We're at war nowA Song of Ice and Fire RPG
The game has begun. Will you win, or will you die?
Últimos assuntos
» Ausências
por The Maiden Sab Abr 29, 2017 3:25 pm

» [RP fechada] Mind Games
por Syndor Qua Mar 22, 2017 10:35 pm

» Pedido de atualização
por Francesca Sweet Sab Mar 18, 2017 8:23 pm

» [RP Fechada | 18+] Tell Me
por Dennis Braund Sab Mar 18, 2017 1:56 am

» [Quest Narrada] A Seita Branca
por Nanien Mormont Qui Mar 16, 2017 11:04 pm

» Avaliação de treinos
por Meena Ter Mar 14, 2017 12:52 pm

» [ Quest Narrada ] - Saquear!
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:44 pm

» [RP Fechada] Something Else?
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:32 pm

» Check-in [Fevereiro]
por Hyperion Targaryen Dom Mar 12, 2017 2:55 pm

» [RP FECHADA] Distant past
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:35 pm

» [RP FECHADA] The deer on ice
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:25 pm

» [RP Fechada | Flashback] Recovery drink
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:49 am

» [RP Aberta][Flashback] Kung Fu Panda
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:34 am

» [RP FECHADA] Beyond the view
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:22 am

» [Quest Narrada] Human hunting
por Theon Snow Qua Mar 08, 2017 4:22 pm

» Solicitação de Grupos
por Davos Icewood Ter Mar 07, 2017 10:15 pm

» [RP fechada] What do you see?
por Dorian Mormont Seg Mar 06, 2017 11:14 pm

» [Quest Narrada] Hot room
por Narrador Seg Mar 06, 2017 10:52 pm

» [Quest Narrada] Do not succumb
por The Maiden Made of Light Seg Mar 06, 2017 8:55 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.2
por Theon Snow Seg Mar 06, 2017 4:23 pm

» [RP Fechada] Crazy Kids
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 2:55 am

» [RP FECHADA] Confidence
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 1:15 am

» Quest Narrada - O Lugar de um Lorde
por Dorian Mormont Dom Mar 05, 2017 9:11 pm

» [RP fechada] Looking for a Fight
por Nälla Dom Mar 05, 2017 12:19 pm

» [RP Fechada | 18+] Facing the Lioness
por Dennis Braund Sab Mar 04, 2017 5:15 pm

» [RP FECHADA] Primeiros passos
por Arthor Stark Sex Mar 03, 2017 5:01 pm

» [RP fechada +18] Wicked Game
por Dennis Braund Sex Mar 03, 2017 4:33 pm

» [Quest Narrada] Dia da Caça, Dia do Caçador
por R'hllor Sex Mar 03, 2017 3:11 pm

» [Aviso] Pedidos no WOD-Resources
por Narrador Qua Mar 01, 2017 7:35 am

» Pedidos de quest
por R'hllor Ter Fev 28, 2017 11:54 pm

» [RP FECHADA +18] - Into the Lion's Den
por Susanne Glover Ter Fev 28, 2017 5:23 pm

» [RP FECHADA - 18+] Coming back? Are you sure?
por Erin Lannister Ter Fev 28, 2017 5:03 pm

» [RP Aberta] Hunting The Chicken
por Roth Whiteforest Seg Fev 27, 2017 2:25 pm

» [RP Fechada, flashback] You only live once
por Cory Silversun Seg Fev 27, 2017 1:37 am

» [RP fechada | Flashback] Old man, poor man
por Masamune Tsubakein Dom Fev 26, 2017 10:39 am

» [RP FECHADA] I Put a Spell on You
por Quinn Elijah Flowers Dom Fev 26, 2017 6:02 am

» [RP FECHADA] Flashback — running through the fire
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 5:12 pm

» [RP Fechada] Mirror of the Destiny, can you show me...? ~ Flashback
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 4:51 pm

» Premiações [Fevereiro]
por Anole Tallhart Sab Fev 25, 2017 4:16 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:20 pm

» [RP ABERTA] Mademoiselle Marchand
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:12 pm

» [RP FECHADA] O dever de um Lord #1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:08 pm

» [RP FECHADA] Recomeço
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:56 am

» [RP FECHADA - FLASHBACK] forget it
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:49 am

» Atualizações Específicas
por Roth Whiteforest Sab Fev 25, 2017 10:57 am

» [RP Fechada] Bring Me Virgins
por Dennis Braund Sab Fev 25, 2017 2:45 am

» [TREINO] Black Warrior
por Alice Targaryen Sex Fev 24, 2017 4:59 pm

» [RP ABERTA] Dance Of The Druids
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 2:02 pm

» [FP] Hew Tyrell
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 12:41 pm

» Solicitação de Conquistas
por R'hllor Qui Fev 23, 2017 11:42 pm

» [RP Fechada] The precise attack
por James Lannister Qui Fev 23, 2017 11:03 pm

» [FP] Desmond Targaryen
por Desmond Targaryen I Qua Fev 22, 2017 5:21 pm

» Quest Narrada - Uma transa de matar
por Narrador Qua Fev 22, 2017 1:36 pm

» RP FECHADA - Win or Die
por Drywn Graceford Ter Fev 21, 2017 1:01 am

» [RP Fechada/Flashback] Do not go, my dear
por Alannys Ashford Seg Fev 20, 2017 11:24 pm

» [RP Fechada] The witch and the prostitute
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 10:35 pm

» Quest narrada - Uma nova tarefa
por Alaric Umber Seg Fev 20, 2017 10:25 pm

» Quest narrada - O dia de amanhã
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 9:42 pm

» Quest Narrada - Onde se separa a menina da mulher
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:13 pm

» Quest Narrada - Sérios problemas
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:09 pm

» Moderação de tópicos
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:46 pm

» [RP fechada - Flashback] - The water hears and understands
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:44 pm

» RP Fechada - Mercy
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 2:24 pm

» [RP FECHADA] Reading until dawn
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 1:22 pm

» [Dungeon] Frozen Treasure - Inscrições
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 12:01 am

» [RP FECHADA] Um novo homem [+18]
por Elizabeth Tyrell Dom Fev 19, 2017 11:09 pm

» [RP FECHADA] PREFÁCIO — Disturbing nights
por Dorian Mormont Dom Fev 19, 2017 10:40 pm

» [RP Fechada] A Beautiful Day to Walk
por James Lannister Dom Fev 19, 2017 5:20 pm

» [Quest One Post] Careful, child
por The Maiden Made of Light Sab Fev 18, 2017 11:02 pm

» RP fechada - Aquecimento de inverno
por The Old Gods Sab Fev 18, 2017 5:32 pm

» [RP Fechada] Moment Between Sisters
por Leana Targaryen Sab Fev 18, 2017 1:23 pm

» [RP FECHADA] THE BEAST INSIDE
por The Black Goat of Qohor Sab Fev 18, 2017 1:01 pm

» [RP Fechada] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 7:54 pm

» [RP Fechada - Flashback] Try Again
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:58 pm

» [RP Fechada/flashback] The golden age
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:46 pm

» [RP Fechada - Flashback] Only policy
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:22 pm

» [FP] Ambrose, Garth.
por The Maiden Made of Light Sex Fev 17, 2017 3:32 am

» [RP Fechada] House of Memories
por Elyria Arryn Sex Fev 17, 2017 1:27 am

» [Dados] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 12:35 am

» [RP Fechada] Red lips always lie
por Layna de Braavos Qui Fev 16, 2017 9:53 pm

» [RP Fechada] Ascensão
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 7:36 pm

» [RP Fechada] Jobbery.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:45 pm

» [RP Fechada] Fallin Apart
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:41 pm

» [RP Fechada] Bastard... and Mastermind.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 5:44 pm

» [FP] Lancelyn Wyl (EM CONSTRUÇÂO)
por Lancelyn Qui Fev 16, 2017 5:24 pm

» [RP FECHADA] Snowed woods
por Alaric Umber Qua Fev 15, 2017 11:07 pm

» [Quest Narrada] Murder
por Narrador Qua Fev 15, 2017 10:44 pm

» [RP FECHADA +18] Lose It
por Terry Ashford Qua Fev 15, 2017 10:31 pm

» [RP Flash. +18] — She knows what I think about
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 8:29 pm

» [Rp Fechada] Oloko
por Eustass Kid Qua Fev 15, 2017 8:17 pm

» [RP Aberta] A Agonia dos Corvos
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 7:57 pm

» [RP Fechada] Lift Now
por Memphis Greyjoy Qua Fev 15, 2017 4:22 pm

» [RP FECHADA] Girls and knives, good brides
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 4:02 pm

» [RP FECHADA] O Conselheiro da Fortaleza De Águas Claras.
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 3:49 pm

» Promoção: Convide seus amigos
por James Lannister Qua Fev 15, 2017 11:40 am

» [Quest Narrada] The father's bones
por The Maiden Made of Light Qua Fev 15, 2017 7:12 am

» Quest narrada - Bravo?
por Lorien Hill Qua Fev 15, 2017 6:56 am

» Quest Narrada - Sussurros
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:23 pm

» [Quest Narrada] O satã
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:15 pm

" />

[RP Fechada] The One That Got Away

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP Fechada] The One That Got Away

Mensagem por Darlessa Tallhart em Dom Nov 20, 2016 1:06 am

The One That Got Away
Esta é uma RP fechada entre Darlessa Tallhart e Dorian Mormont, inciando-se com o post de Darlessa Tallhart. Era uma madrugada muito fria e com uma forte nevasca, Lessa se encontrava no pátio descontando sua raiva em alguns bonecos quando é surpreendida pela presença de seu lorde.
avatar
Imagem :
Mensagens : 46
Nome do jogador : Lessa
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 30
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Capitão da Guarda

Voltar ao Topo Ir em baixo


Born a goddess and
forged warrior
Tell me would you kill to save a life? Tell me would you kill to prove you're right?


Estava sentada em uma das cadeiras de seu quarto, se quer havia tirado a cota de malha pesada que durante todo o dia havia usado. Seus olhos cianos a observar o céu negro pela janela, a fina camada de neve que se formava no parapeito. Seus pensamentos estavam distantes, em algum lugar do seu passado que ela já não podia mais voltar. A voz dele ecoava em sua mente todo o tempo e sempre aquelas mesmas três palavras... “Eu te amo. ” Um som tão perturbador que fazia seu íntimo estremecer. Queria esquecer, queria que seu peito não doesse cada vez que se lembrava dele. Mas como? Essa era uma resposta que ela conseguia dar para si mesma. E cada vez que pensava em Brandon, a imagem daquela carroça com seu corpo vinha em sua mente. Uma dor que não poderia mensurar com palavras ou de qualquer outra forma, uma dor que sempre lhe arrancava o ar, as mãos calejadas da mulher apertaram o braço da cadeira com força, enquanto a outra mão involuntariamente apertou o papel, não conseguia se quer respirar direito.

Abruptamente ela se levantou da cadeira e andou de um lado para o outro, como se não soubesse onde ir ou o que fazer. Seu olhar recaiu sobre o baú que estava no pé de sua cama e seus pés o levaram até ele. Não queria abri-lo, mas naquela noite, tudo estava mais doloroso, as lembranças tão vivas quanto antes. Seus dedos foram até a trava e o estalar delatou que nada impediria sua abertura. Lentamente a tampa se ergueu, fazendo o rangido ecoar, por um momento quis desistir, mas precisava, precisava daquele pedação de seu passado. A primeira coisa que retirou fora o manto negro, ainda estava como novo graças ao cuidado que ela tivera todos esses anos. Depois com cuidado, retirou a bela espada colocando-a sobre a cama. Seus olhos pairaram sobre os dois objetos, um em seu colo e outro ao seu lado. Não havia mais ninguém ali, apenas ela, sua dor e suas lágrimas. Desde que recebera aquela carta, aquela maldita carta, tudo havia voltado, toda sua dor. Darlessa abraçou o manto negro e em sua solidão chorou sozinha, chorou com dor, uma dor que não podia suportar, não podia mais ficar ali.

Se levantou deixando tudo para trás, tomou nas mãos apenas o par de espadas que usava habitualmente, o rosto com certeza ainda estaria vermelho, mas a àquela hora, não havia mais ninguém acordado, nem mesmo suas irmãs. Com passos leves mais ágeis a mulher dirigiu-se ao pátio, não se importava com a nevasca que caia do lado de fora. Precisava extravasar, precisava por tudo aquilo para fora ou enlouqueceria. Queria gritar, mas não poderia fazer isso ali e a àquela hora, restava apenas uma única solução. A noite estava muito fria e muito escura, a iluminação das tochas parecia ser engolida, mas nada disso parecia atingir a mulher de passos firmes e determinados. Os cabelos chicoteavam o próprio rosto, mas ela não se importava, na verdade estava tão vazia quanto seu próprio peito, apenas pensava em sentir um pouco de alívio daquela sensação sufocante e enlouquecedora. Mas como fantasmas, as lembranças vinham perturba-la, açoita-la da forma mais cruel.

Quando chegou diante dos bonecos sacou as espadas desferindo um forte golpe que fez o objeto tremer totalmente. Em seguida mais um e mais um. A cada lembrança que vinha em sua mente, ela deixava toda sua raiva cair sobre o boneco. As mãos doíam devido ao frio, mas ela não parava, era como se estivesse se punindo. Mas de que? Não era sua culpa, nunca fora, apenas uma fatalidade, uma fatalidade que levou o melhor dela para sempre. Seus pés moviam-se com dificuldade, a espessa camada de neve dificultava em tudo os movimentos de Lessa, que mesmo assim, ainda possuíam uma precisão assustadora. Aos poucos sentia o suor escorrer pelas têmporas, as mãos enrijecerem ao redor do cabo da espada.  Mas todo o desconforto, toda a dor que sentia naquele momento não eram nada, perto do que ela trazia dentro de si por todos esses anos. Novamente apertou as mãos e desferiu um golpe muito forte arrancando uma boa lasca do boneco de madeira.

Mas ainda que odiasse admitir, era humana e o esforço que havia feito cobrava seu preço, havia passado um bom tempo na nevasca, suas pernas tremiam, suas mãos doíam. O corpo de Lessa não suportou e a mulher caiu de joelhos, ofegante, exausta e com dores por todo seu corpo. As mãos com as espadas afundaram-se na neve, seu peito arfava e respirava de forma acelerada, buscando o ar que vinha com dificuldade. Mesmo assim, ainda sentia raiva, sentia que precisava se esforçar mais e mais, precisava se tornar mais forte e proteger tudo aquilo que ela amava. Ergueu seu corpo uma vez mais. “ Forte Lessa, você precisa ser forte. ”  A frase ecoou em sua mente, aquele timbre que fazia seu coração acelerar, as mãos se ergueram e ela fitou o boneco e novamente a sequência de golpes começavam, um atrás do outro, com mais raiva, mais fúria e mais dor.



Post: 018 with:Dorian Mormont in: Ilha dos Ursos
No matter how many lives that I live, I will never regret
avatar
Imagem :
Mensagens : 46
Nome do jogador : Lessa
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 30
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Capitão da Guarda

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] The One That Got Away

Mensagem por Dorian Mormont em Dom Nov 20, 2016 3:29 pm

Amigos


Era madrugada. A noite já estava em alta, os atalaias sobre as muralhas vigiavam com atenção, e eventualmente, observavam a capitã da guarda Mormont a espancar umd os bonecos de treino até a exaustão.


E Dorian, aonde estava?

Naquele momento, o Mormont estava em sua cama. Os cabelos, levemente oleosos e grudados a têmpora por um suor que já estava quase seco, servia como uma enorme cortina que na escuridão do quarto, era negra como a noite. Dormia com o suave peso da desnuda Nanien sobre seu peito. O braço destro estava em volta da mulher, e ambos, cobertos apenas até a cintura; onde a mão de Dorian se ocultava por estar perfeitamente pousada sobre a nádega de sua esposa. Em seus sonhos, o Mormont estava ensinando Danien, seu filho, a arte das espadas, em duelos e risos no pátio do castelo. Porém, os estalos na madeira como ocorriam no sonho, começaram a se tornar cada vez... Mais... Reais.

E os olhos do Mormont abriram. Alguém estava treinando no pátio. Respirou fundo, e o inflar do peitoral com o ar, gerou o resmungo de uma aborrecida Ursa por ser atrapalhada de seu sono. Dorian a observou por alguns instantes, com a boca suavemente aberta, nocauteada pelos esforços de algumas horas atrás. Os seios e curvas daquela mulher, a tornavam tão macia que não se incomodava nem um pouco com a presença de seu peso sobre o próprio corpo.
 
Outro estalo. Dorian suspirou, Nanien resmungou e Dorian, em resposta, apertou-lhe a bunda com certa força, mas uma pressão que poderia ser delimitada quase como carinhosa ou erótica, iria depender de como a mulher iria considerar.
 
Mas aparentemente, ela só considerou um aviso para sair de cima dele, e virou-se para o outro lado. Sorridente, o Mormont tirou proveito para encaixar-se a ela discretamente, e beijar o anguloso rosto da esposa, para só então cobri-la e ele, se levantar.
 
Vestiu uma calça que agora estava caída na beirada da cama do Mormont, naquele quarto mal iluminado por uma lareira que já estava quase a se apagar. A calça era de lã, mas com reforço em couro. Dorian a vestiu, mas mal amarrou os fios, e caminhou até a lareira. Alimentou as chamas com mais alguns tocos de lenha, e quando as chamas já iluminavam o quarto o suficiente para não ser incomodo, mas para emanar um reconfortante calor, o Mormont se ergueu novamente.
 
Se iria sair para o lado de fora, sabia que teria de proteger os pés. Então, desajeitado, vestiu as botas, e quando caminhou na direção da porta, puxou de cima do criado mudo o manto de pele de urso negro. Vestiu-se, e fechou o mesmo pela presilha interna, na altura da cintura. Isso deixava o largo e forte peitoral do lorde exposto, e parte de seu estomago e inicio do forte abdômen. Os longos cabelos serviam como um enorme cachecol, apesar da franja não estar caída frente o rosto do lorde.
 
Passou pelos corredores vazios, sem se preocupar. Sabia que era normal estarem todos dormindo, incluindo os servos. Passou pela cozinha, roubou uma jarra com um bom vinho e duas taças. Seja lá quem estava do lado de fora, precisava de bons goles de álcool para que suas resistências fossem quebradas. Arfou, ainda preguiçoso e sonolento, e lá foi ele para a área de treinamentos.
 
Para muitos, seria uma surpresa a capitã da guarda ali. Mas para Dorian, que já a observava a dias.... Era normal. Circundava na mente dele a um bom tempo que a mulher estava enfrentando fantasmas que ninguém enxergava além dela, e ciente disso, andava se preocupando com a mulher. Muito embora ela nunca tenha chegado ao ponto de surrar um boneco durante a madrugada.

A neve caia, e o tapete fofo era enorme, sabia que seria a primeira função dos servos seria afastar aquilo do pátio. Dorian não ousou a se por diretamente no vento frio, ele ficou em uma pequena sacada coberta, cujo tinha três a quatro degraus de diferença até o piso do pátio de treinamento, onde ficava os bonecos e afins.
 
Mas, apesar dele não ter se colocado na neve, ele também não deixou-a notar que se colocou ali, atrás dela, na sacada. Seus passos foram leves e lerdos, quase curtos, e largando o peso com bastante ‘delicadeza’ sobre a madeira, sem permitir os estalos. E foi assim que ele alcançou o parapeito e se debruçou observando-a treinar por um bom instante. Assistindo seus momentos de cansaço, repouso, até se reerguer enfurecida novamente. Aguardou, até saber que o corpo da guerreira estava beirando seus limites — Até porque, o Mormont conhecia os limites da Tallhart — para só então se pronunciar.
 
Eu acho que este aí já morreu.
 
Dorian, debruçado sobre o parapeito, era tão alto quanto um colosso. Os longos fios ocultavam boa parte do rosto do urso, permitindo-a observar apenas uma breve fenda da face angulosa do Mormont, fitando-a com um bom humor e discreto sorriso. Ele então se ergueu, mostrando a garrafa de vinho, e as duas taças.
 
Me acompanha? — E com um discreto gesto com a cabeça, indicou a Darlessa a lateral dele, fora do alcance dos flocos de neve que insistiam em cobrir a mulher.

  
avatar
Imagem : The Bear
Mensagens : 848
Nome do jogador : Cale
Dragões de ouro : 166
Veados de prata : 95
Estrelas de cobre : 4
Idade : 37 ano PORRA
Salário extra : 117%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] The One That Got Away

Mensagem por Darlessa Tallhart em Sex Nov 25, 2016 11:04 pm


Born a goddess and
forged warrior
Tell me would you kill to save a life? Tell me would you kill to prove you're right?


Não haviam palavras suficientes para mensurar a raiva, o ódio, a frustração e todos os sentimentos que se misturavam no peito da Tallhart naquele momento, os olhos vermelhos pelas lágrimas já derramadas, apenas denunciavam que em seu peito, havia um coração que ainda sangrava. E sangraria todos os dias de sua vida. Em seu semblante a ira pairava nitidamente, já não sabia quanto de si mesma havia perdido, já não se reconhecia mais depois de tantos anos, havia se moldado, se transformado. Apenas a amargura movia seu corpo, a raiva lhe dava forças para continuar. Mas raiva de que? De quem? De sua fraqueza, de sua impotência por não ter salvado o homem que amava, por sua fraqueza de nunca ter superado a própria dor. Todos a viam como um exemplo de força e guerreira, uma montanha inabalável, mas essa foi apenas a máscara que ela escolheu para viver. Não viver, mas sim sobreviver, pois era exatamente assim que eram seus dias nos últimos dezoito anos, tentar não sucumbir a própria loucura. Todavia, desde que aquela carta chegou até suas mãos, havia novamente perdido o controle de suas emoções e os velhos demônios voltavam a povoar sua mente.

Seu corpo se ergueu, ainda relutante, no entanto, a raiva corria em suas veias como seu próprio sangue, bastava se lembrar dos trechos escritos pelas mãos trêmulas de seu tio. Com furor novamente ela investiu contra o maltrapilho boneco, a espada que empunhava na mão direita desceu a violentamente em um corte na vertical, fazendo com que pequenas lascas de madeira voassem pelos ares. Seus cabelos negros bailaram ao vento, empurrando a fina camada de neve que havia contra seu ombro, seu tronco levemente se inclinou e a mão esquerda conduziu a espada em corte diagonal limpo e preciso, capaz de rasgar o peito de qualquer homem. Seu olhar era nublado pelo ódio, já não via um boneco sem vida, via apenas os monstros de seu passado. Em um movimento rápido, sua perna direta fora para trás, ambas as espadas recuaram ao mesmo tempo, quase atingindo o corpo da mulher, simulando uma finta para esquivar-se. Respirou fundo procurando preencher seu peito com ar, naquele frio era difícil respirar, o frio, porém, não era capaz de para-la.

Seu tronco projetou-se para frente, ao mesmo tempo que o braço direito se ergueu a altura do que seria a cabeça do boneco, o corte horizontal na linha do pescoço seria capaz de arrancar qualquer cabeça facilmente, em perfeita harmonia com o primeiro movimento, a espada da esquerda estocou o tórax do possível inimigo. O tilintar dos metais ecoou por todo o lugar no exato momento em que as lâminas recuaram, Darlessa as girou nas mãos com uma habilidade invejável e até mesmo inimaginável. Durante anos havia sido mestra de armas, dedicou-se a lutar e aprender as mais diversas técnicas de combate, mas a perícia que possuía com as lâminas surreal. Seu braço direto novamente golpeou na horizontal e seu tronco acompanhou todo o movimento fechando sua guarda, ousou até mesmo a abaixar um pouco mais o tronco, em seguida o impulsionou para trás trazendo a espada contra o corpo do boneco.

A àquela altura sentia seu corpo dormente, o frio castigava sem piedade, sentia as juntas de seus dedos praticamente congeladas. Mas sua alma se encontrava muito mais gelada que o mais rigoroso dos invernos. Por um minuto a sequência de golpes pausou, seus olhos azuis fitavam o chão branco, seu peito subia e descia em um ritmo acelerado afoito, podia ver a pequena e densa névoa que se formava diante de seus lábios, à medida que sua respiração quente se chocava com ar frio ao seu redor. Seu corpo tremia, seus ossos reclamavam pelo esforço feito, mas seu peito, esse continuava tomado pela raiva, uma fúria incomensurável, uma sensação sufocante e quanto mais tentava fugir, mais e mais se via entregue a ela, mais e mais mergulhada em dor. As mãos apertaram as empunhaduras de sua espada, o ardor da pele incomodava, tinha a sensação de estar segurado cacos de vidro nas mãos, porém, parar não era uma opção, não para a Tallharth.

Sequencialmente ela desferia golpes com ambas as espadas, rápidos e de precisão assustadora, se separadas suas espadas eram mortais, unidas eram ainda mais letais, os cortes em diagonal com as lâminas em paralelos arrancava bons pedaços dos bonecos, uma pessoa normal com certeza estaria mutilada e morta. Seus pés alternavam-se perfeitamente, uma valsa mortal tão bem executada que seria capaz de encher os olhos de qualquer expectador. A neve sob seus pés desaparecia a cada nova passada, a velocidade dos movimentos e maestria impediam que a neve permanecesse ali por muito tempo. Não queria admitir para si mesma, mas estava exausta, seus joelhos começavam a vacilar e diante de sua fraqueza a ira tomava ainda mais conta de seu âmago, fazendo-a retalhar o boneco imóvel. Um girou perfeito e as duas lâminas se encontraram no pescoço do inimigo mais uma vez, esse com certeza teria morrido, mas ela era incapaz de derrotar seu inimigo verdadeiro. Seu passado. Poderia derrotar exércitos inteiros, mas para sempre seria incapaz de lidar com perda de Brandon.

A espada direita se ergueu para mais um golpe, seu braço movimentava com toda força e ódio dentro de si, quando se viu obrigada a parar de maneira abrupta. Seus sentidos a traia, sua mente lhe pregava peças, mas podia jurar que um breve momento, era o rosto dele que estava a sua frente. Ambas espadas caíram de suas mãos e seus joelhos se curvaram, logo encontraram o chão, queria gritar, mas respirar se fazia mais necessário no momento. Suas mãos diante de seu corpo ajudando a sustentar seu peso, os cabelos negros ocultavam não somente a face tristonha, mas a sua vergonha. Havia anos que não se sentia mais daquela forma, mas um simples pedação de papel vinha reviver tantas histórias e tanta dor. O que fazer? Se perguntava a todo momento, mas seu coração batia em apenas um ritmo e uma palavra ecoou em sua cabeça. Vingança. Seu olhar se ergueu ao firmamento enegrecido e só então notou, que seu coração estava tão negro quanto o próprio céu.

O silêncio fora rompido pela colossal voz que ecoou no pátio, reconhecia aquele timbre em qualquer lugar. Lessa girou a cabeça, finalmente notando a presença do homem, debruçado sobre o parapeito. Lorde Mormont era um homem grande e corpulento, de traços rústicos, mas o sorriso que trazia em seu rosto, era capaz de apaziguar o mais atormentado dos homens. Levantou-se lentamente, o esforço havia levado boa parte de suas forças, colocar-se de pé já não era uma tarefa tão fácil. As espadas voltaram para a bainha e morena começou a caminhar com passos débeis e lentos, algo dentro de si não queria estar perto de Dorian, mas jamais faria uma desfeita ao lorde que servia com tanto esmero: — Espero que realmente esteja. — Respondeu com dificuldade, uma vez que a respiração não havia voltado ao normal. Sentia seus músculos reclamarem depois de tanto esforço, os braços com aquela sensação leve e ao mesmo tempo incomoda. Suas mãos deslizaram pelos fios negros os jogando para trás, caindo de forma desleixada. A morena sorriu fraco, debruçou-se preguiçosa sobre o parapeito e tomou uma das taças em suas mãos: — E o que meu lorde faz de pé uma hora dessas? — Curiosa inquiriu ao lorde daquelas terras. Tomou uma das taças oferecidas nas mãos e esperou até que a bebida fosse finalmente servida.

Habilidade Treinada:
Habilidade Treinada: Espada.

 

Post: 020 with:Dorian Mormont in: Ilha dos Ursos
No matter how many lives that I live, I will never regret
avatar
Imagem :
Mensagens : 46
Nome do jogador : Lessa
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 30
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Capitão da Guarda

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Darlessa Tallhart

A habilidade foi muito bem treinada, o texto ficou muito bom e extremamente bem escrito, de modo que não tenho qualquer crítica a fazer. Continue assim


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 22% de experiência pelo atributo de inteligência com 8 pontos
- 25% de experiência por ter a habilidade no nível 5

Recompensas
+ 97 pontos de experiência em Espada





avatar
Imagem :
Mensagens : 539
Nome do jogador : Gabs
Dragões de ouro : 100000000000000000
Veados de prata : 100000000000
Estrelas de cobre : 100000000
Idade : Mais velha que você
Salário extra : 100%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] The One That Got Away

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum










O Win or Die foi inaugurado a 09.09.2015. O RPG passa-se no mundo de As Crónicas de Fogo e Gelo, criadas por George R. R. Martin, mais de 50 anos depois dos acontecimentos dos livros. A trama inicial foi criada pela Staff, mas agradecemos a todos os nossos jogadores pela sua ajuda na evolução da mesma.
A nossa skin foi inteiramente criada por Ross (Many-Faced God), incluindo os templates de post e da página inicial, para uso exclusivo no Win or Die RPG, com o apoio da Soph (The Maiden) e do Tiago (Baelor Targaryen). O slider do nosso mural foi criado por CSS Slider. As imagens usadas foram tiradas do Google e editadas por Ross. Agradecemos ainda ao FM Codes e Best Skins pelos seus tutoriais de Javascript. Plágio é crime.

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::