We're at war nowA Song of Ice and Fire RPG
The game has begun. Will you win, or will you die?
Últimos assuntos
» Ausências
por The Maiden Sab Abr 29, 2017 3:25 pm

» [RP fechada] Mind Games
por Syndor Qua Mar 22, 2017 10:35 pm

» Pedido de atualização
por Francesca Sweet Sab Mar 18, 2017 8:23 pm

» [RP Fechada | 18+] Tell Me
por Dennis Braund Sab Mar 18, 2017 1:56 am

» [Quest Narrada] A Seita Branca
por Nanien Mormont Qui Mar 16, 2017 11:04 pm

» Avaliação de treinos
por Meena Ter Mar 14, 2017 12:52 pm

» [ Quest Narrada ] - Saquear!
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:44 pm

» [RP Fechada] Something Else?
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:32 pm

» Check-in [Fevereiro]
por Hyperion Targaryen Dom Mar 12, 2017 2:55 pm

» [RP FECHADA] Distant past
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:35 pm

» [RP FECHADA] The deer on ice
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:25 pm

» [RP Fechada | Flashback] Recovery drink
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:49 am

» [RP Aberta][Flashback] Kung Fu Panda
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:34 am

» [RP FECHADA] Beyond the view
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:22 am

» [Quest Narrada] Human hunting
por Theon Snow Qua Mar 08, 2017 4:22 pm

» Solicitação de Grupos
por Davos Icewood Ter Mar 07, 2017 10:15 pm

» [RP fechada] What do you see?
por Dorian Mormont Seg Mar 06, 2017 11:14 pm

» [Quest Narrada] Hot room
por Narrador Seg Mar 06, 2017 10:52 pm

» [Quest Narrada] Do not succumb
por The Maiden Made of Light Seg Mar 06, 2017 8:55 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.2
por Theon Snow Seg Mar 06, 2017 4:23 pm

» [RP Fechada] Crazy Kids
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 2:55 am

» [RP FECHADA] Confidence
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 1:15 am

» Quest Narrada - O Lugar de um Lorde
por Dorian Mormont Dom Mar 05, 2017 9:11 pm

» [RP fechada] Looking for a Fight
por Nälla Dom Mar 05, 2017 12:19 pm

» [RP Fechada | 18+] Facing the Lioness
por Dennis Braund Sab Mar 04, 2017 5:15 pm

» [RP FECHADA] Primeiros passos
por Arthor Stark Sex Mar 03, 2017 5:01 pm

» [RP fechada +18] Wicked Game
por Dennis Braund Sex Mar 03, 2017 4:33 pm

» [Quest Narrada] Dia da Caça, Dia do Caçador
por R'hllor Sex Mar 03, 2017 3:11 pm

» [Aviso] Pedidos no WOD-Resources
por Narrador Qua Mar 01, 2017 7:35 am

» Pedidos de quest
por R'hllor Ter Fev 28, 2017 11:54 pm

» [RP FECHADA +18] - Into the Lion's Den
por Susanne Glover Ter Fev 28, 2017 5:23 pm

» [RP FECHADA - 18+] Coming back? Are you sure?
por Erin Lannister Ter Fev 28, 2017 5:03 pm

» [RP Aberta] Hunting The Chicken
por Roth Whiteforest Seg Fev 27, 2017 2:25 pm

» [RP Fechada, flashback] You only live once
por Cory Silversun Seg Fev 27, 2017 1:37 am

» [RP fechada | Flashback] Old man, poor man
por Masamune Tsubakein Dom Fev 26, 2017 10:39 am

» [RP FECHADA] I Put a Spell on You
por Quinn Elijah Flowers Dom Fev 26, 2017 6:02 am

» [RP FECHADA] Flashback — running through the fire
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 5:12 pm

» [RP Fechada] Mirror of the Destiny, can you show me...? ~ Flashback
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 4:51 pm

» Premiações [Fevereiro]
por Anole Tallhart Sab Fev 25, 2017 4:16 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:20 pm

» [RP ABERTA] Mademoiselle Marchand
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:12 pm

» [RP FECHADA] O dever de um Lord #1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:08 pm

» [RP FECHADA] Recomeço
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:56 am

» [RP FECHADA - FLASHBACK] forget it
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:49 am

» Atualizações Específicas
por Roth Whiteforest Sab Fev 25, 2017 10:57 am

» [RP Fechada] Bring Me Virgins
por Dennis Braund Sab Fev 25, 2017 2:45 am

» [TREINO] Black Warrior
por Alice Targaryen Sex Fev 24, 2017 4:59 pm

» [RP ABERTA] Dance Of The Druids
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 2:02 pm

» [FP] Hew Tyrell
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 12:41 pm

» Solicitação de Conquistas
por R'hllor Qui Fev 23, 2017 11:42 pm

» [RP Fechada] The precise attack
por James Lannister Qui Fev 23, 2017 11:03 pm

» [FP] Desmond Targaryen
por Desmond Targaryen I Qua Fev 22, 2017 5:21 pm

» Quest Narrada - Uma transa de matar
por Narrador Qua Fev 22, 2017 1:36 pm

» RP FECHADA - Win or Die
por Drywn Graceford Ter Fev 21, 2017 1:01 am

» [RP Fechada/Flashback] Do not go, my dear
por Alannys Ashford Seg Fev 20, 2017 11:24 pm

» [RP Fechada] The witch and the prostitute
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 10:35 pm

» Quest narrada - Uma nova tarefa
por Alaric Umber Seg Fev 20, 2017 10:25 pm

» Quest narrada - O dia de amanhã
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 9:42 pm

» Quest Narrada - Onde se separa a menina da mulher
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:13 pm

» Quest Narrada - Sérios problemas
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:09 pm

» Moderação de tópicos
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:46 pm

» [RP fechada - Flashback] - The water hears and understands
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:44 pm

» RP Fechada - Mercy
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 2:24 pm

» [RP FECHADA] Reading until dawn
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 1:22 pm

» [Dungeon] Frozen Treasure - Inscrições
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 12:01 am

» [RP FECHADA] Um novo homem [+18]
por Elizabeth Tyrell Dom Fev 19, 2017 11:09 pm

» [RP FECHADA] PREFÁCIO — Disturbing nights
por Dorian Mormont Dom Fev 19, 2017 10:40 pm

» [RP Fechada] A Beautiful Day to Walk
por James Lannister Dom Fev 19, 2017 5:20 pm

» [Quest One Post] Careful, child
por The Maiden Made of Light Sab Fev 18, 2017 11:02 pm

» RP fechada - Aquecimento de inverno
por The Old Gods Sab Fev 18, 2017 5:32 pm

» [RP Fechada] Moment Between Sisters
por Leana Targaryen Sab Fev 18, 2017 1:23 pm

» [RP FECHADA] THE BEAST INSIDE
por The Black Goat of Qohor Sab Fev 18, 2017 1:01 pm

» [RP Fechada] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 7:54 pm

» [RP Fechada - Flashback] Try Again
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:58 pm

» [RP Fechada/flashback] The golden age
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:46 pm

» [RP Fechada - Flashback] Only policy
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:22 pm

» [FP] Ambrose, Garth.
por The Maiden Made of Light Sex Fev 17, 2017 3:32 am

» [RP Fechada] House of Memories
por Elyria Arryn Sex Fev 17, 2017 1:27 am

» [Dados] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 12:35 am

» [RP Fechada] Red lips always lie
por Layna de Braavos Qui Fev 16, 2017 9:53 pm

» [RP Fechada] Ascensão
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 7:36 pm

» [RP Fechada] Jobbery.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:45 pm

» [RP Fechada] Fallin Apart
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:41 pm

» [RP Fechada] Bastard... and Mastermind.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 5:44 pm

» [FP] Lancelyn Wyl (EM CONSTRUÇÂO)
por Lancelyn Qui Fev 16, 2017 5:24 pm

» [RP FECHADA] Snowed woods
por Alaric Umber Qua Fev 15, 2017 11:07 pm

» [Quest Narrada] Murder
por Narrador Qua Fev 15, 2017 10:44 pm

» [RP FECHADA +18] Lose It
por Terry Ashford Qua Fev 15, 2017 10:31 pm

» [RP Flash. +18] — She knows what I think about
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 8:29 pm

» [Rp Fechada] Oloko
por Eustass Kid Qua Fev 15, 2017 8:17 pm

» [RP Aberta] A Agonia dos Corvos
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 7:57 pm

» [RP Fechada] Lift Now
por Memphis Greyjoy Qua Fev 15, 2017 4:22 pm

» [RP FECHADA] Girls and knives, good brides
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 4:02 pm

» [RP FECHADA] O Conselheiro da Fortaleza De Águas Claras.
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 3:49 pm

» Promoção: Convide seus amigos
por James Lannister Qua Fev 15, 2017 11:40 am

» [Quest Narrada] The father's bones
por The Maiden Made of Light Qua Fev 15, 2017 7:12 am

» Quest narrada - Bravo?
por Lorien Hill Qua Fev 15, 2017 6:56 am

» Quest Narrada - Sussurros
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:23 pm

» [Quest Narrada] O satã
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:15 pm

" />

[Rp fechada] Take the honor, make by family

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Take the honor, make by family
A RP irá começar com o post de Aileen Arryn. Esta é uma RP FECHADA, conta apenas com a participação de Aileen Arryn e Damon Arryn. A RP  se passa no Jardim, nas imediações do Bosque Sagrado. É inicio  da manhã e o tempo está frio, o sol quase não pode ser visto entre as nuvens.
avatar
Imagem :
Mensagens : 112
Nome do jogador : Kah
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 0
Idade : 20 anos
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Castelão

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aileen Arryn
A manhã mal havia começado e Aileen já se encontrava de pé próximo a grande janela do seu quarto. Raios de sol fraco entravam timidamente aquecendo o local e iluminando todo o ambiente.  A Arryn estava de pé, trajava um vestido azul celestes com delicados bordados brancos, os cabelos castanhos caíam sobre os ombros e uma tiara prateada o adornava delicadamente. Olhou pela janela e certificou-se que aquela era manhã fria, soltou um longo suspiro enquanto refletia se deveria ou não sair de seu quarto. Não tinha vontade era verdade, sair de sua pequena zona de conforto tornava-se cada dia mais difícil, a paz daquele lugar havia sido maculada de uma forma que talvez jamais fosse se restaurar, porém não falaria algo que fosse magoar o seu irmão. Nem mesmo Damon tinha mais tempo para ela, estava sempre cheio de compromissos ou com na companhia da Lannister. Pensar na esposa do irmão a incomodava profundamente, no entanto era melhor manter segredo.

Em todo o Ninho havia apenas uma pessoa que lhe dedicava alguma atenção, ainda que pouca era o suficiente. Novamente se pegou pensando no mestre de armas, Ben era um amigo, mas vezes pensava que era bem mais do que isso. Quando ainda era uma garotinha gostava de pensar que um dia se casaria com ele, mesmo que Damon fosse muito protetor, ele sempre tivera uma gentileza diferente com ela. Aileen sorria com as singelas lembranças de seu passado, mas que para ela tinham um grande valor. Sabia, no entanto, que jamais deveria nutrir algum tipo de sentimento por ele, por mais difícil que isso fosse, pois sempre que estava perto dele seu coração batia rápido. Somente em pensar em tudo aquilo, sentiu aquela palpitação, aquela sensação diferente. Passou a mão no rosto e balançou a cabeça levemente espantando tais pensamentos.

Foi para o único lugar que se sentia em paz e tranquila, pelo caminho havia avisado onde estaria caso alguém precisasse dela. Um passeio pelo jardim seria ótimo para espairecer e pensar no que deveria fazer. Depois de seu quarto era seu lugar preferido, passava horas e horas ali caminhando ou simplesmente observando a vida que ousava se manifestar ali, por mais inóspito que as terras do local fossem. Sentia a brisa gelada tocar seu rosto cortando as bochechas, mas aquele estava longe de ser o dia mais frio do Vale. A caminhada era agradável e sentia o perfume de algumas flores que estavam ali. Tinha um destino, o centro do jardim, sempre ficava aos pés da estátua da mulher que chorava. A luz do sol gentilmente iluminava a obra, concedendo-lhe um toque ainda mais belo. Caminhou ao redor da estátua até que parou diante de seu rosto, fitou seu rosto cheio de lágrimas, por um instante sentia-se incrivelmente familiarizada com ela. Soltou um suspiro longo e permaneceu ali parada diante dela com o olhar perdido.
Dato-Dato-Dato-Dato
avatar
Imagem :
Mensagens : 112
Nome do jogador : Kah
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 0
Idade : 20 anos
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Castelão

Voltar ao Topo Ir em baixo
















Ar puro. Os dias em Porto Real chegaram ao fim, e poder respirar novamente no Ninho da Águia é muito mais aprazível. A rotina de Damon voltara ao normal: boa parte do tempo estava em sua grande sala, sozinho ou com algum conselheiro, resolvendo assuntos internos do Vale.

Ao acordar, desta vez, seus pensamentos foram outros. Recentemente, havia presenciado o casamento de Robb Stark com uma das princesas Targaryen, e há um dia conversara sobre isto com Ben. Desde então, em momentos de reflexões, o casamento de sua filha tomava sua mente. Não somente o dela, mas também o de Aileen, sua irmã: desde sempre nega-se a casar, mesmo agora, após completar 20 anos de seu nome.

Sua esposa ainda dormia quando Damon levantou-se e pôs vestes adequadas para andar pelo castelo. Percebeu que já estava há algum tempo sem conversar adequadamente com Aileen, a irmã que sempre quis o melhor possível para o Arryn, sempre ao seu lado. Ao chegar próximo do quarto dela, seus passos, que já cessavam diante a porta, foram interrompidos completamente por uma voz: - Perdão, milorde. - disse uma das servas de confiança da família, a voz tímida, ainda assim. - Não quero interrompe-lo, senhor, mas Aileen poderá ser encontrada no Jardim, se é o que deseja.

Após agradecer, se dirigiu para o local, próximo ao Bosque Sagrado. Não é surpreendente encontrá-la ali: Damon sabe como ela gosta do lugar, que, de fato, é tranquilizador pelo frescor proporcionado. Agora, diante seus olhos, ela encontra-se de costas para o lorde, observando a estátua a sua frente. Por um breve momento, visualizou a menina de 10 anos ali. Apesar de tudo, ela continuava a ser uma garota calma, meiga e bondosa. - Irmã. - chamou-a em baixo volume, visto que o local aberto não exigia muito mais. -  Espero não estar irrompendo sua paz.




WHAT KATY DID
avatar
Imagem :
Mensagens : 55
Nome do jogador : Mateus
Dragões de ouro : 652
Veados de prata : 66
Estrelas de cobre : 1
Idade : 33
Salário extra : 4%
Ver perfil do usuário
Mão do Rei

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aileen Arryn
Quando estava naquele lugar conseguia sentir uma grande paz dentro de seu coração, Aileen fechou os olhos e respirou fundo sentindo o frescor da manhã. A brisa leve balançava os fios castanhos que estavam soltos sobre seus ombros, a saia do vestido tremulava levemente, mas a Arryn permanecia imóvel diante da estátua. Seus olhos azuis estavam fixos na estátua que estava ali desde outros tempos. Havia algo de triste em seu semblante e ela permanecia imóvel estudando o rosto da mulher. Se perguntava o porquê de terem colocado uma estátua de uma mulher chorando ali e o porquê chorava? Eram tantas as possibilidades que poderia passar o dia especulando qual seria a correta. A luz fraca do sol que tocava a estátua conferia a ela um brilho peculiar e tornava-a mais bela.

Mas por mais que se sentisse mais calma naquele local, havia algo que tirava completamente sua paz. Ainda que fosse uma coisa boa, ela sabia que aquilo era anúncio de uma possível tormenta. Seu coração acelerava somente em recorda-se de tudo o que havia acontecido e era inevitável não sorrir. Era incontrolável, somente em lembrar-se de Ben sentia-se incrivelmente feliz, como se tivesse encontrado uma parte de si que estava desaparecida. Suas mãos involuntariamente foram aos seus lábios, os contornando e seus olhos se fecharam. Seu coração palpitou e era como se não conseguisse respirar. Queria eternizar aquele momento, queria muito mais que aquilo. A àquela altura era impossível negar o que sentia, era forte, era verdadeiro e era recíproco. Agora ela tinha que escolher viver aquilo ou simplesmente guardar em seu peito para sempre.

Foi quando olhou para a estátua então e sentiu seus olhos marejarem de lágrimas. Por que tinha que ser tão difícil, sabia que Damon não aceitaria, precisaria enfrentar seu irmão. Teria ela, forças para confronta-lo?  Aileen se perdia cada vez mais em seus pensamentos sem saber o que fazer e tentava a todo custo segurar as lágrimas. Foi quando escutou alguém a chamar, uma voz conhecida e gentil, um sorriso singelo desenhou-se em seus lábios.  Virou-se fitando seu irmão a sua frente e sorriu para ele, quando ele terminou sua frase a garota caminhou até ele e o abraçou. Era forte e ao mesmo tempo carinhoso, ficou em silêncio alguns minutos, sentindo o conforto do terno abraço de Damon. Por fim deu-lhe um cálido beijo no rosto do irmão: - Sabe que nunca me atrapalha irmão. – Respondeu enquanto sentia seus pés fora do chão enquanto ele a levantava no meio do abraço.

Quando se soltaram, Aileen tomou as mãos do irmão entre as suas e como sempre qualquer sombra de tristeza ou preocupação havia se desfeito no momento que o viu. Apertou levemente as mãos dele, mas de forma acolhedora: - Estava aqui para passar o tempo, queria olhar algumas plantas que preciso para meus estudos. – Falou com a voz doce e serena de sempre. Olhou os olhos do irmão e procurava ainda aquela vivacidade que ele tinha a anos atrás. As coisas no Vale vinham mudando tanto e era difícil conservar o elo que tinham e desejava que ele jamais se desfizesse: - E você? O que faz aqui tão cedo? Sei que deve ter muitas coisas para fazer, ou tirou um tempo para se sujar de terra com a sua irmãzinha? – Completou com um tom brincalhão e levando uma das mãos carinhosamente ao rosto dela. Ainda que fosse a caçula, jurou a si mesma que sempre cuidaria de Damon.
Dato-Dato-Dato-Dato
avatar
Imagem :
Mensagens : 112
Nome do jogador : Kah
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 0
Idade : 20 anos
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Castelão

Voltar ao Topo Ir em baixo
















Aquele abraço... Já havia esquecido do quão reconfortante ele sempre foi. Desde que sua vida tornou-se turbulenta, momentos como esse, que antes ocorriam com frequencia e de modo espontâneo, passaram a ser escassos. Damon gosta da maneira como a irmã o recebe, e mais que isso, do jeito como sempre o apoia, o ajuda e está por perto. Ao soltá-la, colocando-a lentamente no chão após se desenlaçarem, a respondeu, nostálgico e alegre - Empenhada em seus estudos, como sempre. - sorriu ao dizer. Enquanto o então herdeiro do Vale aprendia a usar lâminas ou flechas, Aileen mantinha-se focada em pesquisas e leituras, além de ser educada como uma lady. - Essas coisas podem aguardar. Agora irei tirar um tempo com minha irmãzinha. - confirmou. Manteve o sorriso no rosto, apreciando a reação da Arryn. Em seguida, o sorriso se desfez, Damon sentiu-se embaraçado. - Aileen, eu... Queria lhe pedir desculpas se a atenção que tenho lhe dado seja pouca demais. Acredito que possa imaginar... As tarefas de um lorde nunca acabam. - em uma pausa, apertou as mãos da irmã tal como ela fizera anteriormente consigo. - Como você está nesse momento da vida? Saiba que também pode contar comigo, também estou aqui por você. - terminou ele, com um tom de leve preocupação.




WHAT KATY DID
avatar
Imagem :
Mensagens : 55
Nome do jogador : Mateus
Dragões de ouro : 652
Veados de prata : 66
Estrelas de cobre : 1
Idade : 33
Salário extra : 4%
Ver perfil do usuário
Mão do Rei

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aileen Arryn
Poderia passar o resto de sua vida abraçada com o irmão, sentia-se segura, protegida de qualquer coisa que ruim que pudesse acontecer. Damon sempre foi como um protetor para ela, na ausência de seu pai, ele quem cuidava dela e sempre se preocupava com o que estava acontecendo. Assim que ele a soltou encarou o semblante dele por alguns instantes, suas mãos continuavam entrelaçadas, gostava de ter o irmão por perto, temia perder o vínculo que tinha com ele. Ouviu as primeiras palavras dele e sorriu: - Conhecimento sempre é bom e acaba sendo um diferencial da sua irmã. – Respondeu com um tom divertido e brincalhão. Pelo menos quando estavam juntos conseguia tirar o semblante sério do rosto do irmão. Não podia culpa-lo, suas obrigações pediam uma postura mais séria.

Saber que ele passaria um tempo com ela arrancou um sorriso largo de Aileen que apertou um pouco as mãos do irmão: - Que bom Damon. Fico feliz de ter meu irmão por perto pelo menos um pouco. – Deu um beijo no rosto dele.  Olhou o jardim ao redor, pensando no que poderiam fazer. Quando era uma garotinha vivia naquele jardim e muitas vezes era Damon quem ia busca-la toda suja de terra. Outras vezes ele passava algum tempo com ela brincando no jardim, ou ajudando-a para cuidar do pequeno jardim que tinha. Ela o encarou como se tivesse tido uma ideia brilhante, ela ainda mantinha e cuidava do pequeno jardim, algumas ervas medicinais, flores, coisas que muitas vezes lhe ajudavam com seus estudos. Tinha uma fascinação enorme pelas plantas, podia curar e ao mesmo tempo matar uma pessoa, uma linha tênue que Aileen gostavas de observar.

Quando pensou em puxa-lo sentiu as mãos dele apertarem a suas, encarou o semblante de seu irmão e notou que havia algo de muito diferente. Uma sombra de preocupação ou até mesmo remorso em seu olhar, algo incomodava Damon e Aileen podia sentir. Escutou as primeiras palavras vindas dele. Aileen não sabia o que dizer, não gostava de vê-lo daquela forma: - Damon... Não se preocupe. Eu entendo que você tem todas as suas obrigações. Não somos mais crianças. Por mais que eu sinta muito sua falta eu compreendo. Eu te amo meu irmão. – Falou com um tom sereno. Deu um sorriso largo e o encarou por alguns segundos e novamente seu irmão falou. A pergunta que ele fazia era um pouco complicada de responder, haviam coisas que ela não podia dizer ainda e mentir para ele era algo complicado: - Estou bem meu irmão. Muito bem e muito feliz. Eu tenho você e a Aliah. O que mais eu posso querer? – Respondeu e levou a mão ao rosto dele gentilmente: - Sempre vamos ter um ao outro Damon. Sempre! E é isso que importa. – Concluiu encarando o irmão e dando um beijo terno no rosto dele.
Damon-Ninho da Águia-Jardim-Pela manhã
avatar
Imagem :
Mensagens : 112
Nome do jogador : Kah
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 0
Idade : 20 anos
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Castelão

Voltar ao Topo Ir em baixo















É inevitável. Cada palavra dita pela irmã sempre torna tudo mais simples. Damon pode, por algum momento, abandonar sua séria postura e agir de modo um pouco mais natural, esquecendo toda a complexidade de sua existência. De alguma forma, a vida parecia ficar menos cruel quando conversava com ela. Ele sorria, um sorriso sincero e alegre, resultado da boa energia que sentia: o prazer de estar com ela. Temia, no entanto, introduzir o assunto que tinha em mente, quando o desconforto o atacou. Novamente, sua expressão perdia vagamente a animação, e seus olhos, antes vidrados na face angelical da irmã, foram de encontro ao chão, acompanhando o movimento de seu crânio. Culpa, por não permitir que momentos tão bons como esse tivessem continuidade, ou vergonha, Damon não saberia definir, mas era o que sentia naqueles tão poucos segundos que se passaram.

Apesar da hesitação, não recuou, por fim. - Aileen, para ser honesto, vim até aqui para conversar também sobre você. Sobre... Seu casamento. - Sentou-se num banco próximo e fez sinal para que ela fizesse o mesmo. Então, prosseguiu. - Já faz algum tempo desde que falamos sobre isso pela última vez e acredito que é o momento de termos outra conversa. Um dos motivos que me levou a isso foi ter reparado que você está um pouco... diferente. Como se algo a tivesse mudado. Aconteceu algo? - disse o lorde, que agora já estava de volta com a postura de um.




WHAT KATY DID
avatar
Imagem :
Mensagens : 55
Nome do jogador : Mateus
Dragões de ouro : 652
Veados de prata : 66
Estrelas de cobre : 1
Idade : 33
Salário extra : 4%
Ver perfil do usuário
Mão do Rei

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aileen Arryn
Para a Arryn, era fácil perceber os nuances de seu irmão, conhecia quando algo o incomodava, quando algo o aborrecia e principalmente quando algo o deixava alegre. Não tinha essa conexão com sua irmã ou mãe, toda a vida fora ela e Damon e não achava isso ruim. O sorriso veio fácil a face da morena ao notar que pelo menos naquele tempo que passariam juntos, ele havia deixado de lado a figura do Lord, era apenas seu irmão que estava ali. Não tinha que se preocupar se a mulher dele apareceria para atrapalhar aquele momento ou se algum outro problema surgiria, tinha o irmão ao seu lado, ainda que por ínfimos momentos. Cálida, a mão delicada tocou o rosto do irmão, sentindo a aspereza da barba contra sua pele, lembrava-se de uma época que não a sentia ao toque, mas não podia negar que deixava o irmão ainda mais charmoso. O polegar deslizou como sempre fez, um gesto carinhoso que eles sempre tiveram. Sentia seu âmago apaziguado ao vê-lo sorrir, haviam tantos problemas que ele havia de enfrentar sozinho como Lord, que se sentia impotente.

O olhar do Lord novamente se distanciou, os lábios rosados crisparam-se expondo sua preocupação ao notar a súbita mudança no jeito dele. Os orbes azulados encontraram o chão, observando as folhas secas que eram levadas pelo vento. Algo incomodava ele, assim como algo a incomodava de uma maneira como nada antes. Em toda sua vida nunca havia mentindo ou omitido alguma coisa de Damon. Agora, se via escondendo coisas dele, coisas as quais ela sabia que não deveria fazer e ao pensar naquilo, foi difícil encarar o semblante do irmão mais uma vez. Ela suspirou, um suspiro pesado e um pouco preocupado, ele ainda não havia dito uma só palavras, mas sabia que a conversa tomaria um rumo que ela não desejava. Desde que havia se tornado uma moça, algumas conversas haviam se tornado delicadas entre os dois, mas jamais os havia distanciado. Damon sempre havia sido paciente e respeitado suas decisões e isso apenas fazia aquela sensação piorar, fazia com que ela se sentisse uma traidora para com o irmão.

As palavras dele foram apenas uma confirmação do que já imaginava, um assunto que vinha se tornado delicado a medida que os anos se passavam e agora... Era ainda mais complicado para a morena. Seu coração acelerou apenas por ouvir a palavra casamento, suas mãos alvas se tornaram geladas. Pela primeira vez ela sentiu medo do que Damon queria falar, haveria ele encontrado um pretendente? Temia que esse fosse o assunto, logo agora que tudo havia mudado em sua vida e de uma forma tão repentina. Durante dias ela e Ben, vinham procurando uma forma de contar ao Lord o que se passava entre eles, falar sobre o que sentiam e pretendiam. Mas ela sabia que o irmão não permitiria, ele tinha planos maiores para ela e isso nunca foi nenhum segredo dentro do Ninho da Águia.  Por instantes o silêncio reinou absoluto entre os dois irmãos, apenas se olhavam como se ambos procurassem palavras para continuar:  — Meu casamento? — Perguntou um pouco hesitante seguindo o irmão até o banco.

Quando se sentou seu olhar imediatamente recaiu sobre a estátua, o nervosismo era notável em Aileen, que a essa altura, mordiscava a própria bochecha. Sabia que logo o irmão chamaria sua atenção por isso. Uma vez quando era criança, pouco após o casamento do irmão, mordeu tanto a bochecha que machucou a boca toda, o Lord fez a pequena na época jurar que jamais faria aquilo novamente e sempre que ele percebia o ato lançava um olhar inquisidor para ela. O primeiro a continua o assunto fora o mais velho, notou o quão bem ele sabia lê-la, mesmo se vendo em raros momentos como aquele, ele percebeu que ela não estava como antes. Na tentativa de disfarçar a situação ela sorriu, um sorriso fraco desviando o olhar: — Não irmão! Não aconteceu nada! — Sua negação soou quase como uma confissão, se quer conseguiu encarar o olhar do Lord naquela situação. Pela primeira vez sentiu o quão aquela conversa seria complicada, como seria difícil mentir ou omitir a verdade: — Isso é ideia da Cyrenna? Querendo me ver longe daqui? — Completou revirando os olhos e com uma leve ironia em sua voz, tentando mudar um pouco o foco da conversa.

O Lord por sua vez, não se deixou levar pelas palavras da irmã e continuou a encarando como se esperasse uma resposta. Novamente ficou em silêncio, não sabia o que dizer, o que falar, ela estava diferente era fato, mas revelar o motivo poderia ser arriscado demais: — É que... Eu acho que... Eu apenas cresci Damon. E você perdeu um pouco disso eu acho. — Tentou se explicar, mas aquilo havia soado muito superficial. Mais do que isso, sentiu um nó na garganta quando percebeu que estava mentindo para seu irmão. Ela fechou os olhos e respirou fundo, se perguntava por quanto tempo teria que fazer isso. A vida inteira? Fugir para poder viver aquilo? Como poderia olhar nos olhos dele escondendo aquilo que a mais fazia feliz: — Damon. Eu preciso te contar uma coisa. — A morena se levantou e fitou o rosto do irmão, com uma expressão um pouco nervosa e afoita: — Sim irmão, eu mudei e... lamento não ter contado isso para você antes. Na verdade, eu... não sabia como contar Damon. — Ela mordiscou os lábios e respirou fundo.

A morena por um instante parou ao ouvir suas primeiras palavras, levantou-se em rompante assustado e levou as mãos ao rosto. Voltou a encarar o irmão ainda nervosa e fechou os olhos respirando fundo: — Damon. Nós realmente precisamos conversar sobre isso. Eu não posso me casar. Quer dizer, não com qualquer um, entende? — Ela novamente pausou a fala procurando as palavras para conduzir a conversa, sentindo um nó na garganta: — Eu me apaixonei irmão. Me apaixonei perdidamente por um homem. E nós queremos ficar juntos. — Ela olhou para o irmão que parecia estar incrédulo diante de suas palavras. Agora não havia mais como voltar atrás e apenas poderia continuar: — Eu quero me casar com o Ben irmão. — A frase saiu de seus lábios cheia de determinação e querer, uma coisa que nem mesmo ela sabia que sentia. Porém, não esperava que ele aceitaria de uma maneira fácil e tranquila e já se preparava para as duras palavras que teria que enfrentar a seguir.
Damon Arryn -Ninho da Águia-Jardim-Pela manhã
avatar
Imagem :
Mensagens : 112
Nome do jogador : Kah
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 0
Idade : 20 anos
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Castelão

Voltar ao Topo Ir em baixo















Damon deixou que a irmã dissesse o que tinha a dizer, encarando-a e aguardando respostas concretas. Desejava obter a resposta mais lapidada possível, queria entender o que se passava com Aileen e como ela se sentia. Não aparentava ser fácil falar: frases curtas ou incompletas eram o que saíam dela. Mas, mesmo que num ritmo lento, aos poucos ela dizia o que precisava. Ao ouvir que estava apaixonada, Damon momentaneamente esteve estupefato, inclusive em seus pensamentos. O tempo parou, e somente voltou quando ela completou, "Quero me casar com o Ben". Uma ideia absurda, sem cabimento. O Arryn, que claramente não havia gostado da vontade da irmã, procurou se conter, manter sua postura e convencê-la do contrário. Cético e levemente tenso, disse - Não há como, Aileen. Você deve se casar com um outro alguém, podemos ver isto num futuro próximo... Mas não se casará com o Ben. - observou seu olhar de reprovação, e após uma pausa, continuou. - O destino da vida de vocês não deve se cruzar desta maneira. Ele é nosso mestre-de-armas, nosso amigo, e por mais que eu possa considerá-lo um irmão, o limite é este. Você sabe o que quero dizer... - calou-se e privou-se de mais palavras que ela já esperasse. Pegou nas mãos dela e finalizou, agora com uma voz mais sutil - Eu estou sempre ao seu lado, minha irmã, porém não posso apoiá-la nisto... - e aguardou sua reação.




WHAT KATY DID
avatar
Imagem :
Mensagens : 55
Nome do jogador : Mateus
Dragões de ouro : 652
Veados de prata : 66
Estrelas de cobre : 1
Idade : 33
Salário extra : 4%
Ver perfil do usuário
Mão do Rei

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum










O Win or Die foi inaugurado a 09.09.2015. O RPG passa-se no mundo de As Crónicas de Fogo e Gelo, criadas por George R. R. Martin, mais de 50 anos depois dos acontecimentos dos livros. A trama inicial foi criada pela Staff, mas agradecemos a todos os nossos jogadores pela sua ajuda na evolução da mesma.
A nossa skin foi inteiramente criada por Ross (Many-Faced God), incluindo os templates de post e da página inicial, para uso exclusivo no Win or Die RPG, com o apoio da Soph (The Maiden) e do Tiago (Baelor Targaryen). O slider do nosso mural foi criado por CSS Slider. As imagens usadas foram tiradas do Google e editadas por Ross. Agradecemos ainda ao FM Codes e Best Skins pelos seus tutoriais de Javascript. Plágio é crime.

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::