We're at war nowA Song of Ice and Fire RPG
The game has begun. Will you win, or will you die?
Últimos assuntos
» Ausências
por The Maiden Sab Abr 29, 2017 3:25 pm

» [RP fechada] Mind Games
por Syndor Qua Mar 22, 2017 10:35 pm

» Pedido de atualização
por Francesca Sweet Sab Mar 18, 2017 8:23 pm

» [RP Fechada | 18+] Tell Me
por Dennis Braund Sab Mar 18, 2017 1:56 am

» [Quest Narrada] A Seita Branca
por Nanien Mormont Qui Mar 16, 2017 11:04 pm

» Avaliação de treinos
por Meena Ter Mar 14, 2017 12:52 pm

» [ Quest Narrada ] - Saquear!
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:44 pm

» [RP Fechada] Something Else?
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:32 pm

» Check-in [Fevereiro]
por Hyperion Targaryen Dom Mar 12, 2017 2:55 pm

» [RP FECHADA] Distant past
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:35 pm

» [RP FECHADA] The deer on ice
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:25 pm

» [RP Fechada | Flashback] Recovery drink
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:49 am

» [RP Aberta][Flashback] Kung Fu Panda
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:34 am

» [RP FECHADA] Beyond the view
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:22 am

» [Quest Narrada] Human hunting
por Theon Snow Qua Mar 08, 2017 4:22 pm

» Solicitação de Grupos
por Davos Icewood Ter Mar 07, 2017 10:15 pm

» [RP fechada] What do you see?
por Dorian Mormont Seg Mar 06, 2017 11:14 pm

» [Quest Narrada] Hot room
por Narrador Seg Mar 06, 2017 10:52 pm

» [Quest Narrada] Do not succumb
por The Maiden Made of Light Seg Mar 06, 2017 8:55 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.2
por Theon Snow Seg Mar 06, 2017 4:23 pm

» [RP Fechada] Crazy Kids
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 2:55 am

» [RP FECHADA] Confidence
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 1:15 am

» Quest Narrada - O Lugar de um Lorde
por Dorian Mormont Dom Mar 05, 2017 9:11 pm

» [RP fechada] Looking for a Fight
por Nälla Dom Mar 05, 2017 12:19 pm

» [RP Fechada | 18+] Facing the Lioness
por Dennis Braund Sab Mar 04, 2017 5:15 pm

» [RP FECHADA] Primeiros passos
por Arthor Stark Sex Mar 03, 2017 5:01 pm

» [RP fechada +18] Wicked Game
por Dennis Braund Sex Mar 03, 2017 4:33 pm

» [Quest Narrada] Dia da Caça, Dia do Caçador
por R'hllor Sex Mar 03, 2017 3:11 pm

» [Aviso] Pedidos no WOD-Resources
por Narrador Qua Mar 01, 2017 7:35 am

» Pedidos de quest
por R'hllor Ter Fev 28, 2017 11:54 pm

» [RP FECHADA +18] - Into the Lion's Den
por Susanne Glover Ter Fev 28, 2017 5:23 pm

» [RP FECHADA - 18+] Coming back? Are you sure?
por Erin Lannister Ter Fev 28, 2017 5:03 pm

» [RP Aberta] Hunting The Chicken
por Roth Whiteforest Seg Fev 27, 2017 2:25 pm

» [RP Fechada, flashback] You only live once
por Cory Silversun Seg Fev 27, 2017 1:37 am

» [RP fechada | Flashback] Old man, poor man
por Masamune Tsubakein Dom Fev 26, 2017 10:39 am

» [RP FECHADA] I Put a Spell on You
por Quinn Elijah Flowers Dom Fev 26, 2017 6:02 am

» [RP FECHADA] Flashback — running through the fire
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 5:12 pm

» [RP Fechada] Mirror of the Destiny, can you show me...? ~ Flashback
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 4:51 pm

» Premiações [Fevereiro]
por Anole Tallhart Sab Fev 25, 2017 4:16 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:20 pm

» [RP ABERTA] Mademoiselle Marchand
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:12 pm

» [RP FECHADA] O dever de um Lord #1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:08 pm

» [RP FECHADA] Recomeço
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:56 am

» [RP FECHADA - FLASHBACK] forget it
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:49 am

» Atualizações Específicas
por Roth Whiteforest Sab Fev 25, 2017 10:57 am

» [RP Fechada] Bring Me Virgins
por Dennis Braund Sab Fev 25, 2017 2:45 am

» [TREINO] Black Warrior
por Alice Targaryen Sex Fev 24, 2017 4:59 pm

» [RP ABERTA] Dance Of The Druids
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 2:02 pm

» [FP] Hew Tyrell
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 12:41 pm

» Solicitação de Conquistas
por R'hllor Qui Fev 23, 2017 11:42 pm

» [RP Fechada] The precise attack
por James Lannister Qui Fev 23, 2017 11:03 pm

» [FP] Desmond Targaryen
por Desmond Targaryen I Qua Fev 22, 2017 5:21 pm

» Quest Narrada - Uma transa de matar
por Narrador Qua Fev 22, 2017 1:36 pm

» RP FECHADA - Win or Die
por Drywn Graceford Ter Fev 21, 2017 1:01 am

» [RP Fechada/Flashback] Do not go, my dear
por Alannys Ashford Seg Fev 20, 2017 11:24 pm

» [RP Fechada] The witch and the prostitute
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 10:35 pm

» Quest narrada - Uma nova tarefa
por Alaric Umber Seg Fev 20, 2017 10:25 pm

» Quest narrada - O dia de amanhã
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 9:42 pm

» Quest Narrada - Onde se separa a menina da mulher
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:13 pm

» Quest Narrada - Sérios problemas
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:09 pm

» Moderação de tópicos
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:46 pm

» [RP fechada - Flashback] - The water hears and understands
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:44 pm

» RP Fechada - Mercy
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 2:24 pm

» [RP FECHADA] Reading until dawn
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 1:22 pm

» [Dungeon] Frozen Treasure - Inscrições
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 12:01 am

» [RP FECHADA] Um novo homem [+18]
por Elizabeth Tyrell Dom Fev 19, 2017 11:09 pm

» [RP FECHADA] PREFÁCIO — Disturbing nights
por Dorian Mormont Dom Fev 19, 2017 10:40 pm

» [RP Fechada] A Beautiful Day to Walk
por James Lannister Dom Fev 19, 2017 5:20 pm

» [Quest One Post] Careful, child
por The Maiden Made of Light Sab Fev 18, 2017 11:02 pm

» RP fechada - Aquecimento de inverno
por The Old Gods Sab Fev 18, 2017 5:32 pm

» [RP Fechada] Moment Between Sisters
por Leana Targaryen Sab Fev 18, 2017 1:23 pm

» [RP FECHADA] THE BEAST INSIDE
por The Black Goat of Qohor Sab Fev 18, 2017 1:01 pm

» [RP Fechada] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 7:54 pm

» [RP Fechada - Flashback] Try Again
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:58 pm

» [RP Fechada/flashback] The golden age
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:46 pm

» [RP Fechada - Flashback] Only policy
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:22 pm

» [FP] Ambrose, Garth.
por The Maiden Made of Light Sex Fev 17, 2017 3:32 am

» [RP Fechada] House of Memories
por Elyria Arryn Sex Fev 17, 2017 1:27 am

» [Dados] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 12:35 am

» [RP Fechada] Red lips always lie
por Layna de Braavos Qui Fev 16, 2017 9:53 pm

» [RP Fechada] Ascensão
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 7:36 pm

» [RP Fechada] Jobbery.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:45 pm

» [RP Fechada] Fallin Apart
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:41 pm

» [RP Fechada] Bastard... and Mastermind.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 5:44 pm

» [FP] Lancelyn Wyl (EM CONSTRUÇÂO)
por Lancelyn Qui Fev 16, 2017 5:24 pm

» [RP FECHADA] Snowed woods
por Alaric Umber Qua Fev 15, 2017 11:07 pm

» [Quest Narrada] Murder
por Narrador Qua Fev 15, 2017 10:44 pm

» [RP FECHADA +18] Lose It
por Terry Ashford Qua Fev 15, 2017 10:31 pm

» [RP Flash. +18] — She knows what I think about
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 8:29 pm

» [Rp Fechada] Oloko
por Eustass Kid Qua Fev 15, 2017 8:17 pm

» [RP Aberta] A Agonia dos Corvos
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 7:57 pm

» [RP Fechada] Lift Now
por Memphis Greyjoy Qua Fev 15, 2017 4:22 pm

» [RP FECHADA] Girls and knives, good brides
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 4:02 pm

» [RP FECHADA] O Conselheiro da Fortaleza De Águas Claras.
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 3:49 pm

» Promoção: Convide seus amigos
por James Lannister Qua Fev 15, 2017 11:40 am

» [Quest Narrada] The father's bones
por The Maiden Made of Light Qua Fev 15, 2017 7:12 am

» Quest narrada - Bravo?
por Lorien Hill Qua Fev 15, 2017 6:56 am

» Quest Narrada - Sussurros
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:23 pm

» [Quest Narrada] O satã
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:15 pm

" />

[RP Fechada] Mirror of the Destiny, can you show me...? ~ Flashback

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo


Destiny ▲

Esta é uma RP Fechada que ocorrerá entre Karma V. Black e Dennis Braund na cidade de Qarth no ano de 349 DD.
Nessa Rp, a pequena Maegi coloca seus dons em prática e olha o futuro do rapaz.

Aviso: Membros não convidados não são permitidos de postar nesse tópico.

Esta RP é a continuação da RP Freedom.



Última edição por Karma V. Black em Sab Set 24, 2016 9:07 am, editado 2 vez(es)


I'm Karma and i can see your destiny...
...Or just curse you.
avatar
Imagem :
Mensagens : 38
Nome do jogador : Ana
Dragões de ouro : 31
Veados de prata : 98
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 22%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Olhe nos meus olhos e eu te mostrarei...
... O que o destino tem reservado para você.
As longas madeixas vermelhas como fogo se encontravam espalhadas pela cama, tomando conta de quase 50% do móvel. A respiração era leve e uma incrível expressão de paz era perceptível no rosto da criança de apenas doze anos. Karma ainda dormia e não mais se encontrava em posição fetal, espaçosa com só ela, estava deitada com os braços esticados.

A ruiva ainda estava usando o vestido branco de três camadas e tecido fino. O fino lençol cobria menos da metade de seu corpo, sinal de que à noite ela tinha se mexido muito. Já era tarde do dia e a garota sequer tinha dado sinal de que acordaria, a adrenalina na noite anterior e as horas a fio conversando tinham lhe tirado todas as energias que agora estavam sendo repostas com louvor.

Após tantas horas dormindo, ela se encontrava no mais leve dos sonos e os ruídos fora do quarto eram audíveis. Passos ecoaram no corredor em que o quarto de Dennis se encontrava, fazendo-a despertar num pulo. A garota saltou para fora da cama e, como um soco na boca do estômago, as informações da noite anterior a atingiram no mesmo instantes.

A cabeça latejou ante a imensa quantia de informações. Dennis. Fuga. Troca de favores. A Valentine massageou as têmporas, tentando reorganizar os próprios pensamentos. Olhou ao redor, o cenário só tornarva tudo ainda mais verdadeiro. Era o quarto de Dennis.

Ela se atentou ao barulho que a fizera acordar, estava ainda mais próximo do quarto. Karma olhou ao redor procurando um esconderijo, algo lhe dizia que o dono daqueles passos entraria naquele quarto e... se fosse pega. Bom, seria uma ruiva a menos no mundo.

Com passadas silenciosas, se esgueirou para o esconderijo mais óbvio, entretanto o único, debaixo da cama.
vitu


I'm Karma and i can see your destiny...
...Or just curse you.
avatar
Imagem :
Mensagens : 38
Nome do jogador : Ana
Dragões de ouro : 31
Veados de prata : 98
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 22%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo



Passei o dia inteiro fora da Casa dos Homens Pesarosos. Confiava que Karma, pelo medo de ser descoberta, não faria grandes barulhos dentro de seu quarto. Além disso, sabia que estava cansada: provavelmente a encontraria ainda dormindo quando chegasse no início da tarde. Sendo assim, podia continuar meus assuntos sem ter grandes preocupações.

Chegando próximo do meio-dia, conforme notei pela posição do Sol, comecei a me deslocar em direção a um restaurante caseiro que havia na cidade. A comida era típica de Qarth, a cozinha era uma qartena de nascença e cozinhava muito bem. E o mais importante: era barato. Chegando no estabelecimento, acenei para o marido dela, que cuidava do caixa.

Precisava inventar um motivo pelo qual estaria levando duas porções ao invés de uma. Não queria dar nenhum tipo de suspeita a ninguém da cidade de que estava mantendo uma pessoa junto comigo. Felizmente, no caso do homem a minha frente, a justificativa era direta:

- Boa tarde, senhor Hanke! Eu vou querer duas porções, uma para mim e a outra para aquela minha colega... ela está me esperando e quero surpreendê-la com uma bela refeição, sim?

Retribui seu sorriso, percebendo que não havia causado nenhum tipo de estranheza. Já havia vindo com Ayisha algumas vezes ali, de forma que já a conhecia e sabia a quem me referia. O que não precisava saber, entretanto, era que não era para minha companheira que levava um prato de comida. A única chance de a mentira ser descoberta seria se a Pesarosa viesse a esse lugar hoje, mas sabia que raramente vinha ali sem mim. Sendo assim, passaria incólume.

Sentei-me em um dos sofás enquanto sentia o aroma das iguarias preenchendo o ar. Somente o cheiro já era capaz de me inebriar e querer comer logo, mas guardaria para que comesse junto com a pequena maegi. Me levantei quando a cozinheira saiu da cozinha carregando os dois pacotes. Aceitei-os com um sorriso, deixei as moedas correspondentes no balcão e parti. Consegui uma pequena sacola de panoem uma banca e coloquei os pacotes dentro, de modo que não desse para ver o que havia dentro e ajudaria a manter o conteúdo quente, pois o Sol estava a pino e aquecendo o interior do invólucro.

Algum tempo depois cheguei na Casa dos Homens Pesarosos. Direcionei-me sem rodeios ao meu quarto. Ouvi um barulho ouvindo dele e segurei o suspiro. Ouvira-me e reagira da pior forma possível. Cheguei na porta, a destrancando e entrando. Olhei ao redor. Conforme esperado, não a vi, ainda assim ouvia sua respiração acelerada. Fechei a porta do quarto, a trancando novamente e colocando a sacola sobre a mesa de canto. Abri a janela, deixando a luz invadir o ambiente, e falei:

- Karma, saia de debaixo da minha cama. A próxima vez que ouvir alguém se aproximando, ao invés de saltar e se agitar, fique completamente quieta. Não mova um fio de cabelo, por mais difícil que isso seja. Não vale a pena tentar se esconder, especialmente em um ambiente fechado.

Esperei que saísse dali enquanto retirava os pacotes e os abria na mesa. Vinham com um garfo, uma faca e um pequeno quadrado de pano para limpar a boca. A senhora Hanke era bastante cuidadosa nos detalhes, motivo pelo qual mantinha sua clientela. Puxei um banco e me sentei, chamando-a:

- Venha comer enquanto ainda está quente.

Talvez não conhecesse tão bem as comidas típicas de Qarth. Eu mesmo não conhecia todas, afinal era estrangeiro. Ainda assim não era nada que poderia causar aversão. Muito pelo contrário, tinha um aspecto bastante apetitoso, além disso ela deveria estar com fome. O cheiro tomava meu quarto. Esperei-a, ainda sem começar a comer, por educação.

Habilidade Treinada:
+ Lábia


template by: MM's GIRL on Tdn!





avatar
Imagem : Lamento tanto...
Mensagens : 314
Nome do jogador : Moita
Dragões de ouro : 237
Veados de prata : 70
Estrelas de cobre : 3
Idade : 30
Salário extra : 66%
http://winordie.forumeiros.com/t1197-relacoes-dennis-braund#10004http://winordie.forumeiros.com/t1169-braund-dennishttp://winordie.forumeiros.com/t1178-cronologia-dennis-braundVer perfil do usuário
Homens Pesarosos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Olhe nos meus olhos e eu te mostrarei...
... O que o destino tem reservado para você.
 Assim que a porta se abriu, o cheiro de comida inundou o quarto. Talvez, o som que o estômago faminto da pequena realizou ao sentir cheiro do que seria seu almoço, foi o que a havia entregado. Logo, Dennis abriu as cortinas que impediam a luz do sol adentrar o local por completo e falava para ela sair de seus esconderijo.

Karma engatinhou para fora da parte inferior da cama demonstrando uma extrema irritação por ele ter encontrado ela.

— Eu estava dormindo! — ela resmungou a justificativa. — Digo, eu não estava dormindo embaixo da cama, quando eu o ouvi, já era tarde demais e tudo o que me restou foi esconder-me aqui, no lugar mais óbvio. — ela cruzou os braços acima dos seios quase inexistentes, era uma tábua, afinal, tinha apenas doze anos.

Novamente, o estômago faminto se fez audível deixando Karma mais vermelha que os próprios cabelos por causa do acontecido. Havia um motivo bastante óbvio por trás daquilo, jejum ao deus vermelho, ela e as demais maegis estavam sem colocar algo sólido no estômago desde a manhã do dia anterior. Graças a R'hllor, Dennis aproveitou a deixa para expor a comida e chamá-la para que, juntos, pudessem saborear o alimento.  

A ruiva sorriu e se aproximou dele vislumbrando as porções.

— Muito obrigada, Dennis...— ela agradeceu apossando-se de um banquinho de madeira e sentando-se ao lado do homem pesaroso.— Hmm... parece bastante apetitoso...— a pequena comentou se referindo tanto à aparência da comida quanto pelo cheiro dela que a deixava ainda mais faminta.
vitu


I'm Karma and i can see your destiny...
...Or just curse you.
avatar
Imagem :
Mensagens : 38
Nome do jogador : Ana
Dragões de ouro : 31
Veados de prata : 98
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 22%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo



Observei a pequena maegi engatinhar para fora, com uma expressão de irritação. "Ok, é do tipo que acorda de mau-humor...", pensei imediatamente, percebendo também que sua pele estava levemente amassada assim como seus cabelos estavam ainda mais desegrenhados, o que indicava que estava dormindo recentemente.

- Eu estava dormindo! Digo, eu não estava dormindo embaixo da cama, quando eu o ouvi, já era tarde demais e tudo o que me restou foi esconder-me aqui, no lugar mais óbvio.

Sorri com ela cruzando os braços sobre o busto. Era a perfeita representação de uma criança fazendo birra por ter sido encontrada quando não queria. Ainda assim seu estômago a fez deixar a pose após um ronco audível, que me surpreendeu. Não sabia se na religião das maegis havia algum tipo de imposição de jejum, mas parecia ser o caso. Devia estar com bastante fome. Para deixá-la mais confortável, comecei a colocar a mesa.

Após servir as porções, a vi se aproximar de mim com um sorriso enquanto puxava uma cadeira e sentava.

- Muito obrigada, Dennis... Hmm... parece bastante apetitoso...

Assenti com o comentário, sorrindo de volta e respondendo:

- Posso te garantir que está delicioso. Já comi pratos desse lugar onde comprei várias vezes, talvez algum dia eu te leve lá pessoalmente. Bom apetite!

Sorri, pegando os meus talheres e começando a comer. A explosão de sabores tomou minha boca, me fazendo soltar um suspiro satisfeito, sentindo o delicioso gosto que a comida tinha, continuando a ingerí-la parando apenas de vez em quando para tomar um pouco de água.


template by: MM's GIRL on Tdn!





avatar
Imagem : Lamento tanto...
Mensagens : 314
Nome do jogador : Moita
Dragões de ouro : 237
Veados de prata : 70
Estrelas de cobre : 3
Idade : 30
Salário extra : 66%
http://winordie.forumeiros.com/t1197-relacoes-dennis-braund#10004http://winordie.forumeiros.com/t1169-braund-dennishttp://winordie.forumeiros.com/t1178-cronologia-dennis-braundVer perfil do usuário
Homens Pesarosos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Dennis Braund

Ainda que não tenha sido um mau treino, foi pobre em conteúdo. Dessa mesma forma, escassearam descrições ou partes em específico do texto que suportassem o uso da habilidade, pelo que a sua nota foi mais baixa. A ortografia nao foi má, porém, teve alguns erros ocasionais.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (24/40)
+ Estrutura e Coesão (17/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (9/10)

Total (70/100)


+ 11% de experiência pelo atributo de inteligência com 5 pontos
± 0% de experiência por ter a habilidade no nível 1

Recompensas
+ 78 pontos de experiência em Lábia
avatar
Imagem :
Mensagens : 413
Nome do jogador : Soph
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Olhe nos meus olhos e eu te mostrarei...
... O que o destino tem reservado para você.
"Bom apetite", aquele havia sido o sinal para que Karma se apossasse de um talher e se pusesse a comer. Apesar da grande fome que sentia, ela comia de forma lenta, apreciando a explosão de sabores que lhe inundava o paladar - mostrando que tinha modos à mesa, afinal, sua mãe lhe exigia isso - e, também, pelo fato de estar jejum há mais de doze horas. Ela sabia, por experiência própria que se comesse rapidamente, o estômago rejeitaria a comida e logo ela passaria mal.

A refeição foi realizada em silêncio. Karma se encontrava ali em corpo, mas a mente voava de volta para os flashes dos acontecimentos da noite anterior. A ruiva ainda não conseguia acreditar que tinha conseguido fugir e alguém para ajudá-la na fuga. Porém, como tudo na vida dela, havia um preço a ser pago. E, por mais que ela quisesse evitar usar seus poderes, ela preferia quitar a dívida com o assassino. Por isto, assim que engoliu a última porção de comida, Karma voltou suas íris verdes safiras para Dennis. Ela o fitava de forma séria, quase determinada.

A Valentine pigarreou, chamando a atenção dele.

— Acredito que lhe devo algo, Dennis... — ela começou a falar, escondendo o leve receio com um sorriso. Karma estava tentando ao máximo transparecer o mínimo dos sentimentos e pensamentos em relação ao assunto para ele.

vitu


I'm Karma and i can see your destiny...
...Or just curse you.
avatar
Imagem :
Mensagens : 38
Nome do jogador : Ana
Dragões de ouro : 31
Veados de prata : 98
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 22%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo



Observei com o canto de meu olhar Karma apoderar-se dos seus talheres e começar a comer. Ao contrário do que imaginava, a menina comia com tranquilidade, apreciando a comida. Em seu olhar podia perceber que estava gostando do sabor, ao mesmo tempo que era educada. Ter modos a mesa era algo que estava internalizado em mimpor causa de meu passado nobre. Era natural para ela também, por algum motivo.

O silêncio dominava a mesa. A pequena maegi estava perdida em seus pensamentos, assim como eu estava entretido com os meus, além do alimento. Pensava na noite anterior. Havia agido de uma forma bastante peculiar, não era comum me aproximar de alguém e ser benévolo. Por mais que inicialmente tivesse mantido a máscara de que estava fazendo aquilo por interesse, no fundo teria ajudado-a de qualquer forma. O motivo? Não fazia a menor ideia, era mais forte que eu.

Senti seu olhar verde em mim e levantei o meu quando pigarreou. Sua expressão era séria, sua voz baixa, um sorriso que escondia atrás de si muita coisa:

- Acredito que lhe devo algo, Dennis...

Soltei um suspiro longo, largando os talheres encostados no prato já vazio. A ruiva também se lembrava. Respondi, sincero, retribuindo o olhar sério:

- Não é necessário, Karma. Te ajudaria mesmo que não oferecesse aquilo. Apenas demoraria um pouco mais, talvez. Tenho curiosidade pelo meu futuro, não vou negar, mas não se sinta obrigada a fazer isso por mim.

Peguei o guardanapo, levando-o a minha boca e limpando enquanto pensava. Tinha curiosidade sobre meu futuro. Todo mundo deve ter. Mas sentia que não deveria cobrá-la para isso. Lembraria-a ainda mais de seu passado, enquanto devia pensar em seu futuro livre das outras maegis. Voltei a olhá-la, esperando sua resposta.


template by: MM's GIRL on Tdn!





avatar
Imagem : Lamento tanto...
Mensagens : 314
Nome do jogador : Moita
Dragões de ouro : 237
Veados de prata : 70
Estrelas de cobre : 3
Idade : 30
Salário extra : 66%
http://winordie.forumeiros.com/t1197-relacoes-dennis-braund#10004http://winordie.forumeiros.com/t1169-braund-dennishttp://winordie.forumeiros.com/t1178-cronologia-dennis-braundVer perfil do usuário
Homens Pesarosos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Olhe nos meus olhos e eu te mostrarei...
... O que o destino tem reservado para você.
Quando Dennis disse que a ajudaria mesmo que ela não oferecesse a magia, Karma sentiu vontade de rir. Mas comprimiu essa vontade. A menina até poderia ser nova,mas conhecia a natureza humana. Somente quando o rapaz completou a frase, afirmando que demoraria para ajuda-la, ela notou que seu pensamento estava certo.

A ruiva inspirou fundo e abandonou os talheres sobre o prato igualmente vazio ao do seu salvador.

— Fico grata em notar que sua ganância não é superior a sua vontade em me ajudar e manter-me segura. — a mais nova sorriu de forma verdadeira enquanto apoiava ambas as mãos em suas coxas. A Valentine inspirou fundo, como se buscasse pelas palavras certas. E, após alguns longos segundos calada, estendeu a mão destra para o assassino.

— Dê-me sua adaga. — ela pediu, o tom de sua voz era suave, porém, sério. — Você não está me obrigando a nada, Dennis. Esta é uma dívida que tenho contigo e prometi ao meu Deus cumpri-la. Não quer que eu desperte a fúria do Deus Vermelho, quer? — ela argumentou soltando uma pequena risada com a brincadeira.

A mão direita continuava estendida sobre a mesa, aguardando que o pedido pela adaga fosse atendido.
vitu


I'm Karma and i can see your destiny...
...Or just curse you.
avatar
Imagem :
Mensagens : 38
Nome do jogador : Ana
Dragões de ouro : 31
Veados de prata : 98
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 22%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo



Ouço Karma inspirar enquanto soltava os talheres. Ela estava decidida a fazer aquilo, não importaria o que eu argumentasse. Tinha salvo a vida dela, por isso queria me retribuir, e a única forma que enxergava de fazer isso era usando sua visão de sangue.

- Fico grata em notar que sua ganância não é superior a sua vontade em me ajudar e manter-me segura.

Foi minha vez de suspirar, me lembrando de meu passado. Eu ainda era ganancioso, embora não tanto quanto anos antes. Aos poucos superava isso, assim como meu orgulho, de modo a me tornar um assassino melhor. Esse pensamento era de certa forma egoísta também, não visava ser uma pessoa melhor, apenas executar melhor meus serviços, sem distrações. Mas era a vida que tinha decidido levar para, algum dia, me vingar de meus pais.

O sorriso que a maegi abriu pra mim, entretanto, me mostrava que podia estar de certa forma errado. Podia ser uma pessoa melhor. Estava verdadeiramente feliz por tê-la salvado. Retribui o sorriso para ela, também verdadeiro, mostrando que sentia afeição. Queria-a bem, segura e feliz. Ser assim era difícil no mundo perverso que vivíamos, mas ajudava-a como podia. Prova disso é que nesse exato momento estava dentro de uma casa de assassinos onde, se fosse vista, seria imediatamente morta. E exatamente por isso era o único lugar onde as outras maegis jamais poderiam alcançá-la.

Volto a me concentrar nela quando, após algum tempo silenciosa, estendeu a mão para mim. Seu olhar e tom agora eram sérios:

- Dê-me sua adaga. Você não está me obrigando a nada, Dennis. Esta é uma dívida que tenho contigo e prometi ao meu Deus cumpri-la. Não quer que eu desperte a fúria do Deus Vermelho, quer?

Ouvi-a rir no final. Só isso me garantiu que era uma brincadeira. Ou talvez não fosse, e estava tentando ao menos amenizar. O Deus ao qual se referia era R'hllor. Não era a primeira vez que ele cruzava a minha vida, nem seria a última. Ainda assim era cético, por mais que repetidamente me provasse sua existência.

Percebendo que não havia forma de fazê-la retroceder, peguei a minha adaga de dentro de minhas vestes, ainda embainhada. Coloquei assim, com bainha e tudo, sobre sua mão destra, e então estendi minha mão canhota.

- Nada de fúria divina. - Brinquei de volta. - Eu confio em você, Karma, para que veja meu passado e meu futuro, através de meu sangue. - Senti um arrepio subir quando disse aquilo. Era estranho. - Talvez entenda através do que vir o motivo de eu estar aqui hoje. Talvez me odeie por ver algo que farei no futuro. Mas não importa, eu confio em você.

Se eu fosse ser um Homem Pesaroso bem sucedido, o que veria seria muito sangue derramado por minha casa. Não necessariamente derramado, na realidade, afinal, ao contrário de Ayisha, eu estava me preparando para matar mais com venenos do que propriamente com adagas. Mas se eu não fosse ser, o que veria seria minha morte prematura. Era um risco que eu corria por me tornar um assassino, e tinha plena ciência disso. Meu olhar refletia minha confiança nela, assim como a mão esquerda que continuava estendida para ela, sem hesitação mais.


template by: MM's GIRL on Tdn!





avatar
Imagem : Lamento tanto...
Mensagens : 314
Nome do jogador : Moita
Dragões de ouro : 237
Veados de prata : 70
Estrelas de cobre : 3
Idade : 30
Salário extra : 66%
http://winordie.forumeiros.com/t1197-relacoes-dennis-braund#10004http://winordie.forumeiros.com/t1169-braund-dennishttp://winordie.forumeiros.com/t1178-cronologia-dennis-braundVer perfil do usuário
Homens Pesarosos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Olhe nos meus olhos e eu te mostrarei...
... O que o destino tem reservado para você.


A ruivinha viu a adaga ainda na bainha ser colocada diante dela, ela fitou os detalhes do couro eram simples, tal qual os do cabo da arma.

De súbito, Karma sentiu um nervosismo toma-la. Visão de sangue era uma das muitas magias que a assustava. Digamos que a Valentine considerava a "dádiva" de conhecer o futuro algo extremamente perigoso...

A menina ouvia atentamente as palavras do assassino e assentiu com um movimento afirmativo de cabeça.

— Veja bem Dennis... — ela deslizou a mão destra pela mesa, apossando-se da adaga - a qual desembainhou - enquanto com a canhota segurou a mão que Dennis estendida.

— Não estou aqui para lhe julgar por seus atos, sejam os do passados... — deslizou a parte afiada da lâmina pelo pulso dele. Um pequeno filete de sangue começou a surgir. — Ou futuros...— e, hesitante, a maegi se inclinou sugando o sangue do assassino.

O gosto de ferro inundou as papilas gustativas da menina, estava aí outra coisa que ela detestava, o gosto do sangue. E, assim que se afastou do assassino, a mente de Karma se encheu de visões.

Enquanto por fora a ruiva apertava o pulso de Dennis com força, seus olhos mostravam-se dilatados com as pupilas quase desaparecendo e a respiração presa.

Por dentro da própria mente ela viajava pelo que, ao que parecia, a vida de Dennis.

De primeiro ela vislumbrou uma terra desconhecida, castelos, muralhas... Certamente não se tratava das cidades livres. Além disso, o clima era muito diferente do qual ela era acostumada.


Pelo fato de não praticar muito aquela magia, ela tinha certeza de que via o passado do rapaz. Teria que se esforçar muito para ver o futuro dele.

— Que R'hllor me ajude...— pediu enquanto concentrava a própria mente para avançar o tempo dentro da visão.

O ato em questão gerou nela uma pequena tontura além de uma forte dor de cabeça, todavia, a visão dos dias e das noites passando bem depressa foram a resposta para o ato dela.

As primeiras visões a respeito de Dennis envolviam ele ainda mais novo que a idade atual de Karma. Usava trajes e acessórios finos, demonstrando que ele era de berço de ouro.

Mais uma vez, ela se concentrou. Os flashes da vida dele passaram como um raio diante dos olhos dela. Viu-o cortejando uma bela garota e, por alguma razão, os país o repriendiam por isso.

Assistiu também a uma batalha, ou melhor dizendo, uma carnificina que a assustou. Mais brigas com os pais. Dennis furioso. Uma viagem pelo traiçoeiro mar. A cada nova cena que ela via, mais a cabeça latejava.

"Para onde ele está indo?", ela se questionou. Mas já sabia a resposta. O cenário conhecido surgiu diante de si. Novas pessoas, novos desafios para o rapaz enfrentar. Por dentro da própria mente, Karma analisava tudo da forma mais minuciosa possível.

Seus esforços estavam dando frutos. Todavia o esforço aplicado naquele pequeno ato de concentração por tanto tempo, expulsou-a da visão, fazendo-a encarar Dennis com a respiração entrecortada.

A cabeça ainda latejava com o esforço, algo que ela fez questão de esconder do mais velho tentando exibir um fraco sorriso.

A maegi inspirou fundo várias vezes, fazendo o oxigênio circular pelo seu corpo e, somente quando sentiu-se um pouco mais estabilizada, se atreveu a falar.

— Para um primeiro teste foi interessante. — ela confessou sentindo a voz vacilar.


Habilidade Treinada:
Magia e Oculto


vitu


I'm Karma and i can see your destiny...
...Or just curse you.
avatar
Imagem :
Mensagens : 38
Nome do jogador : Ana
Dragões de ouro : 31
Veados de prata : 98
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 22%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Avaliação de treino de habilidade

Karma V. Black

Escrita leve e impecável, excedendo-se por um erro ou outro que acabaram sendo irrelevantes mediante sua narrativa envolvente e repleta de detalhes. Adorei o modo como descreveu a personalidade da personagem durante a narrativa, principalmente do desgosto que ela sente pelos próprios dons, dando um grande diferencial à trama. Parabéns!

Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 11% de experiência pelo atributo de inteligência com 5 pontos
- 15% de experiência por ter a habilidade no nível 4
+ 7% de experiência pelo dote inicial

Recompensas
+ 103 pontos de experiência em Magia e Oculto
+ Técnica de habilidade: Ocultista (nível 5)
avatar
Imagem :
Mensagens : 57
Nome do jogador : Yuri
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo



Percebi um nervosismo em seu olhar para adaga, enquanto eu falava. Entendia-a, Karma não gostava de ser maegi. Mas ainda assim não hesitava. Tinha certeza do que faria e o faria da melhor forma possível. Assim como eu era um Homem Pesaroso e deveria matar quando era contratado para isso, ela era uma maegi e deveria ter as visões de sangue quando prometesse. Vi seu movimento afirmativo com a cabeça e então pegando a adaga, desembainhando-a. Não seria a primeira vez que meu sangue iria para a lâmina. A conhecia muito bem, sabia o quão afiada era. O som que fez ao sair da bainha era prova disso. Senti sua outra mão segurar a minha, firmando para que eu não mexesse.

- Veja bem Dennis... Não estou aqui para lhe julgar por seus atos, sejam os do passados...

Não hesitei quando o metal se direcionou ao meu pulso, mas não evitei morder meu lábio inferior ao sentir a pele ser cortada e vendo meu sangue verter em um filete. Não era um corte profundo, mas, por ser naquela região, já era suficiente para o sangramento.

- Ou futuros...

Assenti ao que ela disse, vendo-a então abaixar-se e seus lábios tocarem o ferimento, sorvendo o líquido vermelho. Erguendo-se novamente com a boca suja, apertou meu braço com força, o que inevitavelmente fez com que mais sangue saísse. Karma olhava em minha direção, mas suas pupilas estavam dilatadas demais para realmente estar me vendo.

E congelou dessa forma. Concluindo que estava tendo uma visão, resolvi atrapalhá-la o mínimo possível. Precisava estancar o sangramento enquanto ela estivesse ausente, mas não tampar o corte, pois poderia precisar de mais sangue depois. Sua mão não mais apertava meu pulso, de modo que o desencaixei dali, me deixando livre. Me levantei e peguei um pano em cima da mesa, tampando o ferimento temporariamente enquanto me direcionei a prateleira onde ficavam meus curativos. Separei a pasta de confrei, não a utilizaria ainda pois não queria cicatrização, mas precisaria usar assim que terminássemos.

O cuidado que eu precisava ter agora era para não infeccionar. Para isso, Fogo de Myr era exatamente o que precisava. Peguei um frasco e a ouvi falar:

- Que R'hllor me ajude...

Não sabia o que se passava nas visões dela, mas esperava que não fosse nada pesado demais. Não era assassino a muito tempo, mas já havia feito algumas coisas consideradas desonrosas pela maioria das pessoas. Não se importava mais com isso, se importava com a vingança que teria algum dia. Sentei-me na frente dela, pegando gentilmente a adaga da mão dela. Tirei o pano do meu ferimento e limpei a lâmina. Logo após peguei outro pano e coloquei nele um pouco do elixir que limparia a ferida. Segurei o trapo e fechei os olhos, mordendo a língua para não soltar nenhum som de dor ao encostá-lo no corte, passando lenta e repetidamente para funcionar. Ardia muito, mas sabia que era necessário, portanto continuava.

Após terminar o procedimento, enrolei o pano ao redor do pulso e fiz um nó para manter o curativo no lugar. O sangue lentamente embebia o tecido, tornando-o vermelho. Olhei para Karma, esperando que terminasse logo sua visão para dizer se precisaria de mais ou se poderia cicatrizar usando a pasta de confrei.

Habilidade Treinada:
+ Medicina e Cura

OBS: Como é um flashback (de bastante tempo atrás, inclusive), não é necessário que ele tenha no inventário os itens usados.

Mas ainda assim demorou mais do que eu esperava. Ficou mais de meia hora fora do ar no total, até que finalmente sua respiração ficou entrecortada e suas pupilas voltaram ao tamanho normal aos poucos, me encarando. Permiti que recuperasse o ar enquanto girava a adaga na mesa, em uma leve distração. O sorriso fraco dela mostrava que tivera algum sucesso, mas que fora difícil. Recuperando o fôlego aos poucos, finalmente falou:

- Para um primeiro teste foi interessante.

Parecia não ter noção do tempo, então resolvi comentar:

- Você ficou quase uma hora dentro da visão. - Dei de ombros, soltando a minha arma, deixando-a com o cabo virado para Karma. - Viu algo de interessante? Ou precisa de mais do meu sangue? Sabe, estou disposto a colaborar para se desenvolver também.

Não sabia o quão efetiva era nas visões dela, afinal de contas provavelmente estava mais querendo fugir da irmandade do que de fato ter visões melhores, principalmente se de fato suas companheiras mais a usavam do que de fato ensinavam. Esperei sua resposta, pacientemente.


template by: MM's GIRL on Tdn!





avatar
Imagem : Lamento tanto...
Mensagens : 314
Nome do jogador : Moita
Dragões de ouro : 237
Veados de prata : 70
Estrelas de cobre : 3
Idade : 30
Salário extra : 66%
http://winordie.forumeiros.com/t1197-relacoes-dennis-braund#10004http://winordie.forumeiros.com/t1169-braund-dennishttp://winordie.forumeiros.com/t1178-cronologia-dennis-braundVer perfil do usuário
Homens Pesarosos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Dennis

Avaliado por Syndor

Curiosa (e muito legal) a forma como o personagem decidiu fazer o curativo, estancando o sangramento, mas sem tampar o corte no caso de mais um uso do sangue. Também o uso da poção curativa ajudou no fato de que Dennis ainda não tem muito conhecimento em tal habilidade. Notei um ou outro erro na ortografia, totalmente comuns, como ausência de crase, mas que quase não afetaram a leitura. Um ótimo treino.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 42% de experiência pelo atributo de inteligência com 13 pontos
+ 10% de experiência por ter a habilidade no nível 0

Recompensas
+ 152 pontos de experiência em Medicina e Cura




avatar
Imagem : Stranger, Stranger...
Mensagens : 819
Nome do jogador : Ross
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum










O Win or Die foi inaugurado a 09.09.2015. O RPG passa-se no mundo de As Crónicas de Fogo e Gelo, criadas por George R. R. Martin, mais de 50 anos depois dos acontecimentos dos livros. A trama inicial foi criada pela Staff, mas agradecemos a todos os nossos jogadores pela sua ajuda na evolução da mesma.
A nossa skin foi inteiramente criada por Ross (Many-Faced God), incluindo os templates de post e da página inicial, para uso exclusivo no Win or Die RPG, com o apoio da Soph (The Maiden) e do Tiago (Baelor Targaryen). O slider do nosso mural foi criado por CSS Slider. As imagens usadas foram tiradas do Google e editadas por Ross. Agradecemos ainda ao FM Codes e Best Skins pelos seus tutoriais de Javascript. Plágio é crime.

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::