We're at war nowA Song of Ice and Fire RPG
The game has begun. Will you win, or will you die?
Últimos assuntos
» Ausências
por The Maiden Sab Abr 29, 2017 3:25 pm

» [RP fechada] Mind Games
por Syndor Qua Mar 22, 2017 10:35 pm

» Pedido de atualização
por Francesca Sweet Sab Mar 18, 2017 8:23 pm

» [RP Fechada | 18+] Tell Me
por Dennis Braund Sab Mar 18, 2017 1:56 am

» [Quest Narrada] A Seita Branca
por Nanien Mormont Qui Mar 16, 2017 11:04 pm

» Avaliação de treinos
por Meena Ter Mar 14, 2017 12:52 pm

» [ Quest Narrada ] - Saquear!
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:44 pm

» [RP Fechada] Something Else?
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:32 pm

» Check-in [Fevereiro]
por Hyperion Targaryen Dom Mar 12, 2017 2:55 pm

» [RP FECHADA] Distant past
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:35 pm

» [RP FECHADA] The deer on ice
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:25 pm

» [RP Fechada | Flashback] Recovery drink
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:49 am

» [RP Aberta][Flashback] Kung Fu Panda
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:34 am

» [RP FECHADA] Beyond the view
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:22 am

» [Quest Narrada] Human hunting
por Theon Snow Qua Mar 08, 2017 4:22 pm

» Solicitação de Grupos
por Davos Icewood Ter Mar 07, 2017 10:15 pm

» [RP fechada] What do you see?
por Dorian Mormont Seg Mar 06, 2017 11:14 pm

» [Quest Narrada] Hot room
por Narrador Seg Mar 06, 2017 10:52 pm

» [Quest Narrada] Do not succumb
por The Maiden Made of Light Seg Mar 06, 2017 8:55 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.2
por Theon Snow Seg Mar 06, 2017 4:23 pm

» [RP Fechada] Crazy Kids
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 2:55 am

» [RP FECHADA] Confidence
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 1:15 am

» Quest Narrada - O Lugar de um Lorde
por Dorian Mormont Dom Mar 05, 2017 9:11 pm

» [RP fechada] Looking for a Fight
por Nälla Dom Mar 05, 2017 12:19 pm

» [RP Fechada | 18+] Facing the Lioness
por Dennis Braund Sab Mar 04, 2017 5:15 pm

» [RP FECHADA] Primeiros passos
por Arthor Stark Sex Mar 03, 2017 5:01 pm

» [RP fechada +18] Wicked Game
por Dennis Braund Sex Mar 03, 2017 4:33 pm

» [Quest Narrada] Dia da Caça, Dia do Caçador
por R'hllor Sex Mar 03, 2017 3:11 pm

» [Aviso] Pedidos no WOD-Resources
por Narrador Qua Mar 01, 2017 7:35 am

» Pedidos de quest
por R'hllor Ter Fev 28, 2017 11:54 pm

» [RP FECHADA +18] - Into the Lion's Den
por Susanne Glover Ter Fev 28, 2017 5:23 pm

» [RP FECHADA - 18+] Coming back? Are you sure?
por Erin Lannister Ter Fev 28, 2017 5:03 pm

» [RP Aberta] Hunting The Chicken
por Roth Whiteforest Seg Fev 27, 2017 2:25 pm

» [RP Fechada, flashback] You only live once
por Cory Silversun Seg Fev 27, 2017 1:37 am

» [RP fechada | Flashback] Old man, poor man
por Masamune Tsubakein Dom Fev 26, 2017 10:39 am

» [RP FECHADA] I Put a Spell on You
por Quinn Elijah Flowers Dom Fev 26, 2017 6:02 am

» [RP FECHADA] Flashback — running through the fire
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 5:12 pm

» [RP Fechada] Mirror of the Destiny, can you show me...? ~ Flashback
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 4:51 pm

» Premiações [Fevereiro]
por Anole Tallhart Sab Fev 25, 2017 4:16 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:20 pm

» [RP ABERTA] Mademoiselle Marchand
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:12 pm

» [RP FECHADA] O dever de um Lord #1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:08 pm

» [RP FECHADA] Recomeço
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:56 am

» [RP FECHADA - FLASHBACK] forget it
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:49 am

» Atualizações Específicas
por Roth Whiteforest Sab Fev 25, 2017 10:57 am

» [RP Fechada] Bring Me Virgins
por Dennis Braund Sab Fev 25, 2017 2:45 am

» [TREINO] Black Warrior
por Alice Targaryen Sex Fev 24, 2017 4:59 pm

» [RP ABERTA] Dance Of The Druids
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 2:02 pm

» [FP] Hew Tyrell
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 12:41 pm

» Solicitação de Conquistas
por R'hllor Qui Fev 23, 2017 11:42 pm

» [RP Fechada] The precise attack
por James Lannister Qui Fev 23, 2017 11:03 pm

» [FP] Desmond Targaryen
por Desmond Targaryen I Qua Fev 22, 2017 5:21 pm

» Quest Narrada - Uma transa de matar
por Narrador Qua Fev 22, 2017 1:36 pm

» RP FECHADA - Win or Die
por Drywn Graceford Ter Fev 21, 2017 1:01 am

» [RP Fechada/Flashback] Do not go, my dear
por Alannys Ashford Seg Fev 20, 2017 11:24 pm

» [RP Fechada] The witch and the prostitute
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 10:35 pm

» Quest narrada - Uma nova tarefa
por Alaric Umber Seg Fev 20, 2017 10:25 pm

» Quest narrada - O dia de amanhã
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 9:42 pm

» Quest Narrada - Onde se separa a menina da mulher
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:13 pm

» Quest Narrada - Sérios problemas
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:09 pm

» Moderação de tópicos
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:46 pm

» [RP fechada - Flashback] - The water hears and understands
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:44 pm

» RP Fechada - Mercy
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 2:24 pm

» [RP FECHADA] Reading until dawn
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 1:22 pm

» [Dungeon] Frozen Treasure - Inscrições
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 12:01 am

» [RP FECHADA] Um novo homem [+18]
por Elizabeth Tyrell Dom Fev 19, 2017 11:09 pm

» [RP FECHADA] PREFÁCIO — Disturbing nights
por Dorian Mormont Dom Fev 19, 2017 10:40 pm

» [RP Fechada] A Beautiful Day to Walk
por James Lannister Dom Fev 19, 2017 5:20 pm

» [Quest One Post] Careful, child
por The Maiden Made of Light Sab Fev 18, 2017 11:02 pm

» RP fechada - Aquecimento de inverno
por The Old Gods Sab Fev 18, 2017 5:32 pm

» [RP Fechada] Moment Between Sisters
por Leana Targaryen Sab Fev 18, 2017 1:23 pm

» [RP FECHADA] THE BEAST INSIDE
por The Black Goat of Qohor Sab Fev 18, 2017 1:01 pm

» [RP Fechada] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 7:54 pm

» [RP Fechada - Flashback] Try Again
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:58 pm

» [RP Fechada/flashback] The golden age
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:46 pm

» [RP Fechada - Flashback] Only policy
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:22 pm

» [FP] Ambrose, Garth.
por The Maiden Made of Light Sex Fev 17, 2017 3:32 am

» [RP Fechada] House of Memories
por Elyria Arryn Sex Fev 17, 2017 1:27 am

» [Dados] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 12:35 am

» [RP Fechada] Red lips always lie
por Layna de Braavos Qui Fev 16, 2017 9:53 pm

» [RP Fechada] Ascensão
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 7:36 pm

» [RP Fechada] Jobbery.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:45 pm

» [RP Fechada] Fallin Apart
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:41 pm

» [RP Fechada] Bastard... and Mastermind.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 5:44 pm

» [FP] Lancelyn Wyl (EM CONSTRUÇÂO)
por Lancelyn Qui Fev 16, 2017 5:24 pm

» [RP FECHADA] Snowed woods
por Alaric Umber Qua Fev 15, 2017 11:07 pm

» [Quest Narrada] Murder
por Narrador Qua Fev 15, 2017 10:44 pm

» [RP FECHADA +18] Lose It
por Terry Ashford Qua Fev 15, 2017 10:31 pm

» [RP Flash. +18] — She knows what I think about
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 8:29 pm

» [Rp Fechada] Oloko
por Eustass Kid Qua Fev 15, 2017 8:17 pm

» [RP Aberta] A Agonia dos Corvos
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 7:57 pm

» [RP Fechada] Lift Now
por Memphis Greyjoy Qua Fev 15, 2017 4:22 pm

» [RP FECHADA] Girls and knives, good brides
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 4:02 pm

» [RP FECHADA] O Conselheiro da Fortaleza De Águas Claras.
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 3:49 pm

» Promoção: Convide seus amigos
por James Lannister Qua Fev 15, 2017 11:40 am

» [Quest Narrada] The father's bones
por The Maiden Made of Light Qua Fev 15, 2017 7:12 am

» Quest narrada - Bravo?
por Lorien Hill Qua Fev 15, 2017 6:56 am

» Quest Narrada - Sussurros
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:23 pm

» [Quest Narrada] O satã
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:15 pm

" />

[RP Fechada] The path of perfection

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP Fechada] The path of perfection

Mensagem por Kotramm Ironsmith em Qua Ago 31, 2016 1:46 am

The path of perfection
Esta RP se inicializará com o post de Kotramm Ironsmith, e conta apenas com sua participação. As narrativas se ambientarão na forja da família Ironsmith em Vaufreixo, narrando o caminho do anão até atingir o nível de mestre ferreiro.
avatar
Imagem :
Mensagens : 38
Nome do jogador : Gabs
Dragões de ouro : 18
Veados de prata : 44
Estrelas de cobre : 1
Idade : 00
Salário extra : 18%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Forge



O pequeno ferreiro sentia o suor escorrer pela testa. Suas mãos empunhavam o martelo com tanta força que ele praticamente sentia que podia esmagar o cabo entre seus dedos, e estavam naquela mesma posição sem parar a quase meia hora. Os espasmos em seus braços haviam começado a algum tempo, mas ele sabia que se parasse naquele instante, todo o seu trabalho teria sido em vão. O metal trabalhado era extremamente frágil e, ousava dizer, tinha vontade própria quando se tratava do processo de forja. Bastava um golpe mal aplicado, ou uma pausa rápida, para que ele tivesse que iniciar todo o processo novamente, desde a fase de aquecimento. Em momentos como aquele, lembrava-se de seu pai e todas as lições que o homem dera, quando o anão era ainda menor e sequer aguentava levantar suas ferramentas.

— Vamos lá, Kotramm! — gritou o homem, imponente e firme, para o seu filho. O homem tinha um grande martelo em suas mãos, e utilizava-o para moldar algum tipo de item que a criança, por ser pequena demais, simplesmente não enxergava. No lugar disso, tinha um grande livro em suas mãos... O tesouro dos Ironsmith. Continha todas as armas, armaduras e itens de forja conhecidos pela família, além de todos os metais com os quais conseguiam trabalhar, e a maneira de fazê-lo. O livro era tão grande que Kotramm mal conseguia erguê-lo, e estava aberto em uma das páginas iniciais. — É apenas uma espada longa. Se não conseguir descrever o que fazer para mim, como pode querer se tornar um Ironsmith de verdade um dia?

— Mas pai... — respondeu a criança, com voz chorosa. Era a décima vez que olhava fixamente para o desenho da arma, mas simplesmente não conseguia se lembrar das informações que seu pai queria: processo de forja de uma espada longa e metais mais comuns a serem trabalhados com ela. Sabia que havia estudado aquilo por diversas vezes, mas naquele instante, quando sua mente era cobrada a funcionar, ele simplesmente sentia que havia esquecido tudo o que se esforçara para aprender. — Eu simplesmente não...

— Não diga que não sabe! — bravejou o homem, sua voz saindo quase como um trovão e ressoando por toda a forja, para logo em seguida olhar nos olhos do filho sem parar nem por um instante o seu trabalho. Era experiente o bastante para conseguir forjar sem sequer olhar, e isso era algo que despertava profunda admiração no mais novo. Queria um dia ter as habilidades que o pai tinha, mas sequer conseguia dominar o básico. — Você é um Ironsmith. O fogo arde em seu corpo, e o martelo é a extensão do seu braço — ele disse, com voz mais calma e tranquila. — Você precisa acreditar que consegue, e não há nada que não possa fazer. Agora diga-me, como eu forjo a lâmina de uma espada?

— P-primeiro...
— mais uma vez, a criança tentava se lembrar, olhando para cada local da forja. Já havia observado aquele processo diversas vezes, não podia ser tão difícil assim responder... Primeiro de tudo, o metal tinha de... — Aquecer! Primeiro você leva a placa de metal para a fornalha e espera ele ficar mole pra poder usar — disse, em sua língua não tão infantil. O pai acenou positivamente, como se mandasse o garoto continuar. — Depois... Martelo? Pra amassar a chapa na forma que você quer... Você dobra e bate, aí dobra de novo e bate de novo...

— Sabe por que faço isso, Kotramm? Resistência. Essa é uma técnica que a nossa família usa a gerações, e ela serve pra eliminar qualquer resíduo que poderia ficar na lâmina, deixando o mais puro e resistente metal
— disse o pai, levemente empolgado com as respostas do filho que, apesar de não serem totalmente corretas, estavam no caminho certo. — Agora, prossiga. Qual a próxima fase?

— É quando você faz a espada começar a aparecer de verdade — respondeu, como se naquele momento ele tivesse todas as respostas. — Você continua batendo no metal, mas ele fica mais fino e mais amassado, e isso faz ele ficar no formato parecido com o da espada. Depois disso você lixa ela com aquela pedra, e aí você afia cada parte cortante, pra ela virar uma espada de verdade!

— Muito bem, muito bem... É quase isso, mas você se esqueceu de um processo importantíssimo
— o pai disse, ao mesmo tempo em que deixou o filho ver a lâmina de espada longa sobre a sua bigorna, antes de iniciar uma cobertura de argila sobre o aço. — Você nunca deve esquecer-se de temperar a arma, pois é isso o que retira a rigidez da lâmina. É isso o que diferencia um trabalho amador de um profissional — o homem levou a lâmina coberta de argila para a fornalha. — Quando você aquece e então resfria o item, ele torna-se completamente domável pelo seu dono. Não se esqueça disso, Kotramm. Por hoje, é só.


Os golpes incansáveis do anão continuaram por mais algum tempo, da maneira que o pai havia ensinado. A espada finalmente havia tomado a forma que deveria, sua lâmina completa e pronta para os processos de finalização. A mesma pedra que seu pai usava foi empunhada pelo anão, que colocou a enorme lâmina em seu colo antes de começar a lixá-la, para assim conseguir se livrar de cada uma das imperfeições que haviam resultado dos processos anteriores, além de também fornecer brilho à peça, podendo assim finalmente chamar o item de lâmina.

Lembrando-se das palavras de seu pai, Kotramm cobriu o ferro com argila, colocando-a por toda a extensão metálica antes de levá-la até a fornalha, adicionando mais lenha para que assim o processo fosse mais rápido. Enquanto aguardava, o baixinho cantarolava uma pequena canção da qual sequer se lembrava corretamente, mas não importava para ele. Apenas quando a lâmina estava quente o bastante, a tenaz do Ironsmith foi utilizada para levá-la até a água do resfriador, liberando vapor por todo o ambiente.

O processo de aquecimento foi então realizado mais uma vez, mas o resfriamento passou a ser demorado e calmo, do jeito que deveria ser para que toda a rigidez fosse retirada. Só então o loiro utilizou de uma pedra de amolar para deixar ambos os fios da espada afiados, só parando de trabalhar quando sentiu sua pele se cortar com um mero toque do item. Com um sorriso no rosto, o Ironsmith limpou o filete de sangue na roupa e continuou o trabalho, polindo toda a lâmina até que o seu brilho chegasse ao máximo possível, e então conectou-a ao cabo, encaixando o punho e o pomo e por fim prendendo todas as peças.

E então seu trabalho estava feito.

Habilidade Treinada:
Ferraria
Item Criado:
Espada Longa I


TPO @ B'

avatar
Imagem :
Mensagens : 38
Nome do jogador : Gabs
Dragões de ouro : 18
Veados de prata : 44
Estrelas de cobre : 1
Idade : 00
Salário extra : 18%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Iron Bull



O calor conhecido inundou todo o local quando as chamas da fornalha foram acesas, apenas expandindo-se com a quantidade de lenha jogada pelo anão. Kotramm aguardou, observando enquanto o fogo consumia a madeira e crescia o bastante para que o seu trabalho na forja pudesse começar. Todos os equipamentos de proteção já estavam colocados, para que sua pele não sofresse ainda mais com a temperatura. Ainda que todos os anos naquele local houvessem o acostumado com o calor, dando mais resistência em relação a pessoas normais, ele ainda tinha na pele todas as marcas de queimadura, especialmente em suas mãos cheias de calos.

Aquela forja havia sido um presente de lorde Ashford para o avô de Kotramm, um dos melhores ferreiros que Vaufreixo já teve. Em troca disso, os Ironsmith forjavam de graça para qualquer membro do castelo Ashford, e por gerações aquele acordo prosperava sem qualquer problema. O anão havia nascido e crescido em meio às chamas e ao som do martelo chocando-se contra o metal, e para ele não havia nada mais natural que isso. E enganavam-se aqueles que subestimavam o seu trabalho baseado em sua estatura, afinal o rapaz não deixava a desejar quando se tratava de manter a reputação de sua família.

Seu primeiro trabalho do dia seria iniciar o seu novo escudo, visto que o antigo havia sido completamente destruído em um acidente. A madeira não havia aguentado, causando a quebra do item, e por isso ele havia decidido criar um de ferro no lugar. Ainda que o peso fosse algo complicado, já que sua mobilidade ficaria completamente prejudicada – coisa que suas pernas curtas já faziam com maestria –, a proteção que o escudo ofereceria seria ainda maior que a do anterior. Além disso, o mais velho dos Ironsmith nunca havia sido nenhum tipo de atleta, então o peso não seria um grande problema.

O pequeno homem andou pela forja, selecionando duas placas de metal reluzentes, e colocando-as no fogo com o auxílio de uma tenaz, para que assim ele não se queimasse. Então, enquanto aguardava, ele foi até um pequeno banquinho que mantinha no canto da loja, subindo nele com um salto e utilizando-o de apoio para subir em uma cadeira mais alta, alcançando assim o balcão onde guardava a sua cerveja. Como um anão que honrava os costumes de sua família, não bebia nada que não fosse de qualidade, e portanto nada além de sua própria cerveja, fermentada e inteiramente preparada por ele, o satisfazia.

O rapaz encheu um grande copo com o líquido, e deu um gole tão longo que metade do conteúdo foi levada de uma vez, de modo que ele teve que agitar a cabeça de um lado para o outro para não ficar tonto, o que não impediu que um grande sorriso se formasse em seus lábios, seguido de um arroto igualmente grande. Nunca havia forjado sem antes beber uns bons goles de cerveja, como ditava a tradição de sua família, e não seria naquele dia que faria diferente. Pacientemente, o louro aguardou que o metal na fornalha começasse a se aquecer, entre copos e mais copos de cerveja.

Após um tempo, as placas começaram a incandescer em um tom de laranja, sem, no entanto, perder suas propriedades sólidas.  Pela experiência do homem, ele sabia que estava na hora de começar a trabalhar com elas. Mais uma vez usando de sua ferramenta, Kotramm levou a primeira peça de ferro até a grande pequena bigorna no meio da forja, e então utilizou-se de uma pequena lâmina própria para o trabalho, cortando o metal – maleável graças ao aquecimento – em um formato circular. Não ligou para as imperfeições que deixava no círculo, afinal sabia que aquelas seriam corrigidas nos próximos processos, apenas desenhou da melhor maneira que podia.

O trabalho demorou bastante para ser concluído. Quando finalmente terminou, o ferro já estava resfriado, de modo que o círculo precisou ser mais uma vez levado para a fornalha. Enquanto esta aquecia, o baixinho repetiu todo o processo com a segunda chapa de metal, fazendo o segundo círculo um pouco maior que o primeiro, para conseguir dar assim a forma correta ao item. No meio do processo, o rapaz esvaziou um barril com quase o seu tamanho de cerveja, o que significava que ele estava levemente alterado. Ninguém tinha tanta resistência ao álcool como o pequeno, nem mesmo um de seus antepassados Ironsmith.

Ambos os círculos foram deixados nas chamas por mais algum tempo, até que mais uma vez adquiriram as propriedades que os tornavam aptos para a forja. O rapaz usou suas ferramentas mais uma vez, para transportar os itens até a bigorna, deixando o menor sobre o maior, e então caminhou até o canto onde deixava o martelo herdado de seu avô, empunhando-o com as duas mãos no lugar de uma, e então iniciando uma série de golpes sobre as chapas que, graças à sua maleabilidade, começaram a unir-se em apenas um, da maneira que deveria ser.

A manhã já havia acabado e o sol já estava alto no céu quando o processo finalmente estava perto de se iniciar, mas o anão continuou firme todo o tempo. Quando finalmente terminou de unir as chapas, ele começou a dar forma ao item afundando o seu centro, de modo a conferir uma proteção muito maior e também uma maior facilidade de uso. Quando acabou, restava um item circular com centro afundado e cheio de calombos, nem de perto poderia ser chamado de escudo ainda. O rapaz ainda tinha muito trabalho a fazer.

O próximo passo dado por Kotramm, após um longo almoço e uma soneca ainda mais longa, foi moldar a forma do escudo usando de outros martelos e ferramentas, de modo a retirar grande parte das marcas de pancadas que o item possuía. Para finalizar a parte bruta, o jovem sentou-se com o escudo e uma grande pedra que utilizava para lixar os itens. E assim ele fez, raspando as bordas e o centro e retirando todo o excesso do ferro, para que assim ele pudesse criar um bom item. Quando finalmente acabou, o homem limpou uma gota de suor de sua testa, descansando um pouco antes de continuar o árduo trabalho.

Após um curto período de tempo em que o homem aproveitou para se embebedar um pouco mais, ele utilizou as suas ferramentas de entalhe para fazer um pequeno símbolo sobre o metal. Um K, como a primeira letra de seu nome. E então começou a fazer o desenho real sobre o ferro. Iniciou o projeto pegando uma grande folha onde já tinha o esboço da face raivosa de um touro, desenhada por ele mesmo, e então aos poucos começou a desenhar no metal, reproduzindo o animal com perfeição.

A criatura em baixo relevo começou a tomar forma enquanto as raspas de metal caíam no chão, e depois de mais um longo tempo ele finalizou o serviço, restando então colocar as correias laterais que permitiriam que o escudo fosse utilizado com maestria. Um trabalho que com certeza orgulharia ao seu pai, caso ele ainda fosse vivo. E então era a hora de finalmente abrir a loja para pedidos de clientes.

Habilidade Treinada:
Ferraria
Item Criado:
+ Iron Bull [Escudo circular, feito inteiramente de ferro, o que garante uma proteção razoável para o seu portador, apesar do peso poder atrapalhar na locomoção. Possui o entalhe, em baixo relevo, de um grande e raivoso touro. O animal cobre todo o item, com seus chifres tocando o topo e seu queixo tocando a base do escudo, que pode ser usado para ataque graças ao seu design. Possui correias ajustáveis para facilitar o uso.] — 3 ataque; 15 defesa; 0 destreza {Forjado por Kotramm Ironsmith}

*Modifiquei a descrição do item, já que foi feito por mim, mas mantive as minhas limitações.


TPO @ B'

avatar
Imagem :
Mensagens : 38
Nome do jogador : Gabs
Dragões de ouro : 18
Veados de prata : 44
Estrelas de cobre : 1
Idade : 00
Salário extra : 18%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Kotramm Ironsmith

O seu texto estava maravilhoso. A narração foi perfeita, prendendo-me do começo ao fim. Adorei ver a visão do personagem como uma criança com palavras mais simples para entendermos a forja da espada. Está de parabéns!


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 30% de experiência pelo atributo de inteligência com 10 pontos
- 15% de experiência por ter a habilidade no nível 4
+ 7% de experiência pelo dote inicial

Recompensas
+ 122 pontos de experiência em Ferraria
+ Espada Longa I
+ Técnica de habilidade: Mestre do Aço (Nível 5)

Avaliação de treino de habilidade

Kotramm Ironsmith

Outro treino espetacular. Não fiquei entediada em nenhum momento ao ler seu texto, mesmo sendo todo sobre a forja de um escudo. Você escreve demasiadamente bem. Parabéns novamente!


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 30% de experiência pelo atributo de inteligência com 10 pontos
- 25% de experiência por ter a habilidade no nível 5
+ 7% de experiência pelo dote inicial

Recompensas
+ 112 pontos de experiência em Ferraria
+ Iron Bull [Escudo circular, feito inteiramente de ferro, o que garante uma proteção razoável para o seu portador, apesar do peso poder atrapalhar na locomoção. Possui o entalhe, em baixo relevo, de um grande e raivoso touro. O animal cobre todo o item, com seus chifres tocando o topo e seu queixo tocando a base do escudo, que pode ser usado para ataque graças ao seu design. Possui correias ajustáveis para facilitar o uso.] — 3 ataque; 15 defesa; 0 destreza {Forjado por Kotramm Ironsmith}
avatar
Imagem :
Mensagens : 306
Nome do jogador : Vic
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Arryn



O jovem ferreiro alimentou as chamas de sua fornalha no momento em que acordou, ansioso para iniciar mais um dia de seu trabalho. Ao contrário de muitas pessoas em Vaufreixo e mesmo em Westeros, o anão trabalhava apenas porque queria e gostava de seu trabalho. Criar armas e outros itens variados era um grande desafio, mas era um desafio que ele acabava se tornando sua diversão quando ele percebia o avanço contínuo de suas técnicas. Com o tempo, trabalhos que antes estavam abaixo do nível de um mero guarda deram lugar a itens que mesmo nobres ou cavaleiros poderiam usar. E ele ainda não estava satisfeito, sempre buscando evoluir mais.

Foi por causa de tal desejo por evolução que ele decidiu trabalhar com uma espada que havia forjado muito tempo antes, quando suas técnicas ainda não estavam no nível da tradição passada por cada geração de sua família. Os Ironsmith eram ferreiros desde antes de o sobrenome existir, e seu início havia sido na Era dos Heróis, quando o bronze ainda era o metal mais utilizado para a criação de armas e armaduras. As técnicas de forja foram passadas ao pequeno pelo seu pai, porém ele ainda estava longe de ter o mesmo domínio com o aço que o homem tinha, afinal Gimli Ironsmith era o gênio que forjou sua primeira bastarda ainda criança.

O anão buscou a espada, suspirando levemente ao vê-la. Mesmo não sendo um ferreiro bom assim, conseguia reconhecer todas as falhas daquele item apenas olhando-o, falhas que ele mesmo havia deixado que acontecessem. A lâmina não tinha a forma e a densidade corretas, de modo que seu equilíbrio ficava severamente prejudicado. O fio do item não era grande o bastante para causar danos graves, e quanto mais a arma fosse utilizada, menor ele seria. Para piorar, a guarda estava mal ajustada, de modo que poderia causar um acidente quando o item fosse manuseado. No geral, a espada não estava nada boa, ainda.

Kotramm colocou a lâmina entre as brasas ardentes da fornalha, deixando o punho de fora, e então pegou uma pequena peça de madeira que possuía, começando a trabalhar com esta, com toda a calma e paciência que possuía. Utilizando suas ferramentas de entalhe, o rapaz aos poucos começou a tirar pequenas lascas do bloco, diminuindo seu tamanho e pouco a pouco dando forma ao novo pomo de sua espada. O trabalho inicial, de reduzir a madeira até o tamanho em que ela estivesse pronta para ser utilizada, durou bastante. Quando o anão finalmente acabou, já era hora de tirar a espada das chamas.

O ferreiro pegou a arma pelo punho, que não estava quente por não ter sido inserido nas chamas e por ser feito de outro material, e levou-a até a bigorna. O martelo já estava ao lado desta, pronto para ser usado, de modo que Kotramm simplesmente o empunhou e começou a golpear o metal, aos poucos dando uma forma diferente ao aço, que estava maleável graças à sua temperatura. O mestre em armas continuou os seus ‘ataques’, de uma maneira ritmada e que logo modificou completamente a constituição da arma, que se tornou bem mais fina, e também um pouco mais larga e longa. Novamente o item foi colocado na fornalha, e o anão voltou ao seu outro trabalho.

Utilizando uma pena e tinta sobre um pergaminho velho, o rapaz lentamente desenhou a forma que o item esculpido deveria ter: uma águia, símbolo dos Arryn. O homem não fazia ideia do motivo de ter escolhido tal pássaro, mas simplesmente o fez, desenhando o animal com suas asas fechadas e garras presas sobre o cabo da arma, quase como se ela estivesse empoleirada no pomo da espada. E assim começou a esculpir, tomando como base o seu desenho. O trabalho demorou muito mais que o anterior, foram horas de dedicação até que finalmente estivesse pronta, e só então o anão voltou para a arma.

Com um movimento rápido, Kotramm empunhou a espada e correu até o resfriador, mergulhando a lâmina incandescente de uma vez na água fria dentro do tanque. O vapor subiu por todo o ambiente, empesteando a forja por alguns segundos antes de se dispersar, quando o Ironsmith pegou de volta a espada. Tendo sido temperada, faltava pouco para que finalmente estivesse pronta. Primeiramente, o ferreiro selecionou uma de suas pedras de amolar, e sentou-se com a lâmina em seu colo. Então moveu a pedra por todo o fio, até chegar à ponta, e retornou até chegar à base. Repetiu o mesmo processo diversas vezes, em ambos os lados, para que o aço ficasse afiado e sempre pronto.

No instante seguinte, a arma foi polida. Cada detalhe do aço passou por este processo. Quando finalmente acabou, a peça estava brilhando como uma espada forjada em castelo, de qualidade. Mas, por algum motivo, o anão não a queria apenas assim. Com calma e paciência, tratou de passar uma camada de tintura negra sobre a lâmina, dando a ela esta cor, e sorrindo com o resultado. Para terminar, bastou encaixar o novo pomo no punho, retirando o antigo, e ajustando as peças para que nunca desencaixassem, e estava perfeito. Não... Perfeito não. Antes faltava mais um detalhe, e o anão utilizou uma pequena peça para remover parte da tinta, escrevendo assim "Tão Alto Como a Honra" na lâmina.

Habilidade Treinada:
Ferraria
Item forjado:
Substituir a Espada I em meu inventário por esta, visto que foi reforjada.

+ Eagle [Uma espada feita de aço, pintada para que sua lâmina fosse inteiramente negra. Possui 127 centímetros de comprimento, no total, sendo grande parte disso a lâmina, que possui leves ondulações e um brilho permanente que indicam sua qualidade. Escritas sobre o meta estão as palavras "Tão Alto Como a Honra", e o pomo do item é formado por uma águia de madeira negra, empoleirada sobre um leve círculo que é conectado ao punho. A águia está com as asas fechadas e olha para frente, sempre.] — 17 ataque; 5 defesa; 5 destreza {Recebimento: Forjada por Kotramm Ironsmith}


TPO @ B'

avatar
Imagem :
Mensagens : 38
Nome do jogador : Gabs
Dragões de ouro : 18
Veados de prata : 44
Estrelas de cobre : 1
Idade : 00
Salário extra : 18%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Kotramm Ironsmith

Um texto excelente, com uma escrita e detalhamentos impecáveis. Os sentimentos do personagem durante todo o treino deixou tudo mais leve e bem conduzido. Não tenho do que reclamar, está um excelente treino.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 30% de experiência pelo atributo de inteligência com 10 pontos
- 45% de experiência por ter a habilidade no nível 4
+ 7% de experiência pelo dote inicial

Recompensas
+ 92 pontos de experiência em Ferraria
+  Eagle [Uma espada feita de aço, pintada para que sua lâmina fosse inteiramente negra. Possui 127 centímetros de comprimento, no total, sendo grande parte disso a lâmina, que possui leves ondulações e um brilho permanente que indicam sua qualidade. Escritas sobre o meta estão as palavras "Tão Alto Como a Honra", e o pomo do item é formado por uma águia de madeira negra, empoleirada sobre um leve círculo que é conectado ao punho. A águia está com as asas fechadas e olha para frente, sempre.] — 17 ataque; 5 defesa; 5 destreza {Recebimento: Forjada por Kotramm Ironsmith}


avatar
Imagem :
Mensagens : 233
Nome do jogador : Leimann
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mormont



Quando terminou a espada, o Ironsmith deveria ter terminado de trabalhar. Havia passado diversas horas esculpindo a águia e trabalhando com a lâmina de aço, mas ainda assim ele não se sentia nem mesmo um pouco cansado. A noite estava bem próxima de cair, mas o Ironsmith continuava com o vigor de um touro – animal que era símbolo da família desde que se lembrava, ainda que não fossem realmente uma casa nobre ou com poder. Os Ironsmith apenas gostavam de se compararem ao incansável animal, pois conseguiam passar dias forjando sem qualquer descanso, e com o jovem anão não era diferente, apesar de seu tamanho.

Kotramm pegou outra folha de pergaminho e molhou a pena na tinta novamente, respirando fundo e começando a trabalhar em seu projeto. Na verdade, ele sequer sabia o que exatamente queria fazer, não possuía qualquer encomenda ou arma própria a ser feita, e, portanto também não tinha motivos para forjar, mas ainda assim a vontade queimava em seu peito como as brasas da fornalha que utilizava. Guiado por ela, o homem pôs-se a desenhar, deixando que os seus pensamentos fluíssem para o papel de uma maneira descontroladamente precisa. Seu primeiro desenho foi o de uma adaga... Simples, bruta. E assim ele soube que item faria, mas não parou de desenhar.

Em outro pedaço do pergaminho, o loiro começou a rabiscar a maneira que imaginava uma adaga perfeita. Desenhou as curvas, as ondulações na lâmina, fez cada um dos detalhes, e então tinha a base do projeto pronta, mas não estava satisfeito. Sem parar, ele continuou a desenhar, fazendo os detalhes estéticos da arma e desenhando um pomo para ela... Primeiramente achou que o seu desenho seria o de um touro, para homenagear o próprio símbolo, mas aos poucos sua imaginação deu forma a um outro animal, de modo que a cabeça de um grande urso pardo foi esculpida na extremidade do cabo daquela arma. Finalmente, deu-se por satisfeito e começou o trabalho em si.

Uma pequena placa de aço, menor que a habitual para a criação de armas menores, foi selecionada e, assim como havia acontecido pouco tempo antes com a lâmina de sua antiga espada, levada até a fornalha para que o fogo pudesse fazer seu trabalho. As chamas, no entanto, estavam próximas de se extinguir, e por isso o rapaz precisou adicionar mais lenha, aguardando lentamente que o combustível fosse consumido e o fogo crescesse até atingir o que era esperado para um item daquele porte. Feito isso, o anão foi cuidar da parte mais detalhada daquele trabalho: o pomo com o símbolo dos Mormont.

Com delicadeza e precisão que talvez apenas alguém com a sua altura era capaz de ter, o homem começou a esculpir o símbolo em madeira negra, para que assim combinasse com a cor que daria para a arma ao final de seu trabalho. Lascas foram sendo tiradas com todo o cuidado, começando a esculpir primeiro uma forma que parecia redonda, e com tantas imperfeições que um leigo jamais acreditaria que era dali que saía tamanha peça de arte. Kotramm continuou o seu trabalho, retirando pedaços e mais pedaços de madeira, visualizando o urso dentro de tudo aquilo. Suas mãos trabalhavam agilmente, ele sabia que não falharia.

Após algum tempo, deixou a peça sobre sua mesa e voltou até a placa de aço, que naquele momento possuía um brilho alaranjado e incandescente. Com o auxílio de sua tenaz, uma espécie de alicate de ferro que o protegia de queimaduras, e de luvas de couro para suportar o calor, o Ironsmith pegou a peça e a colocou sobre sua bigorna. Aquele processo era tão natural a ele que praticamente nem percebia o que estava fazendo quando empunhava o martelo e segurava com firmeza a sua tenaz, golpeando o aço para que assim este ficasse mais compacto, fácil de ser trabalhado. Então, usando o alicate, o anão dobrava o aço maleável e voltava a golpeá-lo, em uma técnica que fazia com que o aço se misturasse a ele mesmo, retirando vestígios de ar e imperfeições.

O processo foi repetido, e logo em seguida o anão usou outro de seus martelos para fazer com que a placa fosse afinada e alongada, assumindo um tamanho um tanto diferente da maioria das adagas que o jovem costumava fazer. Aquela era mais longa, com um balanço e equilíbrio maior e mesmo a sua lâmina era diferente do comum, exatamente do jeito que deveria ser. Sorridente, o anão continuou com os golpes, até que finalmente atingiu a forma que queria. Pegou então uma pedra que utilizou pra lixar toda a lâmina e o fio, removendo assim quaisquer imperfeições que houvessem resistido aos processos anteriores.

Respirando profundamente, o homem colocou a lâmina na fornalha, cobrindo-a antes com argila e deixando que esta endurecesse enquanto ele retornava ao urso. Com paciência, o jovem começou a retirar as últimas lascas, dando forma primeiro ao focinho do animal, para em seguida fazer as suas orelhas e então o restante da cabeça. Começou então a dar forma e profundidade para o pomo, desenhando pelos e detalhes como olhos e nariz, para fazer com que aquilo ficasse realmente perfeito. Apenas quando acabou, encaixou o pomo a um cabo de adaga e preparou-se para finalizar seu serviço.

A lâmina coberta de argila foi retirada do fogo, e no momento seguinte foi colocada em um pequeno recipiente de metal com óleo. O líquido pareceu entrar em combustão imediatamente, e o aço foi temperado neste processo, de modo que logo o Ironsmith pôde retirá-lo para dar o acabamento à adaga. Usou a sua pedra de amolar para fazer com que ambos os lados da lâmina ficassem completamente afiados e letais, e após isso poliu cada parte do metal, para dar um brilho intenso à arma, que teve todas as peças encaixadas logo em seguida.

Para finalizar seu trabalho, o anão utilizou da mesma tintura de antes para cobrir o aço, tornando-o negro, porém ainda brilhoso. Quase que poderoso, podia dizer. Com um sorriso, ele escreveu as palavras “Aqui Permanecemos” removendo um pouco da tinta, e finalmente concluiu o projeto, guardando-o junto da espada.

Habilidade Treinada:
Ferraria
Item Forjado:
+ Bear [Adaga com lâmina feita inteiramente em aço, e pintada para que fosse completamente negra. Tem 40 centímetros de comprimento, ao total, um pouco maior que as adagas comuns, e a lâmina começa a alargar-se perto de sua ponta, e então volta a ficar fina. Essa modificação faz com que a carne perfurada se feche ao redor da lâmina e volte a se abrir quando ela for puxada, causando assim mais dano ao inimigo. Escritas sobre o metal, que possui um forte brilho, estão as palavras “Aqui Permanecemos”, e o pomo do item é feito de madeira negra, na forma da cabeça de um urso.] — 14 ataque; 0 defesa; 17 destreza {Recebimento: Forjada por Kotramm Ironsmith}


TPO @ B'

avatar
Imagem :
Mensagens : 38
Nome do jogador : Gabs
Dragões de ouro : 18
Veados de prata : 44
Estrelas de cobre : 1
Idade : 00
Salário extra : 18%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Kotramm Ironsmith

Gostei de como começou fazendo um esboço do que iria produzir. Novamente detalhes riquíssimos dos itens produzidos e a condução do treino realmente muito bom. Não tenho do que reclamar.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 30% de experiência pelo atributo de inteligência com 10 pontos
- 55% de experiência por ter a habilidade no nível 8
+ 7% de experiência pelo dote inicial

Recompensas
+ 82 pontos de experiência em Ferraria
+ Bear [Adaga com lâmina feita inteiramente em aço, e pintada para que fosse completamente negra. Tem 40 centímetros de comprimento, ao total, um pouco maior que as adagas comuns, e a lâmina começa a alargar-se perto de sua ponta, e então volta a ficar fina. Essa modificação faz com que a carne perfurada se feche ao redor da lâmina e volte a se abrir quando ela for puxada, causando assim mais dano ao inimigo. Escritas sobre o metal, que possui um forte brilho, estão as palavras “Aqui Permanecemos”, e o pomo do item é feito de madeira negra, na forma da cabeça de um urso.] — 14 ataque; 0 defesa; 17 destreza {Recebimento: Forjada por Kotramm Ironsmith


avatar
Imagem :
Mensagens : 233
Nome do jogador : Leimann
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bow



O ferreiro sentia que estava próximo de tornar-se tão bom quanto o seu falecido pai na arte de moldar os metais. A cada dia que se passava, tornava-se melhor e melhor, aprendendo e criando técnicas novas para cada um dos itens que fazia, aproximando-se a cada vez mais da maestria que tanto procurava. Seus clientes eram cada vez mais frequentes, e os seus trabalhos bem mais reconhecidos, de modo que até pessoas importantes o requisitavam. Entre os metais que o ferreiro conhecia, não havia nenhum que não conseguisse usar e moldar com total perfeição, e havia se tornado o objetivo pessoal do Ironsmith trabalhar com alguma peça feita de Aço Valiriano, embora não soubesse se estava pronto para isso, e tivesse certeza de que aquele era um desejo impossível de se realizar.

Pensando de maneira mais realista, o rapaz decidiu criar um item que nunca antes havia visto. Talvez não fosse o primeiro a tentar tal proeza, mas talvez fosse o primeiro a ter êxito com aquilo. Afinal, se alguém já houvesse conseguido dominar o metal daquela maneira, haveria algum tipo de registro disso ou pessoas se vangloriando por tal feito. O Ironsmith tinha mais de quarenta anos de vida, a maioria deles lidando com armas, e nem mesmo o seu pai já havia tentado algo assim, então provavelmente nunca havia sido feito. Empolgado com a ideia, ele fez o mesmo de sempre antes de começar um projeto novo: pegou um pedaço de pergaminho, pena e tinta, e começou a desenhar.

Primeiramente, desenhou um arco normal, como os que sempre fazia, apenas para ter a ideia de como aquele seria, e então começou a projetá-lo de verdade. Aquele não seria um arco qualquer... Seria feito inteiramente de metal, e com um cordel projetado para aguentar toda a tensão de seu tiro sem qualquer problema para o atirador, permitindo um puxão firme e seguro, além de um desempenho formidável. Ao menos, era aquilo o que o Ironsmith esperava conseguir. Respirando fundo, o rapaz desenhou primeiro a parte central do arco, grossa e firme, feita para aguentar todo a sua força. No entanto, para que não ficasse pesado demais, pequenos buracos foram acrescentados ao desenho, onde metal seria removido por completo, aliviando a massa.

Quando terminou este desenho, passou para a outra parte do pergaminho para poder projetar os braços do arco, que se conectariam à parte de cima e de baixo da arma. Cada detalhe tinha de ser perfeito para que aquilo desse certo, e o ferreiro tinha confiança de que conseguiria fazê-lo. O sangue dos melhores ferreiros da Campina corria em suas veias, nada era capaz de impedi-lo de fazer o que queria caso se dedicasse. Os detalhes dos braços do arco foram colocados com cuidado, as pontas foram feitas de maneira circular, para mais uma vez evitar peso desnecessário na arma. Ambos os braços foram redesenhados diversas vezes, cada uma atualizando os detalhes necessários para tal proeza.

Com sua experiência na construção de armas, Kotramm modificou a curvatura do arco em seus desenhos diversas vezes, imaginando como seria o puxão para aquela arma. Primeiramente, a curva ficou muito leve, e o anão sabia que a força necessária para puxar a corda teria de ser sobre-humana. Apenas alguém lendário como o famoso Montanha teria chance de puxá-la, e o rapaz sabia que alguém com tamanha força não perderia seu tempo treinando arquearia. Por isso, corrigiu a curva em um novo desenho, moldando o arco para que o cordel ficasse perfeitamente esticado sem, no entanto, ser longo demais. Assim, sabia que quem o utilizasse não precisaria de tanto poder assim.

O projeto ainda não havia sido completado, no entanto. Com agilidade, o ferreiro desenhou uma espécie de forma ampliada dos braços e do centro, desenhando assim uma espécie de encaixe, junto de uma pequena peça de metal que usaria para manter as três partes unidas e funcionando perfeitamente, acrescentando também, na ponta de cada braço, uma pequena peça que serviria para apoio da corda, forte o bastante para não ser quebrado com o puxão. Fez também marcas na parte central do arco, feitas para o encaixe de dedos, de modo que o disparo seria completamente confortável, além de preciso.

Os desenhos continuaram por um bom tempo, o projeto aos poucos tomando forma baseado em toda a experiência que o rapaz tinha. Aquele arco seria melhor que qualquer outro já feito em qualquer castelo, e o anão tinha certeza de que encontraria alguém digno de utilizá-lo em batalha, honrando assim o nome do grande pequeno homem, e de sua fam

Habilidade Treinada:
Ferraria

TPO @ B'

avatar
Imagem :
Mensagens : 38
Nome do jogador : Gabs
Dragões de ouro : 18
Veados de prata : 44
Estrelas de cobre : 1
Idade : 00
Salário extra : 18%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Kotramm Ironsmith

Gostei bastante do treino. A vontade de inovar do personagem é muito boa e a narração foi ótima, deixando a leitura muito gostosa. Parabéns!


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 30% de experiência pelo atributo de inteligência com 10 pontos
- 65% de experiência por ter a habilidade no nível 3
+ 7% de experiência pelo dote inicial

Recompensas
+ 72 pontos de experiência em Ferraria
+ Ferreiro Nobre (nível 10)
+ 2 em resistência
+ 1 em inteligência
avatar
Imagem :
Mensagens : 306
Nome do jogador : Vic
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] The path of perfection

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum










O Win or Die foi inaugurado a 09.09.2015. O RPG passa-se no mundo de As Crónicas de Fogo e Gelo, criadas por George R. R. Martin, mais de 50 anos depois dos acontecimentos dos livros. A trama inicial foi criada pela Staff, mas agradecemos a todos os nossos jogadores pela sua ajuda na evolução da mesma.
A nossa skin foi inteiramente criada por Ross (Many-Faced God), incluindo os templates de post e da página inicial, para uso exclusivo no Win or Die RPG, com o apoio da Soph (The Maiden) e do Tiago (Baelor Targaryen). O slider do nosso mural foi criado por CSS Slider. As imagens usadas foram tiradas do Google e editadas por Ross. Agradecemos ainda ao FM Codes e Best Skins pelos seus tutoriais de Javascript. Plágio é crime.

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::