We're at war nowA Song of Ice and Fire RPG
The game has begun. Will you win, or will you die?
Últimos assuntos
» Ausências
por The Maiden Sab Abr 29, 2017 3:25 pm

» [RP fechada] Mind Games
por Syndor Qua Mar 22, 2017 10:35 pm

» Pedido de atualização
por Francesca Sweet Sab Mar 18, 2017 8:23 pm

» [RP Fechada | 18+] Tell Me
por Dennis Braund Sab Mar 18, 2017 1:56 am

» [Quest Narrada] A Seita Branca
por Nanien Mormont Qui Mar 16, 2017 11:04 pm

» Avaliação de treinos
por Meena Ter Mar 14, 2017 12:52 pm

» [ Quest Narrada ] - Saquear!
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:44 pm

» [RP Fechada] Something Else?
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:32 pm

» Check-in [Fevereiro]
por Hyperion Targaryen Dom Mar 12, 2017 2:55 pm

» [RP FECHADA] Distant past
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:35 pm

» [RP FECHADA] The deer on ice
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:25 pm

» [RP Fechada | Flashback] Recovery drink
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:49 am

» [RP Aberta][Flashback] Kung Fu Panda
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:34 am

» [RP FECHADA] Beyond the view
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:22 am

» [Quest Narrada] Human hunting
por Theon Snow Qua Mar 08, 2017 4:22 pm

» Solicitação de Grupos
por Davos Icewood Ter Mar 07, 2017 10:15 pm

» [RP fechada] What do you see?
por Dorian Mormont Seg Mar 06, 2017 11:14 pm

» [Quest Narrada] Hot room
por Narrador Seg Mar 06, 2017 10:52 pm

» [Quest Narrada] Do not succumb
por The Maiden Made of Light Seg Mar 06, 2017 8:55 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.2
por Theon Snow Seg Mar 06, 2017 4:23 pm

» [RP Fechada] Crazy Kids
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 2:55 am

» [RP FECHADA] Confidence
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 1:15 am

» Quest Narrada - O Lugar de um Lorde
por Dorian Mormont Dom Mar 05, 2017 9:11 pm

» [RP fechada] Looking for a Fight
por Nälla Dom Mar 05, 2017 12:19 pm

» [RP Fechada | 18+] Facing the Lioness
por Dennis Braund Sab Mar 04, 2017 5:15 pm

» [RP FECHADA] Primeiros passos
por Arthor Stark Sex Mar 03, 2017 5:01 pm

» [RP fechada +18] Wicked Game
por Dennis Braund Sex Mar 03, 2017 4:33 pm

» [Quest Narrada] Dia da Caça, Dia do Caçador
por R'hllor Sex Mar 03, 2017 3:11 pm

» [Aviso] Pedidos no WOD-Resources
por Narrador Qua Mar 01, 2017 7:35 am

» Pedidos de quest
por R'hllor Ter Fev 28, 2017 11:54 pm

» [RP FECHADA +18] - Into the Lion's Den
por Susanne Glover Ter Fev 28, 2017 5:23 pm

» [RP FECHADA - 18+] Coming back? Are you sure?
por Erin Lannister Ter Fev 28, 2017 5:03 pm

» [RP Aberta] Hunting The Chicken
por Roth Whiteforest Seg Fev 27, 2017 2:25 pm

» [RP Fechada, flashback] You only live once
por Cory Silversun Seg Fev 27, 2017 1:37 am

» [RP fechada | Flashback] Old man, poor man
por Masamune Tsubakein Dom Fev 26, 2017 10:39 am

» [RP FECHADA] I Put a Spell on You
por Quinn Elijah Flowers Dom Fev 26, 2017 6:02 am

» [RP FECHADA] Flashback — running through the fire
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 5:12 pm

» [RP Fechada] Mirror of the Destiny, can you show me...? ~ Flashback
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 4:51 pm

» Premiações [Fevereiro]
por Anole Tallhart Sab Fev 25, 2017 4:16 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:20 pm

» [RP ABERTA] Mademoiselle Marchand
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:12 pm

» [RP FECHADA] O dever de um Lord #1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:08 pm

» [RP FECHADA] Recomeço
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:56 am

» [RP FECHADA - FLASHBACK] forget it
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:49 am

» Atualizações Específicas
por Roth Whiteforest Sab Fev 25, 2017 10:57 am

» [RP Fechada] Bring Me Virgins
por Dennis Braund Sab Fev 25, 2017 2:45 am

» [TREINO] Black Warrior
por Alice Targaryen Sex Fev 24, 2017 4:59 pm

» [RP ABERTA] Dance Of The Druids
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 2:02 pm

» [FP] Hew Tyrell
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 12:41 pm

» Solicitação de Conquistas
por R'hllor Qui Fev 23, 2017 11:42 pm

» [RP Fechada] The precise attack
por James Lannister Qui Fev 23, 2017 11:03 pm

» [FP] Desmond Targaryen
por Desmond Targaryen I Qua Fev 22, 2017 5:21 pm

» Quest Narrada - Uma transa de matar
por Narrador Qua Fev 22, 2017 1:36 pm

» RP FECHADA - Win or Die
por Drywn Graceford Ter Fev 21, 2017 1:01 am

» [RP Fechada/Flashback] Do not go, my dear
por Alannys Ashford Seg Fev 20, 2017 11:24 pm

» [RP Fechada] The witch and the prostitute
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 10:35 pm

» Quest narrada - Uma nova tarefa
por Alaric Umber Seg Fev 20, 2017 10:25 pm

» Quest narrada - O dia de amanhã
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 9:42 pm

» Quest Narrada - Onde se separa a menina da mulher
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:13 pm

» Quest Narrada - Sérios problemas
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:09 pm

» Moderação de tópicos
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:46 pm

» [RP fechada - Flashback] - The water hears and understands
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:44 pm

» RP Fechada - Mercy
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 2:24 pm

» [RP FECHADA] Reading until dawn
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 1:22 pm

» [Dungeon] Frozen Treasure - Inscrições
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 12:01 am

» [RP FECHADA] Um novo homem [+18]
por Elizabeth Tyrell Dom Fev 19, 2017 11:09 pm

» [RP FECHADA] PREFÁCIO — Disturbing nights
por Dorian Mormont Dom Fev 19, 2017 10:40 pm

» [RP Fechada] A Beautiful Day to Walk
por James Lannister Dom Fev 19, 2017 5:20 pm

» [Quest One Post] Careful, child
por The Maiden Made of Light Sab Fev 18, 2017 11:02 pm

» RP fechada - Aquecimento de inverno
por The Old Gods Sab Fev 18, 2017 5:32 pm

» [RP Fechada] Moment Between Sisters
por Leana Targaryen Sab Fev 18, 2017 1:23 pm

» [RP FECHADA] THE BEAST INSIDE
por The Black Goat of Qohor Sab Fev 18, 2017 1:01 pm

» [RP Fechada] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 7:54 pm

» [RP Fechada - Flashback] Try Again
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:58 pm

» [RP Fechada/flashback] The golden age
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:46 pm

» [RP Fechada - Flashback] Only policy
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:22 pm

» [FP] Ambrose, Garth.
por The Maiden Made of Light Sex Fev 17, 2017 3:32 am

» [RP Fechada] House of Memories
por Elyria Arryn Sex Fev 17, 2017 1:27 am

» [Dados] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 12:35 am

» [RP Fechada] Red lips always lie
por Layna de Braavos Qui Fev 16, 2017 9:53 pm

» [RP Fechada] Ascensão
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 7:36 pm

» [RP Fechada] Jobbery.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:45 pm

» [RP Fechada] Fallin Apart
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:41 pm

» [RP Fechada] Bastard... and Mastermind.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 5:44 pm

» [FP] Lancelyn Wyl (EM CONSTRUÇÂO)
por Lancelyn Qui Fev 16, 2017 5:24 pm

» [RP FECHADA] Snowed woods
por Alaric Umber Qua Fev 15, 2017 11:07 pm

» [Quest Narrada] Murder
por Narrador Qua Fev 15, 2017 10:44 pm

» [RP FECHADA +18] Lose It
por Terry Ashford Qua Fev 15, 2017 10:31 pm

» [RP Flash. +18] — She knows what I think about
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 8:29 pm

» [Rp Fechada] Oloko
por Eustass Kid Qua Fev 15, 2017 8:17 pm

» [RP Aberta] A Agonia dos Corvos
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 7:57 pm

» [RP Fechada] Lift Now
por Memphis Greyjoy Qua Fev 15, 2017 4:22 pm

» [RP FECHADA] Girls and knives, good brides
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 4:02 pm

» [RP FECHADA] O Conselheiro da Fortaleza De Águas Claras.
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 3:49 pm

» Promoção: Convide seus amigos
por James Lannister Qua Fev 15, 2017 11:40 am

» [Quest Narrada] The father's bones
por The Maiden Made of Light Qua Fev 15, 2017 7:12 am

» Quest narrada - Bravo?
por Lorien Hill Qua Fev 15, 2017 6:56 am

» Quest Narrada - Sussurros
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:23 pm

» [Quest Narrada] O satã
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:15 pm

" />

[RP - Fechada] Family Sins

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP - Fechada] Family Sins

Mensagem por Connor Swann em Dom Jun 05, 2016 3:03 pm

Family Sins
Está RP e fechada e se passa em Pedrelmo, contando apenas com as participações de Connor e Ashlyn Swann.

Antes dos primeiros raios solares o segundo filho de lorde Swann se encontrava no pátio do castelo treinando, ou melhor, extravasando um pouco o ressentimento que tinha para com sua mãe. Porém quando cessou com aquela ação e decidiu se refrescar teve uma surpresa estranha... Sua irmã caçula estava lá. Ashlyn por outro lado tinha acordado cedo para fazer um breve passeio como fazia todas as manhãs e quando estava no celeiro observando os cavalos da família, deu de cara com uma situação que para ela poderia ser considerada um tanto constrangedora...





Connor Swann





avatar
Imagem :
Mensagens : 15
Nome do jogador : Nathan
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 17 anos
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Cavaleiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] Family Sins

Mensagem por Connor Swann em Dom Jun 05, 2016 3:33 pm


Swann.
glory! family?

O sol mal tinha surgido em Pedrelmo e eu já estava de pé no pátio do castelo exercitando-me um pouco, não era muito chegado a acordar cedo, contudo era necessário para atingir o meu limite no treinamento com lâminas afiadas. Parece que foi ontem que estive em Dorne me saciando com as mais belas putas Dornesas, e cara, aquelas mulheres sabem como fazer uma orgia. Mal pude conter o sorriso com as lembranças de minha última viagem, porém tinha de esquecê-las por um tempo afinal tinha retornado para casa de meus malditos pais. Lady  Valerie sempre com suas frescuras de etiqueta e boa educação, como se não soubessem que ela e uma vaca ambiciosa e meu pai, coitado, apesar de ter um bom coração sempre era influenciado pela cobra venenosa que é minha mãe. Entretanto tinha muito de meu afeto, na verdade mais do que eu gostaria de admitir. Com minha espada em punho – minha querida e verdadeira amante –, eu praticava alguns golpes. Atacando um pobre boneco de pano tecido para treinos de crianças, mas que eu gostava incansavelmente de picotar a lâmina enquanto imaginava ser lady Valerie. – Tome isso sua vaca desgraçada. – Golpeava pela esquerda com fúria, imaginando que estava arrancando o braço de minha querida mãe. – Como seria ficar sem o braço que segura os talheres... – O golpe fora tão brusco que arrancou o pedaço do pobre boneco, reduzindo-o a retalhos. Apesar de não gostar de minha mãe idiota, também não nutria um ódio tão grotesco pela mesma, pois mesmo não gostando ainda sim tinha saído de suas entranhas. Às vezes até me pegava imaginando como eu e meus irmãos não fomos envenenados no útero daquela cobra. Um sorriso maligno surgiu em meus lábios quando imaginei estar arrancando a parte de seu corpo que eu mais odiava – sua língua.

Momentos  depois   todo suado, mas satisfeito por ter supostamente cortado lady  Valerie em retalhos. Com um calor desgraçado eu retirei minha camisa, ficando apenas de calça e caminhando para próximo do celeiro onde certamente deveria haver algum recipiente com água. Como pensado havia um recipiente e eu tinha acabado de começar a me refrescar, quando de repente dei de cara com minha irmã caçula parada próxima de onde estavam os cavalos. – Ash, o que diabos está fazendo ai? E porque acordou tão cedo? – Perguntei, arqueando uma sobrancelha apesar do sorriso malicioso continuar prostrado em meus lábios – muitos diriam que e uma característica – encarei ela. – Achei que lady vaca tinha ensinado você a dormir até tarde, pois supostamente isso trás beleza a vocês mulheres... Ash, não me diga que anda dando para o mestre dos cavalos, por isso está por aqui... – Dei de ombros, pegando um pouco de água e derramando sobre meu tronco úmido de suor. Lavando-o e me livrando do mesmo...

                                                     





Connor Swann





avatar
Imagem :
Mensagens : 15
Nome do jogador : Nathan
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 17 anos
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Cavaleiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] Family Sins

Mensagem por Ashlyn Swann em Qua Jun 08, 2016 2:46 pm


I'm As
Sweet naiveté
Meu cabelo louro esvoaçava sobre o vento enquanto o mesmo chocava-se contra meu rosto, ocasionando uma sensação intensa de liberdade. Claro que essa liberdade ficava exatamente resumida a isso, a uma sensação. Pois nunca em toda minha vida estive mais presa a algo do que atualmente, minha vida até que ultimamente vinha sendo bem interessante como dama de companhia da lady Aisha Stark, uma jovem e gentil moça que era esposa do príncipe Eragon Targaryen. Bom para mim Aisha não era somente uma lady, mas uma amiga muito querida, e eu estava sentindo profundamente sua falta. Desde que ela tinha partido para Winterfell com seu marido, e eu tinha decidido por ficar em minha casa esperando que em breve ela retornasse, enfim. Tinha acordado cedo naquele dia, minha intenção era fazer uma pequena caminhada pelo arredor Pedrelmo. Com isso tinha escolhido trajes adequados para o passeio  um vestido amarelo escuro, bordado em detalhes azuis e um par de botas negras , deixando o cabelo solto e saindo para o pátio. Onde estava até então, sentindo os ventos forte que pairava sobre aquela região. Apreciando um pouco da sensação de liberdade que o mesmo causava, quando notei que meu irmão estava no pátio reduzindo um pobre boneco de treinamento a retalhos. Deuses! Revirei os olhos, imaginando que toda aquela fúria que ele colocava nos golpes só poderia ser por causa de nossa mãe. Connor sempre foi um rapaz cheio de confiança e dono de um gênio indomável, coisas que minha mãe não aprovava, pois ela era uma mulher manipuladora e achava que nós só teríamos grandes futuros se ela tivesse no controle disso. Contudo Connor nunca aceitou que ela se metesse em sua vida e quando atingiu idade suficiente partiu para o mundo, viajando pelo desconhecido e para desgosto de nossa mãe tornou-se um cavaleiro andante... Ganhando a alcunha de ovelha negra da família, porém com o tempo ele tinha retornado para casa e agora estava tentando novamente conviver com nossos pais. Tentando... Pois aparentemente não parece que as coisas estão dando certo.

Deixando Connor em seu momento, caminhei para o celeiro afim de observar os cavalos que tínhamos em nosso território. Sempre fui uma garota que gostava de animais belos e nossos cavalos com certeza eram notáveis, admirava-os com um sorriso, e acariciava a crina do alazão que pertencia a meu pai. Quando escutei um barulho de passos entrando no celeiro, rapidamente ficando nervosa com a hipótese de ser o mestre dos cavalos que era muito leal a minha mãe e que informaria a ela se me visse ali, fazendo-me ganhar uma bronca sem motivos mais tarde. Entretanto quando me apressei a deixar o local não era o mestre dos cavalos que estava ali, mas sim meu irmão Connor. – Conn! Exclamei um pouco nervosa, observando pegar um recipiente com água antes de meus olhos recaírem sobre seu tronco desnudo, peitoral, abdômen, droga! Eu não deveria ver isso. Corei um pouco, escutando-o fazer algumas perguntas. – Eu estava observando os cavalos. Eu não! Gritei quando ele mencionou algo imoral entre eu e o mestre dos cavalos, idiota! Fechei os olhos, respirando fundo. – Eu não tenho nada com o mestre dos cavalos, sou uma donzela pronta para casar e ter um futuro brilhante com um lorde. E ela reclama sim, mas eu não me importo... Gosto de sair e caminhar cedo... Desviei o olhar de seu tronco, que estive observando por todo esse tempo sem me dar conta, e suspirei. – E melhor... Eu... Sair... Disse antes de sair, observando ele dar as costas, sem conseguir tirar os olhos de suas costas bem delineadas. Porém no momento que estava prestes a deixar o local, Connor trancou minha passagem fazendo-me arquear o corpo e arfar. – O que você quer? Deixe-me passar! Você está nu! Olhei para seu tronco novamente e soltei um suspiro, encarando seu sorriso irritante em seguida. Diabos! O que está acontecendo comigo? Ele está todo suado e sem camisa, se mamãe me pega aqui, estarei morta antes do jantar. Puxei o ar de forma idiota e acabei inalando o cheio de seu corpo suado, sentindo minhas bochechas queimarem. Droga! Afastei-me rapidamente. – Connor! Deixe-me passar! Gritei, cruzando os braços e estreitando os olhos para seu sorrisinho desnecessário. Maldito! Sempre arranjando um jeito de irritar...

 

P. Flintstones.



Ash
Oh let the sun beat down upon my face, stars to fill my dream ...
Imagem :
Mensagens : 11
Nome do jogador : Anna
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 15 verões
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Dama de companhia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] Family Sins

Mensagem por Connor Swann em Sex Jun 10, 2016 12:56 pm


Swann.
glory! family?
Amava profundamente minha irmã, mas sabia que ela era tolamente influenciada por nossa mãe e eu não poderia perder uma chance de irrita-la. Com um sorriso malicioso tratei de impedir sua passagem, pois tinha notado os olhares que Ashlyn tinha lançado em minha direção. Ela estava tensa e tudo pelo simples fato de eu estar sem camisa, quem diria que minha pequena irmãzinha poderia ter uma reação assim com minha presença semi-desnuda. Um pensamento sacana rapidamente me ocorreu, Ashlyn era uma jovem muito bonita e inteligente, eu poderia seduzir ela para mostrar a nossa mãe que nem tudo poderia ser como ela queria que fosse. Mas como fazer algo assim com minha própria irmã? Obviamente eu não faria nada além de seduzi-la, afinal ela e minha irmãzinha e eu a amo mais que tudo, contudo nossa mãe merecia uma lição e Ashlyn seria a ferramenta perfeita para a mesma. – Uma jovem donzela, é? – Sussurrei, aproximando-me bem dela e deixando-a sentir todo o calor ocasionado pela proximidade de meu corpo. – Você me parece muito tensa... Não acho que deve sair por ai agora... – Sorri, praticamente colando meu corpo no seu, permitindo que ela inalasse o cheiro do meu corpo suado e observasse todo o físico do meu tronco. Pousando a mão sobre sua face em seguida, e deslizando o polegar lentamente sobre sua bochecha visivelmente corada. – O que há com você maninha? Porque está tão tensa? – Perguntei, mesmo sabendo que isso era por causa de minha proximidade. Pois tinha certeza que Ashlyn nunca havia estado tão próxima de um homem quanto agora, mesmo este homem sendo seu irmão. Um irmão sem escrúpulo algum ou respeito por quem quer que fosse, porque esse sou eu, não me importo com ninguém, amando ou não. Passei a língua de leve entre os lábios e foquei meus olhos nos seus. – Porque não me ajuda a me limpar? – Peguei sua mão e pressionei contra meu abdômen, sorrindo com sua reação.

Ashlyn era minha irmã caçula e sempre fora a filha preferida de nossos pais, eu por outro lado nunca tive a atenção que mereci. Não que me importasse muito com isso, mas era triste para um garotinho pequeno nunca ser lembrado por seus pais em nada. E agora eu daria a eles um gostinho disso, faria minha doce irmã ficar na palma de minha mão, ela até era bem bonita e daria uma boa brincadeira. – Então vai me ajudar? – Forcei sua mão a deslizar de meu abdômen a meu peitoral, enquanto caminhava mais alguns passos à frente, prendendo seu corpo pressionado contra uma viga de madeira. – Você e uma boa irmã, Ash. – Sussurrei bem próximo de seu ouvido, roçando os lábios em sua têmpora lentamente e cessando com um beijo fraternal. – Muito boa irmã... – Dei um pouco de espaço para que ela pudesse recuperar o fôlego, meu plano era provoca-la e seduzi-la, mas nunca fazer nada, além disso. – Vai me ajudar a me lavar, Ash? – Perguntei com um sorriso de canto.

                                                     





Connor Swann





avatar
Imagem :
Mensagens : 15
Nome do jogador : Nathan
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 17 anos
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Cavaleiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] Family Sins

Mensagem por Ashlyn Swann em Ter Jun 14, 2016 8:08 pm


I'm As
Sweet naiveté

Oh céus! Connor estava praticamente nu a minha frente, eu não deveria estar olhando para ele, mas por algum motivo inexplicável não sabia como parar de olhar. – Sim, e não e tão bom ficar próxima de um homem praticamente nu. Mesmo que seja meu irmão. Disse um pouco embaraçada por inalar seu cheiro inebriante, sentindo meu corpo estremecer e uma sensação de calor percorrer minha pele. Droga! Não posso ficar próxima de Connor assim, espalmei uma das mãos contra seu peito suado. – Eu... Eu... Estou bem, não tensa. Agora por favor, deixe-me passar. Seu sussurro me deixou arrepiada, e minha mão continuava contra ele. Connor então pousou sua mão contra a minha e passou a me forçar a desliza-la por seu corpo, parando sobre seu abdômen. – Conn, eu... Suspirei nervosa.

As palavras saíram rápidas e confusas e ele continuava a forçar minha mão contra seu corpo, meus dedos contra sua pele úmida e quando flexionei os dedos quase arranhando-a. Connor soltou sua respiração de uma forma tão acelerada que saiu como um gemido. O movimento de sobe e desce sobre sua pele me causou uma leve tontura, eu quase cai nesse momento e Connor se aproveitou disso me empurrando contra uma viga, fazendo minhas costas se chocar contra a madeira. Logo começando a acariciar minhas bochechas fazendo minha respiração explodir acelerada enquanto sussurrava acintosamente em meu ouvido. Maldito! Proporcionando-me coisas que nunca tinha sentido. – Não vou te ajudar, eu não posso. Seu beijo fraternal me fez acariciar seu tórax e suas mãos percorreram meu corpo, forçando-me mais contra a madeira. – Eu sei que sou uma boa irmã, mas não vou te ajudar olha o seu tamanho. Antes que pudesse completar minha resposta, as mãos de Connor desceram para minhas pernas apertando-as e me fazendo soltar um gritinho. – Conn pare! Exclamei com as bochechas ficando rubras, e sua mão continuava a descer até a barra do meu vestido. – Por favor, pare...Minha voz soou trêmula e baixa.
 

P. Flintstones.


Última edição por Ashlyn Swann em Dom Jul 10, 2016 12:57 am, editado 1 vez(es)



Ash
Oh let the sun beat down upon my face, stars to fill my dream ...
Imagem :
Mensagens : 11
Nome do jogador : Anna
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 15 verões
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Dama de companhia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] Family Sins

Mensagem por Connor Swann em Qui Jun 16, 2016 8:04 pm


Swann.
glory! family?
O desconforto de minha linda irmã era motivo de diversão para mim, já que Ashlyn nunca tinha estado tão próxima de um homem quanto agora e isso causava sensações de ansiedade e desejo nela. Sensações que eu gostava de observar muito bem. Podia ver em seus olhos a forma que ela me observava e desejava, suas bochechas coradas e seus lábios entreabertos entregavam isso. Eu por outro lado também não estava conseguindo resistir a ela, afinal Ashlyn era um exemplo de beleza para qualquer homem admirar e comigo não era o contrário, na verdade estava sendo muito difícil manter o controle tão próximo dela. Sua mão em meu tórax estava causando inúmeros arrepios e sensações perturbadoras, pois se ela era capaz de causar isso com o simples toque de sua mão imagina com o resto. Pressionando-a contra a viga de madeira, eu me aproximei ainda mais dela, colando meu corpo inteiramente contra o seu. – Por isso mesmo que tem de me ajudar, porque e minha irmã. – Não contive o sorriso malicioso ainda prostrado nos lábios, correndo minha mão antes acomodada em sua cintura para sua perna, descendo-a para barra de seu vestido e a subindo junto com o tecido até a altura da metade de suas coxas. Olhei para a parte visível de sua perna em seguida, mordendo o lábio com a bela visão que tinha em meu alcance. – Sabe Ash, você e tão bonita... Que eu mesmo sendo seu irmão estou achando que... – Antes que pudesse completar a frase, fui tomado por uma vontade incontrolável de beija-la, e com isso em pouco tempo meus lábios estavam colados furiosamente contra os seus. Forçando-a compartilhar daquele ato intenso e proibido para nós, contudo a palavra proibido não existia para mim, não enquanto eu estivesse desfrutando daqueles lábios maravilhosos. Ashlyn por outro lado parecia não ter gostado muito do que tinha ocorrido, pois seu corpo tinha sido acometido por uma onda de tremulações e ela parecia ter sucumbido em meus braços. – Relaxe irmãzinha. – Sussurrei separando meus lábios dos dela, apertando minha mão firme em sua perna enquanto a outra o mantinha firme contra a viga de madeira.

Sabia que fazer aquilo com minha própria irmã seria um pecado muito grave perante os deuses, entretanto também seria uma doce vingança para com lady Valerie. Afinal não existiria nada mais doloroso para ela do que saber que sua doce e ingênua filha estava apaixonada por seu irmão imprestável, nada seria mais doloroso para ela que saber que Ashlyn estaria apaixonada por seu irmão, e nada seria mais divertido para mim do que ser o culpado por isso. Minha mão correu um pouco mais para cima levando consigo o tecido da barra do vestido, agora deixando a perna de Ashlyn totalmente nua e visível. Antes de colar mais uma vez meus lábios fervorosamente contra os dela, agora não encontrando nenhuma resistência de sua parte. Minha doce e linda irmãzinha sucumbindo a mim e futuramente minha mãe enlouquecendo com isso, minha mente expressava altas gargalhadas, enquanto continuava a beija-la com ferocidade.


                                                     





Connor Swann





avatar
Imagem :
Mensagens : 15
Nome do jogador : Nathan
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 17 anos
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Cavaleiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] Family Sins

Mensagem por Ashlyn Swann em Qua Jun 22, 2016 4:20 pm


I'm As
Sweet naiveté
Connor parecia se divertir com a reação que meu corpo expressava diante de sua proximidade, e eu sabia que ele simplesmente estava causando toda aquela situação só para irritar nossa mãe. Pois Connor sempre achou que nossa mãe amava mais eu e nosso irmão mais velho do que ele, mas isso não era verdade, nossa mãe amava todos igualmente, apenas estava desgostosa com ele por ter se tornado um cavaleiro andante sem futuro algum e que poderia morrer a qualquer momento em uma luta sem sentido. Respirei com dificuldade tentando me soltar, quando de repente fui tomada por um beijo avassalador dado por ele. Não! Não! Isso e proibido! Somos irmãos! Gritava minha consciência e meu corpo até tentou reagir no primeiro momento, mas quando sua língua invadiu minha boca possessivamente dominando meu estado físico, eu acabei cedendo. Droga! O que estou fazendo? Perguntava-me enquanto retribuía o beijo, estremecendo por completa e ficando com as bochechas rubras pelo toque descontrolado de suas mãos em meu corpo. – Conn! Dei um gritinho, sentindo suas mãos correr por minha cintura e seguir por minhas pernas, estabelecendo-se em meu bumbum e o apertando com força me arrancando um pequeno gemido. Contudo eu não poderia deixar aquele ato impensado seguir em frente e mesmo sem forças para tentar lutar contra ele, espalmei minhas mãos sobre seu peito e dei uma mordida em seu lábio inferior, puxando-o entre os dentes. – Oh! Ele colou seu corpo inteiramente pressionado contra o meu, mas soltou um urro cessando o beijo. – Desculpe! Eu o machuquei? Conn você e meu irmão não devemos... Tentei empurra-lo, entretanto sem sucesso. Connor era mais forte e não me deixaria sair...

Não satisfeito ele correu sua mão para minha perna e a puxou para cima contra sua cintura, esfregando seu corpo contra o meu. – Me deixe ir! Ou eu vou gritar! Sussurrei ofegante, não tinha ideia de como um corpo masculino poderia me deixar tão confusa e cheia de sensações desconhecidas para mim. Mas não podia me aprofundar naquilo e o que ele estava fazendo comigo não era justo e muito menos certo, Connor por outro lado parecia não se importar com isso e o conhecendo bem sabia que ele gostava do proibido. – Pare! Choraminguei tomada pela sensação de momento, tentando a todo custo me afastar dele e até conseguindo por um tempo. Porém quando estava prestes a escapar ele me puxou pela cintura e caímos sobre o feno, eu com a barriga para cima e ele completamente em cima de mim, entre minhas pernas. – Droga! Seu idiota! Gritei tentando me soltar, novamente sem sucesso e ele apenas me encarou esboçando aquele seu sorriso maligno de pura malicia. Com toda certeza agora estou perdida, pensei encarando seus brilhantes olhos azuis enquanto ele puxou meus braços na altura da minha cabeça e prendeu um contra o outro, mantendo-me imóvel. – O que você vai... Antes que pudesse terminar ele se remexeu entre minhas pernas, roçando seu quadril contra o meu e me fazendo sentir o volume ali formado. – Conn! Ofeguei perdendo o fôlego, sentindo sua mão livre estabelecendo sobre uma de minhas pernas e sua testa colar sobre a minha, deixando nossos lábios bem próximos. – O que você está fazendo... Ele então me silenciou com um beijo lento e cheio de volúpia. Quem nos encontrasse no celeiro agora certamente teria um choque ou ataque nervoso, dois irmãos naquela situação tão intima.

P. Flintstones.



Ash
Oh let the sun beat down upon my face, stars to fill my dream ...
Imagem :
Mensagens : 11
Nome do jogador : Anna
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 15 verões
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Dama de companhia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] Family Sins

Mensagem por Connor Swann em Dom Jul 03, 2016 2:23 pm


Swann.
glory! family?
O que diabos estou fazendo? Era a pergunta que pairava sobre minha mente enquanto meus lábios reivindicavam os de Ashlyn e minhas mãos vasculhavam suas curvas abaixo do tecido do vestido. Certamente não tinha o menor senso de moral naquele momento por estar quase arrancando as vestes de minha irmã caçula e tomando seu corpo para mim, entretanto sabia o quanto aquilo era errado e proibido e certamente pagaria por esse pecado no futuro, mas agora estava completamente dominado pelo instinto e não deixaria minha linda irmã escapar sem dar-lhe um pouco de calor masculino. Um sorriso maligno surgiu em meus lábios, que por sua vez continuavam colados nos dela travando uma batalha intensa por domínio. Incapaz de resistir a suas curvas, minhas mãos corriam por suas coxas, subiam para seu bumbum, apertavam-no bruscamente e voltavam para suas pernas, marcando sua pele pálida com vergões vermelhos. Meu corpo permanecia pressionado firmemente contra o seu, e eu o roçava contra o mesmo de uma forma lenta e lasciva, provocando-a e buscando arrancar ainda mais suspiros de seus lábios vermelhos. – Sabe o quanto e desejável irmãzinha? – Sussurrava contra seu ouvido, enchendo a curvatura de seu pescoço de beijos e mordidas e traçando um caminho com a ponta da língua deste, a sua têmpora, antes de cravar os dentes no lóbulo de sua orelha e puxa-lo entre os lábios. Tornando a beija-la novamente momentos depois.

E por mais que eu quisesse parar, naquele momento o estrago já estava feito e eu não conseguia mais ter o controle absoluto de minhas ações. Ela por outro lado espalmou as mãos sobre meu peito e me empurrou, dando uma forte mordida em meu lábio inferior. Deixando-me apenas ainda mais tentado a continuar com aquela situação. – Não machucou, mas gostei do seu jeito selvagem... – Passei a língua sobre o lábio inferior qual ela tinha mordido e esbocei um sorriso arteiro, desviando o olhar em seguida para suas pernas que estavam visíveis com toda sua glória. – Você tem em mente o quanto e linda Ash? – Perguntei, estreitando os olhos para o volume de seus seios no decote discreto de seu vestido. Quando ela abruptamente conseguiu me afastar e posteriormente tentar correr para longe, contundo quem disse que eu tinha em mente a deixar escapar assim? Obviamente ninguém. Então com uma determinação lasciva dominando meu espirito eu corri atrás dela, respectivamente a alcançando e a puxando bruscamente pela cintura. Caindo com ela sobre o feno e me arrastando para cima de seu corpo, mas uma vez a tendo presa em minhas garras. – Se divertindo, hein? – Pisquei para ela, pousando ambas as mãos sobre suas pernas. Deslizando as palmas das mesmas por sua pele e abrindo-as para que eu pudesse me encaixar entre elas, e por mais que eu não tivesse em mente fazer algo tão grave quanto roubar a virtude de minha irmã, ainda sim, queria beija-la e sentir seu corpo colado contra o meu. Talvez o plano de seduzi-la para usar contra minha mãe tivesse saído errado, pois invés de Ashlyn cair em minhas garras, eu que tinha acabado de cair nas suas.

Um sorriso cheio de malicia ascendeu em meus lábios e eu comecei a esfregar meu corpo contra o dela, deixando-a sentir lentamente cada músculo suado e tonificado do meu tronco em contato com o seu. E também mostrando o efeito que seu corpo tinha causado sobre o meu, como por exemplo, o volume considerável de minha ereção. – Estou apreciando um pouco a companhia de minha irmã... – Respondi sua pergunta com certa ironia, pairando meus lábios novamente sobre os seus após isso e correndo minhas mãos por suas coxas, antes de espalma-las contra seu bumbum e dar-lhe um forte aperto. Suspendendo-o no ar logo em seguida e por fim, forçando a laçar suas pernas envolta de minha cintura enquanto eu me erguia de joelhos e posteriormente sentava sobre meus calcanhares, mantendo seu corpo colado no meu e laçando sua cintura firmemente com um dos braços.

– Vamos Ash! Não seja tão tímida... – Sussurrei provocativamente, passando a ponta da língua por seu lábio inferior antes de tornar a beija-la. Explorando sua boca com volúpia. Sentindo-me por um lado culpado por submeter minha irmã aquela situação tão estranha, mas por outro não me importando nenhum pouco, pois só queria apreciar sua companhia de uma forma bem proveitosa e talvez, quem sabe, usar aquilo mais tarde para punir lady Swann – nossa mãe – por toda a merda que causou em minha cabeça durante nossa infância e inicio de adolescência. Mas isso não vinha o caso no momento, afinal eu só queria manter meus lábios colados no da jovem e sentir seu corpo estremecendo em êxtase absoluto pelo contato tão ousado e proibido. – Quem sabe aceita me lavar agora... – Mordisquei sua bochecha com uma leve gargalhada, subindo uma das mãos por suas costas, percorrendo-as na direção de sua nuca, parando na mesma e a acariciando. Puxando seus fios louros entre os dedos e forçando ela há inclinar um pouco o rosto, encarando seus olhos brilhantes e proporcionando um involuntário acesso a seu pescoço. – Sabe Ash... Eu não farei nada que não queira. – Rocei a ponta do nariz sobre sua bochecha corada e colei os lábios sobre a pele pálida de seu pescoço, beijando-a e serpenteando a ponta da língua pelo local.


                                                     





Connor Swann





avatar
Imagem :
Mensagens : 15
Nome do jogador : Nathan
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 17 anos
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Cavaleiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] Family Sins

Mensagem por Ashlyn Swann em Dom Jul 10, 2016 12:02 am


I'm As
Sweet naiveté


Meu coração parecia querer saltar pela boca quando caímos sobre aquela pilha de feno, nem mesmo a mordida que eu tinha-lhe dado havia tido êxito em afasta-lo, e agora eu tinha mais do que certeza que ele não cessaria com aquela loucura. Droga! E o pior de tudo e que meu corpo estava reagindo de uma forma inesperada a cada toque seu, como se invés de evita-lo, eu estivesse na verdade ansiando por mais. Não Ashlyn! Ele é seu irmão! Afaste-o! Gritava meu subconsciente em desespero enquanto que meu corpo estava sendo dominado e ficando completamente a sua mercê. - Isso e loucura, Conn! Sussurrei com a respiração acelerada, sentindo seus lábios contra minha pele que deixavam um rastro de calor espalhando-se como brasas a cada beijo. Maldito seja! Fechei os olhos pousando as mãos sobre suas costas e apertando seus músculos, esboçando pequenos gemidos e suspiros com o provocativo roçado de seu corpo contra o meu. Podia até mesmo sentir o volume de sua ereção pulsando forte a cada vez que ele fazia um movimento de quadril, sentindo também suas mãos correndo por minhas pernas com muita fúria. Eu por outro lado tentava lutar contra as sensações que ele me causava e estava começando a suspeitar que ele também estava lutando para não levar aquele pecado adiante, pois se ele fizesse eu relutantemente acabaria cedendo e desgraçando a nós dois para sempre. - Conn, por favor... Tentei empurra-lo.

Porém antes que pudesse afasta-lo, ele envolveu o braço em minha cintura e me forçou a laçar a sua com as pernas. Por um momento fiquei perdida entre seus olhos e lábios. - Eu não vou te dar banho merda nenhuma. Meus lábios tremeram quando se chocaram abruptamente contra os seus, em um beijo intenso e molhado, e o pior de tudo, era que eu tinha perdido a luta e agora me via completamente derrotada e sobre seu controle. Seus beijos contínuos já tinham me dominado e seu corpo me subjugado, involuntariamente esfreguei meu quadril contra o seu e ele deixou escapar um pequeno, mas expressivo gemido. - Se não fará nada do que eu desejo, porque está fazendo isso comigo? Eu sabia porque ele estava fazendo, para me usar numa vingança maluca contra nossa mãe, entretanto não estava mais me importando. Afinal meu corpo sabia bem o que estava querendo e apesar de minha consciência manter-se constantemente lutando contra isso, eu queria Connor, queria seus lábios e seu corpo, mostrando que o maldito tinha conseguido também o que desejava, que era me ter em suas mãos. Um sorriso malicioso cintilou em seus lábios quando ele passou a distribuir beijos sobre meu pescoço e sua mão correu por minhas costas, capturando os fios louros de meu cabelo e os puxando, fazendo-me soltar um arquejo. - Oh! Droga! Silvei movimentando meu quadril contra o seu, sentindo o grande e sólido volume estabelecido ali. Estava com toda certeza perdida, por estar desejando meu irmão. Colei meus lábios sobre os seus em um beijo cheio de lascívia.


 

P. Flintstones.



Ash
Oh let the sun beat down upon my face, stars to fill my dream ...
Imagem :
Mensagens : 11
Nome do jogador : Anna
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 15 verões
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário
Dama de companhia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] Family Sins

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum










O Win or Die foi inaugurado a 09.09.2015. O RPG passa-se no mundo de As Crónicas de Fogo e Gelo, criadas por George R. R. Martin, mais de 50 anos depois dos acontecimentos dos livros. A trama inicial foi criada pela Staff, mas agradecemos a todos os nossos jogadores pela sua ajuda na evolução da mesma.
A nossa skin foi inteiramente criada por Ross (Many-Faced God), incluindo os templates de post e da página inicial, para uso exclusivo no Win or Die RPG, com o apoio da Soph (The Maiden) e do Tiago (Baelor Targaryen). O slider do nosso mural foi criado por CSS Slider. As imagens usadas foram tiradas do Google e editadas por Ross. Agradecemos ainda ao FM Codes e Best Skins pelos seus tutoriais de Javascript. Plágio é crime.

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::