We're at war nowA Song of Ice and Fire RPG
The game has begun. Will you win, or will you die?
Últimos assuntos
» Ausências
por The Maiden Sab Abr 29, 2017 3:25 pm

» [RP fechada] Mind Games
por Syndor Qua Mar 22, 2017 10:35 pm

» Pedido de atualização
por Francesca Sweet Sab Mar 18, 2017 8:23 pm

» [RP Fechada | 18+] Tell Me
por Dennis Braund Sab Mar 18, 2017 1:56 am

» [Quest Narrada] A Seita Branca
por Nanien Mormont Qui Mar 16, 2017 11:04 pm

» Avaliação de treinos
por Meena Ter Mar 14, 2017 12:52 pm

» [ Quest Narrada ] - Saquear!
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:44 pm

» [RP Fechada] Something Else?
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:32 pm

» Check-in [Fevereiro]
por Hyperion Targaryen Dom Mar 12, 2017 2:55 pm

» [RP FECHADA] Distant past
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:35 pm

» [RP FECHADA] The deer on ice
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:25 pm

» [RP Fechada | Flashback] Recovery drink
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:49 am

» [RP Aberta][Flashback] Kung Fu Panda
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:34 am

» [RP FECHADA] Beyond the view
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:22 am

» [Quest Narrada] Human hunting
por Theon Snow Qua Mar 08, 2017 4:22 pm

» Solicitação de Grupos
por Davos Icewood Ter Mar 07, 2017 10:15 pm

» [RP fechada] What do you see?
por Dorian Mormont Seg Mar 06, 2017 11:14 pm

» [Quest Narrada] Hot room
por Narrador Seg Mar 06, 2017 10:52 pm

» [Quest Narrada] Do not succumb
por The Maiden Made of Light Seg Mar 06, 2017 8:55 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.2
por Theon Snow Seg Mar 06, 2017 4:23 pm

» [RP Fechada] Crazy Kids
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 2:55 am

» [RP FECHADA] Confidence
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 1:15 am

» Quest Narrada - O Lugar de um Lorde
por Dorian Mormont Dom Mar 05, 2017 9:11 pm

» [RP fechada] Looking for a Fight
por Nälla Dom Mar 05, 2017 12:19 pm

» [RP Fechada | 18+] Facing the Lioness
por Dennis Braund Sab Mar 04, 2017 5:15 pm

» [RP FECHADA] Primeiros passos
por Arthor Stark Sex Mar 03, 2017 5:01 pm

» [RP fechada +18] Wicked Game
por Dennis Braund Sex Mar 03, 2017 4:33 pm

» [Quest Narrada] Dia da Caça, Dia do Caçador
por R'hllor Sex Mar 03, 2017 3:11 pm

» [Aviso] Pedidos no WOD-Resources
por Narrador Qua Mar 01, 2017 7:35 am

» Pedidos de quest
por R'hllor Ter Fev 28, 2017 11:54 pm

» [RP FECHADA +18] - Into the Lion's Den
por Susanne Glover Ter Fev 28, 2017 5:23 pm

» [RP FECHADA - 18+] Coming back? Are you sure?
por Erin Lannister Ter Fev 28, 2017 5:03 pm

» [RP Aberta] Hunting The Chicken
por Roth Whiteforest Seg Fev 27, 2017 2:25 pm

» [RP Fechada, flashback] You only live once
por Cory Silversun Seg Fev 27, 2017 1:37 am

» [RP fechada | Flashback] Old man, poor man
por Masamune Tsubakein Dom Fev 26, 2017 10:39 am

» [RP FECHADA] I Put a Spell on You
por Quinn Elijah Flowers Dom Fev 26, 2017 6:02 am

» [RP FECHADA] Flashback — running through the fire
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 5:12 pm

» [RP Fechada] Mirror of the Destiny, can you show me...? ~ Flashback
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 4:51 pm

» Premiações [Fevereiro]
por Anole Tallhart Sab Fev 25, 2017 4:16 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:20 pm

» [RP ABERTA] Mademoiselle Marchand
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:12 pm

» [RP FECHADA] O dever de um Lord #1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:08 pm

» [RP FECHADA] Recomeço
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:56 am

» [RP FECHADA - FLASHBACK] forget it
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:49 am

» Atualizações Específicas
por Roth Whiteforest Sab Fev 25, 2017 10:57 am

» [RP Fechada] Bring Me Virgins
por Dennis Braund Sab Fev 25, 2017 2:45 am

» [TREINO] Black Warrior
por Alice Targaryen Sex Fev 24, 2017 4:59 pm

» [RP ABERTA] Dance Of The Druids
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 2:02 pm

» [FP] Hew Tyrell
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 12:41 pm

» Solicitação de Conquistas
por R'hllor Qui Fev 23, 2017 11:42 pm

» [RP Fechada] The precise attack
por James Lannister Qui Fev 23, 2017 11:03 pm

» [FP] Desmond Targaryen
por Desmond Targaryen I Qua Fev 22, 2017 5:21 pm

» Quest Narrada - Uma transa de matar
por Narrador Qua Fev 22, 2017 1:36 pm

» RP FECHADA - Win or Die
por Drywn Graceford Ter Fev 21, 2017 1:01 am

» [RP Fechada/Flashback] Do not go, my dear
por Alannys Ashford Seg Fev 20, 2017 11:24 pm

» [RP Fechada] The witch and the prostitute
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 10:35 pm

» Quest narrada - Uma nova tarefa
por Alaric Umber Seg Fev 20, 2017 10:25 pm

» Quest narrada - O dia de amanhã
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 9:42 pm

» Quest Narrada - Onde se separa a menina da mulher
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:13 pm

» Quest Narrada - Sérios problemas
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:09 pm

» Moderação de tópicos
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:46 pm

» [RP fechada - Flashback] - The water hears and understands
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:44 pm

» RP Fechada - Mercy
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 2:24 pm

» [RP FECHADA] Reading until dawn
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 1:22 pm

» [Dungeon] Frozen Treasure - Inscrições
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 12:01 am

» [RP FECHADA] Um novo homem [+18]
por Elizabeth Tyrell Dom Fev 19, 2017 11:09 pm

» [RP FECHADA] PREFÁCIO — Disturbing nights
por Dorian Mormont Dom Fev 19, 2017 10:40 pm

» [RP Fechada] A Beautiful Day to Walk
por James Lannister Dom Fev 19, 2017 5:20 pm

» [Quest One Post] Careful, child
por The Maiden Made of Light Sab Fev 18, 2017 11:02 pm

» RP fechada - Aquecimento de inverno
por The Old Gods Sab Fev 18, 2017 5:32 pm

» [RP Fechada] Moment Between Sisters
por Leana Targaryen Sab Fev 18, 2017 1:23 pm

» [RP FECHADA] THE BEAST INSIDE
por The Black Goat of Qohor Sab Fev 18, 2017 1:01 pm

» [RP Fechada] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 7:54 pm

» [RP Fechada - Flashback] Try Again
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:58 pm

» [RP Fechada/flashback] The golden age
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:46 pm

» [RP Fechada - Flashback] Only policy
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:22 pm

» [FP] Ambrose, Garth.
por The Maiden Made of Light Sex Fev 17, 2017 3:32 am

» [RP Fechada] House of Memories
por Elyria Arryn Sex Fev 17, 2017 1:27 am

» [Dados] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 12:35 am

» [RP Fechada] Red lips always lie
por Layna de Braavos Qui Fev 16, 2017 9:53 pm

» [RP Fechada] Ascensão
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 7:36 pm

» [RP Fechada] Jobbery.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:45 pm

» [RP Fechada] Fallin Apart
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:41 pm

» [RP Fechada] Bastard... and Mastermind.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 5:44 pm

» [FP] Lancelyn Wyl (EM CONSTRUÇÂO)
por Lancelyn Qui Fev 16, 2017 5:24 pm

» [RP FECHADA] Snowed woods
por Alaric Umber Qua Fev 15, 2017 11:07 pm

» [Quest Narrada] Murder
por Narrador Qua Fev 15, 2017 10:44 pm

» [RP FECHADA +18] Lose It
por Terry Ashford Qua Fev 15, 2017 10:31 pm

» [RP Flash. +18] — She knows what I think about
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 8:29 pm

» [Rp Fechada] Oloko
por Eustass Kid Qua Fev 15, 2017 8:17 pm

» [RP Aberta] A Agonia dos Corvos
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 7:57 pm

» [RP Fechada] Lift Now
por Memphis Greyjoy Qua Fev 15, 2017 4:22 pm

» [RP FECHADA] Girls and knives, good brides
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 4:02 pm

» [RP FECHADA] O Conselheiro da Fortaleza De Águas Claras.
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 3:49 pm

» Promoção: Convide seus amigos
por James Lannister Qua Fev 15, 2017 11:40 am

» [Quest Narrada] The father's bones
por The Maiden Made of Light Qua Fev 15, 2017 7:12 am

» Quest narrada - Bravo?
por Lorien Hill Qua Fev 15, 2017 6:56 am

» Quest Narrada - Sussurros
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:23 pm

» [Quest Narrada] O satã
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:15 pm

" />

[RP Aberta] Iron From Ice

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Haden Forrester em Dom Abr 03, 2016 6:08 pm

Iron From Ice
RP Aberta! Ironrath se prepara para receber Haileigh Stark como nova Lady Forrester. Todo o castelo está animado com a ideia, os preparativos para o casamento já estavam sendo feitos, mas haia certa incerteza e relutância entre Haden e Ayra. Era dia, o céu estava nublado, ameaçando chover ou até mesmo nevar. Estava muito frio, então a lareira do salão principal estava acesa com a chama azul de Ironwood. Qualquer Forrester pode postar assim como a lady Haileigh Stark. Qualquer outro que queira participar deve postar chegando aos portões de Ironrath, mas não entrando.
avatar
Imagem :
Mensagens : 99
Nome do jogador : Gald
Dragões de ouro : 47
Veados de prata : 107
Estrelas de cobre : 5
Salário extra : 12%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Ayra Forrester em Qua Abr 13, 2016 11:13 pm


WINTER BIRD
I am moved by the chill, Hear the winter bird sing.

Agrande  parede de pedra fria fazia contato direto com minhas costas e eu conseguia sentir o vento cortante transpassar pela pequena fresta da grande janela de vidro e tocar de leve minha face. Mesmo com o pequeno incomodo, me mantive parada, encostada ali com os olhos fechados. Frio era, sem dúvida, um clima que eu gostava. Muitos me achavam louca por isso, mas para mim não havia nada melhor. Exceto um daqueles dias com um lindo sol e vento frio que com a junção dos dois, tornava tudo mais agradável. Aos poucos abri meus olhos e pude ver a paisagem lá de fora. Em algumas horas chegaria a chuva ou neve e ficar sem um casaco seria praticamente impossível.

Você, provavelmente, se pergunta o que estardalhaços eu estaria fazendo aqui como uma depressiva no meio de uma crise, certo? Bom, os preparativos para o casamento de Haden e Hai já estão sendo feitos e com isso, tudo fica um caos. Os empregados correm de um lado para o outro, muitos pedem minha opinião, mas eu não tenho estruturas para dar esse aval. Não sei, mas algo não parece certo para mim, entende? Eu sinto um aperto no peito toda vez que alguém toca nesse assunto e mesmo depois de pensar muito, não consigo entender o motivo. É frustrante. Soltei o ar que nem sabia estar prendendo e me desencostei da parede, fechando completamente a janela. Eu não podia fugir para sempre. O dia estava quase chegando e eu teria que sorrir o tempo todo, mesmo se continuasse com esse aperto.

Meus passos em direção ao salão principal foram tranquilos e calmos. No momento em que cheguei, pude ver algumas flores espalhadas por ali. Flores que não estavam ali antes. Flores azuis. Flores que eu colhi. Flores que eu tinha guardado para levar para papai e mamãe. Senti uma onda de sentimentos percorrer todo meu corpo e quando a mesma chegou em minhas bochechas, deixou-as vermelhas. Uma empregada vinha com um outro vaso, pronta para colocar em um outro canto quando corri em sua direção.

- O que pensa que está fazendo? - Meu tom de voz foi ríspido, o que assustou Leah. Eu jamais fui grossa com nenhum dos empregados, muito pelo contrário. - Responda, Leah! O que estava fazendo com essas flores? - Tomei o vaso de sua mão com força e mantive meu olhar firme em sua direção.  A pobre mulher, um pouco mais velha que minha mãe, tinha os olhos arregalados e abria e fechava os lábios, sem deixar sair nenhum som. - Não me interessa! Eu quero tudo isso fora daqui agora! - Leah tentou argumentar, disse que era para o casamento do "Sr. Forrester" e novamente aquela onda de sentimentos fez seu percurso, só que dessa vez, muito mais forte.

Totalmente cega por esses sentimentos novos, deixei que o vaso em minhas mãos caísse, fazendo um barulho grande ecoar pelo castelo. Corri na direção de todos os vasos e os arrastei até o chão, deixando Leah em um estado de choque com minha reação. Era culpa do Haden! Tudo culpa dele! Ele sabia que rosas azuis eram a nossa marca com nossos pais e fizemos um juramento que jamais usaríamos em outras ocasiões e o que ele fazia? Enchia a casa com as flores! E pra piorar: As flores que eu colhi, podei e tratei com o maior carinho. Meus passos se tornavam cada vez mais rápidos e minhas mãos faziam todo o trabalho de jogar os vasos no chão e outras vezes em alguma parede. Vi um ultimo no chão e com toda força o atirei em direção a uma porta.

avatar
Imagem :
Mensagens : 18
Nome do jogador : ...
Dragões de ouro : 4
Veados de prata : 33
Estrelas de cobre : 4
Salário extra : 4%
Ver perfil do usuário
Nobreza (feminina)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Haden Forrester em Qui Abr 14, 2016 10:53 pm




Iron From Ice.
All Rights Reserved for Flawless
O dia ainda estava claro apesar das nuvens carregadas se movimentando lentamente pelo céu de Ironrath. Haden estava do lado de fora do castelo, mas dentro das fortes muralhas de pedra que se erguiam ao redor da sede da casa Forrester. Havia certa inquietação no castelo, um dos motivos era o casamento que estava por vir.

Era quase impossível de acreditar que uma Stark poderia se casar com um Forrester, mas aquele não era apenas um casamento arranjado por vantagens, era também um casamento por amor. É óbvio que os Stark tinham vantagens, além de criar uma ligação de sangue com seu vassalo mais fiel, também teriam acesso às armas e ferramentas de pau-ferro por um preço muito mais baixo do que qualquer outra casa. E o que os Forrester ganhavam com a união? Apoio do maior exército do Norte e destaque em Westeros, afinal, não é sempre que uma casa quase extinta se ergue das cinzas e fica tão grande quanto seus antigos suseranos, os Glover.

O que fazia Haden caminhando por Ironrath quando tinha tanta coisa para ser acertada para o casamento? Apesar de Ironrath ser um lugar calmo, localizado no coração da floresta de Matadelobos, não era livre de foras-da-lei. Com a aproximação do Inverno, muitos camponeses se espantaram com a ideia de uma invasão dos Caminhantes Brancos ao Sul da Muralha, alguns fugiam para o Sul, mas os mais fiéis ficavam. Porém na noite anterior, um guarda de Ironrath havia desertado. Era esperado do Lorde Forrester tomar uma medida quanto à isso.

Havia mandado duas tropas atrás do desertor, cada uma com três cães farejadores mais bem treinados para a caça, era só uma questão de tempo até o homem assustado ser encontrado e trazido arrastado de volta para o castelo, e com isso, Haden precisaria decidir uma forma de punir o antigo guarda.

Aquela decisão martelava a cabeça do lorde incessantemente, o procedimento comum para um desertor era enviá-lo para a Muralha, porém com a notícia de Ned Stark, sobre os selvagens se organizando e os Outros ressurgindo, Haden não era louco em suspeitar que o motivo do desertor ter fugido era o medo do Norte.

Estava quase entrando de volta no castelo quando ouviu o trotar de cavalos, uma das tropas havia retornado e trazia o fugitivo. Com um longo suspiro, o lorde se virou para os seus homens que traziam o guarda amarrado e com uma mordaça na boca. Aquela visão fez Haden franzir o cenho, então parou no primeiro degrau das escadas que levavam até o castelo e pousou a mão no cabo da Espada Longa Forrester. Olhou para os guardas e então notou que outros servos se aproximavam para ver a confusão.

- Tirem essa mordaça da boca dele, não somos piratas ou criminosos - Ordenou com a voz firme. Os olhos analisavam o rosto do desertor, que parecia assustado com a situação - Eu conheço você, Steffon. Explique-se.

E então o guarda desertor tentou se explicar, balbuciando algumas palavras sobre o Inverno estar chegando ou que a morte vinha com a tempestade. Era claro que ele estava arrependido do que havia feito. As histórias que chegaram do outro lado da Muralha para nós nortenhos eram perturbadoras, mas eram apenas histórias. Steffon era jovem, com certeza havia se apavorado e desertado sem pensar duas vezes, então Haden estreitou os olhos e desembainhou a espada longa, tocando com sua ponta no chão.

- Eu, Haden da casa Forrester perdoo Steffon Snow pelo crime de deserção e baixa traição. Você passará dois meses nas celas de Ironrath e depois disso irá retornar ao seu posto, mas essa é a única exceção - Aproveitou os olhares dos outros servos do castelo e então elevou a voz - Não há nada do outro lado da Muralha além de selvagens e muita neve. Nada irá invadir o Norte, as histórias que vocês ouviram são falsas. O próximo desertor será enviado para a Muralha para ver com os próprios olhos o vazio que tem tanto assustado esse homem. Retornem às suas tarefas. - Declarou. Então embainhou a espada novamente, satisfeito por sua ação como lorde. Virou-se em direção à porta de entrada do Grande Salão e adentrou o castelo.
______________________________________________________

Adentrou o salão principal de Ironrath, percebendo certa perturbação no ambiente. Vasos estavam quebrados por todas as partes com flores azuis espalhadas em meio aos cacos. Os olhos analíticos do lorde varreram a sala estudando cada detalhe. Pode ver a serva Leah paralisada em estado de choque por algum motivo, então os olhos encontraram Ayra, a pequena Forrester estava terminando de arremessar um último vaso contra uma das portas que levava aos quartos.

Os olhos de Haden se estreitaram, então pigarreou, chamando atenção das duas para si. Caminhou lentamente até a serva e pousou a mão em seu ombro, olhando para seus olhos marejados e sua expressão assustada. Os lábios da serva tremiam mas não era possível ouvir nenhum som saindo de sua boca. Haden sorriu com o canto dos lábios e disse ternamente:

-Descanse por hoje, Leah. - E então a mulher deixou o salão às pressas. Imediatamente Haden respirou fundo, suspirando alto logo em seguida e andando até a irmã. A conhecia muito bem para saber que algo havia a irritado, e muito. Se controlou intensamente para não tomá-la em seus braços naquele momento e beijar seus doces lábios para acalmá-la, como havia feito muitas vezes no passado, mas agora estava noivo e qualquer pessoa poderia entrar no cômodo naquele exato momento, então simplesmente parou na frente da garota e umedeceu os lábios antes de falar: - Ayra, o que... -  Se interrompeu no meio da fala. A mão direita segurou o pulso da menor firmemente.

Puxou a menor pelo braço até o espaço atrás da lareira, odiava vê-la frustrada daquele jeito, e desconfiava o motivo. Desde que o anúncio do casamento havia sido feito, Ayra esteve muito distante. Sabia que ela sentia ciúmes, afinal, o irmão dela estava agora indo se casar com outra mulher que ela sequer conhecia. E esse mesmo irmão compartilhava sentimentos fortes com ela. E segredos.

Após estarem ambos seguros e escondidos atrás da lareira, Haden pressionou a menor contra a parede de pedra e quando estava prestes a roubar um beijo de seus lábios, mordeu o próprio lábio ínfero, afastando-se um pouco da menor e elevando a mão direita para acariciar seus cabelos como sempre fazia em seus momentos íntimos. Tomou ar e fitou os olhos de Ayra. Queria tomar seus lábios, queria matar a sede, mas agora era fiel à Haileigh Stark, então balançou a cabeça negativamente e perguntou em um tom de voz baixo:

- Por que estava quebrando os vasos, Ayra? - A voz saiu calma e controlada.Precisava achar algum jeito de dizer à irmã que os seus deslizes, seus encontros noturnos, por mais movidos por amor que fossem, teriam que parar. Então aguardou a resposta da menor, esperando-a tocar no assunto.


Treino:
Arte da Guerra
avatar
Imagem :
Mensagens : 99
Nome do jogador : Gald
Dragões de ouro : 47
Veados de prata : 107
Estrelas de cobre : 5
Salário extra : 12%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por The Maiden em Sab Abr 16, 2016 3:03 pm

Avaliação de treino de habilidade
[Haden Forrester]
Ainda que o seu treino seja irrepreensível de qualquer forma, não aprofundou muito a habilidade de Arte da Guerra uma vez que as decisões tomadas foram corriqueiras. Contudo, tal é compreensível. Tirando isso, foi um ótimo treino. Continue assim!


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 8% de experiência pelo atributo de inteligência com 4 pontos
- 15% de experiência por ter a habilidade no nível 4

Recompensas
+ 107 pontos de experiência em espada
avatar
Imagem :
Mensagens : 413
Nome do jogador : Soph
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Haileigh Forrester em Qua Abr 20, 2016 12:21 am

Purpose


can you hear us beating heart?
And you've given me the best gift that I've ever known

Passava mais um dia na cama, deitada de bruços abraçando o travesseiro olhando para um ponto fixo deixando o cansaço e preguiça me dominarem enquanto a cólica se tornava crescente, assim como a náusea, o cheiro de carneiro invadia e impregnava o cômodo dando-me repugnância e arrepios que salivavam minha boca retirando todo meu apetite causando-me desconforto.
Ninguém nunca ligou para meu péssimo hábito alimentar, minha alimentação sempre foi desregulada e a falta de fome era comum ou até mesmo a pouca quantidade de comida em meu prato, admito que nem eu me importava mais com aquilo. Mudando de posição por conta da náusea, deitei-me de lado mantendo o travesseiro junto a mim e deixando meu pensamento voar longe.
  E se meus pais ainda estivessem vivos? Eu estaria aqui tendo a vida que estou levando? Poderia viver minha paixão sem que eles impedissem? Teria minha vida longe de ataques de pânico e próximo do apetite mais saudável?
Me perguntava e o suspiro pesado me tomou juntamente com os olhos que se tornavam marejados devido aos pensamentos,  era sensível e chorava até pela folha que caía longe da árvore mas nos últimos dias tudo havia tomado uma maior proporção. Ao suspirar senti ainda o cheiro do carneiro que impregnava o ambiente, rolei os olhos bufando baixo me sentando na cama sem pressa alguma e me erguendo indo diretamente para a janela a fechando.
-Por que jogam tanta água no fogo?  
Perguntei em um baixo deixando o estrondo da janela ecoar e a tranquei assumindo agora o sentimento de raiva, virada para a grossa madeira passei as mãos pelos cabelos os jogando para trás e puxei as cortinas cobrindo a janela deitando o quarto ainda mais escuro. Ecoei em direção a cama e em um girar de calcanhar me virei para o quarto notando ele em um todo, como nunca havia mudado meus móveis?
Com minha pergunta caminhei para a cama me sentando e pegando novamente o travesseiro deixando em meu colo, três batidas na grande porta quebraram o silêncio e com sono relutei para levantar até enfim chegar à porta e abrir uma pequena brecha.
-Oi Clyne…  Entra rápido…
Disse pegando de leve em seu braço induzindo-a a se apressar e logo fechei a porta, levei as mãos ao estômago e suspirei caminhando para a cama com passos curtos. Clyne manteve os olhos em mim e franziu as sobrancelhas deixando clara a grande interrogação que ocupava sua mente, apontou com o dedo indicador para a janela e ergueu as mãos deixando a palma para cima.
-Insônia pela noite e quer tomar o sono pelo dia novamente, Haileigh?
Perguntou a mulher posicionando-se a minha frente e com passos rápidos a mesma arrumou os travesseiros em minhas costas de modo inclinado para que eu pudesse me encostar, no dia anterior havia mentido sobre a falta de sono como um meio para justificar meu cansaço e moleza, olhei-a e sorri levemente decidindo encerrar a mentira que havia criado.
-Não... O cheiro do almoço me trouxe náuseas e pareço ter estado em uma guerra por conta do cansaço e sono...
Disse deitando minhas pernas para fora da cama e me esticando para pegar o travesseiro que abraçava momentos anteriores, as sobrancelhas de Clyne permanecer unidas e ela cruzou os braços deixando seus olhos em meu corpo em análise rápida e então se sentou na ponta da cama batendo no colchão para que eu esticasse minhas pernas e assim o fim.
-Quando se ama um homem somos capazes de qualquer coisa, capazes de nos arriscar e ir contra nossos próprios medos e agir contra nossa personalidade, acreditam que chegamos a nos desafiar. Quando eu amei, pensei que entregando-me ao meu marido seria o melhor gesto de amor que poderia fazer e não errei, dei-lhe Leo e Cleo... Sei sonho sempre foi ter sua família, lembro de você pequena brincando com bonecas e cuidando das outras crianças menos que você. Você cuidou do Ned e de Dmitri colocando eles como prioridade em sua vida...
Ouvia Clyne e dava-lhe toda atenção, sentia meu coração se acelerar e minhas bochechas queimarem apenas em pensar na possibilidade dela descobrir de minha noite com Haden após falar sobre o amor. Engoli a seco cada momento e meu indicador batia em nível rápido contra o travesseiro indicando minha insegurança, meus olhos se arregalaram e a respiração agitada fazia o movimento de meu peito ser maior.
Clyne sorrio acariciando minha perna e ergueu as sobrancelhas logo as descendo deixando sua expressão serena e despreocupada até que um sorriso tomou seu lábio
-Não fique nervosa, respire devagar para não perder o ar e termos que nos preocupar de verdade... Menina Haileigh,  venho notado você e não possuo a mesma inocência que a sua e não possuo sua idade... Você ama seu prometido, está apaixonada e encontrou nele a realização de seus sonhos, chamou meninas noivas e casadas para uma conversa a fim de entender o que sentia e o assunto se estendeu para algo que pudesse te trazer ainda mais realização e demonstrou interesse em saber como acontecia e como deveria se portar. Conheço você, seu jeito tímido e meigo, inocente e curioso, sabe que não é de mentir e que nunca mentiria, por isso quero que me diga a verdade para que possamos entender o que vem lhe acontecendo. Na noite em que Haden Forrester esteve aqui, quando pediu sua mão em casamento e a bênção de Lord Stark, aconteceu algo mais... Íntimo entre vocês?
Do indicador para o polegar, sentia em mim um repentino agito que me deixou inquieta e balancei a perna em ritmo comum ao agito do polegar e mordia minha bochecha interna, puxei o ar pela narina com certa dificuldade e  os olhos marejados denunciava e substituía a necessidade de meu dizer. Era uma mistura de vergonha com timidez pelo assunto e medo do que poderia estar acontecendo, em minha mente não se passava nada, nem sequer o entendimento mínimo para que pudesse ligar o fato do ato íntimo com a consequência da gravidez.
Ao piscar a lágrima rolou pelo rosto e abaixei a cabeça escondendo o choro, sentia meu coração se apertar com o medo e vergonha até que pude sentir o carinho em minha perna acabar e em seguida o abraço protetor de Clyne me tomar dando-me total segurança. Abraçava seu braço e escondia meu rosto deixando que as lágrimas rolassem sem qualquer pudor, a carícia no topo de minha cabeça e o som que ela fazia para me acalmar aos poucos surtiam efeito, como abraço desatado ela pegou meu rosto acariciando espantando as lágrimas e sorrio como em um incentivo.
-Me desculpa, eu queria tanto ele, quero tanto ele que não suportaria perder a chance de ficar longe daqueles braços... Foi eu quem interrompi a noite dele, estava tudo pronto para se entregar ao sono quando invadi seu quarto...
Confessei com grande pesar, sentia um grande pesar naquele momento e uma fisgada me fez reclamar baixo de dor, a cólica que havia cessado retomava aos poucos, Clyne balançou a cabeça em reprovação não condizendo com sua expressão calma e tranquila, acariciando meus cabelos ela sorrio depositando um beijo em minha testa.
-Sente dor nos seios...?
Ela perguntou examinando meu corpo e erguendo minhas sobrancelhas levei minhas mãos aos seios em defesa e uni as sobrancelhas afirmando em um movimento de cabeça. Levei uma das mãos ao rosto espantando as lágrimas engolindo novamente a seco sentindo minha garganta queimar.
-Deite-se…  
Disse ela já apoiando as mãos em meus ombros me induzindo ao ato de deitar e assim fiz, a olhava curiosa e minha mente em fim encontrou uma resposta para o que ela queria dizer. Uni as sobrancelhas tentando olhá-la e ela calmamente pressionou os dedos em meu abdômen tateando descendo aos poucos para meu ventre, senti um calafrio percorrer minha espinha e um tremor me tomou me fazendo desviar o olhar e reparar na tocha acesa que emitia o brilho do fogo e seu calor aqueceu minha alma por breves segundos, ao sentir uma pressão maior em um certo ponto de meu ventre causando desconforto reclamei de dor em um gemido baixo.
-Ai!
-Haileigh… Você carrega uma criança...

Com a notícia ergui as sobrancelhas espantada e me sentei na cama em um rápido movimento tendo minhas mãos como apoio, meus olhos olhavam os dela demonstrando minha confusão.
-O QUE?
Perguntei em um alto sem ter força para poder controlar meu tom, levei ambas as mãos para minha boca me calando e de modo inconsciente as lágrimas tornaram-se presente e uma risada nervosa porém baixa me tomou por poucos instantes, minha mente corria a mil, meu coração batia de modo ágil e logo a risada se tornou choro.
-Estou grávida?
Perguntei mais baixo retirando as mãos da boca para que Clyne pudesse ouvir, espantando as lágrimas em um movimento com as mãos pelo rosto a mulher afirmou sem esconder o largo sorriso de seu rosto e toda a tensão de meu corpo se desfez, uma risada alta me tomou e me levantei jogando-me nos braços de Clyne em um abraço apertado.
Fechei meus olhos sentindo como se meu corpo pudesse explodir de emoção, todo o vazio e perguntas desapareceram da minha mente e entendia ali que tinha meu propósito, entendia o motivo de ter permanecido viva ao ataque que matou meus pais e estava completamente anestesiada das náuseas, cólicas e dores abdominais.
O abraço de Clyne foi acolhedor, quase pude sentir estar nos braços de minha mãe e sentia ali um grande radiar de minha alma em extrema felicidade sem considerar qualquer dúvida.
Me ajoelhei na cama finalizando o abraço e com a visão embaçada pelas lágrimas ri animada tocando meu ventre o acariciando, sentei sobre minhas pernas sentindo as lágrimas umedecerem meu rosto e algumas caíam sobre minha perna.
Estava acontecendo, meu maior sonho estava se tornando realidade, passei as mãos pelos cabelos os jogando para trás e me deitei na cama de barriga para cima sem deixar de tocar a região de meu ventre e fechei os olhos para que pudesse sentir a criança que residia em mim, Clyne me assistia com completa atenção preparada para caso acontecesse e sua animação era tão visível quanto a minha.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

1 semana  após a descoberta.

Clyne ajudava-me a guardar meus vestidos e outras peças em um novo baú, sua preocupação era notória e sua negação a minha partida era clara quanto o céu em um bom dia, em meu corpo corria um arrepio trazendo-me adrenalina. Acabando de guardar minhas poucas jóias em um baú menor olhei para meu quarto, o mesmo quarto que havia crescido,o quarto que me acolheu quando os pesadelos se faziam presentes, o quarto onde secretava meus choros tantos de tristeza quanto os de alegria. O suspiro me tomou e Cleo se aproximou de mim repousando as mãos em meu ventre logo o acariciando de modo disfarçado se preocupando com o tom de sua voz.
-Como se sente com essa mudança? Não acha que a viajem possa ser ruim no momento? Seus enjoos pioram e esse seu olfato anda cada vez melhor...
Sorri para Cleo logo me virando para ela em um singelo girar de calcanhar, abaixei o olhar para onde sua mão repousava e o sorriso bobo me tomou, já possuía tantos bons sonhos tendo aquela pequena semente já nascida e mal poderia esperar para que a silhueta crescesse e poder exibir meu sonho de ser mãe.
-Minha única preocupação é estar velha demais para isso, visto que não estou na melhor idade... Fora isso, nada me incomoda... Não, mentira, o cheiro de nozes e de limão me incomodam, assim como bananas... Mas isso é outro assunto.
Digo com humor e me arrepio em completo nojo apenas em imaginar bananas, torço o nariz e Cleo ri se agachando depositando um rápido beijo pouco abaixo de meu umbigo, havia criado grandes laços com ela e era recíproco, após a ação da jovem um guarda apareceu na porta do quarto anunciando que tudo estava pronto para minha partida e entrelacei meus braços aos de Cleo recomendando segredo sobre minha situação. Se houvesse qualquer pequena especulação poderia ganhar grande força e novas verdades e perder o controle da situação, era grande segredo onde apenas Katherine, Arya, Cleo e Clyne sabiam.
Caminhando pelos corredores me vinha a lembrança da especulação de Kate e Arya, ambas apontando meus sintomas e dando-me grandes esperanças quando nem eu sabia o que acontecia. A brincadeira sobre meus vestidos estarem apertados em meus seios era real, e até as gozações sobre o modo como eu tentava disfarçar a vontade de vomitar e como eu corria para o banheiro encheram meu peito de pesar e pude o sentir tão pequeno quanto uma uva, por conta de suas vidas mal pude me despedir do modo como quis e a última lembrança que tinha do nosso trio era em um caminhar por Winterfell.
Suspirei pesado deixando o sorriso se formar em meu rosto e ao chegar na carruagem envolvi Cleo em um forte abraço tendo como sequência os braços de Clyne.
-Eu mo tanto vocês e quero-as em meu casamento... Diga à Kate e Ary que eu as amo também e que vou saber me cuidar... Nunca vou me esquecer de vocês, obrigada por tudo... E mande Robb Stark tomar banho, lavar atrás da orelha e esfregar os pés...
Brinquei ao fim sem perder a oportunidade de implicar com meu primo, Robb havia se tornado um irmãos mais velho para mim e não escondia isso. Havia prometido a mim mesma que não iria chorar, não choraria ao deixar Winterfell uma vez que planejava voltar sempre que possível, com auxílio de um escudeiro subi na carruagem e sentei-me próxima da pequena janela deixando meu sorriso exposto para Cleo e Clyne.

Estimava-se dois dias de viagem, dois dias enclausurada tendo apenas a companhia de tecidos e agulha para tecer e me ocupava com gosto. Planejava pequenos sapatos de lã, blusas e até luva para quando o inverno rigoroso atingisse a criança após o nascimento. Com as paradas planejadas caminhava por breve espaço não indo longe da carruagem e notava a bandeira Stark pendurada que com o vento frio se movia de modo descoordenado.
Rodger era o homem que conduzia os cavalos e ele me contava sobre sua família, pai de três filhos ele confidenciava seus sentimentos como pai e me fazia criar expectativas sobre como Haden agiria, sabia que não iria me decepcionar com sua atitude mas a inseguranças sempre parecia me assombrar.

O frio me obrigou a vestir um novo sobretudo, o ar gélido chegava a castigar alguns cavalos e atrasou a viagem por algumas horas, sentia-me agitada e ansiosa para chegar ao castelo, não pelo grande desejo de chocolate quente com morangos e castanhas mas sim pela saudade que sentia de Haden. Apenas ao pensar em ver aquele sorriso, par de olhos azuis e abraço aconchegante e protetor o sorriso bobo já me tomava e me fazia desejar ainda mais minha chegada, como era possível amar tanto alguém? Como era possível não saciar da presença e já sentir o corpo aquecer pela presença do dito cujo?
O grande portão de Ironrath se abria com o aproximar da carruagem, o largo sorriso e a forte palpitação me fez grudar na janela vendo o castelo se tornar cada vez maior e minhas bochechas coraram ao ouvir chamarem meu nome anunciando minha chegada e uma ordem para que avisassem a "Lord Forrester". Em um movimento rápido, escondi no fundo de meu baú o par de sapatos e luvas de lã que havia feito e posicionei-me corrigindo minha postura e apoiando as mãos em minhas coxas fingindo uma completa distração e procurando agir de modo natural, torcia para que pudessem abrir o mais depressa a porta e me libertar da caixa ambulante em que havia sido refém por dias, o parar me fez sorrir de modo envergonhado para o homem que se certificava de minha presença e me libertava, seu auxílio foi necessário e fui guiada para a porta do castelo onde uma dúzia de homens cercavam-e em proteção.
 O forte vendo gélido me atingiu arrepiando minha espinha e todos os pêlos de meu corpo, cobri minha cabeça com o capuz e arrumava a luva em minhas mãos enquanto adentrava o castel em passos curtos aguardando a presença de Haden.
-Obrigada senhor... Poderia por gentileza e bondade providenciar algo par que meus cavalos possam se alimentar e se aquecer? Peço o mesmo para o homem que me trouxe...
Disse em um tom baixo para que apenas ele pudesse ouvir, apesar da extrema timidez não gaguejei ou escondi as necessidades dos que me acompanharam, em uma afirmação com a cabeça o homem se afastou levando consigo o o trabalhador que havia trago até dobrar um corredor e sumir de minha vista.
A espera fazia meu coração palpitar cada vez mais forte, meus polegares se moviam em movimento circular indicando meu nervosismo e suspirava baixo logo sentindo o cheiro mais forte de flores.




Última edição por Haileigh Stark em Qua Abr 20, 2016 10:46 pm, editado 1 vez(es)



I'm Haileigh Stark
avatar
Imagem :
Mensagens : 52
Nome do jogador : Thai
Dragões de ouro : 13
Veados de prata : 199
Estrelas de cobre : 3
Salário extra : 6%
Ver perfil do usuário
Nobreza (feminina)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Gian Forrester em Qua Abr 20, 2016 1:08 pm



MATADELOBOS

Nenhum jovem lorde nortenho estaria naquela situação em um dia tão importante, mas Gian não era comum nem entre os lordes e nem entre os nortenhos.
Estava com uma calça surrada e botas manchadas pela lama de matadelobos. Sua blusa estava em um tronco por ali. Carregava além de suas roupas somente a lança entalhada em ouro, que tinha sido presente de seu irmão. Gian sabia muito bem que teria de estar em Iroonrath logo. Haileigh Stark iria chegar a qualquer momento e ele nem sabia pronunciar seu nome ainda.

Enquanto perdia seus pensamentos em Iroonrath e nos Starks sentiu a lâmina de Connor raspar em seu abdômen, deixando um leve e quase imperceptivel corte, que trouxe o Forrester de volta a realidade.
-Pensando em caminhantes brancos, meu Lorde?
-Depende do ponto de vista. - A fala foi acompanhada de um sorriso... Era vez de Gian avançar.
Girando a lança em seu braço direito e a segurou pela extremidade, buscando uma estocada na coxa direita de seu "inimigo". Connor desviou com certa facilidade quando girou seu corpo para o outro lado, mas o nobre já contava com isso. Gian segurou a lança com as duas mãos a passando rapidamente quase pelo chão, de forma rasteira a arma riscou a canela direita de Connor, que automaticamente se ajoelhou pela dor ao firmar a perna.

Connor tinha um corpo maior que Gian, era mais forte e mais definido, o que facilitava o aproveitamento da agilidade do Forrester, mas aquilo não acabaria ali.
Gian agora buscava finalizar seu inimigo quando voltou a lança para perto de si e a girou, segurando perto de onde a lâmina se posicionava. Em seguida, com certa força estocou o peito do rapaz que ainda estava ajoelhado com a parte sem corte da lança. O impulso empurrou o soldado para o chão.
-Você estaria morto se fosse um duelo agora, Connor.
O rapaz sorriu de volta, soltando a espada enquanto balançou os braços.
-Bem... Não é. Pode pelo menos me ajudar a levantar?
A expressão de Gian era a mesma de quem sempre ganhava, e assim ele caminhou até o outro, esticando a mão que foi agarrada pelo o companheiro. Em um puxão Connor se ergueu, mas talvez tivesse tido força demais, visto que o corpo dos dois estavam agora colados.
Gian não proferiu nenhuma palavra, e também não desviou os olhos dos olhos do amigo... Por algum tempo.
-É melhor voltarmos. A noiva de Haden já deve estar em Iroonrath. Não quero que Haden pensa que não faço questão do casamento...

Connor somente concordou e pegou sua camisa, a vestindo enquanto guardou sua espada. Gian fez a mesma coisa, apoiando a lança em uma tira de couro em suas costas. Connor era filho de um dos chefes de armas mais antigos e leais de Iroonrath, provavelmente iria compor a guarda de Haden em alguns anos, e para que isso se cumprisse, ambos treinavam juntos em alguns momentos.

IROONRATH


Enquanto se aproximavam do castelo Forrester, Gian já podia perceber uma movimentação estranha, e isso fez com que ele apresasse os passos. O rapaz já conseguia avistar os standartes da loba, que se aproximavam cada vez mais de Iroonrath.
-Pode ir, Connor. Irei para o salão de entrada. Lady Stark já chegou.
Assim que chegou em Iroonrath, Gian se colocou na entrada do castelo, observando as carruagens pararem e dezenas de soldados, tanto Forrester quanto Starks montavam defesa. Alguns até mesmo se cumprimentavam.
O fato era quem Haden não estava por ali. Muito menos Ayra. Então, restou para Gian com suas roupas surradas, arma nas costas e cabelo molhado de suor receber a noiva de Haden e a guiar até a sala de Iroonrath. E era o que ele iria fazer.

Assim que Haileigh apareceu, Gian firmou sua postura séria, esperando que ela se aproximasse até a real entrada do castelo que agora, seria Lady.
O jovem lorde logo dobrou um pouco o joelho, em posição de respeito tanto a donzela, como ao seu nome, visto que ela era sua suserana.
-Sou Gian Forrester, irmão mais novo de Haden Forrester, braço direito de Iroonrath!
Ao beijar gentilmente a mão da garota, Gian voltou sua postura, enquanto a convidou para entrar.
-Tenho certeza que Haden esta por aqui.

Ainda não tinha entendedido o fato de Haden e Ayra não estarem ali para receber a garota, mas ele continuou guiando Haileigh até o salão principal, o que ao chegarem, talvez não tivesse sido uma boa ideia.
A cena era um pouco pertubadora... Vasos quebrados pelo chão, panos espalhados pela sala, rosas totalmente esparramadas por todos os lugares e mais ao fundo e Gian e Haileigh ali... Ambos boquiabertos com o visual do salão.
-Então... Bem vinda a Iroonrath. Espero que tenha gostado da decoração.

Gian não soube como reagir, e talvez achasse a cena um pouco engraçada. O fato era que ou tinha havido uma guerra ali, ou o decorador não estava de bom humor naquele dia tão importante para a união dos Forrester's e Starks.


Habilidade Treinada:

Lança

Padfoot™
avatar
Mensagens : 38
Nome do jogador : J.
Dragões de ouro : 12
Veados de prata : 79
Estrelas de cobre : 4
Salário extra : 4%
Ver perfil do usuário
Nobreza (masculina)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Ayra Forrester em Qua Abr 20, 2016 9:12 pm


WINTER BIRD
I am moved by the chill, Hear the winter bird sing.

Assim que o barulho alto do último vaso se chocando contra a porta foi ouvido, pude notar a presença dele no recinto. Na verdade, foi seu pigarro que o fez notável. Meus olhos se estreitaram em sua direção e eu pude observar seu caminhar calmo até Leah. Ele tocou no ombro da serva, que ainda tinha os olhos arregalados e lábios trêmulos, e com aquele sorriso que transparece calma para todos, disse que a mesma poderia tomar o resto do dia de folga. Leah, como se estivesse fugindo de algo terrível, deixou o salão às pressas e eu confesso que foi nesse momento que o sentimento de culpa se alastrou no meu peito. Eu tinha sido rude com alguém que sempre esteve lá por mim, por alguém que cuidou de mim, ouviu meus choros e me acalmou em grandes momentos. Me senti terrível.

Contudo, esse sentimento não foi suficiente para tirar a culpa de Haden da minha cabeça. Ouvi seu suspiro e seus passos calmos em minha direção. Meus olhos passaram por cada centímetro de seu rosto. Começou por seu maxilar definido, não deixando o pequeno furo no queixo passar despercebido. Um furo idêntico ao do meu pai. Seu nariz, que era idêntico ao de mamãe e por fim, seus olhos. Os olhos azuis que tantas vezes me confortaram e que agora me olhavam de uma maneira que não consigo explicar. Haden tentou falar, mas interrompeu-se e senti sua mão envolver meu pulso firmemente. Eu tentei puxar, mas ele não deixou e por sua vez, puxou-me para o espaço atrás da lareira.

Como ele ousava? Como ousava usar as flores de nossos pais para seu casamento com uma mulher que eu sequer conhecia? Era sempre Hai para cá, Hai para lá e Lady Stark para acolá. Mamãe não gostaria disso também, tenho certeza. Muitos podem achar que isso é ciúme e... Céus! Que se dane se é ciúmes ou não. Ele não tinha o direito de usar as flores e ponto. E eu não sou assim. Eu não costumo agir assim, não sou rude com ninguém além de Gian... Eu realmente não sei o que está acontecendo comigo. Não sei.

Meu coração iniciou uma palpitação mais forte quando senti meu corpo sendo pressionado contra a parede de pedra e Haden se aproximar de meu rosto. Seus lábios entreabertos chamaram minha atenção e eu não conseguia desviar meus olhos dali. Imaginei, por um segundo, esses lábios sendo encostados nos meus, mas logo os afastei. Haden iria se casar, eu tinha consciência disso. E como se lembrasse da mesma coisa que eu, Haden mordeu seu lábio inferior e se afastou de mim. Contudo, elevou sua mão direita e acariciou meus cabelos, como costumava fazer em nossos momentos mais íntimos. Fechei os olhos e comprimi os lábios. Ele não podia fazer isso.

Quando abri meus olhos, encontrei os de Haden e eu pude sentir o mesmo desejo que o meu exposto nas duas bolas azuis. Então, uma negação foi feita com sua cabeça e eu suspirei, abaixando minha cabeça quando ouvi sua pergunta. – Você ainda pergunta, Haden? – Minha voz também foi calma enquanto eu fitava o chão. – Você sabe muito bem que rosas azuis são nossa marca com nossos pais e você as usa para decorar seu casamento com uma... – No meio da frase, meu tom de voz foi ficando mais áspero e eu tive que me conter para não falar algo feio ali. – Com uma desconhecida. – Respirei fundo, controlando meus sentimentos. Talvez eu não estivesse assim pelas rosas. Talvez eu estivesse assim porque Haden não se deu ao trabalho de falar comigo sobre tudo isso.

Como que ficaríamos? Como tudo ia ficar agora? Claro que eu tinha em mente que teríamos que parar com qualquer exposição de afeto mais... intima, mas ele tinha que ter falado comigo. Eu merecia uma explicação, não merecia? Eu... Céus, eu não sei nem o que estou falando mais. – Tudo isso é muito confuso, Haden. – Assumi em voz alta, deixando que minha testa se encostasse no peito do maior e um suspiro escapulisse de meus lábios. – Eu não sei mais o que está acontecendo aqui dentro. – Fechei meu olhos, tentando afastar a vontade de chorar que aos poucos chegava. E apesar de tudo, eu sabia que ele entenderia que estava falando de mim, dele, de nós.

avatar
Imagem :
Mensagens : 18
Nome do jogador : ...
Dragões de ouro : 4
Veados de prata : 33
Estrelas de cobre : 4
Salário extra : 4%
Ver perfil do usuário
Nobreza (feminina)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Haden Forrester em Qui Abr 21, 2016 12:10 am




Iron From Ice.


All Rights Reserved for Flawless
A fala agressiva de Ayra pegou Haden de surpresa, nunca tinha visto ta revolta no olhar da irmã, muito menos o tom firme em sua voz. Ouviu as palavras dela, seus protestos, suas aflições, então a recebeu nos braços, abraçando-a e acariciando seus longos cabelos loiros. Respirou fundo para sentir seu aroma, amava tudo na irmã, apesar de vê-la revoltada daquele jeito, esse sentimento não se alterou, nunca se alteraria.

Respirou pesadamente, então beijou o topo da cabeça da irmã, ficando ali em silêncio com ela por um tempo. Entendia a confusão que Ayra estava passando, Haileigh era, para ela, uma estranha. Foi Haden quem passou sete anos em Winterfell, fora ele quem conheceu os Stark e amava a loba platonicamente. Na época os irmãos não se viam, não havia o sentimento íntimo entre eles, o que deu a oportunidade para o Forrester se apaixonar e sonhar com a Stark.

- Ela não é uma estranha, Ayra - Disse em um tom baixo e compreensivo - Conheço Haileigh dos meus sete anos em Winterfell, ela é uma mulher doce, com o sonho de ser mãe, tímida como uma lady de quinze anos. Vocês vão se dar muito bem, minha princesa. Eu sei que vão.

Então Haden ouviu o som de portas se abrindo, em seguida, passos. Arqueou a sobrancelha, aquela cena com Ayra talvez tivesse dado tempo para Haileigh chegar. O coração do lorde disparou, então desfez o abraço na irmã delicadamente, beijando-lhe a testa. As mãos deslizaram pelo corpo da menor até tocar suas mãos, segurou firmemente e a olhou nos olhos, abaixando-se para ficar a sua altura, sorri ternamente e sussurrou:

- Vamos conhecer sua cunhada, princesa. Eu te amo, Ayra.

Então deu o braço à irmã, andando tranquilamente em direção ao salão principal, preparado para receber a noiva. Saiu de trás da lareira vendo Gian ao lado de Haileigh, olhando assustado para a bagunça que havia sido feita mais cedo. Pensei em falar algo, explicar o que tinha acontecido, mas era o lorde da casa, minha palavra era lei. Gian e Ayra não questionariam, então meus olhos seguiram até a garota de cabelos negros, parada ali, bela e imponente como a tempestade do Norte, então o dia de Haden se iluminou.

O coração bateu forte em seu peito, um sorriso não pôde ser evitado, se desenhando no rosto de Haden involuntariamente. Os olhos pareceram brilhar ao ver a mulher que amava, então umedeceu os lábios e se aproximou mais do irmão e da noiva, estava um pouco preocupado com Ayra e temeroso por Gian estar no mesmo ambiente que a irmã, isso não era comum. Notou o suor do irmão, provavelmente estava treinando antes da chegada de Haileigh.

- Perdoem-me pela bagunça, Ayra teve um problema mais cedo - Aquelas palavras bastavam para o lorde de Ironrath. Agradeceu Gian silenciosamente pelo olhar. A ligação que tinha com o irmão era forte, eles conseguiam se comunicar sem sequer dizer uma palavra, apenas por olhares e expressões, então soltou o braço da irmã, aproximando-se mais de Haileigh e tomando suas delicadas mãos, levando uma até os lábios e beijando seus dedos - Minha amada, minha vida. Senti sua falta, mal podia esperar sua chegada. - Então se posicionou do lado da noiva, olhando para Gian e Ayra - Irmãos, essa é Haileigh Stark de quem eu tenho tanto falado, minha noiva. - Então virou-se para a amada, meneando a cabeça na direção dos irmãos - Essa é Ayra Forrester, minha irmã mais nova, acho que vocês se darão muito bem. E este é Gian, você já deve conhecê-lo. - Após as apresentações, ficou na frente da noiva, segurando suas mãos, olhava para ela contempando seu belo rosto de perto, notando seus traços da mesma forma que havia feito em Winterfell - Sente fome, minha noiva?
avatar
Imagem :
Mensagens : 99
Nome do jogador : Gald
Dragões de ouro : 47
Veados de prata : 107
Estrelas de cobre : 5
Salário extra : 12%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Many-Faced God em Sex Abr 29, 2016 5:48 pm

Avaliação de treino de habilidade
[Gian Forrester]
Notei alguns erros no nome dos locais, por exemplo, "matadelobos" quando é "Mata de Lobos" ou "Iroonrath" quando é apenas "Ironrath", mas como este último é um nome inglês, não sofre desconto. Na frase "Girando a lança em seu braço direito e a segurou pela extremidade" está um erro, nas formas verbais usada, o correto seria:
"Girou a lança em seu braço esquerdo e a segurou pela extremidade"
Ou então, separando com uma vírgula:
"Girando a lança em seu braço esquerdo, a segurou pela extremidade"
Fora isto, deu poucos erros, apenas um ou outro de digitação.

Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (36/40)
+ Estrutura e Coesão (29/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (9/10)

Total (94/100)


+ 15% de experiência pelo atributo de inteligência com 6 pontos
- 10% de experiência por ter a habilidade no nível 5

Recompensas
+ 99 pontos de experiência em lança




avatar
Imagem : Stranger, Stranger...
Mensagens : 819
Nome do jogador : Ross
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Haileigh Forrester em Sex Maio 13, 2016 2:56 am

My Purpose

O coração batia em disparado, a respiração se acelerava e com as mãos unidas batia um dedo ao outro de maneira ritmada, ao notar a silhueta masculina meu corpo se refrescou com um frescor na espinha enchendo-me de esperanças em ver enfim Haden, apesar de semelhança, o rosto e detalhes físicos eram diferentes do que conhecia. Sem reconhecer o homem perante a mim contive-me e  sorri sutilmente, ao notar a expressão do homem me aproximei em poucos passos notando a reverência que o desconhecido fizera, com sua apresentação sorri agora de maneira tímida e flexionei os joelhos de modo sutil em respeito a atitude.
-Haileigh Stark...
Apresentei-me como se costume, mal conseguia falar e minhas mãos tremiam com tamanha timidez. Onde estava Haden? Onde estava o rosto que conhecia? Mordi minha bochecha interna em completa insegurança, pensamentos negativos percorriam minha mente e questionava-me quanto tempo estaria na companhia do estranho que parecia preparado porém não pronto para minha chegada.  
Acompanhando o mais novo Forrester ignorava o cheiro de marmelada e doce de banana que invadia cada canto do grande castelo, o arrepio percorreu minha espinha me fazendo torcer o nariz e em imediato sentia minha boca salivar. Não, agora não, por favor.
Com o fim da curta caminhada olhei para o ambiente que aos poucos adentrava, os passos eram lentos e logo parei próxima do grande arco que dividia os cômodos, ergui as sobrancelhas reparando panos ao chão e cerâmica em pedaços, o que havia acontecido?
Preocupada com minha expressão reparei pétalas azuis ao chão, aproximei-me de um par de pétalas apertando o maxilar com o cheiro que desencadeava o enjôo eu sentia. O humor negro de Gian me fez rir, uma risada baixa fazendo-me virar para ele agradecendo a saudação de boas-vindas em um movimento simples de cabeça e notar a presença daquele que no momento era o único que importava para mim.
O par de olhos azuis me atingiu, a onda de emoção fez-me travar e o sorriso apaixonado contornou meus lábios por meros segundos até a timidez tomar-me e fazer-me perder a fala. Que seja apenas a fala, e não a respiração.
Com a rápida explicação voltei meu olhar para a loira que ocupava a sala, deduzi que ela seria Ayra, uni as sobrancelhas de modo sutil preocupava com seu bem estar, qual problema acarretaria naquele fim? Com o olhar da loira logo desviei meus olhos evitando o contato visual e sorri com a ação de Haden, sua falta de pudor ao anunciar as palavras fizeram meu coração acelerar e novamente flexionava o joelho de maneira leve correspondendo a ação educada.
A mão tremula perturbou-me, poderia causar alguma espécie de preocupação desnecessária e procurei tranquilizar-me e ignorar também o cheiro extremamente doce. Os arrepios constantes e a leve tontura me deixaram aérea por instantes, um agito me deixou inquieta e a respiração acelerou com o completo mal estar. Por que aquilo agora?

Sorria sem transparecer meu estado, fitava os citados por breves instantes guardando facilmente os nomes e gravando as características físicas.
Olhando Haden torcia de modo intenso para que não notasse a avalanche que vivia naqueles instantes, sentia meu corpo se esfriar dando-me uma onda de calor e  por fim forcei um fraco sorriso mantendo-me firme.
-Apenas cansada, espero não ser mal compreendida...
Respondi em tom baixo ainda envergonhada com a presença dos Forrester, voltei meu olhar para eles e sorri sutilmente, já que não conseguia falar com ele poderia então sorrir afim de tornar meu bem estar mais realista e ignorar os distúrbios que me aconteciam.

▲▲▲



I'm Haileigh Stark
avatar
Imagem :
Mensagens : 52
Nome do jogador : Thai
Dragões de ouro : 13
Veados de prata : 199
Estrelas de cobre : 3
Salário extra : 6%
Ver perfil do usuário
Nobreza (feminina)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Ayra Forrester em Seg Jun 20, 2016 11:37 am


WINTER BIRD
I am moved by the chill, Hear the winter bird sing.

O beijo de Haden no topo da minha cabeça fez com que eu, de certa forma, me acalmasse um pouco. Contudo, meu coração continuava batendo forte e eu tinha vontade de fazer essas batidas no peito de Haden. Com minhas mãos. Socar seu peito até que ele ficasse vermelho, pulsante e dolorido. Exatamente como meu coração no momento. Tentei até pensar em uma forma diferente de arrancar os olhos do meu irmão, mas quando me dei conta dos meus pensamentos ridículos e ruins, arregalei meu olhos e me afastei dele. Eu estava ficando paranoica. Aquela não era a Ayra. Não era eu. Haden não me soltou, no entanto. Começou a falar sobre a Stark e eu não sei se acreditei. Talvez ela estivesse fazendo um teatro para Haden. Será se isso não passou pela cabeça dele? Estaria ele tão cego de amores?

Não falei nada, apenas concordei com meu irmão, segurei firme em seu braço e coloquei meu melhor sorriso. Eu não podia dar uma de garotinha mimada. Eu não era uma garotinha mimada. Contudo, meu sorriso murchou quando vi Gian ali, olhando com cara de assustado para a bagunça. Humf. Como se ele nunca tivesse feito coisa pior na vida, não é mesmo? E então eu a vi. Seus cabelos negros emolduravam com perfeição seu rosto, seus olhos claros iluminavam o lugar e era impossível não olhar para eles. Ela parecia um anjo. Meus olhos percorreram o resto de seu corpo, passando por cada detalhe de seu vestido enquanto eu procurava algum defeito. Seu nariz era pontudo demais. É. É isso. Esse era seu defeito.

Haden deu alguns passos para frente e eu tive que brecar um contato maior ao ver que estaria perto demais daquele ser que não devia ser nomeado e dizia ser meu outro irmão. O que ele estaria fazendo ali? Não devia estar treinando para matar pessoas? E então as palavras calmas de Haden tirou o silencio constrangedor do lugar e senti um par de olhos em mim. Eu não consegui ser educada e meus olhar em direção a morena não foi lá muito educado. Por sorte, ela desviou rapidamente e Haden não notou nada. Pelo contrário, ele parecia enfeitiçado. Não desviava os olhos da mulher por um segundo. Respirei fundo quando ele se soltou de mim e foi em direção a ela. Observei toda cena com um certo enjoo, sentindo meu estomago revirar um pouco.

- Irmãos, essa é Haileigh Stark de quem eu tenho tanto falado, minha noiva. - Tirei minha expressão de enjoada, respirei fundo e coloquei meu melhor sorriso quando Haden apontou em minha direção. Balancei meu cabeça em um cumprimento a morena, mas não falei nada.

Meu irmão mais velho falava tão doce com a Stark que eu conseguia sentir um leve enjoo. Sei que posso estar parecendo uma bruxa, mas não sou. É que... Eu era a unica mulher na vida de Haden desde que mamãe morreu e agora sinto como se meu posto estivesse sendo tomado por outra, mesmo ele dizendo que não. Céus, eu precisava parar com isso. E então, decidida a esquecer e afastar esse pensamentos, passei a observar Haileigh. Ela mantinha um sorriso no rosto, mas eu conseguia ver que tinha algo de errado. Seu nariz se mexia algumas vezes e parecia que ela estava prendendo a respiração. Dei alguns passos a frente e toquei no braço de meu irmão mais velho.

- A viagem deve ter sido cansativa, deixe que eu levo a Star, quer dizer, Haileigh até seu quarto. - Abri um sorriso para a morena, mas em minha mente eu já planejava joga-la contra a parede. Haileigh podia enganar meu irmão, mas não a mim. - Vamos, estou louca para que me conte mais sobre Winterfell. Haden é um saco e não me conta nada. - Fingi uma animação tão realista que era impossível dizer minhas reais intenções. Passei um dos meus braços pelo da Stark e sai puxando-a em direção ao quarto que estava sendo preparado a dias para ela.

Durante todo o caminho, não falei nada com a morena, mas mantive o sorriso. Alguns servos passavam por nós e eu apenas dizia coisas do tipo "Deem oi para a futura Sra. Forrester.", "A noiva de meu irmão chegou." e mais algumas bobagens animadas. Ok, se eu estivesse realmente animada eu faria e falaria coisas parecidas, talvez por isso tenha ficado tudo tão convincente.

Assim que chegamos em seus aposentos, deixei que ela entrasse primeiro e fechei a porta atrás de mim. Meu sorriso sumiu, dando lugar a uma expressão séria enquanto eu cruzava meus braços em frente a meu busto.

- Está feliz, Srta. Stark? - Meu tom saiu o mais venenoso possível e eu juro que não me reconheci naquele momento. - Sabe, Haden é muito inteligente e você pode ter conseguido engana-lo, mas não irá acontecer o mesmo comigo. - Enquanto eu ditava minha segunda frase, passei a andar pelo quarto, evitando olhar para a outra mulher no lugar. Me sentei em sua cama, joguei meus dois braços para trás e apoiei meu corpo neles. - Não precisa de teatrinho comigo, Stark. - Finalizei, colocando um sorriso em meu rosto.

avatar
Imagem :
Mensagens : 18
Nome do jogador : ...
Dragões de ouro : 4
Veados de prata : 33
Estrelas de cobre : 4
Salário extra : 4%
Ver perfil do usuário
Nobreza (feminina)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Haileigh Forrester em Ter Jun 28, 2016 2:14 pm

My Purpose


Me sentia em uma tortura, os olhares de Gian, Ayra e Haden me atingiam causando uma intensa insegurança e o medo de ser indesejada ali me tomava cada vez mais, talvez aquele momento fosse melhor se não tivesse com enjôo, sono e sentindo-me fraca com grande sensação e desmaio. Minha boca salivava ainda mais a cada vez que o cheiro do almoço invadia o cômodo que encontrávamos, a tontura era tamanha que implorava aos deuses equilíbrio e que me livrassem daquelas sensações que tiravam-me do eixo.
Me perdia em pensamentos, orações talvez até que a voz de Ayra me despertou da transe que me encontrava, o sorriso da garota soou tão sincero que era impossível não sorrir de volta, de fato Haden estava certo sobre a menina ser meiga, animada e carinhosa.  Com a garota ali sorri olhando rapidamente para meu noivo aguardando qualquer sinal do mesmo para que pudesse acompanhá-la e prontamente em um movimento sutil mínimo o dono de olhos azuis aprovou minha ida para o quarto que tanto desejei
O entrelaçar dos nossos braços me despertou o medo de que ela pudesse sentir minha pele mais fria e fechei minhas mãos para que o suor não chamasse atenção. Ao passar por cada pessoa a jovem de cabelos loiros parecia me exibir e depositava uma animação que jamais poderia imaginar, meu rosto corava a cada homem e mulher que cruzavam nosso caminho, por que tantas pessoas naquele momento?
Com pouco de dificuldade consegui acompanhar os passos largos de Ayra, evitava baixar meu olhar para não ser atingia pelo desmaio e enfim a menina parou em frente a uma grande porta de madeira logo abrindo-a.
Graças aos sete!
Vangloriei adentrando o cômodo, meus olhos percorreram o local e notava com completa atenção, em uma cômoda bem próxima de mim havia um vaso com flores azuis, malditas flores azuis, prendi a respiração pegando o vaso logo me encaminhando para a janela aberta onde o coloquei no parapeito a fim não deixar o cheiro das malditas impregnarem o quarto.
Que atitude rude de minha parte mas sabia que no futuro poderei me desculpar por aquilo, ao virar-me para a garota reparei instantaneamente sua mudança radical, sua postura, seu sorriso e o tom de sua voz haviam-na transformada em outra completamente irreconhecível.
Uni as sobrancelhas com as suposições que faziam, as palavras ácidas insinuavam o que não queria acreditar. Confusa com a situação senti meu corpo pesar e logo me apoiei de maneira delicada no cômodo onde havia retirado o vaso.
Analisei a garota que se apoderava da cama, o completo desconforto me tomou e a ânsia de vômito me fez arrepiar por completo. Fechei os olhos por breves segundos respirando fundo lutando para inibir aquelas sensações.
- Perdão, acho que não estou lhe entendendo... O que está insinuando é incabível.
Falava de modo calmo expondo meu pensamento que aos poucos ligavam uma coisa a outra do que ela dizia, desconfortável com o embrulho em meu estômago levei uma das mãos para o mesmo movendo delicadamente os dedos em uma massagem. Quando me disseram sobre os primeiros meses da gravidez serem os piores não acreditei, as massagens causaram o feito reverso e controlava-me para lidar com as eructações.

-


▲▲▲



I'm Haileigh Stark
avatar
Imagem :
Mensagens : 52
Nome do jogador : Thai
Dragões de ouro : 13
Veados de prata : 199
Estrelas de cobre : 3
Salário extra : 6%
Ver perfil do usuário
Nobreza (feminina)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Haden Forrester em Ter Jun 28, 2016 11:38 pm




Iron From Ice.


All Rights Reserved for Flawless
Arqueou uma sobrancelha de forma quase imperceptível ao ver que Haileigh se comportava de uma maneira incomum, mas deduziu que fosse apenas o cansaço da viagem somados à chegada e a pressão que é conhecer pessoas novas para a garota que sempre fora tão tímida, mesmo assim apertou mais sua mão querendo passar segurança à noiva, até que Ayra se prontificou para ajudar. Mesmo com certo receio, Haden permitiu que a irmã mais nova guiasse a recém chegada por Ironrath. Confiava que as duas se dariam bem e que a Forrester não iria assustar ou tentar espantar a Stark.

Com um aceno de cabeça, permitiu as duas deixarem o grande salão em direção aos aposentos e logo em seguida olhou para Gian com um sorriso brincalhão nos lábios, arqueando uma sobrancelha rapidamente e em seguida olhando para o caminho que as garotas seguiram. Como havia sido mencionado anteriormente, os dois tem uma forte ligação e conseguiam se compreender sem trocar palavras, o mais novo teria entendido perfeitamente que Haden queria saber sua opinião sobre a noiva. Aproximou-se mais do irmão e o abraçou com força quase desmedida, logo se posicionando ao seu lado com um braço passando por trás de seu pescoço e pousando a mão em seu ombro, o puxando para mais perto enquanto caminhava em direção ao escritório onde os acordos da venda de pau-ferro eram feitos.

- Ferro do Gelo, irmão. Ayra anda muito estressada ultimamente, mas iremos conversar sobre outra coisa agora. - Disse abrindo a porta do escritório e fazendo sinal para Gian entrar primeiro.

Antes de adentrar o cômodo, viu uma serva passando pelo corredor, então a ordenou que fosse preparado um banquete com frutas frescas e carneiro para o almoço, informando que a futura Lady Forrester iria se juntar à mesa além dos três irmãos. Em seguida pediu que fosse aos aposentos de Ayra e Haileigh perguntar o que desejariam acrescentar no almoço e preferências de alimentos. Após isso, adentrou o escritório e fechou a porta atrás de si, trancando em seguida.

Aproximou-se da mesa principal onde havia um livro aberto com várias páginas preenchidas com nomes, datas, pesos e valores diferentes. Ergueu o olhar para Gian enquanto sentava-se em uma cadeira confortável como sempre fazia quando negociava com algum lorde ou mercador, abriu uma gaveta tirando dois pergaminhos com selos já violados, um do Banco Ferro de Bravos e outro de alguma família de Norvos. Os colocou sobre a mesa, entregando para o irmão.

- O banco de Bravos está requisitando cinquenta baús de pau-ferro para guardar e transportar grandes quantidades de ouro em segurança, eles dizem que pagarão pelo navio para atravessar o Mar Estreito e entregar os baús no porto da cidade. E também agora há essa família de Norvos que cuida da segurança da cidade. Com a ameaça que a guerra contra os dothraki trouxe, eles requisitam quantidades exorbitantes de pau-ferro para reforçar os portões.

Após apresentar os fatos para o irmão, aguardou até que o mesmo notasse qual era o problema que estavam enfrentando ali, após esperar Gian ler os dois pergaminhos, Haden se ajeitou na cadeira e apontou para o livro aberto na mesa.

- Pelos meus cálculos, existem diversas complicações para vender em Norvos. Até Bravos está tudo sem complicações, o Banco sempre pagou corretamente, mas é a outra Cidade Livre que as coisas começam a dificultar. Precisamos expandir nossas rotas comerciais, mas a viagem até Norvos é muito cara de modo que precisaríamos talvez despachar uma boa parte de homens Forrester para carregar toda a madeira de Bravos até lá, talvez todo o valor que receberíamos do Banco de Ferro seria usado para pagar a viagem até Norvos, ou seja, receberíamos apenas o valor do segundo pergaminho. É um ótimo dinheiro, mas a quantidade de pau-ferro que eles pedem vai nos atrapalhar na produção de aríetes e catapultas aqui em Ironrath. - disse enquanto massageava as têmporas e fechava os olhos, se concentrando no problema que enfrentavam. - Tem alguma sugestão? - Perguntou encarando o irmão, sabia que nenhum dos dois tinha facilidade com números, por isso achava melhor tomar decisões tão grandes com a ajuda do mais novo.

Treino:
Economia e Matemática
avatar
Imagem :
Mensagens : 99
Nome do jogador : Gald
Dragões de ouro : 47
Veados de prata : 107
Estrelas de cobre : 5
Salário extra : 12%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Gian Forrester em Qua Jun 29, 2016 12:26 am



IRONRATH

Todos sabiam que serpentes eram vistas como criaturas místicas. Capazes de sentir o clima dos locais que habitavam, e Gian não fugia a esse conceito.
Podia perceber quase como se sua irmã soltasse faíscas ao encarar a garota Stark, porém, ele preferiu se manter calado, afinal para todos os efeitos ele preferia se manter cego e surdo sobre o que acontecia entre seus irmãos. Mais uma prova de amor e respeito que tinha com Haden. Incesto era talvez uma das coisas mais abomináveis que existia nos sete reinos. Que casa teria como Lorde famoso por foder com sua irmã?!
Isso mesmo, os Forrester. Mas sem a parte da fama, é obvio.
Gian percebeu o que acontecia ali entre as duas, porém Haden não pareceu ter a mesma consciência, ou se teve, não se importou. Logo Ayra e a menina Stark saiam, deixando os dois Forrester sozinho, como ele de fato queria. Não conhecia ainda a garota, e falar coisas comprometedoras perto de uma sobrinha de Tristan não era algo que ele faria.
Não demorou para que Haden quebrasse o silêncio, enquanto eles iam dando passos lentos.
-Apenas perdida por uma nova moradora em Ironrath. Apenas isso... Eu acho.
Sim... Gian achava.

WAR?


Assim que adentrou a sala, Gian colocou a lança encostada ao lado da porta. Em seguida foi até a mesa e se sentou, esperando que Haden se sentasse no outro extremo, o nobre somente apoiou o rosto no ombro enquanto ouvia tudo que ele falava. Era inevitável pensar sobre sua visita ao sul... Lannisporto e Mata de Chuvas principalmente.
-Não me peça que entre nisso. Sabe que meus dons são outros. - Gian sorriu, se encostando na cadeira. - -É outra coisa que me preocupa... A guerra. Lorde Stark já disse alguma coisa? Você já pensou em algo.

Sem nem ao menos perceber, Gian colocava as peças na mesa central e no mapa de Westeros, posicionando como ele pensava que as coisas ficariam na guerra que viria.
-Arietes e catapultas são importantes, e dinheiro também. Mas nada disso paga a vida de quem é que vá marchar com Tristan, Lorde Forrester.
Esperava não estar sendo pessimista e nem exagerado com sua fala, mas ainda assim ele não estaria cumprindo com seu papel de braço direito de Ironrath se não avisasse.
-Eu estive em Mata de Chuvas. Conversei diretamente com Lorde Seaworth...




Padfoot™
avatar
Mensagens : 38
Nome do jogador : J.
Dragões de ouro : 12
Veados de prata : 79
Estrelas de cobre : 4
Salário extra : 4%
Ver perfil do usuário
Nobreza (masculina)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Haden Forrester em Qui Jun 30, 2016 12:56 am




Iron From Ice.


All Rights Reserved for Flawless
Comprimiu os lábios, claramente insatisfeito com a resposta do irmão que havia mudado o assunto para a possível guerra que o Norte iria se envolver. Obviamente diversas mentes em Westeros pensavam naquilo, por isso o Forrester preferia focar em outros assuntos como o mercado de pau-ferro, até como uma garantia para que, independentemente do lado vencedor da batalha, o reino precisaria de madeira resistente para se reerguer e os artesãos da casa Forrester eram incomparáveis.

Ouviu a opinião de Gian e então desceu o olhar até o grande livro aberto sobre a mesa e contando mentalmente os valores que algumas casas deviam, pensando na possibilidade de pagar o transporte até Norvos com esses valores, anotando em um pequeno pedaço de pergaminho o total de cada família escrevendo o nome da casa e o valor que deviam, mas parando a tarefa ao ouvir o irmão falar algo sobre Mata de Chuvas. Arqueou uma sobrancelha e se endireitou na cadeira, erguendo o queixo com uma expressão pensativa enquanto brincava com a pena de escrever entre os dedos.

- Lupo Seaworth? - Perguntou desconfiado, largando o objeto sobre a mesa. Os Seaworth são aliados dos Baratheon, era preciso tomar cuidado com as amizades em tempos como esses - O mesmo que beijou Lorde Peter? - Não conseguiu conter um sorriso e uma risada breve enquanto balançou a cabeça negativamente. - O que você "conversou" com ele?

Perguntou com curiosidade enquanto voltava a anotar nos pergaminhos os valores que as outras casas deviam e depois pediria ao meistre para que escrevesse uma carta de cobrança para cada uma delas, independentemente do país ou do poder da casa. Guerras podem alterar linhagens, mas o comércio sempre é o mesmo.

Treino:
Economia e Matemática
avatar
Imagem :
Mensagens : 99
Nome do jogador : Gald
Dragões de ouro : 47
Veados de prata : 107
Estrelas de cobre : 5
Salário extra : 12%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Gian Forrester em Qua Jul 06, 2016 4:18 am



IRONRATH


Gian começou a mexer no grande mapa que estava aberto na mesa, analisando todas as peças e observando ao seu jeito como as coisas ali ficariam. De fato os Stark poderiam reunir um exército enorme, mas teriam que se esforçar um pouco para que isso acontecesse.

Enquanto ouvia o irmão, o nobre Forrester começou a olhar para ele. Sua barba estava por fazer, e seus olhos azuis e chamativos pareciam dispersos e ainda com sua atenção voltada aos números e as vendas da qual ele tentava tratar.
O nobre sempre escondeu isso, obviamente. Escondia tão bem que talvez nem mesmo Haden tivesse um dia imaginado que seu irmão sentia atração física por ele... Logo, porém, Gian voltou aos assuntos do qual tinha mencionado, e embora tivesse se encontrado com Lupo uma vez em Lannisporto, dessa vez ele falava do Lorde de Mata de Chuvas, Redke Seaworth.

WAR?


-Não, não... Estive com Redke, irmão mais velho de Lupo.
Nesse momento a conversa pode ir para um tom mais sério. Provavelmente Haden percebia que o assunto era mais sério do que ele pensava.
Os dois irmãos sabiam que logo Tristan Stark convocariam todos seus vassalos, e juntos eles decidiriam o que fariam em relação a guerra, que por mais que não estivesse declarada ainda, se tornava um assunto cada vez mais forte e crescente tanto no sul quanto no norte e por mais que Haden pudesse mudar de assunto com seu irmão, ele não poderia fazer o mesmo com Tristan... Não era prudente desacatar Lordes, e Haden sabia disso.
-Querendo ou não, sabe que os barulhos da guerra crescem mais e mais... Logo Tristan deve chamar você e os outros Lordes em Winterfell. Já sabe o que irá fazer em relação a tudo isso?


Gian temia que a opção mais inteligente que era se ausentar da guerra não fosse uma opção para Haden. Infelizmente, o Lorde Forrester prezava e muito sua honra, bem ao contrário de seu irmão mais novo.
Não que Gian não fosse honrado ou não fosse virtuoso... Ele só era um rapaz que prezava mais a vida de um covarde que a morte de um herói, e sabia também que a honra muitas vezes tinha seu lugar.
Apesar que muitas vezes, esse lugar era a cova.




Padfoot™
[/quote]
avatar
Mensagens : 38
Nome do jogador : J.
Dragões de ouro : 12
Veados de prata : 79
Estrelas de cobre : 4
Salário extra : 4%
Ver perfil do usuário
Nobreza (masculina)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Many-Faced God em Qua Jul 06, 2016 11:20 am

Avaliação de treino de habilidade

Haden Forrester

Avaliação por Dennis Braund
Ação narrada muito superficialmente, sem dar detalhes de como foi feita, além de descrita muito rapidamente, além de sem muita criatividade. Contas complexas como essas serem feitas de cabeça possivelmente demandariam mais tempo e concentração.

   
Critérios de avaliação
   

   + Conteúdo e Coerência (20/40)
   + Estrutura e Coesão (10/30)
   + Enredo e Criatividade (5/20)
   + Ortografia e Organização (10/10)

   
Total (45/100)
   


   + 5% de experiência pelo atributo de inteligência com 3 pontos
   + 10% de experiência por ter a habilidade no nível 0

   
Recompensas
   
+ 52 pontos de experiência em Economia e Matemática
 
Avaliação de treino de habilidade

Haden Forrester

Avaliado por Dennis Braund
Boa contextualização. A narrativa economica foi muito bem feita e inserida no texto. Leves erros de ortografia.

   
Critérios de avaliação
   

   + Conteúdo e Coerência (40/40)
   + Estrutura e Coesão (30/30)
   + Enredo e Criatividade (20/20)
   + Ortografia e Organização (9/10)

   
Total (99/100)
   


   + 5% de experiência pelo atributo de inteligência com 3 pontos
   + 10% de experiência por ter a habilidade no nível 0

   
Recompensas
   
+ 114 pontos de experiência em Economia e Matemática




avatar
Imagem : Stranger, Stranger...
Mensagens : 819
Nome do jogador : Ross
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Haden Forrester em Sex Jul 08, 2016 10:44 pm




Iron From Ice.


All Rights Reserved for Flawless
Haden encarou Gian por um tempo ouvindo o que ele falava e estudando suas palavras procurando ali ver as intenções do irmão, mas apenas abaixando a cabeça para observar os papeis ali sobre a mesa, fechando o grande livro calmamente e levantando-se do assento sem pressa alguma. Olhou para o outro e suspirou profundamente com pesar.
- Não pretendo levar o exército Forrester para a guerra. - Anunciou os planos observando o mapa onde o irmão movia algumas peças. Pegou da mão de Gian uma peça de madeira co o símbolo de uma árvore sem folhas com uma espada esculpida no tronco, o símbolo dos Forrester. Aquela peça representava o exército que Ironrath tinha. Colocou a peça sobre a parte do mapa onde se localizava a sede secular olhou para o irmão com um sorriso fraco nos lábios - Não participamos mais de guerras alheias.
Era verdade, Haden conhecia muito bem o passado para saber que durante a Guerra dos Cinco Reis, apenas duas casas foram exiladas do Norte, os Forrester e os Stark. Não pretendia correr o mesmo risco agora que Ironrath prosperava, intencionava marchar para o lado oposto da guerra, para Além-da-Muralha onde havia o Bosque do Norte, a floresta dos contos que apenas o lorde sabia a existência.
Pegou uma peça cunhada com o símbolo dos Stark e aproximou de Ironrath no mapa, aquilo representava o casamento com Haileigh. Tocou no desenho do lobo por alguns segundos antes de voltar a mover as outras peças que representavam as outras vasas vassalas dos Stark como os Glover, Bolton, Hornwood, Karstark e Manderly para mais próximo de Winterfell.
- Com o casamento, pretendo erguer mais a casa Forrester de modo que seríamos vassalos dos Stark apenas, e não dos Glover. - Revelou em um tom sereno - Pensei em uma repartição de vassalos. Eles podem ficar com os Bole, Branch, Woods e Whitehill, mas nós ficaremos com os Tuttle, Degore, Glenmore e Branfield. Será difícil negociar os Glenmore com os Ryswell, mas Tristan não deixará a própria prima se casar com uma casa que não teria como se defender em uma guerra. - Ao notar o como as palavras poderiam ter soado conspiratórias, uniu as sobrancelhas em uma expressão preocupada - Não intenciono mal nenhum ao Norte, apenas quero ver os Forrester prosperarem como os Bolton, Manderly, Reed e outras casas nobres.
Então olhou para o irmão e cruzou os braços na altura do peito, analisando mais o jovem e pensando em como o tempo havia passado desde que Gian nascera. Quando o irmão mais novo nasceu, Haden fora levado para o Norte da Muralha pelo pai, onde conheceu North Grove e a viu com os próprios olhos. Ninguém mais no mundo sabia daquele lugar, apenas Elsera Snow, a tia avó bastarda do Lorde.
- O que conversou com Redke, irmão? - Perguntou desviando o assunto de sua mente.

Treino:
Arte da Guerra
avatar
Imagem :
Mensagens : 99
Nome do jogador : Gald
Dragões de ouro : 47
Veados de prata : 107
Estrelas de cobre : 5
Salário extra : 12%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por R'hllor em Sab Jul 09, 2016 3:44 am

Avaliação de treino de habilidade

Haden Forrester

   
Boa narrativa, com bom detalhamento da estratégia e das motivações, assim como apresentou os pensamentos do personagem sobre a estratégia. Parabéns!

   
Critérios de avaliação
   

   + Conteúdo e Coerência (40/40)
   + Estrutura e Coesão (30/30)
   + Enredo e Criatividade (20/20)
   + Ortografia e Organização (10/10)

   
Total (100/100)
   


   + 5% de experiência pelo atributo de inteligência com 3 pontos
   - 55% de experiência por ter a habilidade no nível 8

   
Recompensas
   
+ 50 pontos de experiência em Arte da Guerra






avatar
Imagem : Rhllor is the source of all good (Melisandre)
Mensagens : 271
Nome do jogador : Moita
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Deuses

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Gian Forrester em Sab Jul 16, 2016 2:45 am



IRONRATH


Haden parecia decidido em relação a guerra, e isso de fato aliviava Gian. Não queria descer o gargalo e muito menos que seu irmão fosse, além de tudo, a astúcia da serpente preferia ficar ali, dando prosseguimento aos negócios e esperando que seus companheiros nortenhos voltassem com a vitória que era certa por todos os sete reinos.
Enquanto isso, os Forrester aguardariam por ali, expandindo mais e mais. Isso aumentava principalmente agora, que os irmãos tinham sozinhos o controle de toda a venda de pau-de-ferro, garantido uma maior estabilidade que logo se transformaria em maior poder bélico.
- Sou um intendente tão bom que antes mesmo que eu dê meus conselhos você já os seguiu.

Gian se levantou sorrindo, e deu a volta se posicionando atrás da cadeira de seu irmão. Levou levemente suas mãos até os ombros de Haden e começou uma leve massagem enquanto manteve os olhos fechado. Ele deu então um leve suspiro.
-Em relação á todos esses castelos, o que mais me preocupa é Highpoint. Agora que conseguimos enfim despojar os Withehill o que irá fazer com a antiga sede da casa?
Os dedos continuaram massageando os ombros dele, enquanto Gian escolhia as palavras meticulosamente.
- Você é o Lorde dessa casa, Haden. Com os acontecimentos recentes tudo temos para que sejamos equiparados aos Manderly. Espero que saiba bem como prosseguir com as coisas, e que nunca se esqueça quem é seu real intendente.
Selou a fala com um leve beijo na cabeça do irmão, seguindo então para uma janela, observando enquanto o sol descia no meio da mata que por sua natureza já era mal iluminada.



Padfoot™
avatar
Mensagens : 38
Nome do jogador : J.
Dragões de ouro : 12
Veados de prata : 79
Estrelas de cobre : 4
Salário extra : 4%
Ver perfil do usuário
Nobreza (masculina)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Ayra Forrester em Sab Jul 16, 2016 4:47 am


WINTER BIRD
I am moved by the chill, Hear the winter bird sing.

- Não se faça de tola, Stark. – Bufei ao revirar meus olhos e me levantar da cama. – Todos nós sabemos que essa sua carinha de mosca morta é apenas teatro. – Levantei as sobrancelhas em divertimento em sua direção e virei meu corpo, andando em direção a janela onde a mal-educada tinha colocado o vaso de flores. Peguei-o e virei meu corpo novamente, colocando um sorriso falso no rosto enquanto andava na direção da mulher. – Sabe, não sei o que Haden viu em você. – Ao chegar bem próximo mesma, coloquei o vaso de flores no mesmo móvel de antes e vendo o incomodo da garota, supus que não gostava de flores. Abri o sorriso, pegando uma rosa e quebrando seu caule, deixando somente uma pequena parte exposta. – Aqui em Ironrath temos mulheres muito mais bonitas e eu acho ridículo alguém casar só por interesse. Por que, quer dizer, é óbvio que você sabe que esse casamento é por interesse né? – Encaixei a flor na orelha da morena e entortei a cabeça analisando-a. Fiz uma careta com a visão. – Cruzes, nem com uma florzinha no cabelo você fica mais apresentável.

Talvez eu estivesse exagerando. Ok, eu definitivamente estava exagerando, mas jamais daria meu braço a torcer. – Sem contar que... – Parei de falar quando observei a mulher se apoiando no móvel com mais força e seu rosto ficar branco. – O que...? – Sequer tive tempo de perguntar, pois um líquido amarelo esverdeado saiu de sua boca, espirrando para todo lado e tive que dar alguns passos para trás rapidamente para que não fosse atingida. Seu rosto ficava cada vez mais branco, seu pescoço tomava uma coloração avermelhada e quando vi que a mesma iria vomitar de novo, corri em sua direção, segurei-a pelos ombros, puxei seu cabelo e inclinei seu corpo para frente. Tudo isso foi muito rápido, logo meu corpo estava sentindo as contrações causadas pelo vomito junto com a mulher.

Foram quatro vezes e Stark não se aguentava em pé. Desci meu braço para sua cintura e apoiei seu braço em volta do meu pescoço, conduzindo-a até a cama e evitando que pisássemos naquele líquido. Ajudei Haileigh a se deitar e olhei pra mesma com as mãos na cintura. – O que foi que você comeu? – Virei meu corpo para olhar para o vômito e ali não tinha sinal nenhum de comida e não era preciso ser nenhum meistre em cura para saber que aquela mulher não tinha comido nada a tempos. – Nada, pelo visto. – Revirei os olhos, coloquei a mão em sua testa mas não tinha nenhum sinal de temperatura elevada. Apontei pro seu abdômen, como se pedisse permissão e ao ter, apalpei o lugar, sentindo o mesmo bem inchado. Franzi o cenho. Era melhor avisar meu irmão. – Vou avisar Haden. Ele precisa... - Me virei e ntes mesmo do meu segundo passo ser concluído, senti um puxão em meu braço e olhei para Haileigh que implorou para que eu não contasse a Haden e pedisse somente a alguém de confiança para limpar a bagunça. Obvio que eu contaria para Haden, mas não agora. Então, assenti com a cabeça. – Tudo bem, mas vou preparar alguma coisa pra você comer, não pode ficar de estomago vazio.

O caminho até a cozinha foi rápido. Encontrei Leah no caminho e depois de pedir mil desculpas, expliquei para ela a situação e a mais velha me garantiu que não contaria nada e daria um jeito na sujeira. Leah era parte da família desde sempre e quando mamãe morreu, tive ela como uma segunda mãe e jamais escondi nada dela. Nada mesmo, nem mesmo o que tive com Haden. Quando cheguei no cômodo, peguei uma cesta e coloquei ali alguns pães, frutas e bolinho de arroz. Bolinho de arroz era ótimo para enjoo pois ajudava a controlar alguma coisa que, no momento, não me lembro o nome. Mas me lembro de um chá que o meistre que me ensina medicina me ensinou. Na verdade, ele ensinou a minha mãe, pois eu costumava ficar muito enjoada quando mais nova e depois passou a receita para mim. Faria um para Haileigh. Embora ela não mereça, eu não era uma pessoa tão ruim assim.

Alcancei uma vasilha de madeira, um amassador, dois limões, um gengibre e mel. Vi que tinha uma água quase fervendo e usaria parte daquela. Provavelmente Haden tinha pedido algum chá para tomar. Enfim, descasquei o gengibre e o cortei em pedaços muito pequenos. Coloquei na vasilha, amassando até virar uma espécie de pasta. Cortei um limão e meio e espremi todo o suco ali, usando o amassador para misturar os dois ingredientes. Separei um pouco da água em outra panela e coloquei os ingredientes ali, mexendo-os um pouco. Pronto, agora era só esperar. Contudo, precisava de ar fresco e sai pela porta estreita da cozinha, dando de cara com os jardins do castelo.

O que eu não entendia nisso tudo era o motivo de Haileigh parecer totalmente diferente da mulher que Haden me descreveu. “Educada, fofa, sincera e muito amável.” Sinceramente? Eu não vi nada disso. Apesar de suas falas educadas, não vi nada de sinceridade na mesma. Suas feições estavam duras e não parecia confortável com nada. Parecia estar prendendo a respiração a todo momento e já chegou mudando as coisas de lugar. Olha, pode parecer infantil, mas mexeu comigo ela ter mudado o vaso de lugar. Tinha colocado ali para me lembrar de ser educada por Haden e ela foi lá e tirou. Agiu como se tivesse nojo das flores – tanto na sala quanto no quarto -, como se aquele cheiro maravilhoso fosse ruim. Quem em sã consciência não gosta do cheiro de flores? Principalmente mulheres?

Bufei novamente, cruzando os braços na altura do peito e observando toda aquela imensidão do terreno. - Haden poderia ter escolhido melhor, não poderia? Por que se casar de modo arranjado? Por que não dar a chance para o amor? Talvez isso tudo tenha sido um trauma depois de presenciar o desespero de minha prima, Nadia, tendo que casar às pressas pois estava grávida. Cuidei dela durante os primeiros meses, ajudando-a a esconder e não foi... Espera. - Meus pensamentos, nesse momento, pararam por alguns segundos e veio todo um flashback em minha mente. Vi Nadia vomitando, rejeitando minhas flores, comida, o modo como ela parecia plantar uma força sobrenatural para prender a respiração.

Minha boca se abriu em espanto, meus olhos se direcionaram aos meus pés, mas os levantei em seguida, engolindo em seco. Respirei fundo, deixando que a corrente fria percorresse meu corpo. Tudo fazia sentido. Virei rapidamente meu corpo, entrando novamente no cômodo e pegando um pano para pegar a panela quente. Despejei o chá em uma garrafinha pequena e, em uma rapidez que eu desconhecia, espremi o restante do limão ali. Tampei-a, chacoalhei e coloquei o pote de mel dentro da cesta junto com a garrafa. Meus passos em direção ao quarto foram rápidos, não falei com ninguém no caminho. Em minha mente um letreiro “STARK ESTÁ GRÁVIDA” rodava de um lado para o outro.

Encontrei Leah saindo do quarto, mas apenas sorri para a mais velha e a agradeci. Respirei fundo e entrei, ainda sem olhar para Haileigh, fechei a porta e fiquei alguns segundos olhando a madeira escura em minha frente. “Vamos lá, Ayra.” Virei meu corpo e andei em direção a cama. – Fiz um chá, você precisa tomar de um a dois goles pequenos sempre que se sentir enjoada. Funcionava comigo, tenho certeza que vai funcionar com você. – Enquanto falava – de modo rápido -, colocava tudo em cima do móvel ao lado da cama. – Primeiro vamos tomar o chá, depois você come o pão, que vai ajudar no seu estomago e – Me atrapalhei, pelo nervosismo, deixando cair um pedaço de pão no chão. – Desculpe, vou jogar isso fora. – Levantei, jogando o pedaço pela janela e já voltando. Eu não estava pensando direito, estava falando tudo rápido e fazendo tudo rápido. – Vamos, tome o chá. – Indiquei a garrafinha. – Pode colocar um fio de mel de tiver muito ruim. – Me afastei novamente, me dirigindo a janela e sentando ali. O ar me fazia bem.

Estava claro meu nervosismo, mas Stark não comentou nada sobre, somente me agradeceu e começou a contar uma história sobre ficar enjoada. Provavelmente estava tentando me dar um bom motivo daquilo ter acontecido, mas eu não ouvia nada. Via seus lábios se mexerem, apenas. Engoli em seco novamente e no meio de sua história, fechei os olhos e soltei. – Você está grávida?

Treino:
Medicina e Cura

avatar
Imagem :
Mensagens : 18
Nome do jogador : ...
Dragões de ouro : 4
Veados de prata : 33
Estrelas de cobre : 4
Salário extra : 4%
Ver perfil do usuário
Nobreza (feminina)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Haden Forrester em Sab Jul 16, 2016 7:06 pm




Iron From Ice.


All Rights Reserved for Flawless
O lorde abriu um sorriso ao ouvir o irmão comentar sobre saber dos conselhos antes dele falar. Curiosamente, era assim que os Forrester faziam em muitos aspectos. Evitar batalhas sempre fora o objetivo de Haden, preferindo sempre a diplomacia ou resolver assuntos por outros meios, não por temer uma guerra. O Forrester sabia do tamanho de seu exército, sabia que todo o pau-ferro deixaria os homens praticamente imunes às saraivadas de flechas que seriam bloqueadas pelos escudos feitos da madeira mais resistente trabalhados pelos melhores artesãos. Na questão bélica, se garantia.

O que incomodava Haden em guerras eram as traições como o Casamento Vermelho, a invasão Greyjoy no Norte com a descida do Jovem Lobo e o exército de Mance Para-Lá-da-Muralha que deixavam o nortenho relutante para participar de guerras. Enquanto homens sangram em batalhas, suas casas ficam vulneráveis de infinitos modos possíveis, conhecia muito bem as consequências.

Talvez até pela própria natureza da casa a ideia se defender e fortificar seus exércitos para proteger Mata de Lobos soava muito mais interessante do que marchar para o sul defender uma casa que possui dragões capazes de queimar exércitos rebeldes sozinhos. Por mais que o nome soe agradável aos ouvidos, uma crônica de gelo e fogo derrete o gelo que se torna água e apaga o fogo.

Afastou os pensamentos quando sentiu as mãos do irmão sobre os ombros, iniciando uma massagem que fez o lorde relaxar os músculos do corpo. Baixou os olhos para o mapa sobre a mesa, olhando para Highpoint onde o símbolo da montanha branca sobre o fundo azul escuro dos Whitehill estava marcada com um "x". O próprio Ethan Forrester, segundo de seu nome, havia feito isso quando venceu a última batalha e quando Haden desferiu o golpe final em Roose Whitehill. Desde aquele dia, Highpoint pertencia aos Forrester, mas não possuía uma casa para viver no castelo que ficava sob os cuidados de Gerrad Tuttle, como castelão.

Analisou bem o mapa, as montanhas desenhadas da forma mais precisa possível indicavam o local vantajoso que Highpoint tinha dentre todos os povos das montanhas, seu castelo era imponente e bem fortificado, nenhum exército inimigo conseguiria invadir aquele local, principalmente com uma guarda bem armada lá, que não era o caso atual. A montanha estava nua e com pouquíssima vegetação graças aos antigos lordes do castelo que desmataram toda a área que era repleta de pau-ferro. Highpoint tinha problemas, mas porque não tinha nenhum lorde para cuidar daquela área.

Meneou a cabeça para a janela onde Gian observava a paisagem verde de Ironrath e aproveitou a distração do irmão para mover uma peça que representava a Casa Forrester no mapa e a colocou sobre Highpoint. Aquele plano não era para apenas ocupar uma área abandonada, mas sim para reviver o castelo, treinar novas tropas, reflorestar a montanha, aumentar o poderio dos Forrester e criar uma ramificação.

- Irmão, o que acha de distinguirem nossas casas? - Perguntou sem explicar muita coisa - Casa Forrester de Ironrath e... - Com isso deslizou o dedo pelo mapa, parando sobre a peça que representava Gian no castelo dos Whitehill - Casa Forrester de Highpoint. - Arqueou uma sobrancelha, abrindo um sorriso e aguardando a reação do irmão.


Treino:
Arte da Guerra
avatar
Imagem :
Mensagens : 99
Nome do jogador : Gald
Dragões de ouro : 47
Veados de prata : 107
Estrelas de cobre : 5
Salário extra : 12%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Gian Forrester em Dom Jul 17, 2016 9:53 pm

THE NEW LORDE

Dê asas para a cobra.
Haden ficou por um longo tempo calado. Ele parecia analisar o mapa, ou algo do tipo, porém Gian nem se deu conta, visto que olhava pela janela o cair do sol em meio as árvores que davam título a sua casa.
Gian  não queria demonstrar, porém ele tinha certas incertezas em relação ao futuro. Principalmente ao saber que seu irmão não tinha intenções de entrar na guerra. Isso talvez fizesse com que outra guerra surgisse.
Todos sabiam que Lady Stark era mão do rei, isso tornava a casa Stark bastante próxima da coroa, e com a guerra que viria, provavelmente que Lorde Stark marcharia pelo gargalo novamente, pela segunda vez a tropa nortenha desceria o longo gargalo da casa Reed e se aventuraria por terras que eram desconhecidas por muitos ali.
A serpente obviamente não via nenhum bônus nisso, somente ônus. Os Stark não tinham o maior exercito de Westeros,  mas quietos no norte eram imbatíveis. Nenhuma casa e nem todas elas juntas conseguiriam qualquer coisa subindo pelo gargalo... Essa era uma tranquilidade certa e sábida por todos os estratégistas das terras de neve.
Porém, Lorde Stark assim como o jovem lobo parecia ter se esquecido disso... Parecia querer ignorar que lá em baixo, trutas, águias, leões e veados faziam uma dança que estavam mais acostumados. A escolha de Haden era sábia aos olhos do Forrester mais jovem, já a provavel escolha de Tristan, nem tanto.
Sendo assim, a duvida que surgia na mente de Gian era; O suserano deixaria seu vassalo simplismente virar as costas e ignorar todo o embate que aconteceria?
Gian não sabia, de verdade. E nem tinha meios de arriscar um palpite.

Finalmente a voz de Haden ecoou na sala fechada. Gian se virou rapidamente abaixando a cortina e deixando que somente a luz das lamparinas e velas iluminassem a sala onde eles conversavam.
A primeira pergunta pareceu meio solta... Gian não entendeu muito bem como "distinguir casas", mas Haden nem tão pouco deu tempo para que seu irmão questionasse algo e logo tudo ficou claro.
O que o Lorde de Ironrath oferecia era bem simples, mas nada prático.
Tamanho foi a surpresa de Gian ao ouvir o convite dele para que se transformasse em um lorde. Teria seus próprios homens e ocuparia assim seu próprio castelo... Um castelo que durante anos tinha sido ocupado pelos maiores inimigos dos Forrester... Os Whitehill.
Gian se aproximou mais da mesa antes de dar qualquer resposta. Nunca tinha percebido muito bem Highpoint, nem mesmo tinha reparado que o castelo ficava bem em cima de Winterfell, em meio a uma cadeia de picos, o próprio nome já explicava sobre as muralhas que agora seriam do jovem e mais novo lorde do Norte.
-Está falando sério... Quer dizer. Serei um Lorde oficialmente?! Com meus próprios homens e tudo?!
Claro que ele estava falando sério, porém, Gian nunca imaginou que alcançaria o nível de Lorde. Afinal, para que isso acontecesse Haden teria que morrer, e por mais ambicioso que a serpente de Ferro fosse, ele nunca quis mal para seu irmão, pelo contrário.

Treino de Habilidades:

Arte da Guerra

thanks, ♛ and ▲
avatar
Mensagens : 38
Nome do jogador : J.
Dragões de ouro : 12
Veados de prata : 79
Estrelas de cobre : 4
Salário extra : 4%
Ver perfil do usuário
Nobreza (masculina)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por The Maiden em Ter Jul 19, 2016 8:49 pm

Avaliação de treino de habilidade

Ayra Forrester
Avaliado por Garad Ashford

 
Texto muito bem feito, você soube descrever os processos realizados com coerência, além de inserir com precisão os pensamentos e sentimentos da personagem. Não notei nenhum erro prejudicial ao texto, e a sua ortografia é excelente, não havendo então motivos pra descontos.

 
Critérios de avaliação
 

  + Conteúdo e Coerência (40/40)
  + Estrutura e Coesão (30/30)
  + Enredo e Criatividade (20/20)
  + Ortografia e Organização (10/10)

 
Total (100/100)
 


  + 18% de experiência pelo atributo de inteligência com 7 pontos
  - 10% de experiência por ter a habilidade no nível 3


 
Recompensas
 
+ 108 pontos de experiência em Medicina e Cura
Avaliação de treino de habilidade

Haden Forrester
Avaliado por Garad Ashford

 
Um bom treino, bem simples, mas capaz de atingir os objetivos básicos de um treinamento de Arte da Guerra, havendo coerência, além de um bom enredo, com a personalidade de Haden inserida neste. Não notei erros de ortografia que pudessem gerar descontos, portanto, parabéns.

 
Critérios de avaliação
 

  + Conteúdo e Coerência (40/40)
  + Estrutura e Coesão (30/30)
  + Enredo e Criatividade (20/20)
  + Ortografia e Organização (10/10)

 
Total (100/100)
 


  + 5% de experiência pelo atributo de inteligência com 3 pontos
  - 65% de experiência por ter a habilidade no nível 9
  + 7% de experiência por ser lorde


 
Recompensas
 
+ 47 pontos de experiência em Arte da Guerra
Avaliação de treino de habilidade

Gian Forrester
Avaliado por Garad Ashford

Não tenho praticamente nada a reclamar em relação ao seu texto. Notei um pequeno erro ortográfico(tão pouco no lugar de tampouco), mas não considero grave o bastante para ocasionar em algum desconto. No mais, atente-se à estruturação de seu texto: uma separação dos parágrafos poderia dar um aspecto visual melhor a ele.


Critérios de avaliação

+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)


Total (100/100)


+ 15% de experiência pelo atributo de inteligência com 6 pontos
- 5% de experiência por ter a habilidade no nível 2

Recompensas
+ 110 pontos de experiência em Arte da Guerra
avatar
Imagem :
Mensagens : 413
Nome do jogador : Soph
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Haden Forrester em Ter Jul 19, 2016 9:08 pm




Iron From Ice.


All Rights Reserved for Flawless
Haden riu com a reação do irmão, esperando até que ele terminasse para assim prosseguir com a proposta que agora era mais como uma ordem, uma vez que aquilo havia sido pensado pelo lorde diversas vezes e analisado as melhores pessoas para ocupar Highpoint, que era um castelo com o potencial de resistir por anos de cerco, esmagar os inimigos e ainda lucrar com o reflorestamento da montanha. Talvez teria gastos com a finalização do castelo, a reconstrução da grande torre principal, mas todos aqueles esforços valeriam a pena uma vez que seria mais uma casa vassala para o Senhor de Mata de Lobos.

Esses gastos seriam recompensados com o reflorestamento da partilha Whitehill de pau-ferro que há tempos  que, se os deuses antigos assim desejassem, logo seria recuperada com a magia de North Grove que Haden buscaria entender e aprender como utilizá-la da mesma forma que lorde Ethan fez.
O castelo extra seria realidade, por Highpoint se localizar em terras Forrester  o lorde tinha direito de nomear quem seria o lorde, mas a ramificação da casa teria que ser feita com a ajuda da Coroa para permitir o nascimento de outra casa que, mesmo usando o mesmo nome, poderia ter armas e lemas diferentes como os Flint.

Olhando para o passado, sessenta anos atrás os Forrester perderam Ironrath e foram exilados do Norte pelos Protetores do Norte, Bolton, e os vassalos, Whitehill. Sessenta anos no futuro, que seria o tempo atual, os Forrester tinham um exército em Mata de Lobos que contavam com os Glenmore, que são os melhores arqueiros do Norte, os Glover que no passado eram a casa suserana, recuperaram Ironrath e ainda mantinham North Grove. As raízes da árvore permaneciam fixas.

- Tudo o que era dos Whitehill agora é seu. Homens, castelo e terras. Eu ajudarei na reconstrução da torre principal e com as novas árvores da montanha. – Então tirou debaixo dos livros um pergaminho com o selo Forrester e estendeu para o irmão – Está aqui a escritura que te passa as terras Whitehill. Enquanto isso vá pensando em um símbolo para sua casa, irei mandar um corvo à Porto Real pedindo pela ramificação. – Então sorriu de forma amena e apontou o dedo para o irmão com as sobrancelhas arqueadas – E você também terá que pagar os impostos ao seu suserano.  – Disse em um tom de brincadeira apesar do assunto ser serio, como um vassalo, Gian teria as mesmas obrigações que os outros.


Treino:
Economia e Matemática



avatar
Imagem :
Mensagens : 99
Nome do jogador : Gald
Dragões de ouro : 47
Veados de prata : 107
Estrelas de cobre : 5
Salário extra : 12%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Aberta] Iron From Ice

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum










O Win or Die foi inaugurado a 09.09.2015. O RPG passa-se no mundo de As Crónicas de Fogo e Gelo, criadas por George R. R. Martin, mais de 50 anos depois dos acontecimentos dos livros. A trama inicial foi criada pela Staff, mas agradecemos a todos os nossos jogadores pela sua ajuda na evolução da mesma.
A nossa skin foi inteiramente criada por Ross (Many-Faced God), incluindo os templates de post e da página inicial, para uso exclusivo no Win or Die RPG, com o apoio da Soph (The Maiden) e do Tiago (Baelor Targaryen). O slider do nosso mural foi criado por CSS Slider. As imagens usadas foram tiradas do Google e editadas por Ross. Agradecemos ainda ao FM Codes e Best Skins pelos seus tutoriais de Javascript. Plágio é crime.

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::