We're at war nowA Song of Ice and Fire RPG
The game has begun. Will you win, or will you die?
Últimos assuntos
» Ausências
por The Maiden Sab Abr 29, 2017 3:25 pm

» [RP fechada] Mind Games
por Syndor Qua Mar 22, 2017 10:35 pm

» Pedido de atualização
por Francesca Sweet Sab Mar 18, 2017 8:23 pm

» [RP Fechada | 18+] Tell Me
por Dennis Braund Sab Mar 18, 2017 1:56 am

» [Quest Narrada] A Seita Branca
por Nanien Mormont Qui Mar 16, 2017 11:04 pm

» Avaliação de treinos
por Meena Ter Mar 14, 2017 12:52 pm

» [ Quest Narrada ] - Saquear!
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:44 pm

» [RP Fechada] Something Else?
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:32 pm

» Check-in [Fevereiro]
por Hyperion Targaryen Dom Mar 12, 2017 2:55 pm

» [RP FECHADA] Distant past
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:35 pm

» [RP FECHADA] The deer on ice
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:25 pm

» [RP Fechada | Flashback] Recovery drink
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:49 am

» [RP Aberta][Flashback] Kung Fu Panda
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:34 am

» [RP FECHADA] Beyond the view
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:22 am

» [Quest Narrada] Human hunting
por Theon Snow Qua Mar 08, 2017 4:22 pm

» Solicitação de Grupos
por Davos Icewood Ter Mar 07, 2017 10:15 pm

» [RP fechada] What do you see?
por Dorian Mormont Seg Mar 06, 2017 11:14 pm

» [Quest Narrada] Hot room
por Narrador Seg Mar 06, 2017 10:52 pm

» [Quest Narrada] Do not succumb
por The Maiden Made of Light Seg Mar 06, 2017 8:55 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.2
por Theon Snow Seg Mar 06, 2017 4:23 pm

» [RP Fechada] Crazy Kids
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 2:55 am

» [RP FECHADA] Confidence
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 1:15 am

» Quest Narrada - O Lugar de um Lorde
por Dorian Mormont Dom Mar 05, 2017 9:11 pm

» [RP fechada] Looking for a Fight
por Nälla Dom Mar 05, 2017 12:19 pm

» [RP Fechada | 18+] Facing the Lioness
por Dennis Braund Sab Mar 04, 2017 5:15 pm

» [RP FECHADA] Primeiros passos
por Arthor Stark Sex Mar 03, 2017 5:01 pm

» [RP fechada +18] Wicked Game
por Dennis Braund Sex Mar 03, 2017 4:33 pm

» [Quest Narrada] Dia da Caça, Dia do Caçador
por R'hllor Sex Mar 03, 2017 3:11 pm

» [Aviso] Pedidos no WOD-Resources
por Narrador Qua Mar 01, 2017 7:35 am

» Pedidos de quest
por R'hllor Ter Fev 28, 2017 11:54 pm

» [RP FECHADA +18] - Into the Lion's Den
por Susanne Glover Ter Fev 28, 2017 5:23 pm

» [RP FECHADA - 18+] Coming back? Are you sure?
por Erin Lannister Ter Fev 28, 2017 5:03 pm

» [RP Aberta] Hunting The Chicken
por Roth Whiteforest Seg Fev 27, 2017 2:25 pm

» [RP Fechada, flashback] You only live once
por Cory Silversun Seg Fev 27, 2017 1:37 am

» [RP fechada | Flashback] Old man, poor man
por Masamune Tsubakein Dom Fev 26, 2017 10:39 am

» [RP FECHADA] I Put a Spell on You
por Quinn Elijah Flowers Dom Fev 26, 2017 6:02 am

» [RP FECHADA] Flashback — running through the fire
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 5:12 pm

» [RP Fechada] Mirror of the Destiny, can you show me...? ~ Flashback
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 4:51 pm

» Premiações [Fevereiro]
por Anole Tallhart Sab Fev 25, 2017 4:16 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:20 pm

» [RP ABERTA] Mademoiselle Marchand
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:12 pm

» [RP FECHADA] O dever de um Lord #1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:08 pm

» [RP FECHADA] Recomeço
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:56 am

» [RP FECHADA - FLASHBACK] forget it
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:49 am

» Atualizações Específicas
por Roth Whiteforest Sab Fev 25, 2017 10:57 am

» [RP Fechada] Bring Me Virgins
por Dennis Braund Sab Fev 25, 2017 2:45 am

» [TREINO] Black Warrior
por Alice Targaryen Sex Fev 24, 2017 4:59 pm

» [RP ABERTA] Dance Of The Druids
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 2:02 pm

» [FP] Hew Tyrell
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 12:41 pm

» Solicitação de Conquistas
por R'hllor Qui Fev 23, 2017 11:42 pm

» [RP Fechada] The precise attack
por James Lannister Qui Fev 23, 2017 11:03 pm

» [FP] Desmond Targaryen
por Desmond Targaryen I Qua Fev 22, 2017 5:21 pm

» Quest Narrada - Uma transa de matar
por Narrador Qua Fev 22, 2017 1:36 pm

» RP FECHADA - Win or Die
por Drywn Graceford Ter Fev 21, 2017 1:01 am

» [RP Fechada/Flashback] Do not go, my dear
por Alannys Ashford Seg Fev 20, 2017 11:24 pm

» [RP Fechada] The witch and the prostitute
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 10:35 pm

» Quest narrada - Uma nova tarefa
por Alaric Umber Seg Fev 20, 2017 10:25 pm

» Quest narrada - O dia de amanhã
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 9:42 pm

» Quest Narrada - Onde se separa a menina da mulher
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:13 pm

» Quest Narrada - Sérios problemas
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:09 pm

» Moderação de tópicos
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:46 pm

» [RP fechada - Flashback] - The water hears and understands
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:44 pm

» RP Fechada - Mercy
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 2:24 pm

» [RP FECHADA] Reading until dawn
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 1:22 pm

» [Dungeon] Frozen Treasure - Inscrições
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 12:01 am

» [RP FECHADA] Um novo homem [+18]
por Elizabeth Tyrell Dom Fev 19, 2017 11:09 pm

» [RP FECHADA] PREFÁCIO — Disturbing nights
por Dorian Mormont Dom Fev 19, 2017 10:40 pm

» [RP Fechada] A Beautiful Day to Walk
por James Lannister Dom Fev 19, 2017 5:20 pm

» [Quest One Post] Careful, child
por The Maiden Made of Light Sab Fev 18, 2017 11:02 pm

» RP fechada - Aquecimento de inverno
por The Old Gods Sab Fev 18, 2017 5:32 pm

» [RP Fechada] Moment Between Sisters
por Leana Targaryen Sab Fev 18, 2017 1:23 pm

» [RP FECHADA] THE BEAST INSIDE
por The Black Goat of Qohor Sab Fev 18, 2017 1:01 pm

» [RP Fechada] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 7:54 pm

» [RP Fechada - Flashback] Try Again
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:58 pm

» [RP Fechada/flashback] The golden age
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:46 pm

» [RP Fechada - Flashback] Only policy
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:22 pm

» [FP] Ambrose, Garth.
por The Maiden Made of Light Sex Fev 17, 2017 3:32 am

» [RP Fechada] House of Memories
por Elyria Arryn Sex Fev 17, 2017 1:27 am

» [Dados] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 12:35 am

» [RP Fechada] Red lips always lie
por Layna de Braavos Qui Fev 16, 2017 9:53 pm

» [RP Fechada] Ascensão
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 7:36 pm

» [RP Fechada] Jobbery.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:45 pm

» [RP Fechada] Fallin Apart
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:41 pm

» [RP Fechada] Bastard... and Mastermind.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 5:44 pm

» [FP] Lancelyn Wyl (EM CONSTRUÇÂO)
por Lancelyn Qui Fev 16, 2017 5:24 pm

» [RP FECHADA] Snowed woods
por Alaric Umber Qua Fev 15, 2017 11:07 pm

» [Quest Narrada] Murder
por Narrador Qua Fev 15, 2017 10:44 pm

» [RP FECHADA +18] Lose It
por Terry Ashford Qua Fev 15, 2017 10:31 pm

» [RP Flash. +18] — She knows what I think about
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 8:29 pm

» [Rp Fechada] Oloko
por Eustass Kid Qua Fev 15, 2017 8:17 pm

» [RP Aberta] A Agonia dos Corvos
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 7:57 pm

» [RP Fechada] Lift Now
por Memphis Greyjoy Qua Fev 15, 2017 4:22 pm

» [RP FECHADA] Girls and knives, good brides
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 4:02 pm

» [RP FECHADA] O Conselheiro da Fortaleza De Águas Claras.
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 3:49 pm

» Promoção: Convide seus amigos
por James Lannister Qua Fev 15, 2017 11:40 am

» [Quest Narrada] The father's bones
por The Maiden Made of Light Qua Fev 15, 2017 7:12 am

» Quest narrada - Bravo?
por Lorien Hill Qua Fev 15, 2017 6:56 am

» Quest Narrada - Sussurros
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:23 pm

» [Quest Narrada] O satã
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:15 pm

" />

[RP fechada - Flashback] - The water hears and understands

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

The water hears and understands
RP fechada, contando apenas com a participação de Alina Greyjoy e Allenhardt Pyke. A interação ocorre aproximadamente um mês antes do momento atual.
Ambos encontram-se numa região de Wyk próxima ao porto e, consequentemente, à praia. A temperatura é amena, o final da tarde se aproxima e o céu encontra-se limpo, sem chances de chuva - demais detalhes de ambientação serão dados nos devidos posts.
avatar
Imagem : We design our own catastrophe
Mensagens : 58
Nome do jogador : -
Dragões de ouro : 27
Veados de prata : 159
Estrelas de cobre : 5
Idade : 34
Salário extra : 14%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Above the waves, she stands.



Existia uma lista consideravelmente pequena de coisas que Alina genuinamente adorava.

Entre elas, sem dúvida estavam as viagens que fazia pelas Ilhas de Ferro ou mesmo pelo continente. Nada alegrava tanto a Greyjoy quanto a sensação de júbilo que todos da tripulação partilhavam após um saque bem-sucedido ou mesmo uma simples visita às demais partes do arquipélago.

Era ao mar que ela pertencia.

Talvez fosse esse o motivo pelo qual enquanto Memphis e os demais homens enchiam a cara em um bar próximo, a mulher permanecia com os pés na areia enquanto fitava as ondas quebrarem poucos metros à sua frente.

Alina tinha em mãos alguns frutos esverdeados e esféricos, não muito maiores que um botão dos quais saíam alguns fiapos de cor verde escura. Ela apertou em sua palma as pequenas plantas ridiculamente semelhante a uma maça e viu o interior esbranquiçado com algumas sementes, guardando tudo em uma pequena bolsa de couro que carregava.

Não lembrava o nome da planta encontrada em meio à grama no caminho para a praia, mas sabia de seus efeitos e aquilo era o mais importante. Intoxicados pelo álcool - e também pelo orgulho -, os soldados e o próprio marido não lhe seriam úteis em meio às ondas. Não se livrariam da bebida por bem, então ela daria um jeito naquilo.

Em pequenas quantidades, o leite e as pequenas sementes eram o bastante para desencadear a náusea e o vômito, o que deveria ser o suficiente para que todos estivessem um passo mais próximos da sobriedade mais tarde.

No entanto, conteve o impulso de voltar até onde a tripulação de Pyke se encontrava a fim de incitar a partida de todos. Suspirou e concentrou-se apenas no cheiro da água salgada, na sensação da brisa oceânica que fazia suas longas mechas escuras ricochetearem na própria face.

Permaneceu em silêncio e voltou a fitar o horizonte. Quaisquer que fossem suas preocupações, podiam esperar.


Observações

♦ Habilidade treinada: Herbologia
Thanks, Baby Doll @
avatar
Imagem : We design our own catastrophe
Mensagens : 58
Nome do jogador : -
Dragões de ouro : 27
Veados de prata : 159
Estrelas de cobre : 5
Idade : 34
Salário extra : 14%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo





Hold your breath
Fazia anos que tinha adotado a Grande Wyk como o seu lar. Fora o tempo em que esteve no mar, atuando como pirata e segundo no comando da tripulação do falecido capitão Teach, ou como o servo de uma família da maior da ilha que compõem o arquipélago. Recebia esse nome por tal característica: a grandeza; dentre as oitos porções de terras entremeio à enorme parcela de água do mar, ela era a maior. Depois de Luz Solitária – a mais distante -, ocupava o cargo de “a mais ao ocidente”. Diferente das demais, outro detalhe importante, a qual quebra as diretrizes regentes sobre os homens de ferro, era que os castelos dos diversos lordes, que ocupam o espaço terrestre, encontravam-se ao interior, longe da faixa de água.

A Casa Goodbrother ocupava, e ainda ocupa, uma grande parte das vilas da região como Cornatelo, Covabaixa, Lago do Cádaver e entre outros. Em seguida temos os Farwynd, vassala àqueles que carregam “nós não semeamos” como lema – os Greyjoy – assim como a primeira, estes localizados em Ponta de Pelefoca. Por fim, a grande Casa Sparr de Grande Wyk, regente sobre toda a ilha; leais servidores das lulas, prestaram diversos trabalhos aos mesmos: alguns encontraram-se com Victarion Greyjoy em Velha Wyk durante a Assembléia dos Homens Livres.  Essa tradicional cerimônia feita pelos homens de ferro tem como intuito a escolha do novo Alto Rei, onde qualquer capitão de qualquer tripulação tem a oportunidade e chance de se candidatar a tal vaga. Mas, para isso é necessário persuadir todos os outros membros da assembléia, gabando-se de suas proezas, feitos, dos espólios e especiarias adquiridos nos saques. A reunião é tão precisa, que só é acabada quando um novo rei é selecionado.

Esses ensinamentos foram passados conforme os anos iam passando. Isso é um efeito e obra óbvias, ninguém possui o dom de retroceder, parar, ou avançar o fluxo temporal. É constante, querendo ou não. As primeiras noções foram dadas pelos membros da família, os quais tendiam a abusar de seu corpo, além de tortura-lo diversas vezes durante a semana. Contudo, um dia cansou e rebelou-se. Assassinou o homem que lhe passava o fio gelado de uma faca contra suas costas, lapidando inúmeras marcas sobre a fina camada da pele local. E fugiu para o dracar do ser que, mais tarde, se transformaria no seu capitão. Ele, o próprio capitão, contava essas histórias, a fim de entreter seus piratas.

Mas, já que tudo não é perfeito e pleno, em uma tarde chuvosa ele morreu. Perdeu a sua vida bem diante dos olhos do bastardo, que não pôde fazer nada para impedir, exceto vinga-lo. Tomou a vida do homem que tirou a do capitão, e o mesmo fez com o seu barco, que tornou-se o favorito de Pyke. Essa mesma embarcação estava estacionada no porto da grande ilha antes citada, preparando-se para a viagem que logo iniciar-se-ia. Todas as coisas estavam nos conformes, poderiam rumar pelos mares a qualquer momento. Todavia, ele, Allenhardt, queria apreciar Grande Wyk mais um pouco.

Arrastava grãos de areia quando movimentava-se na praia. O fim da tarde se anunciava aos poucos, com o céu perdendo o tom azulado, para um tipo de avermelhado se predominar, momentos antes do breu reinar. A lua aparecia, apesar de estar escondida por uma pequena nuvem ao alto. Enxergou uma figura familiar a uma distância relativa, encarando a maré.

Definitivamente lhe era reconhecível. Afinal, quem não é capaz de reconhecer a Lady Greyjoy e Rainha das Ilhas de Ferro? — Minha rainha. — Nada mais do que alguns centímetros, porém, seguros, de distância o maior encontrava-se da rainha, quando chamou-lhe a atenção. No instante em que ela virou-se para a sua direção, curvou o meado superior de seu corpo, fazendo um cumprimento cortês. — Não é uma boa hora para estar sozinha, rainha. — Indicou-lhe, após retomar a pose ereta. Fez como a morena, encarou as ondas. — Mas, admito, que é uma bela vista que não merece ser dispensada. Ou pensa diferente? — Questionou-lhe referente à paisagem em que se encontravam.

Habilidade Treinada:
+ História

Before I forget that!


we do
not sow
avatar
Imagem : Stay in your lane, boy.
Mensagens : 77
Nome do jogador : Vitu.
Dragões de ouro : 18
Veados de prata : 112
Estrelas de cobre : 00
Idade : 25
Salário extra : 44%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Alina Greyjoy

Achei um treino bem carente de detalhes. Poderia ter explorado mais da planta em questão.

Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (30/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (10/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (80/100)


+ 26% de experiência pelo atributo de inteligência com 9 pontos
- 15% de experiência por ter a habilidade no nível 4


Recompensas
+ 89 pontos de experiência em Herbologia
Avaliação de treino de habilidade

ALLENHARDT PYKE

Treino muito bem trabalhado e descrito. Parabéns.

Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 26% de experiência pelo atributo de inteligência com 9 pontos
+ 10% de experiência por ter a habilidade no nível 0


Recompensas
+ 136 pontos de experiência em História



avatar
Imagem :
Mensagens : 233
Nome do jogador : Leimann
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Above the waves, she stands.



Assim que o título de rainha lhe chegou aos ouvidos, não conseguiu evitar que uma sutil curva lhe adornasse os lábios. A palavra ainda lhe era um tanto quanto estranha, nova; e ela, como criança, se permitia desfrutar daquilo lembrando como tanto havia mudado em tão pouco tempo.

Virou-se e encontrou um jovem rapaz ainda em meio a uma saudação. Ela o fitou e retribuiu o gesto com um breve aceno de cabeça antes de falar.

— Acredito que aqui não é o local para tais formalidades, garoto. — Disse em tom descontraído ao estranho. — Bom, acho que é sorte ter lhe encontrado, não concorda? — A nobre riu.

Voltou a encarar o mar e acenou positivamente em resposta à pergunta anteriormente feita. Finalmente, suspirou de forma discreta e retomou a palavra.

— Estar sozinha aqui é o tipo de perigo com o qual posso lidar. — Soltou. — Aqui as preocupações variam entre uma tripulação ébria e as horas que deveremos embarcar mais tarde, já Pyke me reserva outras dores de cabeça.— Afirmou. — Não bastasse a desordem das Ilhas graças à incompetência de Cedrick, as ações das grandes casas no continente também nos afetam, seja isso bom ou ruim.

Bufou ao lembrar-se da situação atual dentro das ilhas.

— No fim das contas, temos que lidar com uma coisa de cada vez. Não podemos nos dar o luxo de parecer fraquejar, e isso é o tipo de coisa que qualquer líder inteligente, nascido de ferro ou não, sabe. Nos precipitar com o povo de Westeros também está fora de questão, então a saída tem sido estreitar os laços no arquipélago antes de mais nada. — Virou o rosto até ver as luzes dos bares à distância. — E digamos que os homens da tropa têm o próprio jeito de fazer isso. — Riu baixinho.

A união entre a casa Greyjoy com os Sparr através do casamento com a filha também parecia promissor e, com sorte, logo a paz se instalaria acima das ondas.

— E você, o que tem a me dizer?


Observações

♦ Habilidade treinada: Política
Thanks, Baby Doll @
avatar
Imagem : We design our own catastrophe
Mensagens : 58
Nome do jogador : -
Dragões de ouro : 27
Veados de prata : 159
Estrelas de cobre : 5
Idade : 34
Salário extra : 14%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo





Hold your breath
Aquela mulher carregava características necessárias para descrevê-la como uma verdadeira rainha: além de ser adornada por uma beleza estonteante, seu intelecto era superior aos demais das ilhas; outro fator importante foi apresentado mais tarde, conforme a conversação se estendia e desenrolava. Esse que a me refiro é a preocupação sobre a situação atual do arquipélago de ferro, que nunca fora dos melhores. Esse fato se tornou mais visível após as rebeliões iniciadas pelo antigo administrador, antes mesmo da rainha anterior – Asha Greyjoy -, seu pai, Balon Greyjoy. Os seus ataques, mesmo que bem planejados, não obtiveram o resultado esperado, mas, sim, um fim previsível. Devido ao grandioso poder de Porto Real, na tentativa de impedir a ascensão de Balon por se tornar o rei sobre os Setes Reinos, atacou as Ilhas. A batalha final deu-se em Pyke, principal local dentre a residência dos nascidos do ferro, onde logo o castelo foi tomado. O ceifeiro de Pyke foi preciso colocar-se sobre seus joelhos, aclamando o perdão por sua insolência e jurando fidelidade ao Trono de Ferro. Teve um de seus filhos, Theon Greyjoy, tomado pelas forças da realeza, que foi entregue aos cuidados do Senhor do Norte e de Winterfell na época, Eddard “Ned” Stark.

O povo feérico finalmente havia achado um rei e uma rainha dignos de ocupar tal posto, diferente daquele que era nomeado anterior; Cedrick Greyjoy, também meio-irmão do bastardo Pyke, assim como o atual imperador Memphis Greyjoy, simples abusava do seu poder. Não ligava para o que acontecia em seu domínio, nem tentava reestruturá-lo; diferente disso, Memphis, ao unir sua filha Ástrídr com um Sparr, tentou estabilizar e retomar o grande poder dos homens de ferro. Antes de crescer externamente, é preciso fazer isto no interno.

— Depende da sorte, minha rainha. — Jogou-lhe a frase incompleta. Ela é sugestiva a pensar no porquê do “depende”. O moreno de quase um metro e noventa, que outrora havia entrelaçado os braços, desfez a sua face séria e diplomática, para ecoar um breve riso irônico. — É uma imensa sorte encontra-la, porque me poupa de ir até o Pyke e sujar o chão do castelo com seu sangue. Isso se eu fosse um assassino, um homem contratado para levar a sua cabeça até a um rei que jurei lealdade. — Desfez do cruze rapidamente, para abafar a sua infame brincadeira diante de uma pessoa que poderia ordenar que alguém o matasse em instantes. Abriu um sorriso genuíno, persuasivo. — Mas, não sou. Sou somente um simples bastardo e homem que vive do mar. Ou no mar. — Afirmou, ressaltando a sinceridade em sua fala com a eloquência do timbre.

Ela discursava sobre o que foi tratado anteriormente por mim, o narrador que vós disserta neste exato momento. A prioridade da principal casa regional, atualmente, era fortalecer o poderio dentro das ilhas. Isso era feito através de alianças com as demais grandes famílias, porém, menores do que os Greyjoy, de diversos modos: um deles era o casamento. O capitão do Afogamento Negro presenciou-se em uma situação pensante demais para o seu cargo mental, ainda que fosse um homem de nobre inteligência, não era a par dos assuntos políticos. Também, pouco interesse tinha a respeito. Todavia, precisa opinar, já que lhe fora solicitado.

— Não sou uma pessoa chegada a esse tipo de coisa, mesmo que parte do sangue Greyjoy corra em minhas veias. — Fez a confissão, enquanto encarava a movimentação suave e monótona das ondas do mar. O mar estava calmo, por causa do tempo aberto; não havia ventania para atrapalhar o trajeto dos marinheiros por aquelas áreas. Suspirou. — Tirar Cedrick do reinado foi a melhor ideia de já ouvi em anos. Ele estava afundando cada vez mais o que estava submerso. Estava na hora de alguém querer nos erguer.  — Dizia ele, estreitando o olhar. — Somos, definitivamente, a menor área dentre todos os Setes Reinos, o que é uma desvantagem em questão de número. E, considero uma vantagem também. — Verbalizou, olhando, então, para o crepúsculo. — Devido a certa proximidade entre as ilhas que fazem as Ilhas de Ferro, podemos ter maior contatos com os nossos conterrâneos, os homens de ferro. — Prosseguia, articulando o maxilar com o máximo de destreza, com o intuito de soltar as palavras perfeitamente. — Nós, os homens de ferro, nos tornar uma força conjunta, reconquistar a confiança das outras casas. Só assim teremos Westeros sobre a palma de nossas mãos.


Habilidade Treinada:
+ História

Before I forget that!


we do
not sow
avatar
Imagem : Stay in your lane, boy.
Mensagens : 77
Nome do jogador : Vitu.
Dragões de ouro : 18
Veados de prata : 112
Estrelas de cobre : 00
Idade : 25
Salário extra : 44%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Above the waves, she stands.



Uma versão mais jovem e despreocupada de Alina teria encontrado uma saída simples e descontraída diante da afirmação dúbia do rapaz - especialmente se ambos se conhecessem -, saída essa que provavelmente envolveria ela mostrando o dedo do meio e rindo. No entanto, ela não era mais aquela pessoa.

Com o peso da nobreza sobre suas costas, tais ameaças eram assustadoramente levadas a sério, o que fez com que um sutil arrepio percorresse a espinha da nascida de ferro sem querer. Com uma expressão firme e tão gélida quanto mármore, fitou o rapaz mais uma vez.

— Assim sendo, bom para nós dois que você não o é. — Rebateu. — Bastardo do mar ou não, a lealdade de um homem jaz em algum lugar. É bom saber que, ao menos por ora, escolheu colocar a sua em volta do trono de sal e rocha. — Finalmente, resolveu retomar o tom leve adotado anteriormente. — Afinal de contas, é extremamente difícil limpar as manchas de sangue de piratas do chão.

Ouviu as palavras do rapaz a respeito das Ilhas e não pôde evitar de aquiescer com boa parte dos dizeres.

— A ascensão tem se mostrado uma espada de dois gumes. — Alina riu. — No fim das contas, o antecessor nos deixou a tarefa não muito simples de fazer exatamente o que você disse: Estreitar os laços entre nossos semelhantes. — No continente não somos exatamente conhecido por ser confiáveis, o que é algo sensato da parte deles a considerar nosso histórico. — Admitiu a nobre. — Mas veja bem, é muito mais fácil para o povo de Westeros ceder à necessidade de uma aliança ao nos ver como um só, independentemente do sobrenome que carregamos.

Menos riscos, mais força. Pensou ela, sabendo que tal afirmação valia também para a liderança do arquipélago. Sim, Westeros na palma das mãos parecia - e era - uma melodia suave e tentadora a qualquer homem, mas era necessário dar um passo de cada vez.

A Greyjoy inspirou profundamente o aroma da água salgada que agora quase alcançava seus pés.

— Para um jovem bastardo sem nome, você até tem alguns ideais interessantes. — Brincou ela, aguardando que o rapaz se apresentasse ou desse prosseguimento à conversa.


Observações

♦ Habilidade treinada: Política
Thanks, Baby Doll @
avatar
Imagem : We design our own catastrophe
Mensagens : 58
Nome do jogador : -
Dragões de ouro : 27
Veados de prata : 159
Estrelas de cobre : 5
Idade : 34
Salário extra : 14%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Alina Greyjoy

Apesar de ter sido um bom texto, recomendo que acrescente mais detalhes e conteúdo em relação à política em si, para tornar o treino ainda mais completo. Apesar disso, não vejo motivo para descontos, portanto, meus parabéns.

Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 26% de experiência pelo atributo de inteligência com 9 pontos
- 25% de experiência por ter a habilidade no nível 5


Recompensas
+ 101 pontos de experiência em Política
Avaliação de treino de habilidade

ALLENHARDT PYKE

O treino foi muito bem escrito, e também teve um bom desenvolvimento. Você soube detalhar e complementar o treino com a própria relação em on. Apenas peço para que tente inserir um pouco mais do seu personagem nas partes em que desenvolve a habilidade treinada, porém, não irei descontar por isso.

Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 26% de experiência pelo atributo de inteligência com 9 pontos
+ 0% de experiência por ter a habilidade no nível 1


Recompensas
+ 126 pontos de experiência em História

Avaliação de treino de habilidade

Alina Greyjoy

Este treino superou o anterior, sendo mais bem escrito e detalhado, de modo que não resta nada para apontar a respeito dele, meus parabéns.

Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 26% de experiência pelo atributo de inteligência com 9 pontos
- 35% de experiência por ter a habilidade no nível 6


Recompensas
+ 91 pontos de experiência em Política





avatar
Imagem :
Mensagens : 539
Nome do jogador : Gabs
Dragões de ouro : 100000000000000000
Veados de prata : 100000000000
Estrelas de cobre : 100000000
Idade : Mais velha que você
Salário extra : 100%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo





Hold your breath
Reparava que a reação dela à brincadeira feita não foi das melhores. Não foi educado soltar uma imposição dessas quando a rainha encontra-se sozinha, em meio aos grãos da praia ao redor de Grande Wyk, interligando a ilha ao mar. Contudo, em gestos progressivos, tentou abafar a piada de mau gosto, enquanto desculpava-se pela miserável insolência. Mas, nem por esse motivo, a conversação foi interrompida por quaisquer segundos. Pelo contrário, ela se estendia naturalmente, como se nada antes fora dito, apenas ignorado.

E, outra vez, as certezas do garoto comprovavam-se em relação a ela. Definitivamente, era a mulher que merecia o cargo que ocupava. Talvez com essa atual regência, as Ilhas de Ferro finalmente consiga o espaço que merecem ter, seja territorial, ou histórico. O primeiro é mais cobiçado por maioria dos lordes, reis e cargos de poder; o segundo é o desejo por deixar seu nome nas linhas de um livro, com o intuito de ecoar pelo o resto dos dias da humanidade. Exato. Seus pensamentos não deixavam de concordar com a mais velha dizia. A cabeça acompanhava isso ao balançar-se, ora para cima e para baixo, ora o movimento contrário, assentindo.

Como a morena de pele de bronze dizia: “a ascensão é uma espada de dois gumes”. Isso quer dizer, na perspectiva do mais novo, que tem um labo bom e outro ruim ao ascender-se de qualquer maneira e modo, socialmente, politicamente, e etc. Mas, existe a possibilidade de um dos gumes se tornar inutilizado por momentos, se o fio perde-se durante um combate. — Minha lealdade sempre pertencerá ao meu reino, independentemente de quem o governe. — Impôs a sua confissão em um timbre ameno da sua rouca voz. Entre pausas, ele suspirava.

Seus olhos mantiveram-se focados às ondas marítimas, que desbocavam numa linha eterna na intersecção da areia com o mar. Nunca passava daquilo, não avançava mais ou retrocedia, pelo menos no dia atual. Por segundos, trocou olhares com a rainha pelos rabos das vistas, só por meros instantes, para não dizer que tinha a vergonha de olhar a sua soberana nos olhos. — E espero que o comando atual desse reino se estenda por séculos, ou mais do que só isso. E se levarem em conta as mudanças boas que ocorre atualmente por aqui. — Enfatizou a palavra “mudanças”, já que era o que mais acontecia por ali. Mudanças boas como o próprio disse, de valorização do homem de ferro. — Acho que Westeros deveria temer mais nós, os nascidos do ferro. Não podemos ter a maior quantidade de guerreiros a nosso dispor, mas não é de só de números que se vence uma guerra. — Refletiu por um tempo. Achava isso mesmo.

— Quando se tem qualidade, este fator se sobressai acima da quantidade. Somos hábeis lutadores, que temos o mar em nossas mãos. Somos os melhores marinheiros de todos os setes reinos; enquanto os Setes Reinos possuem um número disperso de homens do mar, nossa maioria é isto. — Definitivamente, os homens de ferro extraiam a sua força da força da maré, da água, do oceano. Isso já mostrou-se verdade diversas vezes durante o curso da história. — O Deus Afogado nos sempre nos abençoará enquanto estivermos em cima de barcos. Essa é a nossa força, a qual deveríamos explorar mais. — A eloquência na voz se mostrava constante durante o discurso sobre um tipo de estratégia de batalha. E perdeu a vez para que ele pudesse morder os próprios beiços, abafando o breve riso que insistia em sair. — A propósito, sou Allenhardt Pyke. Bastardo de Tristifer Greyjoy. — Saudou, enquanto apresentava-se à líder.


Habilidade Treinada:
+ Lábia

Before I forget that!


we do
not sow
avatar
Imagem : Stay in your lane, boy.
Mensagens : 77
Nome do jogador : Vitu.
Dragões de ouro : 18
Veados de prata : 112
Estrelas de cobre : 00
Idade : 25
Salário extra : 44%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Allenhardt Pyke

Um bom treino, com uma escrita cativante. Praticamente não deu erros. Parabéns!


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 26% de experiência pelo atributo de inteligência com 9 pontos

Recompensas
+ 126 pontos de experiência em lábia




avatar
Imagem : Stranger, Stranger...
Mensagens : 819
Nome do jogador : Ross
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Above the waves, she stands.



A nascida de ferro ouvia com atenção as palavras do bastardo, expressando a satisfação em seus dizeres com um discreto sorriso de canto.

— De certa forma posso dizer que concordo. — Seu tom era neutro. — Digo, o temor talvez não seja a única maneira de governar, mas é uma das poucas que conhecemos e, no fim das contas, funciona. — Voltando a fitar o rapaz, retomou a palavra. — Ficaria surpreso com as coisas que, dentro do jogo pelo poder, o medo é capaz de comprar.

Em sua mente, uma pequena lista se formava, mas logo desviou os pensamentos para manter o diálogo - até então proveitoso. O vento bagunçava seus cabelos e acariciava sua pele, o que a trazia uma sensação de leveza que há muito não tinha.

— Se me permite dizer, acho que já passa da hora de sermos vistos pelo povo de Westeros. Cedrick, com sua incompetência, se preocupava mais com migalhas de saques e putas baratas do que fazer jus aos dizeres de nossa casa. Isso fez nossa imagem ruir dentro e fora das ilhas. — Bufou. — No entanto, esse tipo de conquista exige também paciência, que não é exatamente uma das nossas virtudes. — Alina deixou que um breve riso escapasse de seus lábios antes de prosseguir. — Antes de números ou força, a inteligência também é um fator decisivo em grandes batalhas.

Cruzando os braços à frente do corpo, a nobre permaneceu novamente em silêncio, se permitindo devanear dentro da situação atual do arquipélago. A serenidade lhe fazia bem - fazia bem a todos -, mas ela sabia que os mares tranquilos jamais fizeram bons marinheiros.


Observações

♦ Habilidade treinada: Política
Thanks, Baby Doll @
avatar
Imagem : We design our own catastrophe
Mensagens : 58
Nome do jogador : -
Dragões de ouro : 27
Veados de prata : 159
Estrelas de cobre : 5
Idade : 34
Salário extra : 14%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo





Hold your breath
Não conseguia não concordar com o palavreado alheio, devido a um simples motivo: ele pensava da mesma forma; sempre foi assim. Talvez pertencer a família, que desde os primórdios dos tempos administrava o arquipélago de ferro, e crescer fora dela, fez com que desenvolvendo um pensamento de ampliar as margens das ilhas, estender os horizontes até que eles pudessem ser tocados por seus compridos dedos com certa grossura. Mas como fazê-lo, expandir a área territorial que carregavam o nome dos Greyjoy? A inteligência. Esse atributo descreve qualquer ser humano. Animais têm força, mas nenhum consegue persuadir e subjugar outro a sua voz, pois não possuem neurônios suficientes para.

A inteligência faz de nos seres superiores em relação aos ademais, encontrando-se abaixo, somente, daqueles com poderes sobrenaturais. Talvez os deuses fossem os responsáveis por nos dar tal esperança, para que sobressaímos acima de um grupo. E, por fim, sobressaímos acima de um dos outros. Nisso, entra a questão da posição social: os reis, ocupando o todo; a nobreza e o clero, ao centro; e, mais abaixo, a plebe. A inteligência move montanhas, só basta ter a destreza para pensar em como.

— Definitivamente, necessita-se de inteligência antes de números ou força. — O seu timbre vocal era ameno, o que contrastava a afirmação feita. Em instantes, pensou de uma maneira em como dar continuidade ao seu pensamento alto, o qual transformou-se em uma fala anteriormente. — Definitivamente. — Salientou, enquanto seria o vento esvoaçando seus fios acastanhados em uma dança serena. Que sensação agradável a que o sopro lhe trazia. Necessitou estender unilateralmente os lábios, em um sorriso satisfeito. — Somente a inteligência pode manipular o número e/ou força. Não tem sentido algum um lorde burro comandar as suas tropas para um ataque mal elaborado. Nesse tipo de caso, o resultado esperado por todos é o extermínio dos atacantes. — Continuou afirmando, sabendo o que dizia estava certo. Além disso, tinha o conhecimento que a rainha concordaria, pois pensavam de jeito parecido.

— Efetivo a sua fala. — Recapitulou o que a mais proclamou segundos atrás. — ‘”Acho que já se passa da hora de sermos vistos por Westeros”. — Em meio a frequentes assentimentos cranianos, o bastardo repetia a alheia. — Sei que a rainha sabe que não vou falar algo diferente, mas... — Ascendeu o palmo. Conduziu à própria mandíbula, acariciando-a por inteiro. Cutucou, seguidamente, o maxilar, pensativo. — Sei que o seu marido, o rei, é um homem inteligente. — Voltou ambos os membros braçais perto do corpo masculino, cruzando-os de encontro ao peitoral. — Me pergunto quais serão os movimentos que ele fará para mostrar aos Setes Reinos o quão homem inteligente é. — A fala era persuasiva, incitando a um ato futuro. — O casamento da sua filha com um Sparr mostra isso a nós, os homens de ferros. Porém, creio que os outros lugares nem imaginem que ele vai acontecer. Deveria se tornar um anúncio global. Não acha?

Habilidade Treinada:
+ Lábia

Before I forget that!


we do
not sow
avatar
Imagem : Stay in your lane, boy.
Mensagens : 77
Nome do jogador : Vitu.
Dragões de ouro : 18
Veados de prata : 112
Estrelas de cobre : 00
Idade : 25
Salário extra : 44%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avaliação de treino de habilidade

Alina Greyjoy

Um texto breve, porém completo e contendo o necessário para se classificar como um treino de política. Além disso, foi bem escrito e possuiu uma ótima narração, de modo que não tenho do que reclamar.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 26% de experiência pelo atributo de inteligência com 9 pontos
- 45% de experiência por ter a habilidade no nível 7


Recompensas
+ 81 pontos de experiência em Política
Avaliação de treino de habilidade

ALLENHARDT PYKE

Texto muito bem feito, a habilidade foi treinada com maestria, de modo que não tenho do que reclamar. Meus parabéns.

Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 26% de experiência pelo atributo de inteligência com 9 pontos
- 5% de experiência por ter a habilidade no nível 2


Recompensas
+ 121 pontos de experiência em Lábia






avatar
Imagem :
Mensagens : 539
Nome do jogador : Gabs
Dragões de ouro : 100000000000000000
Veados de prata : 100000000000
Estrelas de cobre : 100000000
Idade : Mais velha que você
Salário extra : 100%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Above the waves, she stands.



A escuridão parecia se aproximar com cada brisa mais forte e gélida na direção da praia. O céu assumia um tom azul marinho lentamente, o que era também como uma deixa para que a nobre fosse embora. No entanto, ainda lhe restava dar um desfecho digno ao encontro com o bastardo de Tristifer.

— De fato, ele o é. Ao menos boa parte do tempo. — Disse ela em tom descontraído, rebatendo a afirmação a respeito do marido. — Acima disso, acho que ele é teimoso em um aspecto positivo. Esse tipo de certeza a respeito das próprias decisões é mais que importante quando se é líder. — Virando-se para encarar Allenhardt, prosseguiu. — Caso você não se mostre disposto a ir até o fim por algo que almeja, seja isso nos palácios ou nos mares, independente de parecer certo ou errado aos olhos dos demais, como espera que aqueles que o seguem façam o mesmo?

Permaneceu em silêncio e arqueou uma das sobrancelhas como se dissesse: "Lembre disso, garoto.". Finalmente, parou e refletiu a respeito dos laços com os Sparr antes de dar uma resposta ao rapaz.

— Digamos que as boas novas vão até onde é importante que elas cheguem. — Falou, dando de ombros. — Aos olhos do continente pode parecer algo sem importância, mas não podemos contar com a ignorância do povo de Westeros. Além de poder parecer uma ameaça às casas próximas das ilhas, alguns de nossos aliados também podem começar a pensar duas vezes ao nos ver criando laços fortes dentro dos próprios nascidos de ferro. — Suspirando, finalizou. — Não sei, talvez seja um pouco demais de minha parte, mas toda cautela e pouca, sabe?

Ao longe, as luzes se tornavam mais intensas e silhuetas podiam ser vistas entrando e saindo dos estabelecimentos com rumo aos devidos navios. Parecia a hora de ir.

— Mas não se preocupe, nossa hora está mais próxima do que imagina. — Sorriu de forma sugestiva. — É um garoto ambicioso e esperto, gosto disso, Allehnardt. Caso seu nome seja chamado para essas lutas, espero que não pense muito antes de decidir onde ficará. — Pousando uma das mãos nos ombros do mais novo brevemente, fez um aceno com a cabeça e pôs-se a caminhar pela areia sem olhar para trás uma vez sequer.


Observações

♦ Habilidade treinada: Política
Thanks, Baby Doll @
avatar
Imagem : We design our own catastrophe
Mensagens : 58
Nome do jogador : -
Dragões de ouro : 27
Veados de prata : 159
Estrelas de cobre : 5
Idade : 34
Salário extra : 14%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Avaliação de treino de habilidade

Alina Greyjoy

Manteve uma ótima narrativa durante o desenvolvimento do treinamento, com uma escrita leve e impecável. Conseguiu prender minha atenção até o final, embora acredito que poderia ter desenvolvido um pouco mais os assuntos que abordaram a política. No entanto, não tenho muito o que reclamar. Parabéns!


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 26% de experiência pelo atributo de inteligência com 9 pontos
- 55% de experiência por ter a habilidade no nível 8

Recompensas
+ 71 pontos de experiência em Política


avatar
Imagem :
Mensagens : 57
Nome do jogador : Yuri
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo





Hold your breath
Os fundamentos corriam as palavras dela. Era um gênero de vestimenta firme, talvez uma resistente couraça metálica, a qual protegia seu tronco de golpes estrangeiros; a intenção, esta se baseava na mente secundária, pertencente àquele com quem interage, sendo conduzida no mesmo rumo em que a primária caminhava. Um governo é feito de tal modo: incitar palavras através de ordens diplomáticas, tramando ao bem, geralmente, de seus homens, serviçais e nobres.

A intriga interna apossou-se do bastardo mediante a questão. O que era o certo e o errado? A ordem e o caos? São conceitos totalmente adversos um a outro; de fato, antônimos perceptíveis. Enquanto um refere-se à bondade, o outro à maldade. Allenhardt era destemido ao ponto de cursar até os mares mais turbulentos ao redor do mundo, para chegar até onde deseja. A determinação descrevia-o, mas, por exemplo, se alguém mandasse para que matasse sua esposa e só assim soltaria seus homens? O certo e o errado dependem da perspectiva. A indecisão é comum.

Ele só sabia assentir com as frases da rainha de ferro, movendo a cabeça verticalmente para isto. Suspirou, fixando os olhos em sua presença, pelos rabos dos globos oculares. Achava que a falta das próprias palavras era suficientemente necessário para expressar que concordava com tudo.

E a escuridão expandindo-se e as luzes acendendo-se anunciavam o chamado do turno noturno. — Se meu nome for chamado para o campo de batalha. — Com a mão sobre o ombro, libertava sua resposta. Estreitando o olhar, franziu a testa e chegou até a enruga-la por instantes. — Se meu nome for chamado para a batalha... — Ressaltou, demonstrando convicção na eloquência vocal. — Meu corpo está em cima de uma pilha de inimigos mortos. — O final foi compreendido como o desejado por ela. — Independente do que seja, sempre terá o apoio de meus piratas, meu barco e, principalmente, da minha força. — Retribuiu o gesto com o topo do corpo, também despedindo-se. Retornou para perto de Afogamento Negro, seu dracar.

Before I forget that!


we do
not sow
avatar
Imagem : Stay in your lane, boy.
Mensagens : 77
Nome do jogador : Vitu.
Dragões de ouro : 18
Veados de prata : 112
Estrelas de cobre : 00
Idade : 25
Salário extra : 44%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum










O Win or Die foi inaugurado a 09.09.2015. O RPG passa-se no mundo de As Crónicas de Fogo e Gelo, criadas por George R. R. Martin, mais de 50 anos depois dos acontecimentos dos livros. A trama inicial foi criada pela Staff, mas agradecemos a todos os nossos jogadores pela sua ajuda na evolução da mesma.
A nossa skin foi inteiramente criada por Ross (Many-Faced God), incluindo os templates de post e da página inicial, para uso exclusivo no Win or Die RPG, com o apoio da Soph (The Maiden) e do Tiago (Baelor Targaryen). O slider do nosso mural foi criado por CSS Slider. As imagens usadas foram tiradas do Google e editadas por Ross. Agradecemos ainda ao FM Codes e Best Skins pelos seus tutoriais de Javascript. Plágio é crime.

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::