We're at war nowA Song of Ice and Fire RPG
The game has begun. Will you win, or will you die?
Últimos assuntos
» Ausências
por The Maiden Sab Abr 29, 2017 3:25 pm

» [RP fechada] Mind Games
por Syndor Qua Mar 22, 2017 10:35 pm

» Pedido de atualização
por Francesca Sweet Sab Mar 18, 2017 8:23 pm

» [RP Fechada | 18+] Tell Me
por Dennis Braund Sab Mar 18, 2017 1:56 am

» [Quest Narrada] A Seita Branca
por Nanien Mormont Qui Mar 16, 2017 11:04 pm

» Avaliação de treinos
por Meena Ter Mar 14, 2017 12:52 pm

» [ Quest Narrada ] - Saquear!
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:44 pm

» [RP Fechada] Something Else?
por Dorian Mormont Seg Mar 13, 2017 7:32 pm

» Check-in [Fevereiro]
por Hyperion Targaryen Dom Mar 12, 2017 2:55 pm

» [RP FECHADA] Distant past
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:35 pm

» [RP FECHADA] The deer on ice
por Ella Baratheon Sab Mar 11, 2017 1:25 pm

» [RP Fechada | Flashback] Recovery drink
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:49 am

» [RP Aberta][Flashback] Kung Fu Panda
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:34 am

» [RP FECHADA] Beyond the view
por Many-Faced God Qui Mar 09, 2017 11:22 am

» [Quest Narrada] Human hunting
por Theon Snow Qua Mar 08, 2017 4:22 pm

» Solicitação de Grupos
por Davos Icewood Ter Mar 07, 2017 10:15 pm

» [RP fechada] What do you see?
por Dorian Mormont Seg Mar 06, 2017 11:14 pm

» [Quest Narrada] Hot room
por Narrador Seg Mar 06, 2017 10:52 pm

» [Quest Narrada] Do not succumb
por The Maiden Made of Light Seg Mar 06, 2017 8:55 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.2
por Theon Snow Seg Mar 06, 2017 4:23 pm

» [RP Fechada] Crazy Kids
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 2:55 am

» [RP FECHADA] Confidence
por Elyria Arryn Seg Mar 06, 2017 1:15 am

» Quest Narrada - O Lugar de um Lorde
por Dorian Mormont Dom Mar 05, 2017 9:11 pm

» [RP fechada] Looking for a Fight
por Nälla Dom Mar 05, 2017 12:19 pm

» [RP Fechada | 18+] Facing the Lioness
por Dennis Braund Sab Mar 04, 2017 5:15 pm

» [RP FECHADA] Primeiros passos
por Arthor Stark Sex Mar 03, 2017 5:01 pm

» [RP fechada +18] Wicked Game
por Dennis Braund Sex Mar 03, 2017 4:33 pm

» [Quest Narrada] Dia da Caça, Dia do Caçador
por R'hllor Sex Mar 03, 2017 3:11 pm

» [Aviso] Pedidos no WOD-Resources
por Narrador Qua Mar 01, 2017 7:35 am

» Pedidos de quest
por R'hllor Ter Fev 28, 2017 11:54 pm

» [RP FECHADA +18] - Into the Lion's Den
por Susanne Glover Ter Fev 28, 2017 5:23 pm

» [RP FECHADA - 18+] Coming back? Are you sure?
por Erin Lannister Ter Fev 28, 2017 5:03 pm

» [RP Aberta] Hunting The Chicken
por Roth Whiteforest Seg Fev 27, 2017 2:25 pm

» [RP Fechada, flashback] You only live once
por Cory Silversun Seg Fev 27, 2017 1:37 am

» [RP fechada | Flashback] Old man, poor man
por Masamune Tsubakein Dom Fev 26, 2017 10:39 am

» [RP FECHADA] I Put a Spell on You
por Quinn Elijah Flowers Dom Fev 26, 2017 6:02 am

» [RP FECHADA] Flashback — running through the fire
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 5:12 pm

» [RP Fechada] Mirror of the Destiny, can you show me...? ~ Flashback
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 4:51 pm

» Premiações [Fevereiro]
por Anole Tallhart Sab Fev 25, 2017 4:16 pm

» [RP Fechada]Flashback - The Bastard Child in the Snow. Pt.1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:20 pm

» [RP ABERTA] Mademoiselle Marchand
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:12 pm

» [RP FECHADA] O dever de um Lord #1
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 12:08 pm

» [RP FECHADA] Recomeço
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:56 am

» [RP FECHADA - FLASHBACK] forget it
por Many-Faced God Sab Fev 25, 2017 11:49 am

» Atualizações Específicas
por Roth Whiteforest Sab Fev 25, 2017 10:57 am

» [RP Fechada] Bring Me Virgins
por Dennis Braund Sab Fev 25, 2017 2:45 am

» [TREINO] Black Warrior
por Alice Targaryen Sex Fev 24, 2017 4:59 pm

» [RP ABERTA] Dance Of The Druids
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 2:02 pm

» [FP] Hew Tyrell
por Many-Faced God Sex Fev 24, 2017 12:41 pm

» Solicitação de Conquistas
por R'hllor Qui Fev 23, 2017 11:42 pm

» [RP Fechada] The precise attack
por James Lannister Qui Fev 23, 2017 11:03 pm

» [FP] Desmond Targaryen
por Desmond Targaryen I Qua Fev 22, 2017 5:21 pm

» Quest Narrada - Uma transa de matar
por Narrador Qua Fev 22, 2017 1:36 pm

» RP FECHADA - Win or Die
por Drywn Graceford Ter Fev 21, 2017 1:01 am

» [RP Fechada/Flashback] Do not go, my dear
por Alannys Ashford Seg Fev 20, 2017 11:24 pm

» [RP Fechada] The witch and the prostitute
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 10:35 pm

» Quest narrada - Uma nova tarefa
por Alaric Umber Seg Fev 20, 2017 10:25 pm

» Quest narrada - O dia de amanhã
por Layna de Braavos Seg Fev 20, 2017 9:42 pm

» Quest Narrada - Onde se separa a menina da mulher
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:13 pm

» Quest Narrada - Sérios problemas
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 5:09 pm

» Moderação de tópicos
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:46 pm

» [RP fechada - Flashback] - The water hears and understands
por Allenhardt Pyke Seg Fev 20, 2017 2:44 pm

» RP Fechada - Mercy
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 2:24 pm

» [RP FECHADA] Reading until dawn
por The Old Gods Seg Fev 20, 2017 1:22 pm

» [Dungeon] Frozen Treasure - Inscrições
por Dorian Mormont Seg Fev 20, 2017 12:01 am

» [RP FECHADA] Um novo homem [+18]
por Elizabeth Tyrell Dom Fev 19, 2017 11:09 pm

» [RP FECHADA] PREFÁCIO — Disturbing nights
por Dorian Mormont Dom Fev 19, 2017 10:40 pm

» [RP Fechada] A Beautiful Day to Walk
por James Lannister Dom Fev 19, 2017 5:20 pm

» [Quest One Post] Careful, child
por The Maiden Made of Light Sab Fev 18, 2017 11:02 pm

» RP fechada - Aquecimento de inverno
por The Old Gods Sab Fev 18, 2017 5:32 pm

» [RP Fechada] Moment Between Sisters
por Leana Targaryen Sab Fev 18, 2017 1:23 pm

» [RP FECHADA] THE BEAST INSIDE
por The Black Goat of Qohor Sab Fev 18, 2017 1:01 pm

» [RP Fechada] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 7:54 pm

» [RP Fechada - Flashback] Try Again
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:58 pm

» [RP Fechada/flashback] The golden age
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:46 pm

» [RP Fechada - Flashback] Only policy
por The Old Gods Sex Fev 17, 2017 6:22 pm

» [FP] Ambrose, Garth.
por The Maiden Made of Light Sex Fev 17, 2017 3:32 am

» [RP Fechada] House of Memories
por Elyria Arryn Sex Fev 17, 2017 1:27 am

» [Dados] As Sombras Erguem-se
por Narrador Sex Fev 17, 2017 12:35 am

» [RP Fechada] Red lips always lie
por Layna de Braavos Qui Fev 16, 2017 9:53 pm

» [RP Fechada] Ascensão
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 7:36 pm

» [RP Fechada] Jobbery.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:45 pm

» [RP Fechada] Fallin Apart
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 6:41 pm

» [RP Fechada] Bastard... and Mastermind.
por The Black Goat of Qohor Qui Fev 16, 2017 5:44 pm

» [FP] Lancelyn Wyl (EM CONSTRUÇÂO)
por Lancelyn Qui Fev 16, 2017 5:24 pm

» [RP FECHADA] Snowed woods
por Alaric Umber Qua Fev 15, 2017 11:07 pm

» [Quest Narrada] Murder
por Narrador Qua Fev 15, 2017 10:44 pm

» [RP FECHADA +18] Lose It
por Terry Ashford Qua Fev 15, 2017 10:31 pm

» [RP Flash. +18] — She knows what I think about
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 8:29 pm

» [Rp Fechada] Oloko
por Eustass Kid Qua Fev 15, 2017 8:17 pm

» [RP Aberta] A Agonia dos Corvos
por Many-Faced God Qua Fev 15, 2017 7:57 pm

» [RP Fechada] Lift Now
por Memphis Greyjoy Qua Fev 15, 2017 4:22 pm

» [RP FECHADA] Girls and knives, good brides
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 4:02 pm

» [RP FECHADA] O Conselheiro da Fortaleza De Águas Claras.
por Drowned God Qua Fev 15, 2017 3:49 pm

» Promoção: Convide seus amigos
por James Lannister Qua Fev 15, 2017 11:40 am

» [Quest Narrada] The father's bones
por The Maiden Made of Light Qua Fev 15, 2017 7:12 am

» Quest narrada - Bravo?
por Lorien Hill Qua Fev 15, 2017 6:56 am

» Quest Narrada - Sussurros
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:23 pm

» [Quest Narrada] O satã
por Dorian Mormont Ter Fev 14, 2017 9:15 pm

" />

[RP Fechada] Blood Woman

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP Fechada] Blood Woman

Mensagem por Visenya Blackfyre em Dom Out 02, 2016 3:58 pm

Blood Woman
A RP é fechada e conta apenas com as presenças de Meena  e Visenya Blackfyre. A RP se passa em Pentos, mas precisamente na mansão dos Blackfyre. Visenya havia convidado Meena depois de ouvir rumores sobre sua magia por Pentos. É noite e está um clima agradável. A RP se inicia com o post de Visenya.


Once her lies are exposed, it will quickly decay and people will look around in fear and panic. And I will be there to pick them up. They will need me...  

avatar
Imagem :
Mensagens : 191
Nome do jogador : Vic
Dragões de ouro : 81
Veados de prata : 182
Estrelas de cobre : 00
Idade : 32
Salário extra : 23%
Ver perfil do usuário
Princesa de Pentos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Blood Woman

Mensagem por Visenya Blackfyre em Dom Out 02, 2016 5:54 pm

the black dragon
A noite havia caído fazia pouco tempo em Pentos. O clima era agradável e o calor da cidade não incomodava Visenya. A princesa estava há algum tempo em seu escritório, esperando que a noite chegasse para receber a sua convidada. Quando alguns dos seus espiões souberam que estava procurando pessoas que pudessem performar magia em Pentos, o nome de Meena foi mencionado. A mulher misteriosa era uma Maegi que utilizava da magia de sangue para concretizar o que queria fazer. Visenya era mais do que fascinada por Maegis pois não sabia muito sobre a magia de sangue. Não havia tanto sobre o assunto em livros ou pergaminhos, acabando por descobrir mais sobre a prática pela boca das pessoas. Sabia que elas tinham uma péssima reputação por causa da forma com qual faziam a sua mágica, mas Visenya não era uma preconceituosa. Preferia ver de perto o quão poderosa ou mentirosa aquela mulher era para descobrir como podia ser beneficiada.

— Hansi, venha aqui. — Visenya chamou a serva que começará a trabalhar no castelo havia pouco tempo. A mulher era diferente dos outros que lhe serviam, pois em seu olhar ainda que tivesse obediência havia também um tipo de coragem que não via muito. A mulher se aproximou da mesa da princesa, sem falar nada. Hansi havia mesmo deixado Visenya intrigada e em conversas com outros servos soubera que a mulher já havia tido contato com magia de sangue. Não que fosse confortável falar de tais assuntos com servos, porém ela deveria saber mais do que Visenya. — Diga-me, o que sabe sobre magia de sangue? — perguntou firmemente, deixando claro que ela não tinha escolha a não ser uma resposta. A mulher arregalou os olhos por um momento, surpresa com a pergunta mas voltou ao seu estado normal, começando a lhe responder. — É uma magia muito poderosa, princesa. Porém muito perigosa também! Aqueles que não tomam cuidado acabam sendo engolidos por sua escuridão. — falou, a voz em um tom baixo e assustador. Caso Visenya fosse uma qualquer poderia estar assustada naquele momento, mas a princesa de Pentos encontrava-se fascinada por tudo aquilo. — Como essa magia funciona, Hansi? — perguntou, curiosa para saber algo sobre o que veria mais tarde com a Maegi.

— O preço de uma vida por outra vida princesa. Para que a mágica funcione uma vida tem que ser sacrificada por outra. Todo ritual ou feitiço necessita de um sacrificio. — falou, parecendo se lembrar de algo, porém guardando para si mesma. Respeitaria aquilo. — Para atos mais fracos, a magia pode curar doenças e feridas. Precisa-se apenas do sangue daquele que será curado. A Maegi coloca seu sangue no fogo e em seu sistema para que a magia possa funcionar. — falou, recuando a partir dai e esperando outra pergunta. Visenya sabia agora que tinha que ter um maior cuidado com o que faria mais tarde. Não admitiria para ninguém, mas tinha medo de ser enfeitiçada apenas por causa de sua curiosidade. — Na Fé Vermelha, vemos que o poder dos sarcedotes vem do Senhor da Luz. Da onde vem o poder dessas pessoas? — perguntou. Por mais que entendesse que os rituais eram o que proveniava a força para os seus poderes, para quem elas ofereciam aqueles sacrificios? — Não é conhecido, princesa. Eles oferecem esses sacrificios a algum Deus de uma escuridão desconhecida, provavelmente da Terra das Sombras. — falou, voltando a parecer incômoda.

Visenya estava quase satisfeita com aquele assunto. De qualquer maneira, saberia mais a noite quando sua convidada chegasse, mas ainda tinha uma última pergunta. — Diga-me Hansi, o que você acha da magia de sangue? — perguntou, um pequeno sorriso em seu rosto. A mulher obviamente tinha algo haver com aquilo, mas era bem misteriosa sobre. — É uma magia maligna da qual prefiro ficar longe, princesa. — disse, abaixando a cabeça pela primeira vez naquela conversa. O tópico era com certeza sensível. Abriu uma gaveta em sua mesa e tirou algumas moedas, entregando-as para a serva. — Pela sua sabedoria! Pode sair agora. — falou, colocando as moedas na mão dela. A mulher saiu após fazer uma reverência, deixando para trás uma Visenya muito pensativa. Era inteligente ter uma Maegi vindo a sua casa? Ela a enganaria? Havia sido plantada uma dúvida na cabeça de Visenya quase fazendo-a desistir de tal encontro porém uma serva veio até seu escritório avisar que a mulher havia chegado. Agora era tudo ou nada. — Eu vou para o salão. Leve-a até lá daqui a pouco. — Visenya bebeu o restante do vinho em seu copo e se encaminhou até o salão. Começou então a esperar pela Maegi, Meena. Que nada desse errado.

Habilidade Treinada:
Magia e Oculto

the valyrian blood slowly raises back thru blackfyre veins


Once her lies are exposed, it will quickly decay and people will look around in fear and panic. And I will be there to pick them up. They will need me...  

avatar
Imagem :
Mensagens : 191
Nome do jogador : Vic
Dragões de ouro : 81
Veados de prata : 182
Estrelas de cobre : 00
Idade : 32
Salário extra : 23%
Ver perfil do usuário
Princesa de Pentos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Blood Woman

Mensagem por The Hooded Wayfarer em Dom Out 02, 2016 8:35 pm

Avaliação de treino de habilidade

Visenya Blackfyre

Achei interessante o teor do treino, a magia de sangue. No geral, gostei da forma que treinou e encaixou um motivo pelo qual teve que ouvir a respeito desse tipo de magia por outra pessoa. No entanto, notei alguns pequenos deslizes quanto à colocação de vírgulas e alguns erros de acentuação que geraram descontos. No mais, acredito que seu treino foi bem simples, levando em consideração o seu nível na habilidade, o que também ocasionou descontos. Por fim, permaneça evoluindo.

Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (30/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (8/10)

Total (88/100)


+ 22% de experiência pelo atributo de inteligência com 8 pontos
- 55% de experiência por ter a habilidade no nível 8

Recompensas
+ 55 pontos de experiência em Magia e Oculto

avatar
Imagem :
Mensagens : 121
Nome do jogador : Hooded
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Blood Woman

Mensagem por Meena em Seg Out 03, 2016 2:43 pm

I foresee it's true, that you would love me better If I couldn't screw All your moves that make me wanna run away But I got stuck with faulty legs I believe it's true that you would screw me If I let you in my bedroom And if I did then do I try to move away? Cause I know you like mind games
Reconhecimento era algo que não agradava, de todo, Meena. Já estava a ganhar uma reputação em Pentos graças às suas visões, que se provavam ser verdadeiras. Era a reputação negativa de uma bruxa. A intensidade dos rumores até era o suficiente para ser chamada pela Princesa de Pentos. Um convite deveras interessante, que ela não podia recusar, mas ao mesmo tempo, constituía um perigo. Não planeava ficar nos arredores da cidade por muito mais tempo mas, num ato de audácia, a eremita aceitara aquela convocação, tendo já planeado o que faria depois daquilo: mudar-se. Permanecer em Pentos por mais tempo não lhe traria qualquer vantagem, nem a sua recognição.
 
Ter de ir ao encontro da princesa não a aprazia, mas como aquela era uma senhora da nobreza não teria muitas mais opções, e não o podia negar: Meena estava curiosa sobre os motivos da mulher. Ao mesmo tempo, a morena sabia que devia ter caução. Estava preparada para uma nova viagem, caso algo de errado acontecesse. Sem planos específicos para a sua vida, porém, não sabia ao certo o seu novo destino.
 
Um suspiro escapava dos seus lábios carnudos. O acampamento fora montado no exterior das muralhas da cidade, onde apenas as plantas lhe serviam de companhia. Um ambiente perfeito para a bruxa, era a quantidade ideal de lugubridade. Porém, a caminhada até ao palácio seria longa. Por mais que a questão da Princesa Blackfyre a intrigasse, sendo de veemente importância que Meena decifrasse as suas intenções, não evitava o desvio dos seus pensamentos.

Um dos livros que lera naquele dia não estava escrito em nenhum dialeto de Valiriano, nem na língua ululante de Asshai. Tratava-se da língua comum de Westeros. Escrito por um dos Meistres do continente do oeste, que formara o seu colar em magia e oculto. Sagaz como era, a eremita já aprendera muito sobre a cultura daquele continente para lá do Mar Estreito. Tinha a intenção de o visitar. Talvez fosse essa a sua próxima rota. O livro reportava as capacidades de dragões, criaturas que, curiosamente, se tinham instalado em Westeros, como antes fizeram em Valíria, embora em nada Westeros se equiparasse ao esplendor da antiga e perdida Valíria. E nenhuma das duas se comparasse a Asshai, ou pelo menos não na opinião de Meena.

Répteis de escamas coloridas e reluzentes, cujo crescimento não tinha barreiras. Apesar de extremamente resistentes ao fogo, não eram imunes. Dizia-se que o maior e mais velho dos dragões Targaryen, denominado Balerion, vivera por duzentos anos, sendo capaz de engolir um mamute inteiro. Os atuais dragões westerosi tinham sido chocados — pelo menos os originais — pela Rainha Daenerys no Mar Vermelho. Um acontecimento improvável. Esta não passava de uma garota jovial, embora nas suas veias corresse o sangue da antiga Valíria, domadores de dragões. A menina não sabia o que fazia quando queimou uma maegi. Trocando vida por vida, ela acordara as criaturas adormecidas nos ovos de dragão. A pira funerária acabara por se tornar um berço.

Não havia dúvidas de que dragões tinham a sua origem em Essos, porém, havia dificuldade em especificar. Os descendentes de Valíria clamavam os Quatorze Fogos como a fonte dos dragões, enquanto em Qarth se dizia terem vindo de uma segunda lua que, banhada pelo sol, quebrou como um ovo e de lá saíram milhões de dragões.

Mas em Asshai a história era diferente. Contavam lendas primordiais, de como os dragões tinham aparecido pela primeira vez nas Terras da Sombra, sendo domados pelos nativos, as histórias tão velhas que os seus nomes tinham sido esquecidos pelo tempo. Os dragões teriam sido levados para Valíria, onde os anciãos de Asshai ensinaram àquela população aquela arte antes de desaparecer da história. A última teoria dizia que os dragões foram criados por feiticeiros de sangue do Domínio Valiriano, usando os wyvern, criaturas semelhantes a dragões, mas sem a capacidade de expelir fogo.

A Cidade Franca de Valíria tinha tal maestria com dragões que o seu império ascendera, ocupando vastamente o continente de Essos. Dizia-se ainda que um dragão podia ser domado usando um berrante do dragão. Mas estes tinham sido perdidos juntamente com todo o conhecimento Valiriano, na Perdição. Para domar dragões, os Targaryen recorriam à alta inteligência dos animais, formando fortes laços com estes. E a Princesa com quem se ia encontrar não era nada mais nada menos que uma mulher com o sangue dos Targaryen, de Valíria. Com um dragão em sua posse — parcialmente, pois pelo que ouvira não tinham controlo sob o dragão — que, tal como os dragões de Daenerys, fora chocado trocando vida por vida.

Relembrar o seu conhecimento sobre dragões poderia vir a ser útil naquela noite, além de ocupar a sua mente. Quando deu por si, estava perante o majestoso palácio, com um guarda à sua frente que exigia saber quem era. — Moço, qual é o teu nome? Diz-me, porque quando estiver com a Princesa Visenya farei questão de mencionar essa falta de respeito. Fazes não só a convidada da tua senhora esperar, como a tua própria senhora. Atrever-te-ás mesmo a lidar com as consequências? — Intimidação era algo a que ela recorria quase tão regularmente como à sedução. “Que a Cabra Preta me dê paciência para não o esventrar já aqui”, dizia a si mesma, embora a sua expressão demonstrasse uma fleuma que claramente não sentia.

Por fim, um outro guarda apareceu para a acompanhar até à presença da sua soberana. — Espero que aquele moço seja açoitado mais tarde — murmurava, de queixo elevado, embora soubesse que era improvável; Pentos não admitia escravos.

Princesa Visenya era uma mulher bonita, de olhos azuis realçados pelos seus cabelos negros como carvão. Uma única mecha de cabelo prateado excitou a curiosidade da eremita, que viu naquilo a prova do seu sangue Valiriano. — Princesa — fez uma pequena vénia, o suficiente para demonstrar certo respeito, mas não o suficiente para demonstrar plena submissão. — Sou Meena. Ao seu dispor. — Sequer esperou uma resposta, desviando o olhar, começou a examinar a sala onde fora recebida, uma mão erguida acariciando a sua própria clavícula enquanto o fazia. Era uma opulência à qual não estava habituada há muito tempo. O chão de mármore polido, os sofás de veludo, as pinturas pomposas, os estandartes do dragão negro e orgulhoso, as relíquias de uma riqueza ostentadora.

Atreveu-se a passar as pontas dos dedos esguios por um sofá, considerando até sentar-se no mesmo, por breves instantes, mas não seria tão petulante quanto isso enquanto não soubesse mais sobre as intenções da mulher. Então virou-se, a sua mão ainda repousando na borda do sofá, e encarou as suas íris azuladas. — Devo admitir que estou curiosa quanto aos seus planos, Princesa. — Os dedos deslizaram pelo sofá enquanto ela se afastava, para reduzir o espaço entre ela e a nobre. — É o seu futuro? Está curiosa quanto ao que lhe tem reservado? — Adquiria agora uma expressão maliciosa, a mera sombra de um sorriso, que iluminava o rosto jovial. Uma farsa, pois a sua aparência mentia quanto à sua idade.

Habilidade treinada:
Magia e oculto.

The way you say you love me Like you've just been reprimanded


everything was red • Meena
avatar
Imagem : The Blood Witch
Mensagens : 111
Nome do jogador : Ross
Dragões de ouro : 129
Veados de prata : 51
Estrelas de cobre : 6
Idade : 30
Salário extra : 61%
http://winordie.forumeiros.com/t2007-meenahttp://winordie.forumeiros.com/t133-cronologia-a-variation-of-the-truth#15508Ver perfil do usuário
Maegi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Blood Woman

Mensagem por The Black Goat of Qohor em Seg Out 03, 2016 5:21 pm

Avaliação de treino de habilidade

Meena

Como já disse em outras vezes, você escreve muito bem, possuindo uma ortografia quase impecável, com uma ou outra falha irrelevantes na avaliação. Apesar disso, notei algumas vezes a repetição de palavras, um erro leve e que não gerou descontos por conta de sua baixa recorrência. Mesmo sendo muito bem escrita, todo a parte em que treina a habilidade foi técnica, faltando um pouco de sua própria personagem dentro do texto.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (38/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (98/100)


+ 30% de experiência pelo atributo de inteligência com 10 pontos
- 35% de experiência por ter a habilidade no nível 6

Recompensas
+ 93 pontos de experiência em Magia e Oculto





avatar
Imagem :
Mensagens : 539
Nome do jogador : Gabs
Dragões de ouro : 100000000000000000
Veados de prata : 100000000000
Estrelas de cobre : 100000000
Idade : Mais velha que você
Salário extra : 100%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Blood Woman

Mensagem por Visenya Blackfyre em Ter Out 04, 2016 3:11 pm

the black dragon
A demora começou a irritar Visenya. Já encontrava-se com os nervos agitados e ter que esperar não melhorava isso nem um pouco. Se sua convidada já havia chegado, aonde estava? Pensou em ir procurar quando a porta foi aberta, uma serva dando espaço para que a Maegi adentrasse o local. A princesa deu um sorriso leve, recebendo a convidada com uma expressão convidativa. Não poderia deixar transparecer qualquer nervosismo na frente da mulher. Não a conhecia e não sabia do que ela era capaz e como a própria Hansi havia dito magia do sangue era algo perigoso. Respondeu com um aceno ao cumprimento da cabeça e ergueu as sobrancelhas ao ver a mulher começar a avaliar o local. Tinha mais que orgulho do luxo em que vivia, deixando então que ela observasse o quanto quisesse. — Deseja algo para beber, Meena? — perguntou enquanto se diriga a mesa onde havia duas taças de prata e uma jarra cheia de vinho. Serviu as duas taças e pegou uma para si, deixando com a mulher a escolha de beber ou não.

Observou a face da Maegi em sua frente, vendo que os detalhes da sua aparência eram bastante exóticos. A borca carnuda e os olhos repuxados davam a ela um ar ainda mais misterioso. — Devo admitir que estou curiosa sobre você, Meena. — falou, dando um gole em seu vinho e sentando-se no sofá no qual a mulher havia passado sua mão. Convidou-a com um olhar, deixando claro que queria que se sentasse também. — Tenho uma serva neste castelo que fica trêmula quando magia de sangue é mencionada. Ao ouvir que você começava a fazer sucesso em Pentos, quis saber do que todos comentavam. — disse, um sorriso leve brincando em seu rosto. — Você pode me dar alguma informação sobre meu futuro? Ou seria alguma mentira que você inventaria para esconder o fato de que você não tem poder nenhum? — disse, o tom doce nas palavras desafiadoras. Sabia que aquilo podia ser perigoso, mas não conseguia parar a si mesma.

Levantou-se após proferir suas palavras,  começando a rodear o sofá lentamente enquanto bebericava o seu vinho. Ainda que a mulher fosse mais poderosa que Visenya por causa de sua magia, a princesa não ficaria por baixo. Tinha que mostrar que ali estariam lidando como iguais, se não poderia acabar nas mãos daquela mulher. — Sabe Meena, tenho planos grandes para o meu futuro. Planos nos quais tenho muita confiança e fé. Você pode me dizer se esses planos se tornarão realidade? Ou se acabarei morta e sem glória? — falou rodeando o sofá e então parando em sua frente, dando uma risada para a Maegi. Visenya tinha uma personalidade maleável. Era difícil saber quando a princesa falava sério ou estava brincando. Gostava de ter esse diferencial em si, pois era algo vantajoso em negociações que tinha que fazer.

Deixou que a mulher lhe respondesse e então se encaminhou até a mesa do salão, onde uma pequena adaga encontrava-se posicionada. Pegou-a e voltou a caminhar em direção a mulher. A adaga estava posicionada em sua direção e Visenya caminhava em passos firmes até o sofá. Alguém diferente poderia achar que a mulher resolveria lhe atacar com aquilo, mas a Maegi era uma mulher inteligente. Ao estar perto do sofá, rodeou a adaga para deixar o cabo na direção de Meena. — Soube que você precisará do meu sangue para desvendar meu futuro. — disse, entregando a adaga para a mulher. — Devemos começar? — falou, dando um sorriso em direção a mulher. Ainda que não acreditasse por completo, ver ela performando aquilo era algo que a animava. Gostava de conhecer coisas novas e aquilo parecia ser muito interessante.

Ao dizer isso, ouviu um barulho conhecido aos seus ouvidos. Estava tão longe que ninguém conseguiria diferenciar porém Visenya já estava muito acostumada. Caraxes estava por perto e logo pousaria na mansão, voltando de uma viagem de caça. Por um momento sentiu-se aliviada, como sempre se sentia quando o animal voltava para perto de casa e então animou-se. A possibilidade de ter aquela Maegi conhecendo a criatura e vendo sua grandiosidade era excitante. Como ela se sentiria? Será que dragões eram algo que influenciava a magia de sangue que ela praticava? Sua curiosidade só aumentava. — Você já conheceu algum dragão? — perguntou em um tom risonho. Era improvável que a mulher houvesse conhecido ou visto um de perto. — Acho que sua visita caiu em um dia certo. Te apresentarei ao dragão de minha familia, Caraxes. — falou, o sorriso atingindo sua face ao falar sobre o dragão. Parecia que sua noite só ficaria mais interessante. — Ele ainda demorará a chegar... Vamos continuar por enquanto. — disse e voltou a sua atenção a adaga na mão da mulher.

Habilidade Treinada:
Intimidação

the valyrian blood slowly raises back thru blackfyre veins


Once her lies are exposed, it will quickly decay and people will look around in fear and panic. And I will be there to pick them up. They will need me...  

avatar
Imagem :
Mensagens : 191
Nome do jogador : Vic
Dragões de ouro : 81
Veados de prata : 182
Estrelas de cobre : 00
Idade : 32
Salário extra : 23%
Ver perfil do usuário
Princesa de Pentos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Blood Woman

Mensagem por The Black Goat of Qohor em Ter Out 04, 2016 5:06 pm

Avaliação de treino de habilidade

Visenya Blackfyre

Um excelente treino, bem escrito e com poucos erros. Notei apenas algumas repetições de termos e palavras que poderiam ser trocados ou eliminados sem prejudicar a narrativa e, embora não seja um erro grave, teve um pouco de recorrência. Ainda assim, gostei muito da maneira que desenvolveu a expressão corporal e mesmo falas desafiadoras visando intimidar.


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (28/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (98/100)


+ 22% de experiência pelo atributo de inteligência com 8 pontos
+ 10% de experiência por ter a habilidade no nível 0

Recompensas
+ 129 pontos de experiência em Intimidação





avatar
Imagem :
Mensagens : 539
Nome do jogador : Gabs
Dragões de ouro : 100000000000000000
Veados de prata : 100000000000
Estrelas de cobre : 100000000
Idade : Mais velha que você
Salário extra : 100%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Blood Woman

Mensagem por Meena em Qui Out 06, 2016 3:02 pm

I foresee it's true, that you would love me better If I couldn't screw All your moves that make me wanna run away But I got stuck with faulty legs I believe it's true that you would screw me If I let you in my bedroom And if I did then do I try to move away? Cause I know you like mind games
A oferenda de Visenya mais que agradou a morena. Tomou a taça que lhe fora dada em uma mão, olhando para o seu conteúdo por breves instantes. Ponderava sobre a possibilidade de estar envenenada, mas nesse caso, não seria mais fácil mandar ali um guarda? Ou será que isso sujaria demasiado o salão? Bebeu o conteúdo da taça, ainda assim. A Princesa fazia o mesmo.

Da parte de Meena, o silêncio predominou. Um sorriso enigmático adornava a sua face delicada, enquanto olhava a Blackfyre. Mantinha a análise que começara ao observar o salão, porém, agora o seu alvo mudara. Vendo que a mulher se sentara no sofá, caminhou na sua direção, os passos lentos, refletindo extrema calma.

Ouvia o que Visenya relatava com uma sobrancelha erguida. Tal gesto apenas se intensificou com a pergunta que lhe fora lançada. Teria, de facto, poderes sobrenaturais?Acho que já provei a veracidade das minhas profecias. Teria você convidado uma estranha como eu para o seu palácio em caso contrário? — A fama que ganhara não fora em vão. Conseguia notar o desafio nas palavras de Visenya, mas nem por isso deixou de se demonstrar serena. E era verdade. Para quê delongar-se em discursos? Se ali estava, por algum motivo era.

Cruzou as longas pernas, que eram ligeiramente reveladas graças ao corte feito de lado no vestido, uma notável obra de arte. Tinha uma forma incomum, rodeando os seios e pouco mais cobria do seu peito. Os braços expostos, apenas um tecido solto que pendia dos ombros até ao chão. Várias linhas se desenhavam em volta dos seios, descartando a necessidade de usar um colar. Extremamente revelador, tal como Meena gostava. As mãos galgazes assentavam sobre os joelhos, numa posição delicada, o pescoço elevado.

Eu consigo ver o futuro e o seu passado como se fossem o presente, com tanta clareza como a veja agora. — Respondia à mulher, enquanto esta caminhava em volta do sofá. Meena seguia os seus olhos. — Ninguém escapa aos meus poderes. Não carecem de interpretação, eu vejo o que acontecerá e o que aconteceu como são. As minhas visões não falham. — A voz era firme. Séria, mas mantendo a tranquilidade. Levou a taça de novo aos lábios.

Continuava a observar os movimentos da Princesa, quando esta foi até à mesa, tomando uma adaga nas suas mãos. O gesto regozijou a eremita, que ergueu novamente o canto do lábio. A Princesa já fizera os seus estudos sobre a sua magia. O cabo da arma foi-lhe direcionado. Ouviu as suas palavras, assentindo enquanto agarrava a adaga.

Preparava-se para voltar a falar, mas foi a outra mulher que quebrou o silêncio. Ficou surpreendida, positivamente. Era, de facto, sua aspiração ver um dragão à sua frente. — Não posso dizer que tive esse prazer, Princesa. Antes de continuar, porém, devo estabelecer os meus limites. — Levantou-se, invertendo as posições: agora era Meena que andava em volta de Visenya. — Eu não digo todo o futuro de ninguém. Eu vejo e eu respondo apenas a três perguntas, nada mais. É essa a minha condição. — A Princesa aceitou, pelo que a morena se aproximou para deslizar a adaga pela ponta de um dos seus dedos alvos. Levou-o até aos seus lábios, deixando que o sangue passasse para eles.

Inspirou fundo, a sua visão começou a ficar turva. Viu pelos olhos de Visenya, antes de voltar atrás no tempo, para as memórias mais antigas da Princesa, vendo a sua infância, a sua adolescência, e a sua idade adulta. Viu um homem que, tal como Visenya, tinha uma mancha de cabelo platinado, viu uma mulher severa, já idosa, e viu um homem alvo do desgaste do tempo. Pyat Pree. Ouviu as histórias de como o pai dos gémeos morrera com o nascimento de Caraxes, ainda mais intrigada com os Blackfyre. Vida por vida. Meena gostaria de ter a oportunidade de ver aquela cena pelos olhos de alguém que a presenciara, mas já sabia o suficiente para considerar a sua curiosidade saciada. Viu a forma como Visenya era educada sobre os mais diversos temas, preparada. E viu se realmente aquele conhecimento lhe viria a ser útil.

Abriu os olhos, era Meena de novo. Encarou a garota Blackfyre, a sua respiração acelerada pela adrenalina proporcionada durante as visões. — A primeira pergunta? — Pediu, voltando a pegar na adaga. O seu dedo deslizou pela superfície de metálica, com cuidado para evitar a extremidade, enquanto ouvia a moça questionando-a se os Blackfyre iam voltar a ter a sua honra. Limpava o sangue da lâmina, voltando a levá-lo aos lábios — na verdade, não tinha necessidade para tal, mas fazia-o por querer. O seu gesto era demorado, o silêncio se prolongando sem que a morena respondesse.

Os Blackfyre serão novamente tão falados como no momento da sua criação, com o futuro que inevitavelmente se aproxima. — Murmurou, a sua voz aparentemente doce. Voltou a segurar na taça de vinho e bebericou mais um pouco, sem tirar os olhos da mulher.

Habilidade treinada:
Magia e oculto.

The way you say you love me Like you've just been reprimanded


everything was red • Meena
avatar
Imagem : The Blood Witch
Mensagens : 111
Nome do jogador : Ross
Dragões de ouro : 129
Veados de prata : 51
Estrelas de cobre : 6
Idade : 30
Salário extra : 61%
http://winordie.forumeiros.com/t2007-meenahttp://winordie.forumeiros.com/t133-cronologia-a-variation-of-the-truth#15508Ver perfil do usuário
Maegi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Blood Woman

Mensagem por The Lady of Spears em Qui Out 06, 2016 6:04 pm

Avaliação de treino de habilidade

Meena

Foi um ótimo treino. Narrou muito bem os momentos antes do "ritual" começar e também quando começou ter as visões. Foi muito bem escrito e muito bom de se ler, meus parabéns!


Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (40/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (100/100)


+ 30% de experiência pelo atributo de inteligência com 10 pontos
- 55% de experiência por ter a habilidade no nível 8
+ 7% de experiência pelo dote inicial

Recompensas
+ 82 pontos de experiência em Magia e Oculto
avatar
Imagem :
Mensagens : 306
Nome do jogador : Vic
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Blood Woman

Mensagem por Visenya Blackfyre em Seg Out 10, 2016 4:38 pm

the black dragon
A Maegi não pareceu se intimidar com suas antagonizações, respondendo calmamente as suas dúvidas sobre os seus poderes e habilidades. Visenya pode apenas sorrir para mulher ao ouvir sua resposta, percebendo que ela havia acabado enrolando-se em suas próprias palavras. Porque convidaria a mulher se não soubesse que ela estaria certa sobre as suas previsões?

Antes de chamar Meena, havia colocado seus espiões para espiá-la e espiar aqueles que ouviam as suas previsões. Teve a certeza de que a mulher não era uma qualquer quando soube de uma mercadora que havia ouvido da mulher que uma tragédia aconteceria logo em sua vida e seu bebê morreu três dias depois. Não era algo bonito mas Meena conseguia ver o que estava por vir e Visenya queria saber o que seu futuro lhe guardava.

— Eu gosto da firmeza em suas palavras, Meena, mas não pode me culpar por desconfiar. Existem muitos imitadores por toda Essos faturando dinheiro enganando as pessoas. Como Princesa de Pentos não posso me deixar ser enganada! —  disse, suspirando enquanto observava a face da Maegi em sua frente. — Mas eu sei que você é verdadeira em suas palavras. —  falou, tentando diminuir a hostilidade em suas palavras e deixar a mulher fazer o seu "trabalho". Ela pegou a adaga facilmente, pronta para dar começo ao que teria que fazer para conseguir ter suas visões.

Antes disso, explicou-lhe suas condições. Três perguntas apenas e nada mais. Imaginou por um momento se alguém já tentou tirar algo mais dela e acabou mal por causa disso. Preferia seguir suas regras e saber um pouco pelo menos. Assentiu dando sua permissão para Meena continuar e então a mulher se aproximou, começando seu ritual. A adaga foi deslizada com extremo cuidado em seu dedo, saindo o sangue na hora. A Maegi levou seu dedo até sua boca e então pareceu entrar em um transe, aparentemente tendo suas visões.

O que Visenya não faria para poder estar dentro de sua cabeça naquele momento... Queria ver tudo que a mulher estava vendo e ter a certeza de que sua vida não seria em vão. Que ela conquistaria a grandiosidade que merecia e traria orgulho para seu nome, antepassados e para si mesma. Suspirou enquanto esperava a mulher sair de seu transe mas não a atrapalhou, deixando ela tomar seu tempo. A mulher abriu seus olhos e então pediu pela primeira pergunta. Visenya pensou um pouco e então se resolveu. — Os Blackfyre voltarão a ter a honra que o nome merece? —  perguntou, um misto de nervosismo e excitação.

Era bom poder ter alguém que tinha uma visão do futuro. Antes da mulher responder, ouviu no fundo outro rugido de Caraxes. Ele devia estar rondando a área, esperando Visenya aparecer do lado de fora. Caso já estivesse lá, ele já teria pousado no local, esperando por alimento e o carinho da princesa. Sorriu ao ouvir a sua resposta, o orgulho preenchendo o seu peito. Não havia nada que queresse mais do que ver o seu nome na glória novamente. Bebeu o vinho igualmente a mulher, esperando se acalmar e então sorriu, pronta para fazer sua próxima pergunta.

— Caraxes, o dragão de minha família. Ele me ama e eu o amo mas ainda sim não o monto... Eu conseguirei montá-lo algum dia? —  perguntou enquanto o seu coração disparava. Aquela havia sido a pergunta de sua vida inteira. Esperava que a resposta fosse positiva. Não sabia se sua vida teria sentido caso não conseguisse realizar aquele desejo. Havia treinado toda sua vida para isso e falhar seria devastador demais.

the valyrian blood slowly raises back thru blackfyre veins


Once her lies are exposed, it will quickly decay and people will look around in fear and panic. And I will be there to pick them up. They will need me...  

avatar
Imagem :
Mensagens : 191
Nome do jogador : Vic
Dragões de ouro : 81
Veados de prata : 182
Estrelas de cobre : 00
Idade : 32
Salário extra : 23%
Ver perfil do usuário
Princesa de Pentos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Blood Woman

Mensagem por Meena em Seg Out 31, 2016 5:44 pm

I foresee it's true, that you would love me better If I couldn't screw All your moves that make me wanna run away But I got stuck with faulty legs I believe it's true that you would screw me If I let you in my bedroom And if I did then do I try to move away? Cause I know you like mind games
Os olhos severos de Visenya demonstravam não apenas a sua determinação, mas naquelas íris azuis a eremita via também grande ambição. Meena vira os resultados daquela força com o sangue, mas em nada a sua postura revelava algo quanto às respostas que Visenya procurava. Tomou um gole do seu vinho, mantendo os seus olhos sobre a mulher, enquanto esta lançava a sua próxima pergunta.

Sim. Sem Caraxes, os Blackfyre não teriam a capacidade de mostrar o seu poder. O sangue Valiriano, mesmo que aparentemente diluído, corria nas veias da Princesa. Uma pena que esta fosse demasiado nova na altura em que o dragão fora chocado; Meena adoraria ver tal acontecimento mágico. O sangue do único homem capaz de carregar o legado Blackfyre, agora passado para os gêmeos, pelo sangue de um dragão vivo. Vida por vida. Era naquilo que Meena acreditava.

Sem responder à pergunta, e sem perder a ousadia, reduziu a distância que a separava de Visenya, tomando a mecha de cabelo platinado nos seus dedos e observando-a, um sorriso adornando o seu rosto enquanto falava — Uma eterna lembrança da herança Valiriana. Fico intrigada, por nunca ter visto algo assim, e ouvi dizer que o seu irmão tem uma igual. — Manteve o olhar sobre aquela porção de cabelo. Em tanta viagem, ela vira pessoas de cabelo negro, ela vira pessoas de cabelo platinado, ela vira pessoas de cabelos de todas as cores, incluindo os cabelos que abrangiam todas as cores do arco-íris em Tyrosh. Mas ela nunca vira um cabelo que naturalmente tivesse uma irregularidade daquelas. Se não tivesse visto que a Princesa sempre a tivera com as suas visões, diria que era falsa.

E tal como na antiga Valíria — continuou, pousando o cabelo, que tomou uma forma ondulada por breves instantes, quase como uma trança — Onde se domavam dragões capazes de engolir auroques inteiros, os senhores de dragões tinham a incrível capacidade de montar e controlar dragões. Capacidade essa que vejo no seu sangue. — Mas Valíria caíra. Irónico como um dos maiores impérios de todos os tempos viria a começar apenas como um grupo de pastores cujo destino seria encontrar ovos tão brilhantes quanto o sol, nas Quatorze Chamas. Uma descoberta que os viria a tornar lendários por toda a história. Meena nunca vira um ovo, apesar de dragões não estarem extintos, não eram uma raça abundante. Nem Visenya, mas em breve, isso viria a mudar.

Vamos à última pergunta, Princesa? — Perguntou, encarando-a enquanto levava o copo de vinho de volta aos seus lábios. Um bom vinho. Meena fazia questão de não desperdiçar uma gota. Não era rica — nem ambicionava o ser, os seus desejos eram completamente diferentes —, pelo que não era todos os dias que conseguia beber o vinho digno de uma Princesa.

Habilidade treinada:
História.

The way you say you love me Like you've just been reprimanded


everything was red • Meena
avatar
Imagem : The Blood Witch
Mensagens : 111
Nome do jogador : Ross
Dragões de ouro : 129
Veados de prata : 51
Estrelas de cobre : 6
Idade : 30
Salário extra : 61%
http://winordie.forumeiros.com/t2007-meenahttp://winordie.forumeiros.com/t133-cronologia-a-variation-of-the-truth#15508Ver perfil do usuário
Maegi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Blood Woman

Mensagem por The Hooded Wayfarer em Dom Nov 13, 2016 6:00 pm

avaliação de treino de habilidade

Meena

Avaliada por Memphis Greyjoy

A habilidade talvez pudesse ter sido ainda mais explorada, ainda assim, todo o pensamento da personagem relembrando os fatos históricos e suas citações acerca do passado de Valíria fizeram jus à habilidade treinada. Sobre a escrita, só me resta parabenizá-la por uma ortografia tão boa e fluente!

Critérios de avaliação
+ Conteúdo e Coerência (37/40)
+ Estrutura e Coesão (30/30)
+ Enredo e Criatividade (20/20)
+ Ortografia e Organização (10/10)

Total (97/100)


+ 34% de experiência pelo atributo de inteligência com 11 pontos
+ 10% de experiência por ter a habilidade no nível 0

Recompensas
+ 139 pontos de experiência em História

avatar
Imagem :
Mensagens : 121
Nome do jogador : Hooded
Dragões de ouro : 00
Veados de prata : 00
Estrelas de cobre : 00
Idade : 00
Salário extra : 0%
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Blood Woman

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum










O Win or Die foi inaugurado a 09.09.2015. O RPG passa-se no mundo de As Crónicas de Fogo e Gelo, criadas por George R. R. Martin, mais de 50 anos depois dos acontecimentos dos livros. A trama inicial foi criada pela Staff, mas agradecemos a todos os nossos jogadores pela sua ajuda na evolução da mesma.
A nossa skin foi inteiramente criada por Ross (Many-Faced God), incluindo os templates de post e da página inicial, para uso exclusivo no Win or Die RPG, com o apoio da Soph (The Maiden) e do Tiago (Baelor Targaryen). O slider do nosso mural foi criado por CSS Slider. As imagens usadas foram tiradas do Google e editadas por Ross. Agradecemos ainda ao FM Codes e Best Skins pelos seus tutoriais de Javascript. Plágio é crime.

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::