longas páginas, muito mais que as da Casa Stark, entretanto, o exemplo exibia diferenças gritantes na caligrafia e na tonalidade da pena que riscara tais palavras. Alguém adicionou tais informações após o livro estar finalizado, isso explica porque da história completa e recente da casa, tal qual a árvore genealógica detalhada e sem falta de informações. Meditei por alguns segundos sobre as informações da casa Mormont e analisei com máxima atenção a linhagem de Dorian. Ele era filho de Jorah Mormont com Meera Umber. Seu pai fora um vendedor de escravos exilado pelo próprio pai, fugitivo da justiça real de Robert I Baratheon e mais tarde membro da Guarda Real da pretendente ao trono Daenerys Targeryen, a Mãe dos Dragões. Havia reconquistado sua honra e adquirido perdão real após a Segunda Conquista.

Fiz uma pausa para reflexão a cerca de Jorah. Um cavaleiro, um lorde e ainda assim cedera à aflição da pobreza e crimes como escravagismo, exilado em Essos assim como meu pai e o pai dele antes dele mas que retornou depois para sua nação. Jorah me lembrava um pouco de minha própria história, de meu pai e de meu avô e naturalmente uma empatia com este homem se desenvolveu. Estaria eu destinado a algo em relação ao ramo primário dos Hornwood no Norte? Só o tempo diria… Folheei o livro e continuei meus estudos...


Legenda

Falas
Narração
Pensamentos
Falas de Terceiros

Habilidade treinada:
História
avatar
Imagem :
Mensagens : 48
Nome do jogador : shadow
Dragões de ouro : 9
Veados de prata : 170
Estrelas de cobre : 1
Idade : 36
Salário extra : 9%
Ver perfil do usuário
Conselheiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Old books or maybe not so much

Continuava a ler as páginas daquele livro que pouco a pouco construía um cenário histórico e político bem distinto do que eu estava acostumado a ver em Essos. A verdade era que em Asshai, Yi Ti, Qarth, Jhogos Nhai e Leng, cidades que eu visitara décadas atrás, a organização política não se dava da mesma forma que Westeros. Começava também a entender o porque os westerosi se diziam tão civilizados e superiores em questões hierárquicas e sociais. A organização política e a distribuição de poder era como uma pirâmide feita de pedras redondas e untadas com argamassa. Cada pedra (casa) tinha sua relevância na geopolítica de sua região e uma única pedra fora do lugar poderia fazer desabar toda a pirâmide, e era este o ponto que lengii, ashai’i, yitiish e qartheens questionavam.

Em Essos, a morte de um político poderoso ou de um mercador gerava um impacto bem forte, todavia, diferente. Em Qarth, por exemplo, sempre que um dos príncipes mercadores morriam os seus rivais logo se apressavam para dominar seu monopólio e expandir seus negócios, tal como ascender mais uma posição na escada até o trono dos Puronatos. Q’onos mesmo já havia me contado como participara de um ritual que consistia em invocar uma sombra para matar um príncipe mercador à pedido de um mestre das especiarias.

Em Yi Ti por exemplo, a organização política e a distribuição de poder toma formas completamente diferentes. Aqueles homens de olhos brilhantes como o sol reverenciam um Imperador que chama a si mesmo de deus e seu poder reside tanto na sua riqueza, poderio militar e também, em seu “poder divino” que é assegurado pela religião do Imperador da Noite que teria sido o Primeiro Imperador de Yi Ti e salvador da humanidade, uma espécie de Azor Ahai da cultura yitiish.

Em Asshai da Sombra a organização política era quase inexistente pois se trata de uma cidade e não uma espécie de cidade-estado ou reino como Qarth ou Yi Ti. Aqueles que detém mais poder são aqueles que tem a magia em seu conhecimento ou as caravanas de mercadorias em suas mãos.

Parando meus devaneios, retornei a leitura das casas nobres do norte, parando sobre o estardante de um alce negro sobre um campo laranja escuro, era a descrição de minha casa. Suspirei ao vê-lo e me recordei de meu avô e meu pai, e de forma tão natural quanto respirar fui acorrentado por pensamentos melancólicos e distantes...

Legenda

Falas
Narração
Pensamentos
Falas de Terceiros

Habilidade treinada:
Política
avatar
Imagem :
Mensagens : 48
Nome do jogador : shadow
Dragões de ouro : 9
Veados de prata : 170
Estrelas de cobre : 1
Idade : 36
Salário extra : 9%
Ver perfil do usuário
Conselheiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Old books or maybe not so much

Passei meus dedos sobre o papel do livro ao notar o brasão de minha família do lado nortenho. Um alce negro sobre um campo laranja escuro, nosso lema? Justos na fúria. Não pude evitar sorrir e até gargalhar de forma contida, afinal, não queria alertar os soldados que lá fora estavam, patrulhando. O que significava isto? Justos na fúria? Quando se está tomado pela fúria não há lugar para justiça! Apenas destruição!

Uma carranca se formou perante minha face e até em meus pensamentos. Lembrei-me de quando era criança e havia espancado uma garota até sangrar e quase perder a consciência num acesso de fúria e ela somente me roubara para comer, se bem, naqueles tempos, aquele dinheiro significava minha sobrevivência e de meu pai. Seria isto, justos na fúria? Minha cabeça latejava com tantas reflexões. A luz da lua adentrava por uma janela contrastando com a fonte de luz vermelha de minha vela que já estava pela metade.

Pensei em me unir as sombras por alguns segundos mas era arriscado demais usá-las agora enquanto eu estivesse atormentado mentalmente, poderia me perder ainda mais. Q’onos certa vez me contara uma fábula de um umbromante que viajara nas sombras e se perdera em meio as vozes e ao tormento da substância sombria, e aquilo eu não desejava para mim ou para o pior de meus inimigos.

Casa Hornwood de Hornwood é uma casa nobre, cuja sede é Hornwood no Norte. Seu brasão é um alce negro em um campo laranja escuro. Suas palavras são "Justos na Fúria". As terras da casa, que incluem a floresta de Hornwood, fazem fronteira com a Casa Bolton e a Casa Manderly.

Li novamente e meditei, voltando logo depois para leitura que falava brevemente de alguns feitos de membros ancestrais de minha Casa. Tal como a presença de Lorde Hornwood no conselho de guerra de Robb Stark, Rei do Norte e filho de lorde Eddard Stark com Catelyn Tully. Novamente, Starks… Outro feito, dessa vez um de mais destaque quando Halys Hornwood, aquele que exilara meu avô em Essos, cavalgara ao lado de seu rei para deter os inimigos, senhores de Lannister do Rochedo Casterly.

Estranhamente, eu não odiava Halys por ter exilado o ramo de minha família em Essos e nos “condenado” a uma vida longe de “casa”, na verdade, agradeceria-o se assim fosse possível pois meu destino foi iniciado quando este tomara sua decisão e tudo que me tornara eu tinha como força motriz, mas não como causa única, o exílio de meus predecessores. E se Elliot Hornwood tivesse nascido do Norte? Jamais seria um umbromante, jamais teria visto as terras douradas de Yi Ti, a sabedoria sombria de Asshai ou ouvido as estórias de mercadores qartheens.

A leitura se alastrava a cada minuto, falava de Halys no Tridente e Daryn, seu herdeiro, e como atuara no Bosque dos Múrmurios. Daryn caíra sobre o aço de um tal Jaime Lannister, Guarda Real do antigo Rei Louco. Tal rei, eu conhecia bem, todos conheciam… Não era preciso ser meistre algum ou mago para saber quem fora o Rei que ordenava carbonizações em seus súditos a torto e à direito. Em minha mente, Jaime fizera a coisa certa ao matá-lo.

Quanto mais os minutos, e depois horas avançavam, mais a história do Norte evoluía para uma trama muito mais elaborada que parecia abranger todo o continente, e eu precisaria de livros mais elaborados caso quisesse compreender todas as dimensões históricas de Westeros e não só do Norte, entretanto, deveria por hora focar nas terras antigas do Norte e assim, retornei a folhear o livro e ler sobre mais uma casa.

Legenda

Falas
Narração
Pensamentos
Falas de Terceiros

Habilidade treinada:
História
avatar
Imagem :
Mensagens : 48
Nome do jogador : shadow
Dragões de ouro : 9
Veados de prata : 170
Estrelas de cobre : 1
Idade : 36
Salário extra : 9%
Ver perfil do usuário
Conselheiro

Voltar ao Topo Ir em baixo



Avaliação de treino de habilidade

ELLIOT HORNWOOD

Um criativo treino, bem simples e direto. Parabéns.



Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 22% de experiência pelo atributo de inteligência com 8 pontos
+ 10% de experiência por ter a habilidade no nível 0


Recompensas
+ 132 pontos de experiência em Furtividade


Avaliação de treino de habilidade

ELLIOT HORNWOOD

Um treino bem completo e bom. Conseguiu expor bem a história das Casas em que estava estudando.



Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 22% de experiência pelo atributo de inteligência com 8 pontos
+ 10% de experiência por ter a habilidade no nível 0


Recompensas
+ 132 pontos de experiência em História





Avaliação de treino de habilidade

ELLIOT HORNWOOD

Gostei de como abordou a política nesse treino, citando cidades de essos e suas relevâncias e peculiaridades.



Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 22% de experiência pelo atributo de inteligência com 8 pontos
- 5% de experiência por ter a habilidade no nível 2


Recompensas
+ 117 pontos de experiência em Política



Avaliação de treino de habilidade

ELLIOT HORNWOOD

Os sentimentos e pensamentos do personagem foram bem postos ao longo do treino, além da história ser bem exposta. Parabéns.



Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 22% de experiência pelo atributo de inteligência com 8 pontos
- 5% de experiência por ter a habilidade no nível 2


Recompensas
+ 117 pontos de experiência em História




avatar
Imagem :
Mensagens : 233
Nome do jogador : Leimann
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Old books or maybe not so much

Minhas mãos pararam sob uma página específica, no topo da mesma encontrava-se um brasão de machado de duplo gume sob fundo prateado. Admirei o trabalho feito naquele exemplar, belas cores pintadas a mão delicadamente porém com uma tinta que já deixava a desejar em sua tonalidade que era um fruto resultante da ação erosiva do tempo. A casa que tinha como o machado o símbolo era nada menos que a Casa Cerwyn de Castelo Cerwyn.

A Casa Cerwyn de Cerwyn é localizada no Norte. Eles são um dos vassalos mais próximos dos Starks, devido ao Castelo Cerwyn ficar apenas a meio dia de Winterfell. Seu brasão é um machado de batalha negro em um fundo prata. O lema da casa não aparece nos livros, mas de acordo com uma fonte semi-oficial é "Amolado e Pronto".

O livro não tinha mais muitas informações importantes, a não ser que seu castelo era feito de pedra e argamassa, localizado numa colina pedregosa a meio dia de viagem de Winterfell o que fazia deles uma família bem próxima aos Stark. Caso o lorde protetor do norte fosse atacado por alguma força além do normal os primeiros vassalos a responder ao chamado de seu suserano seriam os Cerwyn.

O livro também citava como as forças Cerwyn atuaram na Batalha do Ramo Verde sob o comando de Roose Bolton, e como o lorde regente de Cerwyn caíra nas mãos de Tywin Lannister. As informações terminavam naquele ponto, obrigando-me a avançar na leitura com intuito de ler sobre a casa Bolton.

A Casa Bolton descende dos Primeiros Homens e remonta à Era dos Heróis. Seu brasão é um homem esfolado, em vermelho sobre um fundo rosa. Sua sede é o Castelo Forte do Pavor e eles são um dos mais poderosos senhores do Norte. Os Boltons são conhecidos por esfolarem seus inimigos. O lema da Casa é "Nossas lâminas são afiadas", enquanto que seu ditado comum é "Um homem esfolado não guarda segredos.

Interrompi a pausa naquele momento. A Casa Bolton era de fato antiga e também sinistra para padrões normais, entretanto, este padrão não me era aplicável. Havia visto muitas coisas mais que sinistras para os padrões westerosi e algumas poucas até mesmo para os padrões yitiish, lysenos, myrianos etc. Saber que uma casa do norte esfolava seus cativos e inimigos ainda vivos estranhamente me trazia uma sensação nostálgica, como se por um momento eu tivesse sido transportado para Asshai da Sombra novamente…

Seu lema era sem importância, como muitas das casas que já tinha visto de relance e um pouco mais aprofundadamente, apenas algumas poucas resguardavam de fato algum significado ou importância como o lema dos Stark, dos Mormont e até mesmo dos Hornwood, este último porque me instigava a questioná-lo, não por conter uma sabedoria ou significados realmente importantes para algum aspecto da minha vida e de outros ao meu redor. Seu ditado popular era errôneo, na minha visão pessoal pelo menos pois já tinha ouvido falar de vivificações e rituais de maegi e senhoras da Luz que tem o costume de queimar seus hereges em locais públicos em Asshai e mesmo assim, vi as cobaias, os sacrifícios e hereges manterem seus segredos a sete chaves e morrerem com eles! Quem eram os Boltons com suas navalhas afiadas ante a magia de sangue, as piras fantasmagóricas das senhoras prostitutas de R'hllor? O pelo de minha nuca se eriçou e minha face queimou com tal  pensamento.

Os Bolton havia usurpado a família Stark a mais de cinco décadas atrás e tinham tomado controle de todo o Norte por um breve período negro da história da região, período este que fora alimentado e financiado pelos Lannisters, senhores de Rochedo Casterly. Sempre eles… O Sul parecia sempre intrometer-se por toda parte, seja em Essos, seja em Westeros. Agora, as teias políticas e históricas começavam a abrir meus olhos para onde eu estava pisando, para onde eu deveria ir caso quisesse ser útil a Dorian, caso quisesse ser útil contra os Outros e caso eu quisesse aspirar algo mais em minha vida. A vela estava em seu fim, levantei-me levemente e caminhei até outra estante com a mesma em minhas mãos, à procura de mais iluminação para meus estudos.


Legenda

Falas
Narração
Pensamentos
Falas de Terceiros

Habilidade treinada:
História
avatar
Imagem :
Mensagens : 48
Nome do jogador : shadow
Dragões de ouro : 9
Veados de prata : 170
Estrelas de cobre : 1
Idade : 36
Salário extra : 9%
Ver perfil do usuário
Conselheiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Old books or maybe not so much

A noite avançava, conseguia sentir isto mas não conseguia definir quantas horas haviam se passado ou se tivesse até mesmo passado uma hora desde que tinha chegado ali. Após tomar mais uma vela dos corredores de livros, voltei a me sentar na mesa de estudos e acendi-a rapidamente, emergindo naquelas palavras com tanta facilidade e naturalidade quanto me era quando respirava ou piscava. Dessa vez a casa a ser vista seria os Karstark de Karhold, uma casa tão antiga como os Stark de Winterfell e que supostamente tinham o mesmo sangue em algum ponto da história.

A Casa Karstark de Karhold é uma Casa nobre do Norte, e uma ramificação da Casa Stark. Os Karstark são homens grandes, ferozes, barbudos e de cabelos compridos, e vestem mantos feitos de peles de focas, ursos e lobos. Seu brasão é um sol branco sobre um fundo negro, e seu lema é "O sol do Inverno".

Seu lema era curioso, de fato e rapidamente capturou meus pensamentos. O que poderia significar “O sol do Inverno”? Algo relacionado ao sol na Longa Noite? Existiria o sol na Longa Noite ou apenas a lua com sua austeridade intimidadora e suas estrelas como damas de companhia? A localização de sua fortaleza se encontrava de frente para com o Mar Tremente, no meio de uma floresta densa e abastada de pontos urbanos como vilas, aldeias ou cidades o que fazia deles senhores de lugar distante e tão fechados e reclusos em suas muralhas e em suas árvores que pouco se sabia sobre eles atualmente, pelo menos eu desconhecia-os até o momento. Curioso, continuei minha leitura após analisar seu brasão de sol prateado sob campo negro.

Os Karstark são descendentes dos Primeiros Homens, e possuem o sangue dos Stark de Winterfell em suas veias, desde mil anos atrás. Seu fundador fora Karlon Stark, que acabara com uma rebelião dos Bolton e foi recompensado com terras pelo seu valor. O castelo que construíra fora nomeado Karl's Hold (Fortaleza de Karl) mas, com o tempo, tornou-se Karhold, e ao longo dos séculos, os Stark de Karhold tornaram-se Karstark. Karhold está localizado ao nordeste de Winterfell, no interior de uma floresta, além do Rio Último, com vista para o Mar Tremente.

Karhold ficava à cerca de três dias de viagem de Hornwood e encontravam-se isolados na costa leste do Norte o que lhes deixavam perto do mar e afastados de campos de batalha, e também sua sede situada no meio de uma densa floresta e cercada por outra floresta ao norte tornava-os bem escondidos, guarnecidos e difíceis de vencer.

Alguns feitos históricos de tal família constavam como o apoio ao Rei do Norte, Robb Stark. A participação na Batalha do Ramo Verde sob o comando de Roose Bolton e também a participação de seus filhos como guardas pessoais do Rei do Norte na batalha do Bosque dos Murmúrios quando o herdeiro de Lorde Eddard circundou a Ramo Azul e partiu em direção a Correrio, sede da Casa Tully para oferecer auxílio aos senhores das Terras Fluviais e quebrar o cerco do Regicida. Também constava no breve registro histórico da família a execução de Rickard Karstark pelas mãos de seu então suserano, após este executar dois Lannisters capturados em retaliação por seus dois filhos mortos pelo Regicida.

Avançando mais páginas, parei a leitura sob o brasão de um lagarto-leão negro sob um fundo verde-musgo que representava os Reed de Atalaia da Água Cinzenta. O exemplar ostentava muitas informações sobre aquela casa que governava sobre o Gargalo a séculos e que eram juramentados a família Stark a muito mais tempo quando se tornaram aliados após o Rei do Norte, Rickard Stark, vencer o Rei do Pântano e se casar com sua filha, fazendo-se aliados por casamento.

O Gargalo era, originalmente, um reino independente comandado pelos Reis do Pântano, que viviam em constante guerra com os Reis do Norte. Até que Rickard Stark, um Rei no Norte, derrotou o último Rei do Pântano e casou com sua filha, anexando o Gargalo ao domínio dos Reis do Inverno e deixando as suas terras serem regidas pelos Reed da Atalaia da Água Cinzenta.

A cada linha lida o conhecimento era absorvido para minha mente e tal leitura se mostrava ser a mais proveitosa e instigante até aquele dado momento. Os cranogmanos, homens pequenos, misteriosos e abastados da civilização e intrigas políticas westerosi. Lutavam com flechas envenenadas, escondiam-se nas sombras do pântano e supostamente praticavam magia antiga sob a orientação febril dos Filhos da Floresta! Finalmente havia encontrado uma casa que evocava a essência mística da terra antiga de Asshai da Sombra, mesmo que apenas um pequeno e frágil fragmento.

É povoada pelos cranogmanos, um povo misterioso que conserva muitos dos costumes dos Primeiros Homens e lutam com flechas envenenadas, também se diz que eles dominam a magia dos Filhos da Floresta. A sua gente se alimenta de peixes, rãs e crustáceos, por isso seus vizinhos da travessia os chamam de papa-rãs e dentes verde. É impossível cruzar o Gargalo por terra sem a permissão ou o conhecimento dos cranogmanos, os quais utilizam táticas de guerrilha para atacar seus inimigos.

Li, avançando mais uma página na história das grandes e menores casas do Norte de Westeros...



Legenda

Falas
Narração
Pensamentos
Falas de Terceiros

Habilidade treinada:
História
avatar
Imagem :
Mensagens : 48
Nome do jogador : shadow
Dragões de ouro : 9
Veados de prata : 170
Estrelas de cobre : 1
Idade : 36
Salário extra : 9%
Ver perfil do usuário
Conselheiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

elliot hornwood

Ótimo treino, parabéns!


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 22% de experiência pelo atributo de inteligência com 8 pontos
- 5% de experiência por ter a habilidade no nível 2

Recompensas
+ 117 pontos de experiência em História

Avaliação de treino de habilidade

elliot hornwood

Ótimo treino, parabéns!


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 22% de experiência pelo atributo de inteligência com 8 pontos
- 10% de experiência por ter a habilidade no nível 3

Recompensas
+ 112 pontos de experiência em História

avatar
Imagem : What is dead may never die, but rises again, harder and stronger.
Mensagens : 116
Nome do jogador : David
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : -
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum










O Win or Die foi inaugurado a 09.09.2015. O RPG passa-se no mundo de As Crónicas de Fogo e Gelo, criadas por George R. R. Martin, mais de 50 anos depois dos acontecimentos dos livros. A trama inicial foi criada pela Staff, mas agradecemos a todos os nossos jogadores pela sua ajuda na evolução da mesma.
A nossa skin foi inteiramente criada por Ross (Many-Faced God), incluindo os templates de post e da página inicial, para uso exclusivo no Win or Die RPG, com o apoio da Soph (The Maiden) e do Tiago (Baelor Targaryen). O slider do nosso mural foi criado por CSS Slider. As imagens usadas foram tiradas do Google e editadas por Ross. Agradecemos ainda ao FM Codes e Best Skins pelos seus tutoriais de Javascript. Plágio é crime.

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::